Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

PLANEJAR E PORTFÓLIOS

3,548 views

Published on

Planejamento de trabalhos e projetos dentro da escola, e montagem de portfólios dos alunos.

Published in: Education

PLANEJAR E PORTFÓLIOS

  1. 1. Planejar para Ensinar A função do planejamento é orientar o ensino (favorecer a aprendizagem), a sua principal finalidade é didática.
  2. 2. <ul><li>Ter maior clareza de quais são as metas do trabalho pedagógico, o que se pretende que os alunos saibam ao final de um período, que pode ser uma semana, um dia, um mês, um ano... </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Pensar com antecedência as ações que se julga necessárias para o alcance dos resultados desejados e sequenciá-las considerando os diferentes níveis de desafios que colocam aos alunos; </li></ul><ul><li>Avaliar o trabalho realizado, não apenas em relação aos resultados, mas também em relação às ações desenvolvidas ao longo do processo e redirecioná-las; </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Verificar a coerência entre o que se pretende alcançar com os alunos e o que realmente acontece na sala de aula – isto é, entre o que se deseja obter em termos de resultados e o que efetivamente se faz para tanto. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>Recorrência dos conteúdos : estejam distribuídos no tempo de modo a, sempre que necessário, serem retomados e abordados em outros níveis de complexidade; </li></ul><ul><li>Diversidade : exige do professor encaminhamentos diferenciados; </li></ul><ul><li>Provisoriedade : reajustar o planejamento, de reformulá-lo à medida que, ao ser posto em prática, o professor consegue observar outros aspectos que antes não havia considerado; </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Coletivo : o trabalho coletivo é fundamental porque é uma contribuição não só para o próprios professores, que têm chance de potencializar os conhecimentos uns dos outros, mas também para os alunos. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>Planejamento anual : é aquele em que são decididos os objetivos, conteúdos e procedimentos do ano ou ciclo em cada área de conhecimento/ componente curricular, assim as formas de avaliação; </li></ul><ul><li>Planejamento da rotina : “ modalidades organizativas”, atividades permanentes, sequência didáticas, projetos didáticos, registros diários, portfólio e síntese avaliativas. </li></ul>
  8. 8. <ul><li>“ Planejar não deve se confundir com a definição normativa do deve ser , mas engloba o poder se r e a vontade de fazer .” </li></ul><ul><li>“ Planejar é refletir antes de agir.” </li></ul><ul><li>Carlos Matus </li></ul><ul><li>Chileno, é o criador do modelo de Planejamento Estratégico Situacional – essa citações foram extraídas do livro Adeus, senhor presidente – governantes e governados, edições Fundap, 1997. </li></ul>
  9. 9. <ul><li>Seja um mediador : promova o debate sobre os procedimentos empregados na resolução das atividades propostas e as diferenças encontradas nas respostas de seus alunos; </li></ul><ul><li>Seja um facilitador : forneça informações (textos e materiais, em diferentes linguagens) que o aluno não tem condições de obter sozinho; </li></ul>
  10. 10. <ul><li>Seja um incentivador : estimule a cooperação entre os alunos o colaborativismo; </li></ul><ul><li>Seja um avaliador reflexivo : observe se os objetivos propostos estão sendo atingidos; </li></ul><ul><li>Seja um organizador : conheça quem são seus alunos e escolha situações problema que possibilitem atingir os objetivos propostos; </li></ul><ul><li>Seja observador e flexível : mostre-se atento e sensível ao feed-back de sua turma. </li></ul>
  11. 11. <ul><li>O percurso por tema-problema que favoreça a análise, a interpretação e a crítica (como contrates de pontos de vista); </li></ul><ul><li>Estratégias que podem ser desenvolvidas; </li></ul><ul><li>O que os alunos devem aprender? </li></ul><ul><li>Conexões com outras matérias e saberes; </li></ul><ul><li>Apresentação final: o portfólio (reflexo do conteúdo do projeto) e avaliação. </li></ul>
  12. 12. <ul><li>Definição: são pastas que contêm amostras dos melhores trabalhos dos alunos, que reflitam seu pensar, sentir e agir, sua capacidade e realizações; </li></ul><ul><li>Funções : dar uma visão global do aluno; mostrar sua aprendizagem nas diferentes disciplinas, revelar o sentir, o pensar e o agir do aluno. </li></ul>
  13. 13. <ul><li>Características : ter propostas abertas, ricas e variadas, ter propostas ligadas a uma situação do mundo real, ter tarefas de aplicação de conhecimentos para resolver problemas ou responder a perguntas de relevância, demonstrar o desempenho de uma aprendizagem significativa, mostrar a capacidade do aluno na criação de um produto e provar o desempenho do aluno. </li></ul>
  14. 14. <ul><li>É um instrumento de avaliação do aluno, executado com parceria do professor. Ambos, planejam o tipo das atividades e os critérios de qualidade; </li></ul><ul><li>O portfólio deve refletir uma avaliação autêntica do aluno real, vai mostrar o máximo alcançado pelo aluno, não quer dizer que ele conseguirá em tudo o pico da qualidade. O que ele precisa é ter uma variedade grande de trabalhos para optar pelos melhores. </li></ul>
  15. 15. <ul><li>Rosaura Soligo – Planejar para ensinar – excerto; </li></ul><ul><li>Coleção Pitágoras – Luzia Penha Camata- Sistema de avaliação: a ousadia de mudar ; </li></ul><ul><li>Henández, Cultura Visual, mudança Educativa e Projetos de Trabalho . ArtMed, Porto Alegre, 2000. </li></ul><ul><li>Délia Lener – Ler e Escrever na Escola , págs, 128.,Ed. Artmed. </li></ul><ul><li>Diretoria de Ensino – Região de Pirassununga – Oficina Pedagógica. </li></ul>

×