Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Ecossistemas - fatores abióticos

112,500 views

Published on

Fatores abióticos como a luz, temperatura, água em ecossistemas (para alunos de 8º ano)

Published in: Education
  • Be the first to comment

Ecossistemas - fatores abióticos

  1. 1. ECOSSISTEMAS – componentes abióticos           Ciências Naturais Elaborado por: Mª Carmo Teixeira
  2. 2. Componentes abióticos São fatores físico-químicos do ambiente que influenciam (1) os seres vivos. Podem ser: CLIMÁTICOS (temperatura, água, luz, …) EDÁFICOS (solo)(1) Se os componentes abióticos não influenciassem os seres vivos poderias encontrar as mesmas espécies em todas aspartes do mundo.
  3. 3. Influenciam:Período de actividadeComportamentoCaracterísticas morfológicas (forma do corpo)
  4. 4. TEMPERATURAAnimais homeotérmicos (mamíferos e aves) Mantêm constante a temperatura do corpoAnimais poiquilotérmicos (restantes) A temperatura corporal varia de acordo com a temperatura ambiente
  5. 5.  Animais estenotérmicos (A)Sobrevivem entre estreitos limites de temperatura (pequena amplitude térmica) Animais euritérmicos (B)Resistem a grandes variações de temperatura (grande amplitude térmica) A B
  6. 6. MIGRAÇÕESQuando a temperatura baixa e provoca uma escassez dealimento, muitos animais migram para regiões maisamenas, regressando quando esta aumenta e osrecursos alimentares são de novo favoráveis. Figura A
  7. 7. HIBERNAÇÃOEstado de dormência prolongado, em períodos em que astemperaturas são reduzidas (Inverno) ESTIVAÇÃO Estado de dormência prolongado, em períodos em que as temperaturas são reduzidas (Inverno)
  8. 8. ADAPTAÇÕES MORFOLÓGICAS Temperaturas reduzidas objetivo;: preservar o calor Pêlos densos e compridos Muita gordura  Extremidades (1) curtas(1) focinho, orelhas e cauda
  9. 9. ADAPTAÇÕES MORFOLÓGICAS Temperaturas elevadas objetivo;: preservar o calor Pêlos pouco densos e curtos Pouca gordura  Extremidades (1) longas(1) focinho, orelhas e cauda
  10. 10. PLANTAS - TEMPERATURAS REDUZIDASPerdem a folhagem (árvores de folha caduca, ex: carvalho)Perdem a parte aérea (1) reduzindo-se à parte subterrânea, rica emreservas nutritivas – bolbos, rizomas ou tubérculos (ex: papoilas e lírios)Produzem sementes antes de morrer (ex: malmequer) (1) Parte aérea – que se desenvolve acima da superfície do solo
  11. 11. Comportamentos de animais do deserto face às elevadas temperaturas
  12. 12. LUZ Plantas umbrófilas – vivem em locais Animais lucífilos – são atraídos pela luz sombrios Animais lucífugos – evitam a luz Plantas heliófilas – precisam de luz direta do sol
  13. 13. Fotoperíodo – número de horas de luz por dia Influencia:  Reprodução (ex: desova dos salmões) Mudança das características de pelagem (mamíferos) e plumagem (aves) Migrações
  14. 14. PLANTASPlantas de dia curto – florescem quando ofotoperíodo é reduzido (Inverno), ex: Crisântemo Plantas de dia longo – florescem quando o fotoperíodo é grande (Verão), ex: Hibisco Plantas indiferentes – florescem independentemente do fotoperíodo (todo o ano)
  15. 15. Fototropismo – crescimento das plantas em direção à luz
  16. 16. Animais que vivem sem luz – cavernas e grandes profundidades do meio aquático
  17. 17. ÁGUASeres vivos hidrófilos – vivem permanentemente naágua (aquáticos) Seres vivos higrófilos – só podem viver em ambientes com muita humidade Seres vivos mesófilos – necessitam de água/humidade de forma moderada Seres vivos xerófilos – vivem em ambientes onde há falta de água (secos)
  18. 18. ANIMAIS – Ambientes secos Podem ficar sem beber água e sem comer durante vários dias, ex: dromedárioDiminuem a perda de água, transpirandomuito pouco e produzindo urina muitoconcentrada (com pouca água), ex: rato-canguru
  19. 19. PLANTAS – Ambientes secos Raízes compridas e com muitos pêlos microscópicos, para aumentar a absorção de água; Caules carnudos para armazenar água; Folhas reduzidas a espinhos impermeáveis para minimizar as perdas de água.

×