Successfully reported this slideshow.
   O turismo e outras atividades recreativas e    de lazer nas áreas rurais têm vindo a    assumir uma crescente importân...
   O turismo no espaço rural (TER) tem    como objetivo principal oferecer aos    turistas oportunidade de conviver com  ...
 Recentemente tem-se registado uma  tendência de aumento da procura do TER. As principais razões são:    › O maior inter...
   Turismo de habitação: desenvolve-se    em solares, casas apalaçadas ou    residências de reconhecido valor    arquitet...
   Turismo rural:    desenvolve-se em    casas rústicas    particulares, com    características    arquitetónicas    próp...
   Agroturismo:                    caracteriza-se                    por permitir que                    os hospedes     ...
   Casas de campo: são as casas rurais e    abrigos de montanha onde se preste    hospedagem, independentemente de o    p...
   Turismo da aldeia:    Desenvolve-se em    empreendimentos que    incluem, no mínimo, 5    casas particulares inseridas...
   Áreas protegidas:    estão    localizadas, na sua    maioria, em áreas    rurais, são espaços    privilegiados para   ...
   Turismo ambiental:    é cada vez mais    procurado, pela    aventura, pelo    contacto com a    natureza e pela    mul...
   Turismo fluvial: valoriza a importância da    água como fonte de lazer; tem obtido    cada vez mais adeptos, que prefe...
   Turismo cultural: valoriza o património    arqueológico, histórico e etnográfico    local. (Ex.:    castelos, solares,...
   Turismo gustativo e    enoturismo:    aproveitam a grande    diversidade e    qualidade da    gastronomia e dos    vin...
   Turismo cinegético: ligado à caça                         Alqueva
   Turismo termal: são as formas mais    antigas de turismo nas áreas rurais.
   Para permitir a sustentabilidade das    áreas rurais, o turismo deve ser planeado    com respeito pelo ambiente e pelo...
   Esta atividade traz problemas que    ocorrem da procura de lucros rápidos    como:    › O alargamento excessivo das ca...
› A perda do elemento humano e das  relações personalizadas e a massificação  das formas de turismo mais acessíveis;› A de...
   A atividade turística nas áreas rurais não    deve ser entendida como um    «milagre», mas como um complemento    em e...
 Google (imagens) Manual “Geografia” da texto editora http://www.turismodeportugal.pt/Portug  u%C3%AAs/Pages/Homepage.a...
   João Fernandes nº8   Jorge Teixeira nº 10   Paulo Silva nº19                             11ºSE   Ricardo Rodrigues ...
Turismo nos espaços rurais se
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Turismo nos espaços rurais se

6,140 views

Published on

  • Be the first to comment

Turismo nos espaços rurais se

  1. 1.  O turismo e outras atividades recreativas e de lazer nas áreas rurais têm vindo a assumir uma crescente importância a nível nacional, acompanhando o despontar de um valor simbólico do espaço rural.
  2. 2.  O turismo no espaço rural (TER) tem como objetivo principal oferecer aos turistas oportunidade de conviver com as práticas, as tradições e os valores da sociedade rural, valorizando as particularidades das regiões no que elas têm de mais genuíno, desde paisagem à gastronomia e aos costumes. Assim, pode ser o mais importante fator de desenvolvimento das áreas rurais.
  3. 3.  Recentemente tem-se registado uma tendência de aumento da procura do TER. As principais razões são: › O maior interesse pelo património, pela Natureza e sua relação com a saúde; › A necessidade de descanso e evasão e a busca de paz e tranquilidade; › A valorização da diferença e de oferta turística mais personalizada; › O aumento dos tempos de lazer e do nível de instrução e cultural da população; › A crescente mobilidade da população e a melhoria das acessibilidades.
  4. 4.  Turismo de habitação: desenvolve-se em solares, casas apalaçadas ou residências de reconhecido valor arquitetónico. Viana do castelo
  5. 5.  Turismo rural: desenvolve-se em casas rústicas particulares, com características arquitetónicas próprias do meio rural em que se inserem. Fafe
  6. 6.  Agroturismo: caracteriza-se por permitir que os hospedes observem, apren dam e participem nasPonte de Lima atividades das explorações agrículas.
  7. 7.  Casas de campo: são as casas rurais e abrigos de montanha onde se preste hospedagem, independentemente de o proprietário nelas residir. Viana do Castelo
  8. 8.  Turismo da aldeia: Desenvolve-se em empreendimentos que incluem, no mínimo, 5 casas particulares inseridas em aldeias que Monsanto mantêm, no seu conjunto, as características arquitetónicas e paisagísticas tradicionais
  9. 9.  Áreas protegidas: estão localizadas, na sua maioria, em áreas rurais, são espaços privilegiados para o turismo ambiental, tendo, em média, 220 mil visitantes anuais.
  10. 10.  Turismo ambiental: é cada vez mais procurado, pela aventura, pelo contacto com a natureza e pela multiplicidade de atividades ao ar livre. Gerês
  11. 11.  Turismo fluvial: valoriza a importância da água como fonte de lazer; tem obtido cada vez mais adeptos, que preferem a calma dos espelhos de água do interior ao rebuliço das praias do litoral; Douro
  12. 12.  Turismo cultural: valoriza o património arqueológico, histórico e etnográfico local. (Ex.: castelos, solares, templos, museus, romari as, recriação de atividades tradicionais, organização de visitas guiadas, documentação pormenorizada e outros apoios. S. Bento da Porta Aberta
  13. 13.  Turismo gustativo e enoturismo: aproveitam a grande diversidade e qualidade da gastronomia e dos vinhos regionais (prova de diferentes receitas e vinhos).
  14. 14.  Turismo cinegético: ligado à caça Alqueva
  15. 15.  Turismo termal: são as formas mais antigas de turismo nas áreas rurais.
  16. 16.  Para permitir a sustentabilidade das áreas rurais, o turismo deve ser planeado com respeito pelo ambiente e pelos valores culturais locais, promovendo a qualidade da oferta, ajustando a capacidade de ocupação dos lugares e incentivando à redução da sazonalidade.
  17. 17.  Esta atividade traz problemas que ocorrem da procura de lucros rápidos como: › O alargamento excessivo das capacidades de alojamento; › O subaproveitamento do solo agrícola; › A especulação fundiária e imobiliária; › A falta de formação profissional;
  18. 18. › A perda do elemento humano e das relações personalizadas e a massificação das formas de turismo mais acessíveis;› A degradação dos recursos naturais;› A perturbação dos ecossistemas e a desfiguração da paisagem.
  19. 19.  A atividade turística nas áreas rurais não deve ser entendida como um «milagre», mas como um complemento em equilíbrio com as atividades tradicionais e inserida num modelo de desenvolvimento integrado.
  20. 20.  Google (imagens) Manual “Geografia” da texto editora http://www.turismodeportugal.pt/Portug u%C3%AAs/Pages/Homepage.aspx http://www.viniportugal.pt/index.php http://www.portugal-rural.com
  21. 21.  João Fernandes nº8 Jorge Teixeira nº 10 Paulo Silva nº19 11ºSE Ricardo Rodrigues nº21 Vanessa Sousa nº24

×