Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Língua portuguesa revisão geral E.M.

EXERCÍCIOS DE REVISÃO ENSINO MÉDIO

  • Be the first to comment

Língua portuguesa revisão geral E.M.

  1. 1. 01. O documento foi retirado de uma exposição on-line de manuscritos do estado de São Paulo do início do século XX. Quanto à relevância social para o leitor da atualidade, o texto. A) cumpre uma função instrucional de ensinar regras de comportamento em eventos cívicos. B) deixa subentendida a ideia de que o brasileiro preserva as riquezas naturais do país. C) argumenta em favor da construção de uma nação com igualdade de direitos. D) apresenta uma metodologia de ensino restrita a uma determinada época. E) funciona como veículo de transmissão de valores patrióticos próprios do período em que foi escrito.
  2. 2. 02. As escolhas linguísticas feitas pelo autor conferem ao texto A) caráter atual, pelo uso de linguagem própria da internet. B) cunho apelativo, pela predominância de imagens metafóricas. C) tom de diálogo, pela recorrência de gírias. D) espontaneidade, pelo uso da linguagem coloquial. E) originalidade, pela concisão da linguagem.
  3. 3. 03. Um leitor interessado nas decisões governamentais escreve uma carta para o jornal que publicou o edital, concordando com a resolução sintetizada no Edital da Secretaria de Cultura. Uma frases adequada para expressar sua concordância é: A) Que sábia iniciativa! Os prédios em péssimo estado de conservação devem ser derrubados. B) Até que enfim! Os edifícios localizados nesse trecho descaracterizam o conjunto arquitetônico da Rua Augusta. C) Parabéns! O poder público precisa mostrar sua força como guardião das tradições dos moradores locais. D) Justa decisão! O governo dá mais um passo rumo à eliminação do problema da falta de moradias populares. E) Congratulações! O patrimônio histórico da cidade merece todo empenho para ser preservado.
  4. 4. 04. O cartum faz uma crítica social. A figura destacada está em oposição às outras e representa a A) opressão das minorias sociais. B) carência de recursos tecnológicos. C) reação ao controle do pensamento coletivo. D) defesa da qualificação profissional. E) falta de liberdade de expressão.
  5. 5. 05.
  6. 6. 06.
  7. 7. 07.
  8. 8. 08. Considerando os seus conhecimentos sobre os gêneros textuais, o texto citado constitui-se de A) fatos ficcionais, relacionados a outros de caráter realista, relativos à vida de um renomado escritor. B) representações generalizadas acerca da vida de membros da sociedade por seus trabalhos e vida cotidiana. C) explicações da vida de um renomado escritor, com estrutura argumentativa, destacando como tema seus principais feitos. D) questões controversas e fatos diversos da vida de personalidade histórica, ressaltando sua intimidade familiar em detrimento de seus feitos públicos. E) apresentação da vida de uma personalidade, organizada sobretudo pela ordem tipológica da narração, com um estilo marcado por linguagem objetiva.
  9. 9. 09. A notícia, do ponto de vista de seus elementos constitutivos, A) apresenta argumentos contrários à pesca ilegal. B) tem um título que resume o conteúdo do texto. C) informa sobre uma ação, a finalidade que a motivou e o resultado dessa ação. D) dirige-se aos órgãos governamentais dos estados envolvidos na referida operação do Ibama. E) introduz um fato com a finalidade de incentivar movimentos sociais em defesa do meio ambiente.
  10. 10. 10. O cartaz aborda a questão do aquecimento global. A relação entre os recursos verbais e não verbais nessa propaganda revela que A) a agressão ao planeta é dependente da posição assumida pelo homem frente aos problemas ambientais. B) o descongelamento das calotas polares diminui a quantidade de água doce potável do mundo. C) a acomodação da topografia terrestre desencadeia o natural degelo das calotas polares. D) a preservação da vida na Terra depende de ações de dessalinização da água marinha. E) o discurso ambientalista propõe formas radicais de resolver os problemas climáticos.
  11. 11. Leia o texto a seguir e responda às questões de 11 a 13.
  12. 12. 11. O texto faz parte da propaganda de um dicionário de língua portuguesa. Sobre as marcas de correção presentes no texto, assinale a alternativa CORRETA. (A) Trata-se de retificações, no plano semântico, das palavras do léxico brasileiro. (B) São parte das mudanças sintáticas que deverão ocorrer em breve no Português. (C) São correções necessárias para a modificação da pronúncia dessas palavras. (D) Referem-se às alterações ortográficas a serem feitas na língua portuguesa. (E) Configuram-se sugestões de correção para que o texto se torne mais coeso.
  13. 13. 12. Sobre cada uma das marcações feitas no texto, considere as afirmativas a seguir. I. A palavra “idéia” perderá o acento por ser uma paroxítona terminada em ditongo aberto. II. Em “tranqüilo”, a eliminação do trema implicará alteração na pronúncia, aproximando-a da palavra “aquilo”. III. “Pára” perderá o acento que o diferencia de “para”, o que exigirá do leitor a observação do contexto para a correta distinção desses vocábulos. IV. Quanto a “auto-suficiente”, o acréscimo do S visa manter a pronúncia original de “suficiente” quando este se juntar ao prefixo “auto”, pois o S entre vogais terá som de Z . Assinale a alternativa correta. (A) Somente as afirmativas I e II são corretas. (B) Somente as afirmativas I e IV são corretas. (C) Somente as afirmativas I, III e IV são corretas. (D) Somente as afirmativas I, II e III são corretas. (E) Todas as alternativas estão corretas.
  14. 14. 13. Levando-se em conta que o texto é dirigido a um potencial comprador do dicionário anunciado, assinale a alternativa correta quanto à sua construção. I. O anúncio, ao dirigir-se ao leitor, reforça a finalidade persuasiva própria do gênero anúncio publicitário. II. A segunda frase pressupõe desconhecimento, por parte do leitor, do conteúdo das mudanças referidas na pergunta lançada anteriormente. III. O uso do imperativo, comum nos anúncios publicitários, está contrariando a norma padrão por misturar pessoas verbais (Você/Tu). IV. Os adjetivos presentes no anúncio publicitário conferem ao texto maior cientificidade. Assinale a alternativa correta. (A) I e II, apenas. (D) I, II e III são corretas. (B) I e IV, apenas. (E) II, III e IV são corretas. (C) III e IV, apenas.
  15. 15. I - Proibido andar à cavalo. II – Bem vindos à terra do Marquês de Olinda. III – O médico atenderá após às 14 horas. IV – Tenho que reescrever uma à uma as páginas do relatório. V – Nas próximas férias, irei à Itália. 14. Quanto ao uso da crase, assinale a alternativa incorreta. (A) I, II e V, apenas. (B) IV e V, apenas (C) II, III e IV, apenas (D) II e V, apenas. (E) I, III e IV, apenas.
  16. 16. Leia o texto abaixo e responda à questão. São Paulo busca soluções para evitar colapso socioambiental Debates realizados na capital paulista para discutir a crise socioambiental no Brasil destacam desmatamento e exploração não sustentável da Amazônia. Como era de se esperar, o desmatamento e a exploração não sustentável da região Amazônica dominaram os debates. Afinal, São Paulo é o maior centro urbano do país e o maior consumidor, processador e distribuidor dos produtos extraídos da Amazônia, como madeira, carne e soja. Ao governo coube a exposição de medidas a serem adotadas para a preservação e a exploração sustentável da Amazônia. O Movimento Nossa São Paulo e o Fórum Amazônia Sustentável organizaram o seminário “Conexões Sustentáveis: São Paulo- Amazônia”, iniciativa da qual o Instituto Akatu participa para discutir o viés socioambiental das relações comerciais entre as duas regiões. Dados do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e de Recursos Naturais Renováveis (Ibama) apontam que, desse volume, 23% vêm para o estado de São Paulo, o que representa mais que a soma dos dois Estados que aparecem em segundo lugar (Paraná e Minas Gerais), com 11% cada. Disponível em: <http://www.akatu.org.br
  17. 17. 15. A tese do texto está presente no: A) desmatamento e na exploração sustentável da Amazônia. B) debate sobre o desmatamento e a exploração não sustentável da Amazônia. C) processo e na distribuição dos produtos extraídos da Amazônia, como madeira, carne e soja. D) viés socioambiental das relações comerciais inexistentes entre São Paulo e Amazonas.
  18. 18. 16. Quanto à pontuação, aponte nas alternativas abaixo as certas e as erradas, se houver. 1.( ) Ela termina por afetar nosso próprio caráter, afastando-nos assim do ideal de nos tornarmos cada vez mais seres éticos e morais. 2.( ) É necessário, que se acredite em alguma coisa. 3.( ) Devemos ver no abandono e vilipêndio (desprezo)desses valores, uma ameaça grave a nossa sobrevivência. 4.( ) E, portanto, seus defeitos são nossos defeitos, por mais que isto nos cause desalento, ou mesmo vergonha. 5.( ) Os privilégios e interesses ilegítimos, estão tão arraigados (firmes), misturados como argamassa no sistema, que não vejo força capaz de derrubá-los.
  19. 19. Leia o texto a seguir. A amamentação do filho Para amamentar o próprio filho, até que este complete seis meses de idade, terá a mulher direito, durante a jornada, a dois descansos especiais, de meia hora cada um. Quando o exigir a saúde da criança, tais descansos poderão continuar, além dos seis meses, a critério da autoridade competente (art. 396 da Consolidação) Tratando-se de descansos especiais, serão concedidos sem prejuízo do intervalo normal para repouso e alimentação, dentro da jornada, e nesta computados. (Délio Maranhão e Luiz Inácio B. Carvalho) 17. No desenvolvimento do texto acima, muitos termos referem-se a termos anteriores; o item em que a referência a um termo anterior não está correta é: a) "...até que este complete seis meses de idade,..." - o próprio filho; b) "...durante a jornada..." - de amamentação do filho; c) "...de meia hora cada um." - descanso especial; d) "...tais descansos poderão continuar..." - os descansos especiais; e) "...além do seis meses..." - seis meses de idade do filho.
  20. 20. 18. O item em que o elemento destacado não tem sua significação corretamente indicada é: a) "Para amamentar..." - finalidade; b) "...até que este complete..." - tempo; c) "...durante a jornada..." - tempo; d) "...a critério da autoridade competente." - conformidade; e) "...sem prejuízo do intervalo normal..." - condição. 19. - Segundo o primeiro parágrafo do texto: a) impreterivelmente até os seis meses de idade, o filho terá direito a descansos especiais; b) só a autoridade competente pode decidir sobre o estado de saúde da criança; c) os descansos especiais, sob certas condições, podem ultrapassar os seis meses de idade do filho; d) se a saúde da criança o exigir, os descansos podem não atingir os seis meses de idade do filho; e) no caso de morte do filho, a mulher terá o direito de descansos especiais suspenso.
  21. 21. 20. Já no segundo parágrafo estabelece-se que: a) serão computados nos descansos especiais os intervalos normais de descanso e alimentação; b) a jornada de trabalho será acrescida do tempo dedicado aos descansos especiais; c) haverá redução real de meia hora de trabalho por dia para a amamentação do filho; d) serão descontados na jornada de trabalho os descansos especiais; e) os descansos especiais não interferirão nos demais descansos da jornada de trabalho A verdadeira medida de um homem não é como ele se comporta em momentos de conforto e conveniência, mas como ele se mantém em tempos de controvérsia e desafio. (Martin Luther King)
  22. 22. GABARITO 01 E 02 D 03 E 04 C 05 D 06 B 07 A 08 E 09 C 10 A 11 D 12 C 13 A 14 E 15 B 16 C E E C E 17 B 18 E 19 C 20 E

×