Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Esp planos

821 views

Published on

Published in: Technology, Travel
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Esp planos

  1. 1. PRINCÍPIOS DA PROPAGAÇÃO DA LUZ- PRINCÍPIO DA PROPAGAÇÃO RETILÍNEA- PRINCÍPIO DA INDEPENDÊNCIA DOS RAIOS DE LUZ- PRINCÍPIO DA REVERSIBILIDADE DE RAIOS LUMINOSOS
  2. 2. Reflexão da LuzÉ um fenômeno físico no qual ocorre a mudança da direção de propagação da luz (desde que o ângulo deincidência não seja de 90°). Ou seja, consiste no retorno dos feixes de luz incidentes em direção à regiãode onde ela veio, após os mesmos entrarem em contato com uma determinada superfície refletora. Figura : Raio Incidente e Raio Refletido Note se que o Ângulo de Incidência (Oi) do Raio de Luz Incidente é igual ao do Ângulo de Reflexão (Or),do Raio de Luz Refletido, conforme esta indicado na figura abaixo.  Figura: O Ângulo de Incidência é igual ao Ângulo de Reflexão 
  3. 3. ESPELHO PLANO1- REPRESENTAÇÃOAs hachuras representam a parte opaca do espelho plano.
  4. 4. 2- FORMAÇÃO DE IMAGENS:Quando você vê a imagem fornecida por um espelho plano de um objeto, ela parece se situaratrás do espelho. Essa imagem formada no prolongamento dos raios refletidos é quedenominamos de imagem virtual (figura). Figura :Formação de imagens em espelho planoA imagem real se forma na intersecção dos raios refletidos.Vamos determinar as características da imagem fornecida por um espelho plano, em duassituações:
  5. 5. a) Imagem I fornecida de um ponto objeto O θ i = ângulo de incidência θ r = ângulo de reflexão p = distância objeto que é a distância do objeto ao espelho q = distância imagem que é a distância da imagem ao espelho Figura: Imagem I fornecida por um espelho plano de um ponto objeto O.Observe que a imagem I fornecida pelo espelho plano do objeto O é formada noprolongamento dos raios refletidos, sendo portanto uma imagem virtual.Vamos, por convenção, considerar a distância imagem q de uma imagem virtual, negativa, ea de uma imagem real, positiva. Para espelhos planos a distância objeto (p), é igual, em valor absoluto, à distânciaimagem (q).
  6. 6. b) Imagem II fornecida de um objeto extenso OO H = tamanho objeto H = tamanho imagem Figura: Imagem II de um objeto extenso OOAmpliação ou aumento é a razão entre o tamanho imagem e o tamanho objeto e é dada pelaexpressão:A = H/H (4)Quando você vê uma imagem no espelho plano, pode observar que o tamanho imagem éigual ao tamanho objeto, ou seja, a ampliação A é igual 1.Para espelhos planos temos que o tamanho imagem é igual ao tamanho objeto.
  7. 7. b) Imagem II fornecida de um objeto extenso OOObservação: Quando você vai ler alguma coisa através da imagem fornecida pelo espelhoplano pode observar que a imagem está invertida, ou seja, é uma imagem especular. Paraum ponto objeto que está à direita, o ponto imagem correspondente se apresenta à esquerda,e vice-versa (figura). Figura: Imagem especular fornecida por um espelho plano.No nosso dia-a-dia encontramos uma aplicação prática para estapropriedade dos espelhos. Nos carros de socorro (ambulância) onome é escrito ao contrário. Isso para, refletido pelos espelhosretrovisores dos carros à frente, o nome ser lido com facilidade.
  8. 8. ESPELHOS PLANOShttp://www.cienciamao.usp.br/tudo/exibir.php?midia=tex&cod=_imagemnosespelho EXERCÍCIOS
  9. 9. Princípios da propagação da luz- Princípio da propagação retilíneaNos meios homogêneos e transparentes a luz se propaga em linha reta.Este princípio é facilmente observado no nosso cotidiano: o feixe de luz proveniente de umholofote; qualquer processo de alinhamento; mira para atirar em uma alvo; formação desombras; formação de imagens e outros.Em meios heterogêneos a luz não se propaga necessariamente em linha reta. Como exemplotemos a atmosfera terrestre que aumenta a densidade com a altitude decrescente; emconseqüência disso os raios provenientes dos astros se encurvam ao se aproximarem dasuperfície terrestre, fenômeno conhecido como refração atmosférica (será estudada emrefração). voltar
  10. 10. Princípios da propagação da luz- Princípio da independência dos raios de luzA propagação da luz independe da existência de outros raios de luz na região que atravessa.Este princípio você observa quando um palco é iluminado por dois feixes de luz provenientesde dois holofotes. A trajetória de um raio de luz não é modificada pela presença de outros:cada um segue sua trajetória como se os outros não existissem (fig. 1).Fig. 1 Princípio da indepêndencia dos raios de luz voltar
  11. 11. Princípios da propagação da luz- Princípio da reversibilidade de raios luminososA trajetória seguida pelo raio luminoso independe do sentido do percurso.Considere que um raio faz o percurso ABC tanto no fenômeno da reflexão (fig. 2a) como narefração (fig.2b). Se o raio de luz fizer o percurso no sentido contrário CBA, a trajetória do raioserá a mesma.Fig.2 Reversibilidade dos raios luminosos na (a) Reflexão e (b) Refração voltar
  12. 12. Ângulo de Incidência (OI) é o ângulo medido a partir de uma linha imaginária,perpendicular ao plano da superfície, chamada de Normal, que refletiu o Raiode Luz, conforme podemos ver na figura.  Figura: Ângulo de Incidência   voltar
  13. 13.  Ângulo de Reflexão (Or) é o ângulo formado a partir de uma linha imaginária,perpendicular ao plano da superfície e o Raio de Luz, que foi refletidoconforme podemos ver na figura.  Figura: Ângulo de Reflexão  voltar
  14. 14. Provaremos a seguir que a distância objeto para espelhos planos é igual, em valor absoluto,à distância imagem, ou seja, p = -q.Nos triângulos OVV e IVV, obtemos:tg θ = VV/p (1)tg θ= VV/-q (2)Temos que, pela lei da reflexão:θ i = θrLogo tg θ = tg θ Substituindo nas expressões (1) e (2), temos que:p=-q (3)Portanto temos que:Para espelhos planos a distância objeto (p), é igual, em valor absoluto, à distânciaimagem (q). voltar
  15. 15. Vamos provar que a ampliação é igual a 1 para espelhos planos. H = tamanho objeto H = tamanho imagemNo triângulo VOO: tg θ i = H / pNo triângulo VII: tg θ = tg θ r = H/ -qComo θ i = θ r (lei da reflexão) e tg θ i = tg θ r, temos que:H/ p = H/-qH/ H = p/-qComo A = H/ H (4) e p = -q (3), temos que: A =A/ H = p / -q = 1 (5)Para espelhos planos temos que o tamanho imagem é igual ao tamanho objeto. voltar

×