Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Editora Minuano- www.edminuano .com .br- Ana VIII- W 42- R$ 9 80Entrevista: A Advocacia Brasileira em                     ...
TEMPOEVIDA   A gente sempre arranja um               0 impaciente, em realidade, e     a nao deixar que o espa9o desti-tem...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Rev adv42tempovida

473 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Rev adv42tempovida

  1. 1. Editora Minuano- www.edminuano .com .br- Ana VIII- W 42- R$ 9 80Entrevista: A Advocacia Brasileira em Mo~ambique
  2. 2. TEMPOEVIDA A gente sempre arranja um 0 impaciente, em realidade, e a nao deixar que o espa9o desti-tempinho para fazer o que gosta. urn escravo do tempo, porque nao nado a uma atividade fosse ocu- aprendeu a saber esperar. pado poroutra, pelo fato de terper- 0 TEMPO, ENERGIA Como eu aproveito o meu tem- dido o tempo que havia destinadoETERNA. po? Inicialmente, tive de rever o para a atividade anterior. meu conceito de tempo. Tempo e Outro exercicio que, tambem, 0 tempo tudo corrompe, vida. E urna cria9ao universal, fayO e 0 de pensar, depois de 0 que new esta ativo, como o oxigenio, a luz, o espa9o. minhas tarefas habituais, no que tudo o que esta inerte, Ele e algo que existe na Cria9ao. 0 irei fazer no dia seguinte. 0 que nao tenha cultivo. tempo esta formado por substan- Ate o meu tempo livre, percebi ciamental. que poderia aproveita-lo bern, Essa imagem do tempo, 0 tempo e urna forya e urn dedicando-me, nessa oportunida- como um tal velho barbudo, poder. 0 tempo esta presente em de, a aprender o que nao sabia. ostentando umafoice, tudo. 0 enfermo precisa de tempo Quando descobri que os insa- ha que afasta-la, contudo, para convalescer. 0 agricultor pre- ciaveis devoradores do tempo sao cisa de tempo para colher. 0 os inconvenientes e os problemas pois 0 tempo eenergia, empreendedor necessita dele para cotidianos, tanto os do ambito eterna e universal. ver progredir seu empreendimen- familiar, como os do trabalho ou Carre para OS que nao sabem to. Precisamos de tempo para nas- da profissao ou os do proprio desfruta-lo como tal. cer. Ha problemas que se resolvem mundo intemo, passei a me poli- com tempo. A fruta necessita de ciar no sentido de nao permitir que 0 tempo nao admite des- tempo para amadurecer. 0 tempo esses inconvenientes e os proble- cuidos, nem tolera nao e igual para todos. Estamos mas cotidianos me levassem a demoras. Nao se deve falando de urn tempo que nao se desaproveitar o meu tempo. E urna ocupar o tempo em olhar para os mede pelas horas fisicas. E o das tecnicas que aprendi foi a de erros ou os defeitos dos demais, tempo mental. Quando se desco- pensar "em tudo quanto direta ou entretanto deve-se prosseguir eli- nhece a finalidade da vida, perde- indiretamente conspire contra o minando os proprios. se tempo. Para que serve a vida? auspicioso proposito de aperfeiyo- Demonstra ser inimigo do Sempre quando se esta ativo, amento integral". tempo aquele que diz que nao tern aproveita-se o tempo? Assim, aprendendo a pensar e tempo. 0 tempo e, por sua vez, Observando, percebe-se outra exercitando, com metodo, essa fun- uma lei universal, porque fixa sem dimensao de tempo, desvinculada yao, passo a nao malgastar, nem a distin9ao normas e regras inexoni- totalmente dos ponteiros de urn perder meu tempo, pois quem veis. 0 que e amigo do tempo o relogio. Estou aprendendo que perde tempo perde vida. aproveita, fazendo que seja fertil devo me adestrar para saber apro- Entendi que a melhor e maior ou produtivo. veitar melhor o meu tempo e dis- ajuda que posso prestar a mim A medida fisica do tempo dista por dele com grandes vantagens mesmo e a de aspirar a ser mais domuito de sua dimensao cosmica. para minha vida. que sou, superar-me, afastar-me 0 que nao sabe desfrutar do Urn dos primeiros beneficios definitivamente, do aniquilamen-tempo experimenta a sensa9ao que alcancei nesse esfor9o cons- to, do inferior, da debilidade.desagradavel de que ele corre e tante de aproveitar bern o meu Devo infundir valor a minha vida,naoespera. tempo foi quando pratiquei o exer- rompendo de vez com a debilida- Ele passa inexoravelmente, cicio de por ordem em minha vida. de.nunca para e segue, levando o pas- Lembro-me de que iniciei por esta-sado, as esperan9as, o presente e o belecer urn horatio para cada ativi- Marco Aurelio Bicalho de Abreu Chagas e advogado,futuro. Ele, enfim, nao espera. dade que desenvolvia durante o assessor juridico da ACMINAS- Associa9lio Comer- cial de Minas. Articulista, conferencista e radialista. 0 certo e que 0 tempo "e a pro- dia. Eu me empenhava em cumprir Colunista da Revista Advogados Mercado & Neg6-pria vida em todo o seu percurso". com o programado e me dispunha cios. www.advogadosmn.com.br 43

×