Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

8ª Série Gramática Colocação Pronominal

25,254 views

Published on

Published in: Education, Technology

8ª Série Gramática Colocação Pronominal

  1. 1. Colocação Pronominal Professor: Marcos Emídio Gramática (Aula 15)
  2. 2. Observe os Textos a Seguir:
  3. 3. Pronominais Oswald de Andrade <ul><li>Dê- me um cigarro </li></ul><ul><li>Diz a gramática </li></ul><ul><li>Do professor e do aluno </li></ul><ul><li>E do mulato sabido </li></ul><ul><li>Mas o bom negro e o bom </li></ul><ul><li>[branco </li></ul><ul><li>Da Nação Brasileira </li></ul><ul><li>Dizem todos os dias </li></ul><ul><li>Deixa disso camarada </li></ul><ul><li>Me dá um cigarro. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Na utilização prática da língua, a colocação dos pronomes oblíquos é determinada pela boa sonoridade da frase. </li></ul><ul><li>Você, dificilmente, ouvirá alguém dizer “Ninguém deu- me seu recado”, pois, automaticamente, as pessoas dizem “Ninguém me deu seu recado”. Isso porque o segundo exemplo soa melhor aos ouvidos dos falantes e dos ouvintes. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>Os Pronomes utilizados na Colocação Pronominal são os Pronomes Oblíquos Átonos: </li></ul><ul><li>me, te, se, o(s), nos, vos, lhe, lhes. </li></ul><ul><li>Eles são utilizados antes, no meio e no final de um verbo. </li></ul><ul><li>Exemplos: </li></ul><ul><li>O árbitro não nos puniu naquela partida. </li></ul><ul><li>Mandar- lhe -ei um bom presente a todos. </li></ul><ul><li>Diga- me o que queres. </li></ul>
  6. 6. Classificação e Denominação <ul><li>De acordo com a posição do Pronome Oblíquo na frase, a Colocação Pronominal pode ser classificada em: </li></ul><ul><li>Próclise; </li></ul><ul><li>Mesóclise; </li></ul><ul><li>Ênclise. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>Próclise (Princípio / Antes do verbo) </li></ul><ul><li>O árbitro não nos puniu naquela partida. </li></ul><ul><li>Mesóclise (Meio do verbo) </li></ul><ul><li>Mandar- lhe -ei um bom presente a todos. </li></ul><ul><li>Ênclise (Encerrando / Final do verbo) </li></ul><ul><li>Diga- me o que queres. </li></ul>Pronome Verbo Pronome Verbo Verbo Verbo Pronome
  8. 8. Regras de uso: <ul><li>Como saber quando utilizar o Pronome Oblíquo no Princípio (Próclise), no Meio (Mesóclise) ou no Fim (Ênclise) do verbo? </li></ul><ul><li>Para a Ênclise , não há regras pré-determinadas, pois ela indica colocar o pronome na norma culta da língua. </li></ul><ul><li>A ênclise ocorre sempre quando há um verbo iniciando uma oração. </li></ul><ul><li>Exemplos: </li></ul><ul><li>Entregou- me os documentos hoje. </li></ul><ul><li>Informei- lhe o horário das aulas de reforço. </li></ul>
  9. 9. <ul><li>Para a Mesóclise , existem duas regras básicas: </li></ul><ul><li>Quando o verbo estiver no Futuro do Presente: (Entregarei) </li></ul><ul><li>Entregar- vos -ei as provas mensais. </li></ul><ul><li>2) Quando o verbo estiver no Futuro do Pretérito: (Entregaria) </li></ul><ul><li>Entregar- vos -ia as provas mensais. </li></ul>
  10. 10. <ul><li>Para a Próclise, as regras são as seguintes: </li></ul><ul><li>Palavras de sentido negativo (não, nada, nem, nunca). </li></ul><ul><li> Ex.: Nada nos preocupava naquele tempo. </li></ul><ul><li>2) Advérbios, não seguidos de vírgula (hoje, aqui, sempre, talvez, muito). </li></ul><ul><li>Ex.: Hoje me arrependo do que fiz. </li></ul><ul><li>3) Conjunções subordinativas (que, quando, embora, se, como, para que). </li></ul><ul><li>Ex.: Embora me sinta culpado, não pedirei desculpas. </li></ul><ul><li>4) Pronomes Relativos (que, quem, quais, onde, qual). </li></ul><ul><li> Ex.: Ficamos em uma colina de onde se avistava o mar. </li></ul><ul><li>5) Pronomes Indefinidos (alguém, muitos, todos, poucos) </li></ul><ul><li>Ex.: Todos me deram apoio. </li></ul><ul><li> Alguém me telefonou? </li></ul><ul><li>6) Pronomes Demonstrativos (este, esta, aquele, aquilo) </li></ul><ul><li>Ex.: Aquilo lhe fez muito bem . </li></ul><ul><li> Isto me pertence. </li></ul>
  11. 11. <ul><li>A próclise é também usada em frases interrogativas, exclamativas e optativas (frases que exprimem desejo). </li></ul><ul><li>Frase interrogativa: </li></ul><ul><li>Quem lhe entregou a carta? </li></ul><ul><li>Frase exclamativa: </li></ul><ul><li>Quanta mentira se disse a respeito dela! </li></ul><ul><li>Frase optativa: </li></ul><ul><li>Deus nos proteja daquele maluco! </li></ul>
  12. 12. Casos Optativos entre Próclise e Ênclise <ul><li>Pode-se utilizar tanto a Próclise quanto a Ênclise : </li></ul><ul><li>Com pronomes pessoais do caso reto (eu, tu ele etc.), desde que não precedidos de palavra atrativa (Todas as que sejam regras de Próclise). </li></ul><ul><li>Ex.: Eu lhe obedeço. (próclise) </li></ul><ul><li> Eu obedeço- lhe . (ênclise) </li></ul><ul><li> Espero que ele nos apóie. (só é possível a próclise) </li></ul><ul><li>2) Com infinitivo não flexionado precedido de preposição ou palavra negativa. </li></ul><ul><li>Ex.: Vim para te apoiar . (próclise) </li></ul><ul><li> Vim para apoiar-te . (ênclise) </li></ul><ul><li> Espero não o encontrar . (próclise) </li></ul><ul><li> Espero não encontrá-lo . (ênclise) </li></ul>
  13. 13. Tarefa para 12/11 (Valendo visto na pasta) <ul><li>Gramática Reflexiva: </li></ul><ul><li>Pág.: 178, 182, 183 e 184. </li></ul>

×