Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Gestao publica

Apostila de Gestão Pública Para Concursos

  • Login to see the comments

Gestao publica

  1. 1. GESTÃO PÚBLICA – CONCURSO VIRTUAL - AULÃO As organizações são formadas por 3 níveis hierárquicos e administrativos ou camadas estratégicas, no plano mais alto encontra-se o nível estratégico (Diretor, assembléia e pessoas de alto nível), no meio encontra-se o nível tático e no nível mais baixo encontra-se o nível operacional, conforme o gráfico abaixo: Dentro desses órgãos que compõem os três níveis nós temos os gestores, cada um com a sua competência para dirigir aquele cargo. O que é necessário saber é que existem em princípio 3 tipos de competência 1) Conceitual 2) Humana e 3) Técnica. A medida que se vai subindo na escala hierárquica exige-se mais da capacidade conceitual (saber li dar com o abstrato, concorrência e do mercado externo como um todo). Na medida em que se desce de cargo aumentam-se as habilidades técnicas, por exemplo, nos cargos de supervisão (base da pirâmide). Um diretor precisa de muita habilidade conceitual e pouca habilidade técnica, enquanto que o supervisor precisa muitos de conhecimentos técnicos. Já quanto à habilidade humana, esta é indispensável para todos os níveis e cargos. O processo administrativo é formado por quatro elementos:
  2. 2. GESTÃO PÚBLICA – CONCURSO VIRTUAL - AULÃO Planejamento: o planejamento é o responsável por estabelecer os objetivos. Mas além de estabelecer objetivo o planejamento é responsável por tomadas de decisões e elaboração de planos, consequentemente nesta ordem. Organização: Aloca os recursos necessários para que a organização alcance seus objetivos. Direção: Vai lidar essencialmente com as pessoas, vai conduzir as pessoas, dar as ordens, coordenar e etc. tudo isso através da ordem, comunicação, motivação, coordenação e liderança. Controle: Vai verificar se os objetivos estão ou não sendo obtidos, e em caso não sendo deve agir de forma corretiva.  Planejamento Estratégico: O planejamento estratégico é uma metodologia gerencial que permite estabelecer a direção a ser seguida pela organização, visando maior grau de interação com o meio ambiente.
  3. 3. GESTÃO PÚBLICA – CONCURSO VIRTUAL - AULÃO
  4. 4. GESTÃO PÚBLICA – CONCURSO VIRTUAL - AULÃO O planejamento estratégico tem como principal característica os objetivos de longo prazo de toda a organização (TRT), normalmente elaborados pelos cargos de direção. O planejamento estratégico se desdobra em um 2º plano que é o planejamento tático envolvendo planejamento de médio prazo e objetivos de cada departamento. E o planejamento estratégico se divide no último plano (3º) que é o planejamento operacional envolvendo planejamento em curto prazo e de objetivos específicos
  5. 5. GESTÃO PÚBLICA – CONCURSO VIRTUAL - AULÃO (supervisores), que são os planejamentos (técnicos), tudo conforme os 3 níveis hierárquicos da administração. OBS: Não é o planejamento tático ou técnico que faz com que a organização (TRT) faça interação com o meio ambiente, e sim o planejamento estratégico. Pelo gráfico cartesiano abaixo é possível enxergar o nível de abrangência x detalhamento de cada tipo de planejamento, o vermelho, de maior abrangência menos detalhamento, sendo o planejamento estratégico, o azul – planejamento tático e o bege – o planejamento operacional, com pouca abrangência e muito detalhamento. Existe uma força chamada em “topdown” que diz que para se chegar no planejamento estratégico deve-se realizar os desdobramentos, ou seja, 1º traçamos o planejamento estratégico – 2º traçamos o planejamento tático e 3º o planejamento operacional, de cima para baixo.
  6. 6. GESTÃO PÚBLICA – CONCURSO VIRTUAL - AULÃO No entanto, no plano da execução, jamais se alcançará os objetivos globais (planejamento estratégico) se antes eu não passar pelo desdobramento (tático e operacional), é exatamente o inverso da força “topdown”, o chamado sistema “bottom-up”. A regra a ser seguida é que o planejamento em longo prazo é que define os objetivos em curto prazo. À medida que o tempo vai passando o planejamento em longo prazo vai ficando mais curto, pois através da globalização e das novas informações chegam mais rápidas e o planejamento é cada vez menor.  Processo de Planejamento Estratégico – Mintzberg, Ahlstrande e Lampel
  7. 7. GESTÃO PÚBLICA – CONCURSO VIRTUAL - AULÃO A avaliação externa ou “SWOT” é a avaliação do mercado (ameaças e oportunidades à organização) são exógenas não podem ser controladas. No entanto, a avaliação interna (forças e fraquezas da organização), são controláveis e endógenas. Com base nessas avaliações é que se pode planejar as forças e fraquezas futuras, tendo em vista as ameaças futuras. As avaliações externas são fatores chaves de sucesso de uma organização, enquanto que a avaliação interna são competências distintivas. Por exemplo, A elaboração da legislação trabalhista (união) pode ser uma oportunidade para o TRT, bem como relações com sindicatos podem ser oportunidades ou ameaças, já, por exemplo, profissionais qualificados ou novas tecnologias podem ser forças para organização do TRT. Criação da Estratégia: em face das duas avaliações (externa e interna) é que serão criadas as estratégias do TRT, em seguida faz-se a avaliação da estratégia, e por último faz-se a implementação da estratégia, sem esquecer-se da Responsabilidade Sócio Ambiental - RSA (por exemplo, implementação do processo judicial eletrônico), bem como dos Valores Gerenciais.
  8. 8. GESTÃO PÚBLICA – CONCURSO VIRTUAL - AULÃO *LER a Resolução nº 70/2009, do CNJ. Missão: Conforme o gráfico estratégico acima missão é o que é a organização, é o conceito da organização, não tem nada a haver com objetivos ou metas a serem alcançadas, a missão do TRT, é simplesmente dizer o que é a instituição e qual seu objetivo para o tempo de sua existência. Por exemplo, a missão do TRT é solucionar os conflitos decorrentes da relação do trabalho, no âmbito de sua competência. Visão: São os desafios, o que a organização quer alcançar daqui a algum tempo. Para o TRT a visão seria ser uma instituição pública reconhecida como modelo da justiça trabalhista. Os Valores: É o que o TRT acredita, por exemplo, acessibilidade, compromisso e participação, credibilidade, eficácia e eficiência, ética, responsabilidade sócio ambiental e transparência.
  9. 9. GESTÃO PÚBLICA – CONCURSO VIRTUAL - AULÃO Indicadores de Desempenho: São essências, pois, sem eles, não se sabe se estar indo no caminho certo, são norteadores para o gestor público. Os indicadores de desempenho servem para:  Mensurar os resultados e gerir os desempenhos;  Embasar a análise crítica dos resultados obtidos e do processo de tomada de decisão;
  10. 10. GESTÃO PÚBLICA – CONCURSO VIRTUAL - AULÃO  Contribuir para melhoria contínua dos processos organizacionais;  Facilitar o planejamento e o controle do desempenho;  Viabilizar a análise comparativa do desempenho; e  Viabilizar a análise comparativa do desempenho da Organização e do desempenho de diversas organizações atuantes em áreas ou ambientes semelhantes; Dimensões de Resultados: A cadeia de Valor e os 6Es do desempenho Mensurar o desempenho da organização com base nos elementos da cadeia de valor permite que as organizações analisem suas principais variáveis associadas ao cumprimento dos seus objetivos: quantos e quais insumos (Eficiência) são requeridos, quais ações são executadas, quantos (eficácia) e quais produtos/serviços são entregues e quais os impactos finais alcançados (efetividade). ◦ Cadeia de valor: A cadeia de valor é definida como o levantamento de toda a ação ou processo necessário para gerar ou entregar produtos ou serviços a um beneficiário. É a representação das atividades de uma organização e permite melhor visualização do valor ou do benefício agregado no processo. O modelo da cadeia de valor mensura o que se deve realizar para se produzir um resultado significativo no futuro. ◦ 6Es do Desempenho: O modelo dos 6 Es de desempenho constitui-se nas dimensões de esforços que serão despendidos considerando os resultados desdobrados em outras dimensões do desempenho. As dimensões de esforço são economicidade, execução e excelência; e as dimensões de resultado são eficiência, eficácia e efetividade. OBS: Eficiência é saber usar os recursos e eficácia é a obtenção do resultado, um não dependo do outro. OBS: Variáveis externas podem atrapalhar ou ajudar os objetivos organizacionais.
  11. 11. GESTÃO PÚBLICA – CONCURSO VIRTUAL - AULÃO

×