Java Micro Edition Applied

722 views

Published on

Published in: Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
722
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Java Micro Edition Applied

  1. 1. Tecnologia Java Micro Edition aplicada
  2. 2. Objetivos <ul><li>Entender o que é e para que serve a plataforma Java Micro Edition; </li></ul><ul><li>Mostrar tendências de mercado e oportunidades; </li></ul><ul><li>Relacionar funcionalidades e aplicações práticas da tecnologia em dispositivos móveis (celulares e PDAs); </li></ul><ul><li>Apresentar as ferramentas necessárias para montar um ambiente de desenvolvimento e criar um Hello World JME; </li></ul>
  3. 3. O que é a Java Micro Edition? <ul><li>Java Micro Edition = JME (antes era J2ME); </li></ul><ul><li>O JME é uma plataforma criada pela Sun MicroSystems para permitir a utilização da linguagem Java em uma gama de dispositivos de consumo; </li></ul><ul><li>Compatível com telefones celulares, PDAs, smartphones, tv analógica e digital, navegação e controle veicular, automação residencial e industrial. </li></ul><ul><li>JME ≠ WAP </li></ul>
  4. 4. Arquitetura JME
  5. 5. Arquitetura JME <ul><li>KVM - Kilobyte Virtual Machine Máquina virtual Java que ocupa kilobytes. </li></ul><ul><li>CLDC – Connected, Limited Device Configuration Configuração mínima para o Java funcionar em um dispositivo conectado e com limitações. </li></ul><ul><li>CDC – Connected Device Configuration Configuração mínima para o Java funcionar em um dispositivo conectado de maior capacidade. </li></ul><ul><li>Profiles – MIDP, Foundation e Personal Estende a configuração e endereça as necessidades de uma determinada família de dispositivos. </li></ul>
  6. 6. Mercado e Tendências <ul><li>Aumento do consumo de eletroeletrônicos Esta é a grande força por trás do JME. </li></ul><ul><li>Expansão da telefonia celular alavancou a tecnologia No Brasil 70% dos celulares fabricados são Java compatíveis. Fabricantes e operadoras barateiam e facilitam a aquisição. </li></ul><ul><li>Operadoras contam com tecnologia para aumentar receita Saturação no mercado de voz forçará as operadoras a expandir serviços baseados em JME. </li></ul>
  7. 7. Mercado e Tendências <ul><li>Poder de processamento “nas mãos” de qualquer pessoa Um celular tem mais poder de processamento que o computador da nave Apolo XI, e as pessoas ainda não se deram conta disso. </li></ul><ul><li>Investimentos na área No exterior, pesquisas voltadas para wireless priorizam investimentos de médio e longo prazo em TI. Empresas como IBM, Nokia, Benq-Siemens, Motorolla, LG, Sprint, Google, Vodafone, entre outras estão de olho nesse filão. </li></ul><ul><li>Já está faltando software Muitos projetos não estão indo à frente por falta de técnicos e não por falta de tecnologia. </li></ul>
  8. 8. Funcionalidades e Aplicações <ul><li>Imagine que o seu diretor lhe solicite no prazo de 3 meses uma aplicação que deverá ser distribuída para toda a equipe de vendas espalhada pelo país. </li></ul><ul><li>Imagine ainda que essa aplicação deverá funcionar em todo o lugar que o vendedor estiver, e ainda, estar trocando informações on-line com o servidor central. </li></ul><ul><li>Para completar, não existe orçamento para aquisição de equipamentos. </li></ul>
  9. 9. Funcionalidades e Aplicações <ul><li>Há alguns anos atrás esse projeto seria impossível, mas agora, onde antes existiam problemas insolúveis, hoje existem oportunidades. </li></ul>
  10. 10. Conectividade <ul><li>Http Obrigatório para dispositivos JME. Rede de voz das operadoras já fornece o acesso à Internet utilizando tecnologia GSM (GPRS/EDGE) e CDMA. </li></ul><ul><li>Wi-Fi Tecnologia de redes sem fio presente nos computadores desktop, já começa a aparecer em dispositivos móveis. Expansão dos hotspots poderá substituir a rede das operadoras. </li></ul>Dispositivos JME compatíveis são comunicadores por natureza.
  11. 11. Conectividade <ul><li>Blue Tooth Permite que diversos dispositivos “conversem” entre si. Pode-se montar uma rede entre computadores, impressoras, celulares, PDAs e outros eletroeletrônicos. </li></ul><ul><li>Serial Utiliza Infravermelho ou cabo, permite conexão com PCs, leitores e teclados estendidos. </li></ul><ul><li>Torpedos Envio e recebimento de SMS e MMS. </li></ul><ul><li>Push Registry Ativação remota de aplicações. Permite sincronizações remotas ativadas pelo servidor. </li></ul>
  12. 12. Interatividade <ul><li>Interface com o usuário Framework lcdui possui componentes de visualização para montar menus, listas, formulários, caixas de texto, botões, radio, combo, check, imagens e controles customizados. </li></ul><ul><li>Jogos Extensão do lcdui provê todas as funcionalidades para a criação de jogos de alto nível. </li></ul><ul><li>Multimídia Captura e reprodução de sons, vídeos e fotos. </li></ul><ul><li>Java TV Televisão digital em celulares em PDAs. </li></ul>
  13. 13. Outras Funcionalidades <ul><li>Armazenamento Local API nativa permite a gravação e recuperação de informações sem necessidade de conexão ao servidor. </li></ul><ul><li>Segurança Restrições na linguagem, criptografia, https e certificados digitais garantem a segurança. </li></ul><ul><li>Localização API permite localizar geograficamente um dispositivo. </li></ul><ul><li>RFID Tecnologia de leitura de tags já está embutida em alguns aparelhos. </li></ul>
  14. 14. Aplicações <ul><li>Automação de Força de Vendas; </li></ul><ul><li>Coleta de Dados, Pesquisas e Telemetria; </li></ul><ul><li>Análises e Aplicações no Mercado Financeiro; </li></ul><ul><li>Controle de OS; </li></ul><ul><li>Validação e Chancela de Operações; </li></ul><ul><li>Geoposicionamento; </li></ul><ul><li>Automação Comercial, Residencial e Industrial; </li></ul><ul><li>Mobile Banking; </li></ul><ul><li>Jogos On-line; </li></ul>
  15. 15. Aplicações <ul><li>Análise e Diagnóstico Médico; </li></ul><ul><li>Airline Self Booking; </li></ul><ul><li>Ingressos, Tickets e M-Money; </li></ul><ul><li>Colaboração e Sincronia em Equipe… A lista de aplicações não para de crescer, pois o JME se firmou como uma extensão móvel do desktop, permitindo aos usuários estarem em campo captando, transmitindo e recebendo informações em tempo real. </li></ul>
  16. 16. Ambiente de desenvolvimento <ul><li>Eclipse + Eclipse ME A plataforma open source Eclipse em conjunto com o plugin EclipseME permite de maneira rápida e transparente o desenvolvimento, teste e distribuição de aplicações JME. </li></ul><ul><li>NetBeans + NetBeans Mobility Pack A IDE da Sun Microsystems, integrada ao seu Mobility Pack, possui as mesmas funcionalidades do Eclipse, além de permitir o desenho de telas e mais fexlibilidade ao distribuir um aplicativo para diversos tipos de dispositivos. </li></ul><ul><li>Wireless Tool Kits Os fabricantes de dispositivos fornecem SDKs que se integram às IDEs, permitindo que a aplicação seja emulada e testada em um contexto semelhante ao dispositivo ao qual ela se destina. </li></ul>
  17. 17. Criando um Hello World JME <ul><li>import javax.microedition.midlet.*; </li></ul><ul><li>import javax.microedition.lcdui.*; </li></ul><ul><li>public class HelloWorld extends MIDlet implements CommandListener { </li></ul><ul><li>private Display display; //Manipula o display do aparelho </li></ul><ul><li>private TextBox tbMain; //TextBox para mostrar uma mensagem </li></ul><ul><li>private Command cmExit; //Botão para sair do MIDlet </li></ul><ul><li>public HelloWorld() { </li></ul><ul><li>display = Display.getDisplay(this); </li></ul><ul><li>cmExit = new Command(&quot;Exit&quot;, Command.SCREEN, 1); </li></ul><ul><li>tbMain = new TextBox(&quot;Welcome&quot;,&quot;Hello World!&quot;, 50,TextField.ANY); </li></ul><ul><li>tbMain.addCommand(cmExit); </li></ul><ul><li>tbMain.setCommandListener(this); </li></ul><ul><li> } </li></ul>
  18. 18. Criando um Hello World JME <ul><li>public void startApp() </li></ul><ul><li>{ </li></ul><ul><li>display.setCurrent(tbMain); </li></ul><ul><li>} </li></ul><ul><li>public void commandAction(Command c, Displayable s) </li></ul><ul><li>{ </li></ul><ul><li>if (c==cmExit) </li></ul><ul><li>{ </li></ul><ul><li>destroyApp(false); </li></ul><ul><li>notifyDestroyed(); </li></ul><ul><li> } </li></ul><ul><li> } </li></ul><ul><li>} </li></ul>
  19. 19. Conclusão <ul><li>O JME é uma plataforma que visa expandir os horizontes da computação para além dos desktops; </li></ul><ul><li>Sua arquitetura flexível permite atingir um sem número de dispositivos; </li></ul><ul><li>A tecnologia já está consolidada. É uma questão de tempo para que as pessoas e empresas descubram seu poder, mas já faltam técnicos qualificados; </li></ul><ul><li>Diversas funcionalidades abrem um leque para soluções e oportunidades. </li></ul>
  20. 20. Referências <ul><li>Site Oficial do JME: java.sun.com/j2me </li></ul><ul><li>Java Community Proccess: jcp .org </li></ul><ul><li>Dispositivos JME Compatíveis: developers.sun.com/techtopics/mobility/device </li></ul><ul><li>International Data Group (IDG): idgnow .com. br </li></ul><ul><li>Site sobre Telecom: teleco .com. br </li></ul><ul><li>Plataforma Eclipse: eclipse.org </li></ul><ul><li>Plugin JME para Eclipse: eclipseme .org </li></ul>
  21. 21. <ul><li>Ministrada por : </li></ul><ul><li>Marcelo Beckmann </li></ul><ul><li>E-mail: beckmann . marcelo @ gmail .com </li></ul>

×