Successfully reported this slideshow.
A vida quotidiana   nos Mosteiros no séc. XIII
Qual o grupo social que vivia nos Mosteiros? O grupo social que vivia nos Mosteiros era o Clero. O clero dividia-se em cle...
Quais as partes que compunham os Mosteiros? Os Mosteiros eram compostos por um conjunto de construções repartidas à volta ...
A que actividades se dedicavam? A principal actividade do clero era o serviço religioso, mas dedicava-se também ao ensino ...
A assistência a doentes, peregrinos e mendigos era outra das actividades dos monges, que tratavam os doentes na enfermaria...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Avida Quotidiana No Sec. Xiii Mosteiros

14,836 views

Published on

Published in: Technology, Business
  • Be the first to like this

Avida Quotidiana No Sec. Xiii Mosteiros

  1. 1. A vida quotidiana nos Mosteiros no séc. XIII
  2. 2. Qual o grupo social que vivia nos Mosteiros? O grupo social que vivia nos Mosteiros era o Clero. O clero dividia-se em clero secular e clero regular. Nos Mosteiros vivia o clero regular, formado por frades ou monges e freiras.
  3. 3. Quais as partes que compunham os Mosteiros? Os Mosteiros eram compostos por um conjunto de construções repartidas à volta do claustro. A principal dependência do Mosteiro era a igreja. As outras partes que compunham o Mosteiro eram: o dormitório, o refeitório/cozinha, a enfermaria, a albergaria e a biblioteca.
  4. 4. A que actividades se dedicavam? A principal actividade do clero era o serviço religioso, mas dedicava-se também ao ensino nas escolas que funcionavam nos Mosteiros. Outro trabalho dos monges era copiar livros, com pinturas chamadas “iluminuras”.
  5. 5. A assistência a doentes, peregrinos e mendigos era outra das actividades dos monges, que tratavam os doentes na enfermaria do Mosteiro, com remédios feitos com produtos naturais e albergavam na albergaria os peregrinos que se deslocavam a Santuários em peregrinação. Os monges dedicavam-se também a cultivar os campos, ou, no caso das grandes propriedades a orientar os camponeses e a ensinar-lhes novas práticas agrícolas.

×