Pem Gondomar

3,722 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
3,722
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2,550
Actions
Shares
0
Downloads
18
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Pem Gondomar

  1. 1. Conhecer, participar, ver, criar _ Sentidos com Futuro JMA (e GT)
  2. 2.  Saudação e esperança
  3. 3.  Reconhecimento e Gratidão (a todos os que acreditaram – e acreditam – a todos os que livremente quiseram, a todos os que se comprometeram a construir uma melhor educação e formação em Gondomar; e a todos os que vão querer ser AUTORES…)
  4. 4.  Confiança (nas inteligências dos gondomarenses, nas inteligências das organizações, nas capacidades de aprendizagem, nas possibilidades de ativarmos um trabalho de redes…)
  5. 5.  Repetindo(me) e citando António Nóvoa: Que fazer? Minha resposta é simples: mudar de posição e mudar de perspetiva. Mudar de posição: em vez de chamar para nós a responsabilidade, colocarmo-nos num espaço de redes (culturais, familiares, sociais) que construa novos compromissos em torno da educação.
  6. 6.  É preciso responsabilizar a sociedade pela escola. Mudar de perspetiva: em vez da escola fechada, baseada num modelo arcaico, imaginar nossa ação como elemento de um novo espaço público de educação. É tempo de pôr a "sociedade a serviço da escola" em vez da "escola a serviço da sociedade" (Albert Jacquard)
  7. 7. 4teses subliminaresao PEM
  8. 8.  “É preciso toda uma aldeia para educar uma criança” – a importância do território, dos atores, das interações para que a educação seja eficaz nas suas múltiplas promessas…
  9. 9.  Visão Sentido Re_ligação Integração Implicação Criação e autoria Liberdade Responsabilidade
  10. 10. Das vontades individuaisDa vontade coletivaDa conjugação de vontades, saberes e recursos
  11. 11.  ..apresentaçõesApresentações pptLauraEsquivel_A caixa de fósforos.pptx
  12. 12.  Porque o todo é mais do que a soma das partes Mas também porque não há todo sem partes Comunicação Alianças Soma positiva
  13. 13. 1)O que nos singulariza, o que nos marca, o que nos distingue, o que nos unifica? ( O PEM como dinâmica de afirmação de uma identidade – o que somos, onde estamos – dados e perceções)
  14. 14. 2)O que nos potencia, o que pode promover e alavancar um desenvolvimento articulado e sustentado? ( O PEM como fator de desenvolvimento de um território _ o que queremos, onde queremos chegar…)
  15. 15. 3) O que nos mobiliza e anima, o que faz agir, em termos pessoais e institucionais? (O PEM como elemento inspirador e catalisador da ação – ativação das vontades individuais e coletivas intra e inter…)
  16. 16. 4) Qual a mais valia, o que vem acrescentar aos projetos educativos já existentes, nomeadamente nas escolas e agrupamentos? (O PEM como vantagem percecionada)
  17. 17. 5)O que pode regular e inspirar as ações das partes e do todo? (O PEM como instrumento de monitorização, regulação, avaliação formativa)
  18. 18.  1. Princípio da Participação/Implicação 2. Princípio do Diálogo 3. Princípio de Integração e Articulação 4. Princípio da Equidade/Valorização das Pessoas e das Instituições 5. Princípio da Utilidade/Orientação-Acção 6. Princípio da Consequência e da Monitorização 7. Princípio de Comprometimento e da Sustentabilidade
  19. 19.  Alargada coleta de dados através da análise de conteúdo, inquérito por questionário (administração direta e indireta), audições.
  20. 20. > Ver o que se não vê (no território, nas instituições, nas organizações…)> Ativar e federar as dinâmicas de aprendizagem social>Elevar os níveis de qualidade das práticasPedagógicas em contexto de sala de aula>Promover o Valor do Conhecimento
  21. 21.  O PEM enumera uma alargada série de programas e projetos em curso no município. Gerados em tempos diferentes e possuindo finalidades, naturezas e dinâmicas específicas, seria talvez oportuno fazer uma avaliação participada das suas qualidades, do seu potencial educativo e formativo. Espero que este debate público dê um contributo para este conhecimento.
  22. 22.  Escolher alguns para ilustrar as dinâmicas em curso seria certamente injusto. Sinalizo, apenas, a necessidade de uma maior partilha das práticas educativas a nível municipal para que permita mais conhecimento e aprendizagem – a vantagem de construir estes dispositivos de partilha.
  23. 23.  1. Melhorar a rede educativa 2. Promover o sucesso educativo 3. Prevenir e Combater o Abandono Escolar e a Exclusão Social 4. Educação Sustentável, Ambiente, Saúde e Segurança
  24. 24.  5. Consciencializar para a importância de uma cidadania inclusiva6. Promover a elevação dos níveis de qualificação de base da população adulta 7. Fomentar a Formação Continua
  25. 25.  1.1. Projeto “O que de melhor se faz na educação e formação em Gondomar” 1.2. Divulgação dos Projetos Educativos de Escola 1.3. Ciclo de Debates 1.4. Projeto “CORE - Compromisso de Renovação da Educação”
  26. 26. Este projeto será transversal ao serviço das instituições educativas e formativas de Gondomar.Funcionara como uma linha aberta de apoio ao desenvolvimento de projetos escolares de promoção de mais sucesso escolar dos/as alunos/as do município. Para tal, serão definidas Metas Concelhias a alcançar em 2015, para os Resultados das Provas de Aferição e dos Exames Nacionais de Língua Portuguesa e Matemática, da Taxa de Repetência por ciclo de escolaridade e da Taxa de Desistência aos 14, 15 e 16 anos.
  27. 27.  1.11. Mediação de Estágios para Jovens em Formação 1.12. Divulgação de formas de criação do próprio emprego 1.13. Concurso sobre a melhor ideia empreendedora 1.14. Criação de formação para futuros empresários
  28. 28.  Previsto um observatório que monitorize a concretização do PEM e sirva de dispositivo de avaliação e melhoria. Mas pode ser sensato pensar, sobretudo, num processo de articulação, formação na ação e dinamização.
  29. 29.  A clarificação das metas O estabelecimento de parcerias e protocolos a priori A especificação de alguns projetos mais emblemáticos e eficazes para a renovação da ação… A alavancagem a partir de boas práticas já existentes Maior focalização no essencial (elevação das aprendizagens)
  30. 30.  1º passo Apelo à participação criadora Imaginar novas formas de assumir e praticar as políticas educativas e formativas O vivo agradecimento prévio de todos os contributos
  31. 31.  O tesouro
  32. 32.  “Se todos nós fizéssemos as coisas de que somos capazes, ficaríamos espantados connosco mesmos” (Edison) Obrigado

×