FormaçãO Da Imagem Digital E TéCnicas De ComposiçãO

6,023 views

Published on

Published in: Education, Art & Photos, Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
6,023
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
34
Actions
Shares
0
Downloads
202
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

FormaçãO Da Imagem Digital E TéCnicas De ComposiçãO

  1. 1. Formação da imagem digital e técnicas de composição<br />Laboratório de Fotojornalismo<br />Prof. Marcelo Freire<br />marcelofreire@gmail.com<br />
  2. 2. Formação da imagem digital<br />Captura<br />CCD (Charge CoupledDevice)<br />CMOS (Complementary Metal OxideSemiconductor)<br />Conversão de luz em cargas elétricas<br />Equilíbrio entre abertura do diafragma e velocidade de obturação <br />
  3. 3. Formação da imagem digital<br />
  4. 4. Formação da imagem digital<br />
  5. 5. Formação da imagem digital<br />
  6. 6. Formação da imagem digital<br />
  7. 7. Formação da imagem digital<br />
  8. 8. Formação da imagem digital<br />RGB x CMYK<br />Sensibilidade do sensor (Iso)<br />100 Iso – para sol bem forte<br />400 isso – para dias nublados<br />800 ou 1600 – para fotos internas com ou sob holofotes<br />De modo geral, quando mais alto o ISSO, menor a quantidade fotográfica. <br />
  9. 9. Formação da imagem digital<br />
  10. 10. Formação da imagem digital<br />Resolução para impressão<br />0,3 megapixels - 5,72 x 7,62<br />1,3 megapixels - 10x15<br />2 megapixels - 12,7x 17,8<br />3,3 megapixels - 20 x 25,4<br />4 megapixels - 28 x 35,5<br />5 megapixels - 30,5 x 40,6<br />8 megapixels - 40,6 x 56 <br />
  11. 11. Formação da imagem digital<br />
  12. 12. Vantagens da imagem digital <br />Visualização instantânea<br />Sem custos de filme e revelação<br />Sensibilidade pode ser alterada para atender as condições da luz<br />Imagens transmitidas sem fio<br />Facilidade na correção das imagens<br />Durabilidade dos arquivos<br />Inserção das imagens direto na diagramação<br />
  13. 13. Desvantagens da imagem digital<br />Maior custo dos equipamentos e necessidade de upgrades<br />Fluxo digital depende da calibração de monitores e impressoras<br />A resolução do filme equivale a 3 bilhões de megapixels<br />A utilização e tamanho da imagem está relacionado com a capacidade do CCD<br />Durabilidade do equipamento é menor<br />
  14. 14. Técnicas de composição<br />Visualizar o conceito da foto<br />Escolher o objeto<br />Decidir que o centro de atenção<br />Escolher a orientação da foto<br />Estabelecer a distancia e o ponto de vista<br />Determinar um plano de ação<br />Usar o background<br />
  15. 15. Regra dos terços<br />
  16. 16. Destacando foco de interesse<br />
  17. 17. Profundidade de campo<br />
  18. 18. Exemplo<br />
  19. 19. Uso de padrões<br />
  20. 20. Orientação horizontal<br />
  21. 21. Orientação vertical<br />
  22. 22. Escolhendo a distância<br />
  23. 23. Técnicas de composição<br />Quando quebrar a regra dos terços<br />Quando a centralização ajudam a ilustrar o conceito<br />Para mostrar simetria<br />
  24. 24. Quebra da regra dos terços<br />
  25. 25. Direção e movimento<br />Prefira que pessoas, animais ou estátuas estejam olhando para a câmera ou para a recorte que está usando<br />Prefira que a maioria (de preferencia todos) os objetos estejam olhando para a mesma direção<br />
  26. 26. Direção e movimento<br />
  27. 27. Imagem em movimento<br />
  28. 28. Imagem congelada<br />
  29. 29. Imagem em movimento<br />
  30. 30. Imagem congelada<br />
  31. 31. Usando linhas retas e curvas<br />Procure linhas retas que levem ao seu objeto de interesse<br />Encontre uma linha diagonal que leve ao centro de interesse<br />Use linhas repetitivas para criar padrões<br />Linhas curvas podem levar também ao objeto de interesse ou a um outro padrão de composição<br />
  32. 32. Linhas retas<br />
  33. 33. Linhas retas<br />
  34. 34. Linhas curvas<br />
  35. 35. Equilíbrio de imagens<br />
  36. 36. Moldura<br />

×