Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Comunicação política

955 views

Published on

Published in: Education
  • Be the first to comment

Comunicação política

  1. 1. COMUNICAÇÃO POLÍTICA Comunicação Organizacional Marcelo Freire
  2. 2.  Os estudos recentes de comunicação pública têm embasado as principais diferenças entre comunicação pública, governamental e política. A propósito Jorge Duarte (2011, p.126), ao situá-la em um contexto mais amplo, deixa claras essas delimitações. “Comunicação governamental trata dos fluxos de informação e padrões de relacionamento envolvendo o executivo e a sociedade”. Quanto à comunicação política, essa “diz respeito ao discurso e à ação na conquista da opinião pública em relação a ideias ou atividades que tenham relação como poder”. Já “a comunicação pública se refere à interação e ao fluxo de informação vinculados a temas de interesse coletivo”. RECAPITULAÇÃO COMUNICAÇÃO PÚBLICA - CONCEITO
  3. 3. MUDANÇAS NA ESFERA POLÍTICA  Há, em primeiro lugar, portanto, a constituição de um modelo social de esfera de visibilidade e de cognição coletivas profundamente vinculado à comunicação de massa, que pouco a pouco foi se tornando predominante em um grande número de sociedades. Mudada, então, a infra-estrutura da comunicação política, parece natural que tal alteração tenha incidido significativamente sobre o funcionamento da arte política e provocado alterações importantes nas habilidades que ela demanda e nas competências que solicita [WG].
  4. 4. ASPECTOS DA TRANSFORMAÇÃO NA ESFERA POLÍTICA  1) os agentes políticos (mesmo aqueles da sociedade civil) passaram a atuar em grande parte para a esfera de visibilidade pública controlada pela comunicação, principalmente quando se deu o advento do predomínio da televisão, que exigiu da esfera política a formação de novas competências e habilidades de comunicação com efeitos consideráveis sobre as rotinas de atividades e sobre o sistema de valores tradicionais da esfera política;  2) as estratégias eleitorais em particular e as estratégias políticas em geral passaram a supor um ambiente de recepção da política centrada no consumo de imagens públicas. Com isso, os procedimentos de produção e circulação de imagens e de disputa pela imposição das imagens predominantes deslocam-se em direção ao centro da atividade estratégica da política (Gomes 1999; Newman 1999; Just e Crigler 2000; Nakajima 2001; Barnhurst e Steele 1997; Druckman 2003);
  5. 5. ASPECTOS DA TRANSFORMAÇÃO NA ESFERA POLÍTICA  3) cálculos de eficiência forçam, então, a esfera política a recorrer a competências e a habilidades técnicas do marketing, da sondagem de opinião, das consultorias de imagem, das análises de opinião pública e das assessorias de comunicação (Scammell 1999; Novotny 2000; Esser, Reinemann e Fan 2000 e 2001; Plasser 2001; Farrell, Kolodny e Medvic 2002; Lilleker & Negrine 2002; Negrine & Lilleker 2002; Palmer 2002; Medvic 2003). O que gera efeitos de duas naturezas sobre a esfera política: de um lado, parte da energia dedicada às atividades tradicionais da política passou a ser empregada com a produção de uma comunicação política eficaz; de outro, formaram-se, no interior da esfera política, verdadeiras colônias de profissionais de comunicação e gestão política, cuja assimilação ao tecido político não se dá sem conflitos, rearranjos e rejeições;  4) o discurso político se reformata segundo a gramática do audiovisual, de acordo com as fórmulas de exibição e de narração próprias do universo da comunicação de massa e conforme as demanda de entretenimento própria da instância da clientela dos serviços industriais da comunicação e da cultura (Barney 2001).
  6. 6. CONSEQUÊNCIAS DAS TRANSFORMAÇÕES NA ESFERA POLÍTICA  1) a mudança, real ou presumida, do alcance dos valores ideológicos no embate político e na caracterização das posições em disputa;  2) a alegada perda contínua de importância de se apresentar idéias, discutir conceitos e expor e disputar programas políticos numa comunicação política que se dirige imediatamente a um público de massa cuja maior parte estaria interessada basicamente em entretenimento, curiosidades, espetáculos e competições;  3) a reiterada presunção de transfiguração dos valores públicos democráticos, por força dos mecanismos da comunicação de massa;  4) o campo político se torna cada vez mais profissional, técnico, científico e a comunicação política de massa supõe planejamento, previsão e controle. O que o agente político diz e faz e o modo como ele se apresenta precisa acompanhar um script profissionalmente estabelecido e orientado por cálculos de eficiência - há cada vez menos espaço para o amadorismo (Johnson 2001), para a precariedade da organização, para a improvisação e para a espontaneidade. Busca-se controlar o acaso e estabelecer previsões e providências. A sondagem, a pesquisa, a análise produzem o tempo todo saberes que permitem a antevisão e a intervenção do artifício com vistas ao sucesso político (Lewis 1999; Daschmann 2000; Medvic 2003). Até mesmo as agendas, isto é, o sistema das prioridades sociais que o público acredita serem as suas, podem ser conduzidas e controladas (McCombs et al. 1998; McCombs & Ghanem 2001);  5) por fim, a tão propalada crise da política de partidos (Zaller 1999; Sarti 2000; Ware 1988; Plasser 2001).
  7. 7. MARKETING POLÍTICO  Shama (1976) define Marketing Politico como sendo "o processo pelo qual candidatos e ideias politicas sao dirigidas a eleitores a fim de satisfazer suas necessidades politicas e, dessa forma ganhar seu apoio  Para Lindon (1976), Marketing Político e "um conjunto de teorias e métodos de que se podem utilizar as organizações políticas e poderes públicos, ao problema de conquistar um numero suficiente de elei- mesmo tempo para definir seus objetivos e programas e para influenciar o comportamento de seus cidadões.
  8. 8. DESDOBRAMENTOS  Vinculação Ideológica  Enquadramento (percepção de atributos ao invés de apenas pertinência)  Two Step Flow (efeito em dois tempos)

×