Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Pág 4

812 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Pág 4

  1. 1. 4 Acesse: http://paroquiamodelo.blogspot.com/NOSSAS PASTORAISLITURGIA Ano LitúrgicoO que é? Durante o ano inteiro, celebramos a vida de Jesus, Liturgia é a ação do Povo de Deus, reunido desde o seu nascimento até a sua paixão, morte, em Jesus Cristo, na comunhão do Espírito ressurreição e ascensão. O ‘‘calendário’ estabelecido Santo. pela Igreja denomina-se Ano Litúrgico (diferente do ano É sempre uma celebração de Mistério civil). Para que possamos compreendê-lo melhor, o Pascal, isto é, passagem da morte para vida, calendário litúrgico está dividido em partes chamadas através de sinais, gestos e palavras. A liturgia é tempos Litúrgicos, assim compreendidos: ação de Cristo na Igreja. Advento: Tempo de preparação para o nascimento de O ponto culminante de uma comunidade Jesus. Inicia-se quatro domingos antes do Natal e eclesial é a celebração comunitária, onde todos termina com a Festa do Natal (25 de dezembro) expressam sua fé comum; ouvem o mesmo Cor: roxa ou lilás Senhor, Salvador e Libertador; agradecem os Natal: Dia 25 de dezembro: Nascimento de Jesus. favores de Deus; cantam as mesmas canções. Comemora-se até duas semanas seguintes com a Festa Aí todos louvam a Deus e os laços do amor do Batismo de Jesus. fortalecidos. Cresce a fraternidade e o Povo de Tempo Comum (1ª parte): Inicia-se na 2ª feira após a Deus se reanima, sobretudo nos Sacramentos, Festa do Batismo de Jesus e termina na 3ª feira, véspera para continuar a luta pela construção do Reino. da 4ª feira de Cinzas. Cor: verde Nenhuma atividade pastoral pode realizar- Quaresma: Tempo de conversão e penitência. Inicia-se se sem referencia à liturgia. Qualquer na 4ª feira de Cinzas e termina no sábado, véspera do celebração tem sentido evangelizador e domingo de Ramos. Cor: roxa Celebrando a catequético. Toda ação pastoral terá como Semana Santa: Inicia-se no Domingo de Ramos Sagrada Família ponto de referencia a liturgia, na qual se celebra (entrada triunfal de Jesus em Jerusalém) e termina no Sábado Santo (Festa da vigília Pascal). Cor: branca A festa do Natal apresenta-nos uma família. a memória e se proclama a atualidade do Três são seus membros: Jesus, Maria e José. A projeto de Jesus Cristo. (Conf. Doc. 38 —CNBB) Páscoa: Inicia-se no Domingo de Páscoa (Ressurreição de Jesus) e termina 50 dias depois com a Festa de colocação dos nomes não é por acaso. Indica a A celebração litúrgica, como a obra de Cristo intensidade de santidade de seus membros. Sacerdote, e da Igreja que é seu Corpo, é uma Pentecostes (Festa do Espírito Santo). Cor: vermelha Tempo Comum (2ª parte): Inicia-se na 2ª feira após a Jesus - Deus entre nós; Maria - a cheia de ação sagrada por excelência. Sua eficácia não graça; José - o homem justo. Uma família é igualada por nenhuma outra ação da Igreja. Festa de Pentecostes e termina no sábado, véspera do 1° domingo do Advento. sagrada, colocada como protótipo e modelo (Conf. SC 7) Angela Mª Tuão Domingos para nossas famílias. Nos convida a recuperar os valores de uma família verdadeiramente cristã, marcada pelo amor, pela fidelidade e Os símbolos do Natal pelo casamento indissolúvel. Ela deve ser uma comunidade de fé e de oração, chamada a ser O símbolo é um sinal que indica alguma coisa ou originado por Deus; 5. Pastores: pessoas pobres, defensora e promotora da vida.que a representa. O termo símbolo vem do latim e foram os primeiros a visitar Jesus; 6. Magos: trêssignifica um sinal que leva ao reconhecimento daquilo estrangeiros que visitam e presenteiam Jesus, A Sagrada Família, após cumprir todo oque simboliza. Por exemplo: a foto que tenho de uma simbolizando que Ele nasceu como salvador de toda a ritual, retorna para Nazaré. E o Menino Jesus,pessoa que amo não é a pessoa em si, mas um sinal humanidade, e não somente dos judeus (a tradição sob os cuidados de seus pais José e Maria,dela. Ao ver a foto, recordo da pessoa. atribui a eles os nomes de Melquior, Baltazar e “crescia e se fortificava cheio de sabedoria, e a Os símbolos do natal são sinais do que aconteceu a Gaspar); 7. Estrela: guiou os magos até Belém; 8. graça de Deus estava com Ele.” (Lc 2, 22-40)mais de dois mil anos, quando, em Belém da Judéia, Manjedoura: cocho em que se coloca alimento paranasceu Jesus (cf. Lc 2, 7), o Filho de Deus que se fez os animais, e onde Jesus foi colocado ao nascer; 9. A exemplo de José e Maria, os pais sãoum de nós (cf. Lc 1, 31-32) para nos salvar (cf. Jo 1, 1- Presentes: dados pelos magos a Jesus: ouro, incenso chamados a desempenharem bem a missão18). Eles nos aproximam do nascimento de Jesus, e e mirra. Simbolizam a realeza, o sacerdócio e a que Deus lhes confiou. Como ensina oportanto do próprio Jesus. Ao vê-los ou manuseá-los, humanidade de Jesus, respectivamente; 10. Ovelhas: Catecismo da Igreja Católica, no nº 2.223, “osrecordamos do que eles representam; assim somos acompanham os pastores, e são símbolos da pais são os primeiros responsáveis pelatransportados em espírito àquilo que sinalizam: que docilidade; 11. Boi: abrigado na gruta, é símbolo da educação dos filhos. Dão testemunho destaDeus nos ama com um amor eterno, amor este que bondade; 12. Jumento: abrigado na gruta, é símbolo responsabilidade em primeiro lugar pelachegou ao máximo no envio do Filho (cf. 1 Jo 4, 7-21). da força; 13. Gruta: comum na terra de Jesus, era criação de um lar onde a ternura, o perdão, o Vamos entender o significado de um símbolo do usada como abrigo para pessoas e animais; 14. respeito, a fidelidade e o serviçoNatal! O Presépio. E você já montou o Presépio em Presépio: o termo é derivado do latim, e significa desinteressado são a regra.sua casa? estrebaria, local onde os animais se refugiam. O lar é um lugar adequado para a Segundo a tradição, São Francisco de Assis, para Concluindo educação dasmelhor explicar ao povo o significado do Natal, montou “Jesus nasceu na humildade de um estábulo, em virtudes. Esta requerum "presépio vivo". A partir de então criou-se o uma família pobre; as primeiras testemunhas do a aprendizagem dacostume de montar presépios em casas e igrejas. evento são simples pastores. É nesta pobreza que se abnegação, de umQuando entendido, o presépio é uma forma admirável manifesta a glória do Céu: A Igreja não se cansa de reto juízo, dode evangelização. Vamos conhecê-lo. 1. Menino cantar a glória dessa noite. Hoje a Virgem traz ao domínio de si.”Jesus: é o centro do presépio, porque Nele está a mundo o Eterno/ e a terra oferece uma gruta aoSalvação; 2. Maria: a Mãe de Jesus, que o concebeu Inacessível.../ Os anjos e os pastores o louvam/ e ospela ação do Espírito Santo; 3. José: o pai adotivo de magos caminham com a estrela./ Pois Vós nascestesJesus; 4. Anjo: ser divino, manifestação que identifica por nós,/ Menino Deus eterno” (Catecismo da Igrejao nascimento de Jesus como um acontecimento Católica, 525) Fonte: O Natal e seus símbolos - Padre Cristovam Lubel. Editora Pão e Vinho

×