Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Wbi brasil pesquisa e-mail marketing 2009

1,880 views

Published on

Published in: Business, Technology
  • Be the first to comment

Wbi brasil pesquisa e-mail marketing 2009

  1. 1. PESQUISA “O USO DO E-MAIL MARKETING NAS CORPORAÇÕES BRASILEIRA” 4ª EDIÇÃO - 2009 REALIZAÇÃO TABULAÇÃO
  2. 2. Quem Somos A WBI BRASIL é uma empresa especializada em planejamento de marketing digital, que presta serviços de consultoria, desenvolve soluções integradas de comunicação online e aplicações web para o segmento corporativo. Atuamos no mercado internet desde 2000, atendendo empresas em todo o Brasil. Nossa Missão: entender a necessidade da Cadeia de Valor dos nossos clientes e oferecer as melhores soluções para Comunicação Digital visando ampliar os negócios das empresas de forma sustentável e continuada. Fonte: 4ª edição Pesquisa “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras”
  3. 3. Quem Somos A DINAMIZE é uma empresa com foco na comunicação digital que fornece softwares 100% via internet que eliminam distância geográfica entre fornecedor e cliente e causam grande impacto no resultado da empresa. A Dinamize possui presença nacional com filial em 8 cidades nos estados de RS, SC, PR, SP, RJ, DF e BA. Fonte: 4ª edição Pesquisa “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras”
  4. 4. Quem Somos A FOCAL PESQUISAS criada em 2007, focada em soluções mercadológicas, onde cientificamente associamos pesquisas de mercado a processos ou demais ferramentas de administração e gestão empresarial. Dispomos das mais diversas soluções, englobadas em três áreas de negócios: Área de pesquisa, área de Assessoria Mercadológica e Central de Inteligência. Fonte: 4ª edição Pesquisa “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras”
  5. 5. PESQUISA “O USO DO E-MAIL MARKETING NAS CORPORAÇÕES BRASILEIRAS” 4ª EDIÇÃO Fonte: 4ª edição Pesquisa “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras”
  6. 6. Introdução O desenvolvimento da Internet tem produzido mudanças no relacionamento das empresas com seus fornecedores, clientes e prospects. A comunicação digital têm se modificado em busca de agilidade e eficiência. WBI BRASIL e DINAMIZE, em parceria com a Focal Pesquisas, realizaram a 4ª edição da pesquisa “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras” para oferecer ao mercado informações de como as empresas brasileiras estão trabalhando com esta ferramenta. Fonte: 4ª edição Pesquisa “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras”
  7. 7. Organização da pesquisa Objetivo: Identificar como as empresas utilizam o e-mail marketing como ferramenta de comunicação junto ao seu público-alvo. Universo de Pesquisa: 2.845 profissionais de empresas brasileiras Formato de coleta dos dados: Questionário disponibilizado aos participantes do evento Café COM Internet. Período de coleta de dados: 1ª edição: realizada entre junho e julho de 2003 2ª edição: realizada entre maio e julho de 2005 3ª edição: realizada entre julho e novembro de 2007 4ª edição: realizada entre julho e novembro de 2009 Fonte: 4ª edição Pesquisa “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras”
  8. 8. PERFIL DO PÚBLICO Fonte: 4ª edição Pesquisa “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras”
  9. 9. Área de atuação das empresas Fonte: 4ª edição Pesquisa “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras”
  10. 10. ANÁLISE DOS DADOS Fonte: 4ª edição Pesquisa “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras”
  11. 11. Que tipo de conexão à internet sua empresa possui? Fonte: 4ª edição Pesquisa “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras”
  12. 12. Quantas horas por dia, em média, sua empresa se conecta à internet? Fonte: 4ª edição Pesquisa “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras”
  13. 13. Quantos colaboradores da sua empresa possuem e-mail ? Fonte: 4ª edição Pesquisa “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras”
  14. 14. 2009 - Como são armazenados pela empresa, os contatos recebidos via e-mail? ANÁLISE 63,2% do total das respostas apontam para o uso de software de e-mail individual, o que irá causar problemas no momento que a empresa desejar criar uma ação de comunicação com seu contatos, pois eles estão desagrupados. Apenas 22,7% das empresas possuem seu banco de dados integrados ao site, permitindo uma comunicação ágil e segmentada. Fonte: 4ª edição Pesquisa “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras”
  15. 15. Como são armazenados pela empresa, os contatos recebidos via e-mail? 60,00% 51,54% 50,00% 40,00% 31,40% 2003 30,00% 22,70% 24,09% 20,90% 2005 20,00% 2007 12,30% 2009 10,36% 7,56% 9,30% 10,00% 2,80% 2,00% 2,80% 0,84% 0,10% 0,01% 1,30% 0,00% Banco de Banco de Eudora Lotus Notes Outlook Outlook Outro Não dados dados sem Express software respondeu integrado ao integração site com o site COMPARATIVO Na comparação com os anos anteriores, percebe-se que houve uma grande evolução na integração dos sites com os banco de dados das empresas, passando de 10,35% para 22,70% do total das respostas. Se somado os DBM integrados com os sem integração, em 2009, 45% das empresas possuem um DBM, contra apenas 17,92% em 2003. Fonte: 4ª edição Pesquisa “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras”
  16. 16. Quantos e-mails você envia por dia? Fonte: 4ª edição Pesquisa “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras”
  17. 17. Quantos e-mails você recebe por dia? Fonte: 4ª edição Pesquisa “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras”
  18. 18. Qual a periodicidade que você verifica seus e-mails ? Fonte: 4ª edição Pesquisa “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras”
  19. 19. Quantos boletins informativos você recebe por dia ? Fonte: 4ª edição Pesquisa “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras”
  20. 20. Qual seu procedimento ao receber um SPAM ? 0,6 55,18% 52,00% 0,5 49,00% 39,00% 46,83% 0,4 35,40% 0,3 2003 31,10% 25,77% 2005 2007 0,2 2009 11,20% 0,1 7,50% 6,69% 5,32% 5,70% 4,54% 8,10% 3,50% 0 0 0,20% 0,40% 4,00% 2,52% 2,95% 3,10% 0 Não informou Deleto sem ler Encaminho Leio quando o Sempre leio Solicito exclusão denúncia de assunto me do meu e-mail SPAM para o interessa meu provedor Fonte: 4ª edição Pesquisa “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras”
  21. 21. Qual o motivo que leva você a se cadastrar em um site ? 79,40% 80,00% 70,00% 60,00% 49,40% 49,90% 50,00% 44,40% 43,20% 41,00% 40,00% 2003 2005 30,00% 24,89% 24,58% 2007 17,11% 16,56% 2009 20,00% 15,40% 15,25% 15,19% 14,27% 14,46% 13,98% 11,02% 10,10% 10,00% 7,14% 3,48%3,53% 1,19% 1,98% 3,50% 0,00% Para receber Para receber Notícias Para Para receber Para receber Para Não me informações novidades gerais acompanhar a informações promoções responder cadastro em do mercado sobre o concorrência sobre eventos pesquisas nenhum site que minha mercado de empresa atua trabalho COMPARATIVO Em 2009, as respostas apontam uma preferência por informações do mercado, que o profissional atua, com 79,40% das respostas e 41% para recebimento de e-mails promocionais, o que deixa claro que a principal motivação é conteúdo. Fonte: 4ª edição Pesquisa “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras”
  22. 22. BRASIL - O que inibe você a preencher um cadastro em sites? 0,08% 11,24% Solicitar CPF/RG 5,98% 44,15% Solicitar renda 14,87% Solicitar endereço Solicitar CPF/RG Solicitar endereço Não informar periodicidade de envio de e- 23,68% mails Solicitar renda Não informar política de privacidade Outros ANÁLISE Fica claro que o principal motivo das pessoas não se cadastrarem num site, para receberem e-mails promocionais, está vinculado a obrigatoriedade de dados que não devem ser solicitados no 1º momento de contato do visitante do site, em especial o CPF/RG, com 44,15% das citações. As informações sobre renda (23,68% das citações) e o endereço (14,87% das citações), são considerados pouco importantes neste início de relacionamento dos consumidores com as empresas que eles possuem interesse de receberem informações, novidades e promoções. Por este motivo são fatores que reduzem o volume de cadastros, quando são exigidos pelo site. Já as informações relativas a freqüência de comunicação (Periodicidade de envio) não são motivos que impeçam o cadastro do usuário, com apenas 5,98% das citações. A não publicação da política de privacidade dos dados começa a ser considerada como de relativa importância pelo usuário, pois 11,24% das respostas apontam como principal motivo para o não cadastro. Fonte: 4ª edição Pesquisa “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras”
  23. 23. POR ESTADO - O que inibe você a preencher um cadastro em sites? 50,00% 47,69% 45% 45,00% 42,20% 41,72% 40,00% 35,00% 30,00% 27,69% 26% RS 25,00% 21,05% SC 20,00% 16,92% 15,62% RJ 15,41% 20% 13,90% 14,37% 15,00% 11,55% SP 13,70% 10,00% 7,89% 6,45% 4,61% 5,00% 3,00% 5% 0,09%0% 0% 0,03% 0,00% Solicitar CPF/RG Solicitar renda Solicitar endereço Não informar Não informar política Outros periodicidade de de privacidade envio de e-mails ANÁLISE Nos quatro estados que foi realizada a pesquisa, fica comprovado que os dados que não são necessários no momento do cadastramento inicial, são rejeitados por quase 50% das pessoas. Destaque para SC que possui o maior % de rejeição (47,69%). De outro lado, SC também é o estado que menos se preocupa com a política de privacidade com apenas 3%, diferente dos outros três estados que possuem um percentual em torno de 13%, mostrando uma certa preocupação com a segurança e privacidade dos dados cadastrais. Fonte: 4ª edição Pesquisa “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras”
  24. 24. Você já efetivou uma compra online depois de receber um e-mail ? 80,00% 70,00% 70,80% 64,00% 60,00% 51,54% 2003 50,00% 50,86% 48,46% 49,14% 2005 40,00% 35,30% 2007 30,00% 26,80% 2009 20,00% 10,00% 0,00% NÃO SIM ANÁLISE No gráfico acima, percebe-se crescimento do retorno advindo das ações de e-mail marketing, principalmente a partir de 2007. As empresas aprofundaram estudos visando a melhor forma de utilização do e-mail marketing nas estratégias adotadas pelas empresas, comprovadas nesta pesquisa. O correto entendimento no que se refere ao melhor dia, melhor horário, conhecimento da base e a conseqüente segmentação das campanhas, resultaram em resultados mais efetivos. Fonte: 4ª edição Pesquisa “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras”
  25. 25. Sua empresa desenvolve ações de e-mail marketing promocionais? Fonte: 4ª edição Pesquisa “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras”
  26. 26. Sua empresa desenvolve ações de e-mail marketing promocionais? 80,00% 71,50% 70,00% 64,50% 60,00% 55,53% 51,82% 50,00% 2003 40,00% 2005 28,85% 30,00% 2007 20,41% 20,30% 16,90% 2009 20,00% 14,01% 12,50% 15,07% 7,60% 10,00% 5,32% 5,90% 3,76% 3,90% 1,93% 0 0 0,20% 0,00% Sim Não Estamos Já desenvolveu, Não informou planejando mas não realiza desenvolver mais COMPARATIVO No comparativo com os anos anteriores, percebe-se uma acentuada evolução no percentual de empresas que desenvolvem ações de e-mail marketing. Fonte: 4ª edição Pesquisa “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras”
  27. 27. Sua empresa envia newsletter periodicamente para seus clientes ? Fonte: 4ª edição Pesquisa “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras”
  28. 28. 2009 - Caso positivo, qual a periodicidade de envio ? Fonte: 4ª edição Pesquisa “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras”
  29. 29. Caso positivo, qual a periodicidade de envio ? 60,00% 50,15% 50,00% 40,00% 2003 30,22% 30,00% 2005 23,82% 24,70% 22,49% 21,41% 2007 17,80% 18,60% 19,90% 20,00% 17,30% 2009 14,30% 15,10% 13,60% 13,70% 10,20% 13,61% 13,40% 9,60% 10,00% 5,50% 8,50% 5,18% 2,64% 6,90% 0 0,00% 0,00% 0,78% 0,00% Diário Semanal De 10 em 10 dias De 15 em 15 dias Mensal Eventual não informou COMPARATIVO No comparativo com os anos anteriores, percebe-se houve um melhor entendimento de qual a freqüência ideal entre os envios dos e-mails marketing. Em 2003, 50,15% das empresas faziam envios mensais, e em 2009, apenas 19,90% enviavam uma vez por mês. Em 2005, 22,49% das empresas informaram envios diários, e em 2009, apenas 13,70% das empresas mantinham envios diários. A maior freqüência passou a ser semanal com 30,22% das respostas e quinzenal com 15,10%, o que demonstra que as empresas perceberam qual era a melhor freqüência de comunicação com seus públicos. Nem tão espaçado como envios mensais, nem tão freqüentes, como envios diários. Fonte: 4ª edição Pesquisa “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras”
  30. 30. Em qual (is) dia (s) da semana, sua empresa envia e-mails ? 45,00% 41,57% 40,00% 35,00% 32,70% 30,00% 27,00% 25,74% 2003 23,70% 25,00% 21,60% 22,00% 2005 20,00% 15,72% 14,61% 15,49% 14,81% 2007 15,00% 11,24% 11,80% 2007 9,11% 8,71% 8,43% 9,90% 8,20% 10,00% 6,15% 3,65% 5,80% 3,30% 5,00% 1,37% 1,59%1,60% 1,82% 1,50% 0 0 0 0,00% segunda terça quarta quinta sexta sábado domingo de segunda de segunda de segunda feira feira feira feira feira a sexta-feira a sábado a domingo ANÁLISE O crescimento do volume de envios semanais, fica evidente no comparativo entre 2003 e 2009. Se em 2003, os envios de final de semana mais a segunda-feira, chegaram a 57,02% do total de envios da semana, em 2009, apenas 3,10% eram enviados exclusivamente no final de semana. Nestes seis anos de pesquisa, identificou-se uma grande mudança, não só na freqüência mas principalmente nos melhores dias para envios. Em 2009, o pico de envio ficou concentrado na terça-feira com 32,70% do total de respostas, o que comprova a força do e-mail marketing, pois terça-feira é historicamente o dia da semana com o maior volume de compras no Comércio Eletrônico. Fonte: 4ª edição Pesquisa “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras”
  31. 31. Sua empresa utiliza uma ferramenta para bloquear SPAM ? ANÁLISE Mesmo com o volume de e-mails crescendo, a pesquisa apontou que 58,7% das empresas ainda não possuem nenhuma ferramenta que faça a análise dos e-mails marketing recebidos, o que demonstra um certo desconhecimento de como funcionam os filtros anti-spam. Fonte: 4ª edição Pesquisa “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras”
  32. 32. Sua empresa possui uma ferramenta de e-mail marketing ? ANÁLISE Apesar do crescimento no uso do e-mail marketing, percebe-se que a maioria (56,4%) das empresas que participaram da pesquisa ainda não possuem uma ferramenta especializada em e-mail marketing. Este dado demonstra que o uso correto do e-mail marketing ainda irá melhorar nos próximos anos, com a necessidade de profissionalização deste tipo de ação. Fonte: 4ª edição Pesquisa “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras”
  33. 33. Sua empresa pretende investir numa solução de e-mail marketing ? 50,00% 49% 45,00% 40,00% 35,00% 30,00% 25,00% 2009 20,00% 21,10% 15,00% 16,40% 13,40% 10,00% 5,00% 0,00% Sim. Nos próximos seis Sim. A partir de 2010 Não pretendo investir Não respondeu meses Fonte: 4ª edição Pesquisa “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras”
  34. 34. CONCLUSÃO Fonte: 4ª edição Pesquisa “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras”
  35. 35. Conclusão Nos seis anos da pesquisa, percebemos um grande amadurecimento do mercado digital brasileiro, que utiliza o e-mail marketing. De um lado, os profissionais responsáveis pelo planejamento e criação de campanhas, que passaram a analisar os dados extraídos dos softwares de e-mail marketing e a conversão advinda destas ações nas ferramentas de web analytics. De outro lado, as soluções de e- mail marketing no Brasil, se tornaram extremamente qualificadas, integrando sites com os sistemas administrativos das empresas. Esta combinação trouxe um enorme conhecimento de como funciona a comunicação via e-mail marketing, e hoje o Brasil possui cases mundiais. Se em 2003, apenas 17,92% das empresas tinham um banco de dados no site, em 2009, 45% das empresas instalaram nos seus formulários de contato/fale conosco, uma forma de banco de dados, agilizando o envio de e-mails de acordo com perfis e/ou áreas de interesse. De acordo com a pesquisa, as empresas que desenvolvem ações de relacionamento e comunicação com seu público via e-mail marketing representam 77% do total de respostas em 2009, um incremento de 25,18% se comparado ao índice de 51,82% apurado na pesquisa de 2003. Ações promocionais são realizadas por 71,50% das empresas. Fonte: 4ª edição Pesquisa “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras”
  36. 36. Conclusão MOTIVAÇÃO PARA CADASTRO - CONTEÚDO Pelo menos dois itens da pesquisa comprovam a força do e-mail marketing nos negócios das empresas. Perguntadas sobre qual o motivo de se cadastrarem num determinado site, 79,40% respondeu querer informações do mercado em que atuam. Em 2003, somente 7,14% das pessoas se cadastravam para receber promoções. Em 2009, esse índice aumentou para 41%. E apenas 3,50% das pessoas não se cadastram em nenhum site. EMPECILHOS NO CADASTRO – SOLICITAÇÃO DE CPF/RG Entre os principais motivos que os usuários alegam para não se cadastrar em um site, está a solicitação de CPF/RG com 44,15% das respostas e solicitação da renda, com 23,68%. Fonte: 4ª edição Pesquisa “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras”
  37. 37. Conclusão MAIOR FREQUENCIA DE ENVIOS - SEMANAL A pesquisa também constata mudança significativa na periodicidade com que esses e-mails são enviados. Em 2003, 50,15% das empresas enviavam e-mails de 30 em 30 dias, caindo para 19,90% no ano passado. Em 2009, o destaque ficou para o envio semanal, com 30,22% do total de envios. MAIOR VOLUME DE ENVIOS – TERÇA-FEIRA Em 2003, 57,02% do total de e-mails enviados era entregue na caixa postal dos usuários, na segunda-feira. Em 2009, o dia com maior volume de envios passou a ser terça-feira, com 32,70% do total da semana, e quarta-feira ficou em 2º lugar com 27%. Percebe-se que houve uma adequação tanto na freqüência de envio como a definição do dia mais adequado, a partir da análise detalhada de taxas de abertura, por dia, por hora, por item mais clicado, entre outras informações, que as soluções de e-mail marketing disponibilizam. Fonte: 4ª edição Pesquisa “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras”
  38. 38. Conclusão INFLUÊNCIA NA DECISÃO DE COMPRA O percentual de entrevistados que já fizeram compras após receber um e-mail propaganda também cresceu. Em 2009, os entrevistados que fizeram compras pela Internet após receber e-mail marketing promocional representaram 70,80%. Em 2003, eram apenas 48,46%, do total de respostas. AMADURECIMENTO DO MERCADO Apesar dos dados favoráveis e da eficiência da comunicação via e-mail marketing, 56,4% das empresas não possuem uma ferramenta de e-mail marketing, o que demonstra que o mercado ainda vai crescer muito, pois muitas empresas não utilizam soluções que permitam uma melhor entrega dos e-mails. Fonte: 4ª edição Pesquisa “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras”
  39. 39. Autorização de publicação Autorizamos a publicação da pesquisa desde seja citada a fonte (empresa e endereço do site), conforme abaixo: Pesquisa: 4ª edição “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras”. Realização: WBI BRASIL & DINAMIZE Tabulação: FOCAL PESQUISAS Link para download: www.wbibrasil.com.br/pesquisas Fonte: 4ª edição Pesquisa “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras”
  40. 40. Informações para a imprensa Paulo Kendzerski Alfeo Pozza Junior Diretor de Marketing Assessor de Imprensa paulo@wbibrasil.com.br imprensa@wbibrasil.com.br (51) 3233.1771 www.wbibrasil.com.br Av. Getúlio Vargas, 379/ 203 CEP 90150-001 – Porto Alegre Fonte: 4ª edição Pesquisa “O uso do e-mail marketing nas corporações brasileiras”

×