Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Case de Guerrilha para Klabin Segall (astroturfing)

22,794 views

Published on

Ação de Astroturfing para a incorporadora Klabin Segall. Esta ação gerou 4 milhões de reais em mídia espontânea e, sem nenhuma compra de mídia, bateu o recorde de vendas no Brasil de um empreendimento imobiliário.

Published in: Business

Case de Guerrilha para Klabin Segall (astroturfing)

  1. 1. Há 30 anos não se constrói na Lapa, no Rio de Janeiro. Apesar de ser visto com carinho pelos cariocas, o bairro é fortemente identificado com a vida boêmia. A incorporadora paulista Klabin Segall escolhe a região para sua terceira e maior incursão na cidade, com um prédio de 668 apartamentos e inspiração novaiorquina chamado Cores da Lapa. CENÁRIO
  2. 2. Fazer com que a Lapa passe a ser vista como opção de moradia. Vender o empreendimento da Klabin Segall. Criar brand awareness para a incorporadora nesse seu novo mercado. OBJETIVOS
  3. 3. No Rio de Janeiro, as pessoas têm o costume de dizer em que bairro vivem ao serem apresentadas. Assim, é comum ouvir “Eu sou de Copacabana”,“Eu sou de Ipanema”ou“Eu sou de Madureira”. Para posicionar o bairro do empreendimento como opção de moradia, a campanha de guerrilha foi desenvolvida a partir da mensagem“Eu sou da Lapa”. ESTRATÉGIA
  4. 4. Utilizando como porta-vozes ícones informais do Rio de Janeiro, criou-se um movimento popular, usando a ferramenta de astroturfing. Ações publicitárias que parecem iniciativas espontâneas. Inseridos em seu ambiente natural, eles distribuíam guias com as atrações da Lapa e convidavam as pessoas a visitarem o site oficial do movimento. ESTRATÉGIA
  5. 5. Famoso pelas esculturas de areia que faz nas praias de Ipanema e Copacabana, o colombiano Alonzo Gómez- Diaz moldou uma réplica perfeita dos Arcos da Lapa, monumento que identifica o bairro. ESTRATÉGIA
  6. 6. Saxofonista, Ademir Leão toca há 25 anos no metrô da Carioca, no Centro do Rio, e adotou o movimento usando camiseta e chapéu com a logo Eu Sou da Lapa.
  7. 7. Personagem emblemático da noite carioca, Sady Bianchin é visto em todos os bares da cidade – há quem jure até que ele consegue estar em dois ou três ao mesmo tempo. Vestido de Eu sou da Lapa, levantava brindes para o bairro e pagava uma rodada de chope.
  8. 8. Ex-campeão de surfe, Dadá Figueiredo adotou em sua Escola de Surfe, na Barra da Tijuca, pranchas e camisetas estampadas com o endereço do site do movimento.
  9. 9. Enquanto a publicidade tradicional leva as empresas a pagarem milhões pelo patrocínio dos times de futebol, o movimento Eu Sou da Lapa firmou parceria com as torcidas jovens de Flamengo, Botafogo e Vasco.
  10. 10. 40 MIL GUIAS DE BOLSO COM AS ATRAÇões do bairro foram distribuídos gratuitamente em estabelecimentos comerciais da lapa
  11. 11. Todos os bares da lapa aderiram ao movimento espontâneamente distribuindo guardanapos e bolachas de chope personalizados.
  12. 12. o ator Marcos palmeira foi fotografado em ipanema usando a camiseta do movimento, enviada para várias celebridades identificadas com a cidade.
  13. 13. Todos os 668 apartamentos foram vendidos em 2 horas, sem nenhuma compra de mídia. Quatro milhões de mídia espontânea. O movimento se tornou realidade em todas as esferas da cidade. Foi adotado tanto pelos bares da Lapa quanto endossado na imprensa pela prefeitura do Rio. A incorporadora Klabin Segall ficou definitivamente conhecida no Rio de Janeiro. RESULTADOS
  14. 14. O saxofonista Ademir Leão no programa do Jô - 26/09/2005
  15. 15. O GLOBO - ANCELMO GOIS 13/10/2005 O GLOBO 21/08/2005
  16. 16. jornal EXTRA 06/11/2005
  17. 17. JORNAL DO COMMERCIO 12/11/2005 JORNAL EXTRA 13/11/2005
  18. 18. w w w . m a r k e t i n g d e g u e r r i l h a . c o m . b r

×