Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Acuwaves: Sound acupuncture device for iPhone

226 views

Published on

Acuwaves : An apparatus do to sound acupuncture

Published in: Health & Medicine
  • Be the first to comment

Acuwaves: Sound acupuncture device for iPhone

  1. 1. ACUWAVES aparelhagem multimedia de acupuntura por som 1
  2. 2. Inspiração • De antes do curso • Poderia existir uma acupuntura via internet? • Sou profissional da internet • Cliente acupunturista ajudou no início • A parte “técnica” do pensamento foi baseada em estímulo-resposta de Skinner • Qual tipo de estímulo seria utilizado?
  3. 3. Estímulo • Estímulo deveria ser transmitido através de informação • Poderia ser transmitido via internet • Deve ser material, funcional • Deve ter efeito mecânico • O “escolhido” foi o SOM/Vibração
  4. 4. Mas haveria possibilidade? Haveria poder terapêutico no som? Como fazer? Qual som o usar? Existem precedentes História? Quais seriam eles?
  5. 5. MEDICINA POR SOM NO ANTIGO EGITO
  6. 6. • Papiros médicos encontrados por Flandres Patrie demostram encantamentos egípcios que usavam hinos e danças. • Os egípcios são considerados os pais da medicina, e realizavam técnicas que até hoje sano desconhecidas. • Hieróglifos, como o acima demostram cenas de ritos de cura com danças, hinos e instrumentos.
  7. 7. CURA NA GRÉCIA ANTIGA Emoções de todo tipo podem ser evocadas por melodia e ritmo; além do mais, música tem o poder de formar o caráter. Aristóteles (384-322 BC)
  8. 8. Medicina Grega • Apolo é o deus que cura por intermédio de sua harpa • Quíron é o deus centauro que cura por sua flauta e criou Asclepius • Asclepius se tornou o deus da cirurgia e operava por sua flauta • Seu templo possuía câmaras sonoras para tratamento por som e sono
  9. 9. ANTIGUIDADE ORIENTAL Muitos dizem que a alma entrou no corpo por intermédio da música, mas a vida em si é música! Hafiz - Poeta Sufi
  10. 10. NA MEDICINA CHINESA A cor dos bosques é verde quando aos cinco matizes, é JUE, o terceiro tom, quanto aos sons … HUANG DI o Imperador Amarelo dissertando sobre o elemento madeira
  11. 11. A música faz parte da noção mais básica dos cinco elementos • Está na raiz do próprio TAO • WuChi (o grande vazio) se decompõe em YIN e YANG por intermédio de dois tons. • Cada tom tem seu papel como parte de um tom maior, ou a Grande Vibração Primordial. • O som conecta e permeia todos os eventos, como uma grande composição universal.
  12. 12. –Pitágoras (569-475 BC) “Cada corpo celestial, de fato, cada átomo, produz um som particular de acordo com seu movimento, seu ritmo ou vibração. Todos este sons e vibrações formam uma harmonia universal em qual, cada elemento, quando tendo sua própria função e característica contribui para o todo …”
  13. 13. • Huang Di criou o sistema tonal chinês e o relacionou com cada um dos órgãos e vísceras (Zang-Fu) • O mais antigo estudo feito foi chinês, através de um instrumento de 12 tubos, 6 Yang e 6 Yin, relacionados com os 12 meses do ano. • Este estudo foi a base da escala tonal que se usa até hoje. • A partir desta relação já é possível criar um infinito de tratamentos, aplicando cada tom ao órgão e víscera correspondente
  14. 14. BASES FISIOLÓGICAS
  15. 15. Como pode a pele transportar som? • A pele não é um tecido homogêneo. Possui diversos receptores que podem ser divididos em: • Mecanoreceptores - Pressão e Vibração • Quimioreceptores - Substâncias • Fotoreceptores - Luz • Termoreceptores - Temperatura • Nocireceptores -esteimulos fortes e dor
  16. 16. • Terminação nervosa livre - Receptor de adap. lenta • Corpúsculo de Meissner - Detecta pressão e vibração entre 20 e 80 Hz em grave • Corpúsculo de Pacini - Detecta pressão e vibração entre 200 e 500 Hz • Corpúsculo de Rufini - Receptor de adap. lenta • Disco de Merkel - Detecção tátil e pressão estática • Bulbo de Krause - Função Tátil • Folículo Piloso - Função Tátil • Pontos de acupuntura - Função reguladora
  17. 17. O SOM SOBRE A MATÉRIA
  18. 18. Massaru Emoto • Estrudou a microestrutura da água congelada, analisando seus cristais. • Microclustered water ou água de ressonância magnética. • Primeiramente isolou um cristal de água antes do congelamento completo, depois fotografou. • Fotografou a água das grandes metrópoles versus a água das nascentes. • Depois fotografou água sob aplicação de músicas. • Finalmente fotografou aplicando palavras positivas e negativas.
  19. 19. Antes de oração - Fugiwara dam Depois de oração - Fugiwara dam
  20. 20. Palavra AMOR VOCÊ ME DÁ NOJO MAU
  21. 21. Variações de Goldberg - BACH Heavy Metal
  22. 22. O CONCEITO ACUWAVES
  23. 23. Necessidade do conceito • Apenas criar o aparelho não basta • O efeito em si é simples de se obter • Vários aparelhos são necessários nesta fase • Um conjunto de vários aparelhos faz uma Aparelhagem • A idéia é usar o conceito para construir a sua • O número de telefones celulares excederá a população mundial em 2014 • Cada celular, um aparelho de
  24. 24. Conceito Acuwaves 1. Usar técnicas minimamente invasivas para diagnosticar e tratar. 2. Todos os elementos usados devem ter natureza eletrônica. 3. O diagnóstico acontecerá pelo método Ryodoraku. 4. O tratamento acontecerá por projeção de som nos pontos de acupuntura. 5. Será usado apenas um som para tonificação a 250 Hz e um em sedação a 136.10 Hz. 6. O som será aplicado por intermédio de fones de ouvido intra- auriculares diretamente nos pontos de acupuntura, fixados com esparadrapo microporo.
  25. 25. A técnica 1. Executar a medição Ryodoraku e obter os pontos de tratamento do paciente. 2. Verificar se o som está funcionando em todos os fones no volume máximo. 3. Aplicar nos pontos de sedação fones de ouvido com som na frequência de 136.1 Hz. 4. Aplicar nos pontos de tonificação fones de ouvido com som na frequência de 250 Hz. 5. Deixar o som fluir por 40 minutos, e depois retirar os fones. 6. Medir novamente a energia do paciente com o Ryodoraku.
  26. 26. APLICAÇÃO PRÁTICA Pacientes foram submetidos a 4 sessões cada onde sua energia foi medida antes e depois de cada tratamento.
  27. 27. Antes: Meridiano do C está em deficiência Meridiano do BP em deficiência Meridiano do F em deficiência Meridiano do E em excesso Pontos de Tratamento: Logo após a leitura inicial, foram trabalhados os pontos C7 e IG2 do lado esquerdo e C9, BP2 e F8 do lado direito em tonificação na frequência de 250 Hz, enquanto os pontos P9 do lado esquerdo e E45 do lado direito foram estimulados em sedação na frequência de 136.10 Hz Depois: O panorama deste gráfico é impressionante. Quase se atingiu equilíbrio total. O que não está no limite da saúde, o excede por muito pouco. Os ganhos e perdas ocorreram sempre na direção correta Primeira sessão de L.C.
  28. 28. Antes: Meridiano do C está em deficiência Meridiano do TA em excesso Meridiano do F em excesso Meridiano do B em excesso Depois: O panorama deste gráfico é apresenta menos altos e baixos; é mais constante. Quase todas as deficiências estão corrigidas. O meridiano de CS melhorou, e o do C entrou no limite Segunda sessão de L.P.
  29. 29. Antes: Meridiano do CS está em deficiência Meridiano do IG em deficiência Meridiano do F em excesso Meridiano da B em excesso Depois: O mapa melhorou em geral por sua proximidade da linha média. As linhas estão mais próximas. Os meridianos IG,B e VB corrigiram as deficiências Terceira sessão de F.E.F
  30. 30. Antes: Meridiano do C está em excesso. Meridiano do TA em no limite do excesso. Meridiano de BP em deficiência Depois: O panorama deste gráfico é impressionante. A energia está toda na linha de saúde, longe dos limites de excesso e deficiência. Meridianos apresentam muito mais paridade. O resultado foi perfeito. Quarta sessão de M.Z.P.
  31. 31. CONCLUSÕES
  32. 32. • Em todos os pacientes pelo menos uma das sessões levou a um equilíbrio quase perfeito da energia segundo a leitura Ryodoraku. • O conceito funcionou bem nos casos e pacientes analisados. • Todos os pacientes relataram melhoras sensíveis. • A energia é influenciada pelo estímulos sonoros. • A energia se movimenta, no mais das vezes, na direção correta, ou seja, o que está deficiente, ganha energia e o que está em excesso, perde. • Toda base da ancestral da MTC funciona em uma perspectiva computacional ultra conectada e última geração.
  33. 33. FAÇA DOWNLOAD DA TESE E DESTA APRESENTAÇÃO Assim como aos sons de sedação e tonificação. Acesse: www.acuwaves.com/arquivos/tese.zip
  34. 34. PREÂMBULO Um olhar para o futuro
  35. 35. Podem as máquinas curar? Remonta o pensamento da cibernética: podem as máquinas pensar? Esta linha de pensamento gerou o computador. Qual será o futuro da medicina inteligente? Será que estamos tão distantes desta ficção?
  36. 36. Futuro do Acuwaves • Tornar-se um periférico que se conectará a qualquer smartphone, permitindo que se faça o diagnóstico Ryodoraku e Emita o som a partir de um só ponto. • Funcionará sem fios, via Bluetooth®. • Estará ligado a um servidor 24 horas por dia, monitorando os sinais vitais, criando tratamentos e mantendo o organismo sobre controle. • O aparelho será como um Robot, programado a buscar o equilíbrio do paciente por intermédio de uma Rede Neural Artificial que aprenderá como manter cada organismo no máximo de saúde possível.

×