Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Organelas citoplasmáticas

5,146 views

Published on

Published in: Technology

Organelas citoplasmáticas

  1. 1. <ul><li>Prof.ª Marina M. Dapieve </li></ul>
  2. 2. <ul><li>Célula Animal: </li></ul><ul><li>Centríolos </li></ul><ul><li>Lisossomos </li></ul><ul><li>Célula vegetal: </li></ul><ul><li>Parede celular </li></ul><ul><li>Vacúolo </li></ul><ul><li>Cloroplastos </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Água e proteínas (colóide) </li></ul><ul><li>Periferia -> mais viscoso -> citogel </li></ul><ul><li>Centro -> menos viscoso -> citosol </li></ul><ul><li>Movimentos: </li></ul><ul><li>Ciclose = movimento do citoplasma de organelas ( cloroplasto) </li></ul><ul><li>Amebóide = produção de expansões (pseudópodes), relacionado à locomoção e englobamento. </li></ul>
  4. 5. <ul><li>1) Transporte Passivo: </li></ul><ul><li>Passagem de pequenas moléculas através da membrana plasmática SEM gasto de energia. </li></ul>
  5. 6. <ul><li>1) Transporte Passivo: </li></ul><ul><li>1.1) Difusão simples </li></ul><ul><li>Moléculas atravessam livremente a membrana plasmática . </li></ul><ul><li>Ocorre a favor do gradiente de concentração </li></ul>
  6. 7. <ul><li>1) Transporte Passivo: </li></ul><ul><li>1.2) Difusão facilitada </li></ul><ul><li>Moléculas atravessam a membrana plasmática através de proteínas SEM GASTO de energia. </li></ul>
  7. 8. <ul><li>Movimento da água entre meios com concentrações diferentes de solutos, separados por uma membrana semipermeável. </li></ul><ul><li>A água movimenta-se sempre de um meio hipotônico (menos concentrado em soluto) para um meio hipertônico (mais concentrado em soluto) com o objetivo de se atingir a mesma concentração em ambos os meios </li></ul>
  8. 9. <ul><li>É a solução que apresenta menor concentração de solutos do que outra solução que se encontra separada da primeira por uma membrana semipermeável. </li></ul>
  9. 10. <ul><li>É a solução que apresenta maior concentração de solutos do que outra solução que se encontra separada da primeira por uma membrana semipermeável. </li></ul>
  10. 11. <ul><li>É um estado de equilíbrio osmótico entre dois meios separados por uma membrana semipermeável. </li></ul>
  11. 15. <ul><li>2) Transporte Ativo: </li></ul><ul><li>Passagem de moléculas através de proteínas da membrana plasmática COM gasto de energia. </li></ul>
  12. 16. <ul><li>Sustentação da célula; </li></ul><ul><li>Formada por : </li></ul><ul><li>Microtúbulos -> proteína tubulina, </li></ul><ul><li>-> mantêm a forma da célula, </li></ul><ul><li>-> disposição das organelas, </li></ul><ul><li>-> formação do fuso, </li></ul><ul><li>-> formação dos centríolos </li></ul>
  13. 18. <ul><li>Microfilamentos : </li></ul><ul><li>formado por actina </li></ul><ul><li>estrutura filamentosa, </li></ul><ul><li>função citoesquelética </li></ul><ul><li>função contrátil </li></ul><ul><li>movimentação celular (ciclose) e movimento amebóide </li></ul>
  14. 19. Actina Contração
  15. 20. Ciclose Amebóide
  16. 21. <ul><li>Filamentos intermediários : </li></ul><ul><li>diâmetro (10 nm), </li></ul><ul><li>intermediário entre os filamentos finos e grossos, </li></ul><ul><li>não podem aumentar ou diminuir de tamanho, </li></ul><ul><li>α -hélice , </li></ul><ul><li>Função de ancorar as estruturas celulares, </li></ul><ul><li>forma os desmossomos (junção intercelular), </li></ul><ul><li>função de absorver impactos. </li></ul>
  17. 22. Ancorar estruturas Desmossomos
  18. 23. <ul><li>Constituído de RNA + proteínas; </li></ul><ul><li>Formados por 2 subunidades: maior e menor, </li></ul><ul><li>As subunidades são ligadas por íons magnésio, </li></ul><ul><li>Apresentam-se livres ou aderidos ao RE; </li></ul><ul><li>Auxilia a síntese de proteínas, </li></ul>EGS! Ribossomos do citosol -> proteínas mantêm-se no meio intracelular Ribossomos associados ao retículo -> são exportadas para o meio extracelular
  19. 26. <ul><li>Formado por rede de membranas lipoprotéicas; </li></ul><ul><li>Associado a membrana nuclear e a membrana plasmática. </li></ul><ul><li>Função : </li></ul><ul><li>Transporte de substâncias; </li></ul><ul><li>Armazenamento de substâncias; </li></ul><ul><li>2 tipos: </li></ul><ul><li>Retículo endoplasmático não granuloso ou liso; </li></ul><ul><li>Retículo endoplasmático granuloso ou rugoso. </li></ul>
  20. 27. <ul><li>RE não-granuloso ou liso </li></ul><ul><li>Sintetiza lipídios na célula, </li></ul><ul><li>Neutralização de substâncias tóxicas. </li></ul><ul><li>RE granuloso ou rugoso </li></ul><ul><li>Síntese e transporte de substâncias. </li></ul>
  21. 28. <ul><li>Constituído por sáculos lameliformes ou dictiossomos (pilhas de sacos achatados); </li></ul>
  22. 29. <ul><li>Funções: </li></ul><ul><li>1. Condensação e </li></ul><ul><li>armazenamento, </li></ul><ul><li>2. Síntese de </li></ul><ul><li>polissacarídeos, </li></ul><ul><li>3. Síntese de </li></ul><ul><li>glicoproteínas. </li></ul>
  23. 30. <ul><li>4. Formação da lamela média dos vegetais; </li></ul><ul><li>5 . Formação do acrossomo do espermatozóide; </li></ul><ul><li>6 . Formação dos lisossomos. </li></ul>
  24. 31. <ul><li>Vesículas que contêm enzimas digestivas; </li></ul><ul><li>Formada pelo RER; </li></ul><ul><li>Empacotadas pelo complexo golgiense. </li></ul><ul><li>Função: </li></ul><ul><li>Digestão intracelular </li></ul>
  25. 32. Complexo de Golgi Lisossomo primário Fagossomo Lisossomo secundário Fagocitose Vacúolo residual
  26. 33. <ul><li>Autofagia -> reciclagem celular; </li></ul><ul><li>Autólise -> ocorre quando o lisossomo rompe liberando suas enzimas provocando a destruição da célula. </li></ul>
  27. 34. <ul><li>Resultante da deposição de cristais do ácido nos tecidos e articulações </li></ul><ul><li>Caracterizada por uma inflamação articular evidenciado com calor, rubor, edema e extrema dor principalmente os pés. </li></ul>
  28. 35. <ul><li>Causada pela inalação de partículas de sílica cristalina </li></ul><ul><li>Afeta os mineiros, após anos de inalação da sílica presente no ar dos túneis e galerias. </li></ul><ul><li>A sílica se deposita nos alvéolos pulmonares furando células e rompendo os lisossomos que derramam suas enzimas que destroem as células, ação conhecida como apoptose. </li></ul><ul><li>Causa dificuldade respiratória e baixa oxigenação do sangue, provocando tontura, fraqueza e náuseas, incapacitando o trabalhador. </li></ul>
  29. 36. Pulmão normal Pulmão com silicose

×