Jornal da Mealhada - n.º 668 – 28.11.2007

3,729 views

Published on

Versão integral da edição n.º 668 do semanário “Jornal da Mealhada”, que se publica na Mealhada, distrito de Aveiro, Portugal. Director: Nuno Castela Canilho. 28.11.2007.
Visite o site do “Jornal da Mealhada”, em http://www.jornaldamealhada.com

Não se esqueça de que pode ver o documento em ecrã inteiro, bastando para tal clicar na opção “full” que se encontra no canto inferior direito do ecrã onde visualiza os slides.
Também pode descarregar o documento original. Deve clicar em “Download file”. É necessário que se registe primeiro no slideshare. O registo é gratuito.

Para além de poderem ser úteis para o público em geral, estes documentos destinam-se a apoio dos alunos que frequentam as unidades curriculares de “Arte e Técnicas de Titular”, “Laboratório de Imprensa I” e “Laboratório de Imprensa II”, leccionadas por Dinis Manuel Alves no Instituto Superior Miguel Torga (www.ismt.pt).

Para saber mais sobre a arte e as técnicas de titular na imprensa, assim como sobre a “Intertextualidade”, visite http://www.mediatico.com.pt/manchete/index.htm (necessita de ter instalado o Java Runtime Environment), e www.youtube.com/discover747

Visite outros sítios de Dinis Manuel Alves em www.mediatico.com.pt , www.slideshare.net/dmpa,
www.youtube.com/mediapolisxxi, www.youtube.com/fotographarte, www.youtube.com/tiremmedestefilme, www.youtube.com/discover747 ,
http://www.youtube.com/camarafixa, , http://videos.sapo.pt/lapisazul/playview/2 e em www.mogulus.com/otalcanal
Ainda: http://www.mediatico.com.pt/diasdecoimbra/ , http://www.mediatico.com.pt/redor/ ,
http://www.mediatico.com.pt/fe/ , http://www.mediatico.com.pt/fitas/ , http://www.mediatico.com.pt/redor2/, http://www.mediatico.com.pt/foto/yr2.htm ,
http://www.mediatico.com.pt/manchete/index.htm ,
http://www.mediatico.com.pt/foto/index.htm , http://www.mediatico.com.pt/luanda/ ,
http://www.biblioteca2.fcpages.com/nimas/intro.html

Published in: Technology, Travel
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
3,729
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
28
Actions
Shares
0
Downloads
10
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Jornal da Mealhada - n.º 668 – 28.11.2007

  1. 1. Sociedade de Mediação Imobiliária, Lda Ano XXI Licença n.º 1736 - AMI N.º 668 Av. 25 de Abril n.º 7 Preço: 0,60 euros 3050-334 Mealhada www. .com 966 047 177 964 206 118 231 202 387 Director: Nuno Castela Canilho Fax: 231 205 666 Director-adjunto: Afonso Simões Quarta-feira, 28 de Novembro de 2007 Partido Social Democrata Breda Marques Avenida Navarro, no Luso indisponível para guerra de candidatos Página 2 Enófilos da Bairrada Adjudicada Confraria remodelação, por um entroniza ministro do Trabalho milhão de euros Página 8 Em breve na Mealhada Página 3 Curso de Associações culturais, recreativas e juvenis do concelho da Mealhada português para estrangeiros Câmara atribui Página 7 (mais e maiores) subsídios Página 3 www.rcpfm.com [você tem tudo debaixo de olho?] Restaurante quot;O Leitãozinhoquot; Santa Luzia Leitão à Bairrada, Cabrito grelhado ou assado e mariscos Temos preços especiais para casamentos, baptizados, comunhões, preç especiais para casamentos, baptizados comunhõe eços amentos tizados, omunhões e www.alperce.com Serviços Web visit empre as. Te fa grupos e empres as. Tefefone e fax : 239 918 110 Necessita-se cozinheiro (bom profissional que saiba trabalhar com marisco) Venha saborear este especial prato de e empregada de mesa - 938 737 849 Festival de Marisco
  2. 2. Quarta-feira, 28 de Novembro de 2007 10 Pampilhosa Espaço de apoio Escuteiros, Junta de Freguesia ao Jardim pronto no início de 2008 e Câmara recolhem monstros J unto ao Jardim Municipal da Pampilhosa está a ser Cerca de trinta escuteiros do agrupamento da “não há muito lixo, mas mesmo assim ainda temos algum construído um prédio “que irá servir de apoio ao Pampilhosa, em parceria com a Câmara Municipal da trabalho para fazer. Há muitos 'monstros' para o lado do jardim, com infra-estruturas básicasquot;. quot;No espaço Mealhada (CMM) e Junta de Freguesia da Pampilhosa, Canedo e da Marmeleira”. serão instalados sanitários, um bar/cafetaria, um realizaram, no passado sábado, 24 de Novembro, e pela A Junta de Freguesia da Pampilhosa, disponibilizou uma restaurante e lojas de artesanato”, disse ao Jornal da segunda vez, uma recolha de lixos que se encontrava nos máquina para levar os ditos “monstros” que as pessoas Mealhada António Jorge Franco, vereador da Câmara pinhais e nas ruas da freguesia da Pampilhosa. vão deixando nos pinhais da freguesia, assim como luvas Municipal da Mealhada. “Esta é uma zona envolvente, de “Esta é uma maneira de sensibilizar os mais jovens para para os escuteiros apanharem o lixo. A CMM disponibilizou lazer. Será um local onde as pessoas se poderão sentir os problemas ambientais”, declarou Liberto Maia, chefe do o contentor para depositar o lixo que ficou completamente bem, desfrutar do espaço”, disse o autarca. Agrupamento de Escuteiros da Pampilhosa, afirmando que cheio. Está previsto que no início do próximo ano esta obra esteja pronta a funcionar. Após a sua conclusão haverá um concurso público para a exploração das lojas. RSG Santa Cecília, padroeira dos músicos, perpetuada na Filarmónica Pampilhosense Na quinta-feira, 22 de Novembro - dia da Padroeira da suprema, tivessem o mesmo valor e heroísmo por ela Música, dos Músicos e da harmonia -, decorreu uma demonstrados, mesmo nas maiores angústias. cerimónia onde a imagem de Santa Cecília foi colocada no Nas “Actas” do martírio de Santa Cecília, que se crê que salão de festas da F ilarmónica Pampilhosense, na tenha ocorrido no ano de 230, lê-se: ‘Enquanto ressoavam Pampilhosa. os órgãos, a Virgem Santa Cecília, no íntimo da sua mente, A imagem, oferecida pelo casal pampilhosense Helena só a Deus se dirigia e cantava: “Permiti, Senhor, que o meu Lindo e Vítor Marques, foi colocada na parede frontal do coração e o meu corpo permaneçam imaculados”’. Tomando edifício, no interior do salão, local onde normalmente falsamente a palavra “organis” (designação sumária de acontecem os ensaios da banda, assim como outros instrumento) por órgão, os pintores já no século XV eventos musicais. fantasiavam tangendo-o como acompanhador dos seus Helena Lindo, nas breves palavras que proferiu na piedosos cânticos. Feita deste modo a primeira iconografia, ocasião, realçou a vida de mártir da Santa, bem como o nada mais natural do que os músicos logo a tenham facto de os músicos do século XV logo terem adoptado escolhido para sua protectora. Santa Cecília para sua padroeira. No século XVI constituíram-se em Paris e em Roma as Historicamente não há referências que indiquem dotes primeiras associações da classe musical sob a égide de Santa particulares de musicalidade de Cecília. Sabe-se, contudo, Cecília. Em Inglaterra instituiu-se um concurso anual, premiado que era uma jovem patrícia muito culta que pertencia a pela corte, dando origem à criação de Odes literárias e musicais uma das mais ilustres famílias de Roma, tendo recebido a ela consagradas por compositores tão ilustres como Henry lhe lembrava ter sobre ela direito de vida e de morte, esmerada educação, onde a prática da música ser-lhe-ia Purcell, Haendel e, mais recentemente, Benjamim Britten. respondeu: 'É falso, porque podes dar-me a morte, mas não habitual, tocando, provavelmente, algum instrumento mais Embora se encontrem referências mais remotas, o me podes dar a vida'. Almáquio condenou-a a morrer consentâneo com a sua feminilidade como a harpa, a lira primeiro estatuto da Irmandade de Santa Cecília em asfixiada por vapor mas como Cecília sobreviveu a esse ou o saltério, pois o órgão com que tão frequentemente é Portugal data de 1603. suplício, ordenou que lhe cortassem a cabeça. O carrasco, representada, era ainda um instrumento grosseiro e pouco A banda da Filarmónica Pampilhosense apresentou às por imperícia ou por ter vacilado ante a serenidade difundido. Casada contra a sua vontade, desde cedo cerca de quarenta pessoas presentes algumas das novas angélica da condenada, depois de três golpes sucessivos, conseguiu que o seu marido, Valeriano, também adorasse peças que tem vindo a trabalhar para a nova época, não chegou a decepar a formosa cabeça deixando a mártir a Deus, convertendo-o ao Cristianismo, em detrimento dos finalizando o evento, que não foi inédito pois o mesmo em dolorosa agonia. deuses romanos. aconteceu com São Marçal, cuja imagem foi oferecida pelo Só passados três dias exalou o último suspiro e todos Colocada perante a alternativa de sacrificar aos deuses mesmo casal à Associação Humanitária dos Bombeiros quanto haviam presenciado o modo sublime como aceitara de Roma ou a morrer, não hesitou e dispôs-se ao sacrifício. Voluntários da Pampilhosa, que acolheu de bom grado a tamanha provação, convertidos por tal exemplo à mesma Quando, durante os interrogatórios, o prefeito Almáquio efígie do seu padroeiro. Daniel Vieira fé, suplicavam a sua intercessão para que, na hora
  3. 3. Quarta-feira, 28 de Novembro de 2007 11 Barcouço I Gota de água: Iniciativa “Natureza Viva” Feira do livro alia plantas e saúde e de artesanato O Planalto, Associação de Desenvolvimento Rural, de Barcouço, irá desenvolver uma iniciativa intitulada pessoas que aprenderam ao longo da vida com as potencialidades da natureza viva que nos rodeia. O Agrupamento de Escuteiros da “Natureza Viva” que terá lugar no sábado, 8 de Dezembro, A concentração deste encontro será no Largo da Junta Pampilhosa, em parceria com a Juventude em Barcouço. de Freguesia de Barcouço, pelas 9 horas. Realizar-se-á, Operária Católica, vai realizar, no dia 9 de Esta iniciativa tem como tema central a saúde e as seguidamente, um passeio com recolha de plantas Dezembro, domingo, na sua sede, entre as 10 h e as plantas, e pretende sensibilizar para a importância das medicinais e aromáticas. A manhã terminará com um plantas aromáticas e medicinais para a saúde e bem- recital de poesia. 20 horas, a “I Gota de Água”. Trata-se de uma feira do estar das pessoas. Da parte da tarde, a partir das 15 horas, realizar-se-ão livro e uma feira de artesanato que contará com a O objectivo é concretizar actividades que aliem a oficinas de produção e utilização de ervas medicinais e participação de artesãos da vila da Pampilhosa e da prática ao conhecimento científico de especialistas e de sobre saúde e estilos de vida saudáveis. região. Durante o certame a animação estará a cargo do Grupo de escuteiros pioneiros (com idades entre os 14 e os 18 anos) e da associação Oficina de Ideias, também da Pampilhosa. Haverá também um bar, Novas Oportunidades com bebidas e alguns petiscos. O nome desta iniciativa, “Gota de Água”, advém da mística da secção dos Pioneiros. “Será gota de chegou à freguesia água, porque acreditamos que todas as gotas juntas, formarão um grande rio, que desaguará num mar imenso, de projectos, de ideias, de valores”, disse Gonçalo Costa, responsável pelo Grupo de Pioneiros do Agrupamento de Escuteiros da Pampilhosa. Os fundos angariados irão ser usados pelos escuteiros na viagem que pretendem realizar aos Açores, em actividade de voluntariado ambiental. RSG Vacariça Casa do Povo em O Planalto - Associação de Desenvolvimento Rural, de Barcouço, implementou recentemente um projecto que tem em vista o Reconhecimento, Desta forma é dada a equivalência ao primeiro, segundo e terceiros ciclos do ensino básico e ao ensino secundário. Este processo teve início na quinta-feira, 15 de assembleia-geral Validação e Certificação de Competências (RVCC) da população. Os técnicos do Centro de Novas Oportunidades (CNO) Novembro, no Centro de Dia de Barcouço onde decorreu uma sessão de esclarecimento com o coordenador pedagógico do CNO da ESM, José Cordeiro, e a técnica, O s sócios da Casa do Povoa da Freguesia da Vacariça reunir-se-ão, em assembleia-geral ordinária, na quinta-feira, 29 de Novembro, pelas 20 horas, na sede da da Escola Secundária da Mealhada (ESM) vão dar formação, nas instalações da Escola Básica 1 de Barcouço Rute Santos. Estiveram presentes, nesta reunião, cerca de quarenta pessoas. Foi explicado o funcionamento de um instituição. Na ordem de trabalhos está, entre outros para a população que estiver interessada. A Junta de CNO, a forma como é feito o diagnóstico, o encaminhamento assuntos, a apreciação e a votação do orçamento para o Freguesia de Barcouço e a ESM foram as entidades para um processo de RVCC ou para um curso de Educação ano de 2008. impulsionadoras deste projecto. e Formação de Adultos (EFA), os horários em função da Na convocatória pode ler-se que, se à hora marcada O CNO destina-se a todos os jovens, com idade superior disponibilidade dos inscritos e o referencial de não tiver comparecido a maioria dos sócios, a assembleia a dezoito anos, e a adultos que queiram aumentar os seus competências-chave relativos a cada nível de ensino. realizar-se-á uma hora depois, com qualquer número de níveis de escolaridade. O processo inicia-se com uma Esta é uma aposta na qualificação tendo em vista a sócios presentes. MSL entrevista individual e confidencial onde é feito o melhoria da qualidade de vida da população, sendo um encaminhamento para a formação em cursos de Educação objectivo da associação e da autarquia local. Quinta do Valongo e Formação de Adultos (EFA) ou o RVCC. O objectivo é o reconhecimento das competências que os cidadãos vão Para as pessoas interessadas, sendo ou não habitantes da freguesia de Barcouço, ainda estão abertas inscrições adquirindo ao longo da vida pessoal, social e profissional. na sede da Junta de Freguesia. Peditório para lápide para Padre Abílio Caro empresário: A população da Quinta do Valongo considera-se triste e até revoltada pelo facto de não ter sido feito Na próxima época natalícia a melhor maneira de chamar nenhum peditório na aldeia para custear as despesas da colocação de uma pedra tumular na campa do Padre Abílio clientes e dar as boas festas também aos fornecedores Simões. A situação agravou-se pelo facto de, num papel afixado em toda a paróquia da Vacariça, estar a indicação da não contribuição do povo de Quinta do Valongo. Por esta situação, e para resolver o problema, será realizado, em breve, um peditório, por toda a aldeia, e com o dinheiro É fazendo publicidade no angariado será comprada uma peça de mármore para Contacte-nos, temos os melhores preços homenagear o antigo pároco. “Não participámos porque não tivemos conhecimento do Telefone n.º 231 203 167 jornaldamealhada@mail.telepac.pt ou 167, peditório. A pessoa que estava responsável por isso não o fez. O Padre Abílio era uma pessoa muito estimada por todos”, www.jornaldamealhada.com afirmou Patrícia Silva, moradora na Quinta do Valongo.
  4. 4. Quarta-feira, 28 de Novembro de 2007 12 Mealhada - Dakar Casal Comba Aventureiros “Na garrafeira do Pires mealhadenses um copinho até consola percorrerão areias africanas o coração” N o próximo dia 5 de Janeiro de 2008 vai partir de Lisboa a caravana do maior evento do mundo de todo-o-terreno. O percurso ligará Lisboa à capital do Senegal, Dakar, nas margens do Lago Rosa. Do concelho da Mealhada, também vão fazer parte desta viagem quatro amigos – Victor Moniz, Alda Teixeira, Pedro Campos e Luís Gamelas -, que, ao volante de dois automóveis vão acompanhar o rally de Lisboa a Dakar. Um Toyota Corolla 1200, de 1973, e Toyota Corolla 1200 Station Wagen, de 1978, vão ser os dois veículos que transportarão os quatro amigos pelos catorze mil quilómetros do percurso. Este grupo de mealhadenses sentiu também a necessidade de associar à sua aventura um gesto de solidariedade e estabeleceram uma parceria com uma Organização Não Governamental de Solidariedade Social, a Associação Adventista para o Desenvolvimento Recursos e Assistência (ADRA)/Assistência Social Adventista (ASA), com sede na Vacariça. Esta parceria tem o objectivo de angariar produtos com vista a diminuir as dificuldades de algumas famílias do concelho e é intitulada “Mealhada Solidária”. “Já arranjámos duas cadeiras de rodas para oferecer. Não sabemos ainda a quem. Também já temos o objectivo de ir à Guiné-Bissau levar medicamentos”, afirmou Victor Moniz, mentor de todo este projecto. Sobre os apoios que recebeu para esta aventura até Dakar Victor Moniz garantiu: “É uma vergonha os restaurantes não apoiarem eventos que dinamizam a cidade da Mealhada. O nosso maior apoio tem sido a Câmara Municipal da Mealhada que tem sido excedível”. Augusto Ferreira, Aníbal Moreira, Rui Albino e Paulo Silva são também quatro dos apoiantes que têm ajudado Victor Moniz a tornar possível este projecto. O grupo de aventureiros tem um sitio na Internet em: www.toyota73lisboadakar.com. Nesta página são divulgados os propósitos do projecto, a identidade dos pilotos e Joaquim Pires, à direita, a esposa e o filho António Pires, na adega acompanhantes, as mensagens de apoio, o nome das entidades que apoiaram e do O merchandising que está disponível. “De momento, estamos a vender esferográficas, porta- ambiente sugere a entrada num espaço com um misto de biblioteca, um pouco chaves e bonés para angariar fundos para a nossa viagem. É urgente que a comunidade de museu e uma devoção de santuário. Trata-se, no entanto, de uma adega, a nos ajude na compra destes simbólicos artigos”, apelou Victor Moniz. de Joaquim Pires, em Casal Comba. O proprietário tem 82 anos bem contados, Nos próximos dias 1 e 2 de Dezembro, sábado e domingo, as duas viaturas que este desde o nascimento no Vale de Raposo, em Casal Comba, e é, ao mesmo tempo o grupo levará ao Lisboa-Dakar vão estar em exposição no 2.º Salão Automóvel, Antigo bibliotecário, o artista e o sacerdote do espaço onde recebe os amigos com zelo. O seu Clássico e Sport de Aveiro, no Parque de Feiras e Exposições de Aveiro. Também no sábado, filho António é, provavelmente, um dos maiores fãs do espaço, do pai e do que representa 8 de Dezembro, vai realizar-se uma festa no bar “O Portão”, na Mealhada, que reverterá a para si aquela colecção. Foi ele quem nos convidou a visitar a adega e a falar com o pai favor da associação “Mealhada Solidária”. Mónica Sofia Lopes ao sabor de um licor de “grelo de batata”... “Faço aguardente e jeropiga desde que me casei, em 1950”, começou por nos dizer Joaquim Pires. “Desde aí fui guardando parte da produção e tenho aqui um garrafão de cada ano, com a respectiva etiqueta. Há anos em que não fiz nem aguardente nem jeropiga, mas são poucos. Aqui ainda só tenho armazenada a produção até ao ano 2000. No Natal vou dando aos amigos, mas sempre vai ficando alguma coisa”, prosseguiu. As mais de três mil garrafas que ali tem armazenadas, todas etiquetadas, não se resumem à sua produção, são, também, o resultado de cinco décadas de colecção. “A garrafa mais antiga que aqui tenho é de 1942, da Quinta do Tojal. Outra das minhas preciosidades é uma garrafa de 1980 de vinho Vila Faia, comemorativa da primeira telenovela portuguesa. Tenho aqui garrafas de espumante com vinte anos. Todos dizem que não presta, mas todos querem dele”, disse Joaquim Pires. Lugares de destaque são também ocupados por garrafas da Adega do Palace Hotel do Buçaco, pelas de espumantes Rama, de Santa Luzia e, também, pelas garrafas pequenas, para consumo nos aviões, da Quinta de São Miguel, de Casal Comba. A Quinta de São Miguel e a da Catarrosa, ambas em Casal Comba, representam muito para Joaquim Pires, que ali começou a trabalhar, muito jovem, até as propriedades serem adquiridas por Messias Baptista e Joaquim Pires começar a trabalhar, também, ARMÉNIO E. S. BAPTISTA,Lda nas Caves Messias. “Dei sessenta anos da minha vida ao vinho. Com o senhor Abílio Marques e depois com a dona Henriqueta Saraiva Marques, donos e fundadores da Quinta de São Miguel, eu comecei a trabalhar nisto, apaixonei-me e entreguei toda a minha devoção”. Joaquim Pires acredita — e terá razões para isso, dizemos nós — que os seus netos continuarão a colecção. O filho António Pires assevera que o espólio se manterá indivisível e para garantir a perpetuação mostrou-nos um testamento no centro do espaço da adega. Em lugar de destaque está uma garrafa de jeropiga de 1950 e um pedido de Joaquim Pires aos descendentes: que só a abram no ano 2050. Desengane-se quem pensar que na adega de Joaquim Pires só há vinho, espumantes, licores, aguardentes e jeropigas. Há uma outra preciosidade, também ela etiquetada. É uma pinça para retirar o gargalo das garrafas de espumante, terá servido para muitos TRANSPORTES milhares de garrafas, feita por Ernesto Serralheiro, mealhadense que Joaquim Pires ALUGUER DE MÁQUINAS garante ser meio-irmão de António de Oliveira Salazar. ALUGUER DE CONTENTORES| SURRIVAS O leitor estará certamente a questionar se a capacidade de Joaquim Pires e as suas artes de vinhateiro teriam conseguido inventar licor de grelo de batata, bebida com que brindou a equipa de reportagem do Jornal da Mealhada. Pois a bebida existe, não resultou de qualquer espécie de tubérculo mas da cumplicidade terna de pai e filho que desciam Rua da Vacariça_ Reconco_3050-381 Mealhada à adega com o pretexto de ver o grelo das batatas a semear para beber um descansado copinho de jeropiga ao cair da noite. Afinal como diz o poeta, Joaquim Pires, claro está: 231 202 736 968 045 778 / 965 506 203 “Na Garrafeira Pires um copinho/ Na Garrafeira do Pires um copão/ Na Garrafeira do armeniobatista@hotmail.com 231 208 551 Pires um copinho/Até aquece o coração”. NCC
  5. 5. Quarta-feira, 28 de Novembro de 2007 13
  6. 6. Quarta-feira, 28 de Novembro de 2007 14 Luso Junta de Turismo Luso-Buçaco Espólio do Comendador Melo Pimenta em exposição Na sede da Junta de Turismo Luso-Buçaco está exposto o espólio - objectos pessoais, e cerca de três mil livros da biblioteca pessoal - do Comendador Manuel de Melo Pimenta oferecido pela sua família à vila do Luso. Oriundo do Luso, de origens modestas Manuel de Melo Pimenta imigrou para o Brasil, com sua esposa, D. Marinha de Moura Pimenta, e seu filho. Foi uma grande personalidade entre a comunidade portuguesa em São Paulo, Brasil. Após fazer fortuna não esqueceu as suas origens e sempre ajudou os mais necessitados. Entre muitas, fez algumas doações de benemerência ao Luso. Foi irmão benemérito da Santa Casa da Misericórdia da Mealhada, Sócio Benemérito da Assistência aos Pobres do Luso e Sócio – Honorário do Luso Ginásio Clube de Portugal. “Deu alguma da sua fortuna a um bairro local e a uma instituição da sopa dos pobres, hoje instituição Melo Pimenta”, disse Lurdes Carvalho, técnica de turismo, na Junta de Turismo Luso Buçaco. Foi feito um busto do Comendador Melo Pimenta, para assim poder ser homenageado publicamente. Lurdes Carvalho ainda disse que “a família que se encontra no Brasil por vezes vem ao Luso e vem visitar este espólio, para assim fazer uma espécie de romagem de saudade. O Comendador foi um benemérito da terra. Este espólio é uma maneira de afirmar que nunca esqueceu a sua terra de origem, apesar de estar longe”. Qualquer pessoa pode visitar o espólio, no horário de funcionamento da Junta de Turismo Luso-Buçaco. Os livros podem ser consultados apesar de não poderem sair do local. RSG Mosaico representa o que de melhor a vila tem N a vila do Luso, na Rua Francisco António Dinis, foi concluído recentemente um painel de mosaico encomendado pela Junta de Freguesia do Luso à artista plástica bairradina, Lara Roseiro. O painel demorou um mês e meio a ser colocado pela própria artista que reside em Sangalhos. O Jornal da Mealhada falou com Lara Roseiro, que nos explicou a intenção artística no segundo painel que faz para a Junta de Freguesia do Luso. Lara Roseiro afirmou: “Este é um muro de saída, então quis que fosse um muro que deixasse as pessoas que visitaram a vila a pensar no que viram. Este é um desenho abstracto, que representa o nascimento da água e o seu percurso”. Antes da colocação do mosaico muito é o trabalho que tem de ser feito, desde o estudo das cores, os seus elementos, a linguagem a utilizar e o público-alvo. “As pessoas do Luso, ao princípio, olhavam de lado pois não estavam habituadas a ver uma mulher a fazer este tipo de trabalho, a fazer aplicação de mosaico, mas sempre me deram muita força e sempre foram todos muitos simpáticos”, disse a artista plástica. Há dois anos Lara Roseiro já havia elaborado um outro painel, na entrada poente do Luso. quot;Esse outro painel representa tudo o que a região do Luso-Buçaco pode oferecer, ou seja as termas, a natureza e a fonte, entre outras coisasquot;, disse Lara Roseiro. Esta artista para além dos trabalhos elaborados em mosaico também faz pinturas em tela. É possível ver o seu trabalho em www.freefotolog.net/lara_roseiro ou em www.fotothing.com/lararoseiro. RSG Junta de Freguesia Vivenda ZONA NOBRE CURIA com nova página VIVENDA DE LUXO - ZONA CALMA na Internet COMO NOVA - SÓ 181,500 euros A Junta de Freguesia do Luso realizará uma sessão de c/ gerência Dr. José Carlos Gomes Casa ANTIGA - ANTES apresentação da sua nova página na internet, no Grande Hotel do Luso, na sexta-feira, 30 de Novembro, pelas 21 COM TERRENO - URGENTE horas. Compra e venda com VIVENDA T4 - Toda remodelada segurança e competência BOM NEGÓCIO - APENAS 125,000 EUROS LOCAL DE VENDA DO Jornal da Mealhada TRATAMOS DO CRÉDITO APARTAMENTO DE LUXO JUNTO DO CENTRO DE SAÚDE - MEALHADA Av. Quinta da Nora, n.º 34 - Mealhada no Luso Telem. 967 091 254 ARRENDA-SE LOJA - C/ 30M2 S. PAPELARIA S. JOÃO AMI - 1807 CENTRO DE ANADIA - BOM PREÇO
  7. 7. Quarta-feira, 28 de Novembro de 2007 15 Afonso Simões Crónica da jornada de 25 de Novembro Futebol O Oliveira do Bairro. que se deslocou a Castelo Branco, para Europeu de 2008 Na última quarta-feira a selecção de Portugal jogou a última defrontar o Benfica local, arrecadou mais uma vitória, desta vez por 4-2, e mantém a segunda posição na tabela classificativa, com todo Disciplina cartada para apuramento do Europeu 2008. No Estádio do Dragão o mérito. João Pedro Mariz entrou com o pé direito nos “Falcões do defrontou a sua congénere da Finlândia, não conseguiu mais que um Cértima”, que estão a voar bastante alto. O conselho de disciplina da Associação de empate sem golos, mas, com este resultado, ficou apurada. Distrital de Aveiro Futebol de Aveiro aplicou os seguintes castigos, Foi uma tarefa árdua e difícil uma vez que o seleccionador 2.ª Divisão — zona sul relativos aos campeonatos distritais. nacional teve de recorrer a jogadores com menos experiência de O comandante desta zona sul, o Grupo Desportivo da Mealhada, selecção para efectuar os dois últimos encontros, devido a várias fez uma deslocação à Gafanha da Encarnação para defrontar a equipa Seniores lesões em jogadores que são efectivos neste grupo. O mais do NEGE. Vencer o jogo era uma tarefa difícil para os mealhadenses, 1.ª Divisão importante foi atingido, que era estar no Europeu 2008. mas não impossível, uma vez que têm mostrado um futebol de grande S. Roque: Mário Rui da Quem complicou as contas foi a selecção de sub-21, ao empatar classe ao longo das sete jornadas já decorridas. O jogo, no entanto, Silva, 2 jogos de sus- a um golo no Estádio Municipal de Águeda, frente à selecção de não lhes correu bem e apenas conseguiram um empate, a uma bola. pensão. Inglaterra. Terá agora de vencer os encontros em que lhe falta O Clube Desportivo de Luso, no Campo Jorge Manuel, não tinha participar para poder entrar no grupo dos classificados. uma tarde fácil, uma vez que iria defrontar a equipa do Carregosense: Hugo Mourisquense, uma das fortes candidatas à subida de divisão. Os Miguel Monteiro Car- Liga “Bwin” lusenses, no seu reduto, são fortes e difíceis de bater. No entanto o valho, 2 jogos de Voltaram os campeonatos nacionais, com o Benfica a deslocar- Mourisquense apresentou jogadores de boa craveira, com um suspensão. se ao Estádio Municipal de Coimbra para defrontar a Académica. Os futebol desenvolvido a toda a largura do terreno, e conseguiu a tão Canedo: André Filipe academistas, depois da mudança de treinador, melhoraram desejada vitória, por 1-0. Silva Cancela, 2 jogos de substancialmente o seu futebol. Apresentaram-se contra o Benfica O Carqueijo, na sua deslocação ao campo do Serém, voltou a com muita determinação, marcaram um golo e obrigaram os perder, agora por 6-1. Foi uma derrota bastante pesada que suspensão. encarnados a lutar até ao derradeiro minuto. esperamos não venha a afectar os seus jogadores. 2.ª Divisão — zona Sul Ao intervalo o encontro já estava empatado a uma bola, 3.ª Divisão — zona sul Macinhatense: Cláudio Miguel Santos Vivas Castro, situação que durou até aos cinco minutos finais, altura em que O Antes, ao fim de três jornadas, continua sem vencer. Recebeu 2 jogos de suspensão. Luisão, de calcanhar, aumentou o resultado e, já em período de a equipa do Alquerubim e voltou a perder, por 2-1. Luso: Adelino Pereira Ferreira, dirigente, 100 euros descontos, Fredy Adu marcou o terceiro golo dos Encarnados. Juniores de multa e 1 mês de suspensão. Com esta vitória, por 3-1, o Benfica consolidou a sua segunda 1.ª Divisão — zona sul posição. A equipa de juniores do Grupo Desportivo da Mealhada (GDM) Eirolense: Márcio Adelino Ferraz Silva, 2 jogos de O Sporting também tinha uma deslocação algo complicada ao foi jogar ao campo do Oliveira do Bairro e sofreu mais uma derrota, suspensão. campo do Leixões. Os leixonenses marcaram cedo um golo, obrigando agora por 2-1. Bustos: Jorge Miguel Cruz Duarte, 2 jogos de os Leões a grande desgaste físico para conseguirem o empate, a O Futebol Clube da Pampilhosa, no Municipal Carlos Duarte, suspensão. uma bola, a dois minutos do tempo regulamentar. Houve um recebeu a equipa do Gafanha e perdeu, também por 2-1. LAAC: Carlos Manuel Bastos Figueiredo, 1 jogo de desentendimento entre o guardião leonino e o defesa Abel e a bola 2.ª Divisão — série D suspensão. entrou na baliza leonina, consumando-se o golo da equipa local. A equipa do Antes folgou nesta jornada. O Futebol Clube do Porto recebeu no seu estádio a equipa Juvenis Serém: Álvaro Rui Rodrigues Trindade Martins, sensação deste campeonato, o Vitória de Setúbal. A equipa sadina 2.ª Divisão — série F processo disciplinar sem suspensão. apresentou-se no Dragão sem ter sofrido, até essa altura, qualquer Na Pampilhosa, no campo Municipal Carlos Duarte, disputou-se 3.ª Divisão — zona Sul derrota neste campeonato. o dérbi concelhio Pampilhosa - Mealhada. Ambos os conjuntos têm Aguinense: 50 euros de multa ao clube. Jogar no Dragão não é nada fácil e o Porto não queria perder a mesma pontuação, embora o Desportivo da Mealhada tenha um Antes: José João Sabino Baptista, processo mais pontos, uma vez que nas duas últimas jornadas tinha perdido jogo em atraso. Numa partida bem disputada por ambas as equipas, disciplinar com suspensão, e Bruno Cruz Almeida, 2 quatro pontos, com dois empates — um no seu próprio campo e outro venceu a equipa mealhadense, por 2-1. na Reboleira, frente ao Estrela da Amadora. Os portistas não Iniciados jogos de suspensão. deixaram escapar esta oportunidade e derrubaram, com a primeira 2.ª Divisão — série F Ribeira Azenha: Rúben Carlos Simões Morgado derrota neste campeonato, por 2-0, o Vitória de Setúbal,. A equipa de iniciados do Grupo Desportivo da Mealhada recebeu Correia, 1 jogo de suspensão. A Naval da Figueira da Foz, em franca recuperação, arrecadou, e venceu o Arviscal por 7-0. Alquerubim: 50 euros de multa ao clube e processo na sua deslocação ao campo do Marítimo, os três pontos em disputa. O Futebol Clube da Pampilhosa foi ao campo de S. Sebastião, a disciplinar sem suspensão. Venceu a partida por 1-0. Oliveira do Bairro, e perdeu, por 2-1. Femininos No Restelo jogou-se um dérbi regional. O Belenenses recebeu o Infantis Estrela da Amadora e o encontro terminou empatado, sem golos. A equipa A do GDM deslocou-se ao campo do Vilaverdense, no Mealhada: Joana Rita Santos Valença, 2 jogos de Em Leiria ainda não foi desta que a União local conseguiu a sua concelho de Oliveira do Bairro, e foi derrotada por 2-1. A equipa B do suspensão. primeira vitória. Recebeu o Sporting de Braga e o resultado da partida mesmo clube deslocou-se ao terreno do Oiã, onde venceu por 3-4 BARC: Elizabete Maria Moreira Silva, 2 jogos de foi um empate de zero a zero. Os locais até uma grande penalidade A equipa do Futebol Clube da Pampilhosa recebeu o Anadia e suspensão. desperdiçaram, tendo duas das suas bolas embatido no ferro do perdeu por 11-0. Juniores — 1.ª Divisão — zona sul poste. Escolas Avanca: Bruno Alexandre Valente Bastos, 2 jogos de A mudança de treinador ainda não produziu qualquer efeito. A formação do Futebol Clube da Pampilhosa recebeu e venceu o O Paços de Ferreira, finalmente, voltou às vitórias. Recebeu e Arviscal, com toda a naturalidade, por 5-1. suspensão. Pampilhosa: Nuno Gonçalo Matos Antunes, venceu o Nacional da Madeira por 1-0. A equipa A do GDM deslocou-se a Vila Verde, onde defrontou o 2 jogos de suspensão. Mealhada: Romeu Oliveira Liga de Honra “Vitalis” Vilaverdense, e venceu por 5-2. A equipa B do mesmo clube recebeu Marceneiro Duarte e Nuno Miguel Gomes Santos, 2 jogos O Vizela deslocou-se aos Açores para defrontar o Santa Clara e o Mourisquense e venceu por 3-2, num encontro realizado sempre de suspensão cada. regressou ao Continente com um empate a uma bola. Mau resultado com muita emoção até ao apito final do árbitro. A equipa C defrontou Taboeira: 15 euros de multa ao clube e advertência. para o Santa Clara. Ainda não foi desta vez que voltou ao comando o Vista Alegre e o resultado final foi de 12-4, favorável aos vista - 2.ª Divisão — série D desta prova. alegrenses. Outro dos candidatos aos lugares cimeiros da tabela Valonguense: Maurício Alexandre Morais Fernandes, classificativa tem sido o Rio Ave. Foi ao campo do Estoril Praia, venceu Femininos 2 jogos de suspensão. Bonsucesso: Cristiano Oliveira por 2-1 e é agora o comandante isolado, embora com apenas dois A equipa feminina do GDM participou na jornada da primeira São Marcos, 2 jogos de suspensão. LAAC: Carlos Alberto pontos a mais do que o segundo classificado. eliminatória da Taça de Aveiro jogando no Campo Municipal Dr. da Costa, dirigente, 100 euros de multa e 1 mês de O Beira-Mar continuou a desiludir os seus associados e Américo Couto, na Mealhada. O seu adversário foi a equipa do suspensão. simpatizantes ao empatar em casa, sem golos, com o modesto Mourisquense, que saiu da Mealhada com uma derrota por 7-0. O Juvenis — 2.ª Divisão — série F Feirense. conjunto mealhadense, que apresentou um futebol de boa Quem conseguiu a primeira vitória neste campeonato foi o qualidade, passou à segunda eliminatória. Arviscal: Luís Filipe Rodrigues Ribeiro, dirigente, 15 Penafiel, que recebeu e venceu o Portimonense por 1-0. euros de multa e Cristiano Silva Miguéis, 1 jogo de Futsal suspensão. Nacional O Atlético do Luso, que se encontra a jogar na Primeira Divisão Iniciados — 2.ª Divisão — série F 2.ª Divisão — série C Distrital, recebeu, no pavilhão gimnodesportivo municipal daquela LAAC: Fábio Artur Abrantes Figueiredo, 2 jogos de O Futebol Clube da Pampilhosa foi jogar ao campo do Torreense vila, o conjunto do Saavedra Guedes e o encontro terminou empatado suspensão. Arviscal: Derrota e processo disciplinar sem e conseguiu mais um precioso ponto ao empatar o encontro. O a três golos. resultado foi de 0-0. A equipa de juniores do mesmo clube, jogando no mesmo suspensão ao clube. Apurar a falta de comparência ao O Anadia, depois da tempestade, parece ter voltado à bonança. pavilhão frente à equipa do ARCA, perdeu por 5-2. jogo frente ao Pampilhosa. Passou com distinção no Merelinense, para a Taça de Portugal. A formação do Grupo Desportivo da Mealhada, integrada na Futsal — 1.ª Divisão Recebeu e venceu o Sátão por 1-0 e fez uma subida substancial na segunda divisão distrital da modalidade, deslocou-se ao Pavilhão Luso: Miguel António Marques Ferreira, 2 jogos de classificação geral. do Juvenil Anjeja e perdeu por 6-4. suspensão.
  8. 8. Quarta-feira, 28 de Novembro de 2007 16 Femininos — Taça de Aveiro Resultados Mealhada, 7 — Mourisquense, 0 Bwin Liga Belenenses - E. Amadora Porto - V. Setúbal 0-0 2-0 Académica - Benfica 1-3 Domínio absoluto das jogadoras mealhadenses Boavista - V. Guimarães Paços de Ferreira - Nacional 3-2 1-0 Marítimo - Naval 0-1 U. Leiria . Sp. Braga 0-0 Leixões - Sporting 1-1 Liga de Honra quot;Vitalisquot; Trofense - Varzim 1-0 Estoril - Rio Ave 1-2 Beira-Mar - Feirense 0-0 Olhanense - Gondomar 0-1 Penafiel - Portimonense 1-0 Freamunde - Fátima 2-1 Desp. Aves Gil Vicente 1-1 Santa Clara - Vizela 1-1 2.ª Divisão - série C Torreense - Pampilhosa 0-0 Tourizense - Caldas 3-2 Anadia - Sátão 1-0 Benfica C. Branco - Oliv. Bairro 2-4 Abrantes - Rio Maior 1-0 Penalva Castelo - Nelas 0-0 Sp. Covilhã - Eléctrico 3-0 3.ª Divisão - série C Figueirense - Arouca 2-1 Tocha - União de Lamas 0-1 Equipa feminina do Grupo Desportivo da Mealhada S. João de Ver - D. Sandinenses 3-1 Milheiroense - Oliv. Hospital 1-1 Jogo no Campo Municipal Dr. Américo Couto, na Mealhada. enfrentar as dificuldades normais dos jogos em que terá de participar Ac. Viseu - Sanjoanense 1-0 Valonguense - Tondela 1-1 Árbitro: Nuno Rodrigues, auxiliado por Rogério Rodrigues e José de e para ir bastante longe na Taça. Valecambrense - Social Lamas 1-0 Sousa. Cedo se percebeu que as jovens de Mourisca do Vouga não tinham 1.ª Divisão Distrital Mealhada: Sara Tovim, Diana Simões, Bárbara Machado (Vanessa poder para levar de vencida a aguerrida equipa do GDM. Esta abriu o S. Roque - Gafanha 0-1 Ferreira, 72m), Celina Viegas, Marisa Duarte, Cláudia Rodrigues (cap.), activo logo aos dois minutos, na marcação de uma grande penalidade. Canedo - Sanguedo 3-0 Raquel Lourenço, Jessica Duarte (Catarina Paredes, 76m), Andreia Dias, Coube a Marisa Duarte essa marcação, de que resultou o primeiro golo Carregosense - Cortegaça 1-1 Fermentelos - Águeda 1-1 Laura Tubarão (Marisa Cardeira, 59m) e Débora Borges. mealhadense. Estarreja - Alba 0-1 Treinador: Idálio Duarte. Aos nove minutos, Andreia Dias marcou golo, elevando a contagem BARC - Oiã 0-1 Mourisquense: Ana Catarina, Sara (Liliana, 23m), Filipe, Vera, Alexandra, para 2-0; e, aos doze minutos, marcou outro. E foi com 3-0 a favor das Oliveirinha - Cesarense 1-2 Cristina (Sofia, 46m), Marta, Carma Tomás (cap.), Marlene (Marisa, 26m), cores do Desportivo da Mealhada que o jogo chegou ao intervalo. Arrifanense - Paços Brandão 0-3 Cucujães - Pessegueirense 1-1 Cristiana e Catarina. No segundo período foi constante o domínio das jogadoras da 2.ª Divisão zona sul Treinador: Sérgio Ribeiro. equipa da casa. Marcaram mais quatro golos, todos de belo efeito, e NEGE - Mealhada 1-1 Ao intervalo: 3-0. quase poderá dizer-se que ainda ficaram outros por marcar. A guarda- Serém - Carqueijo 6-1 Marcadores: Marisa Duarte (2m), Andreia Dias (9m, 12m e 86m), redes mourisquense, Ana Catarina, evitou alguns, com as defesas que Luso - Mourisquense 0-1 Calvão - Eirolense 0-0 Raquel Lourenço (56m e 61m) e Débora (66m). efectuou, e houve remates falhados em direcção à baliza. Couvelha - Paredes Bairro 2-3 Foi um bom espectáculo de futebol. Muitos dos adeptos do GDM, e LAAC - CRAC 5-0 O jogo fez parte da primeira eliminatória da Taça de Aveiro. outros, afirmavam que não esperavam ver uma equipa feminina a Requeixo - Macinhatense 0-1 A equipa do GDM, que até entrou mal na primeira jornada do praticar tão bom futebol. Águas Boas - Bustos 1-2 campeonato a que pertence, ao perder no campo do BARC, por 1-0, deu A equipa de arbitragem soube acompanhar muito bem e de perto 3.ª Divisão - zona sul Mamarrosa - Ribeira Azenha 0-2 neste encontro provas de que possui capacidades suficientes para todas as jogadas e, praticamente, não cometeu erros. Antes - Alquerubim 1-2 Bonsucesso - Gaf.ª d´Aquém 1-1 Aguinense - Famalicão 0-0 Iniciados — 2.ª Divisão — série F Juniores - 1.ª Divisão Anadia - Avanca 2-0 Oliv. Bairro - Mealhada 2-1 Mealhada, 7 — Arviscal, 0 Pampilhosa - Gafanha 1-2 Águeda - Estarreja 3-0 Fermentelos - Taboeira 2-4 2.ª Divisão - série D Valonguense - Oiã 2-2 Ordem para defender... defender... defender... Bustos - LAAC 3-1 Águas Boas - Eixense (desconhecido) Bonsucesso - Mourisquense 3-0 Jogo no campo de treinos do GDM, na Mealhada. Juvenis - 2.ª Divisão série F Árbitro: Nuno Oliveira, auxiliado por José Araújo e Fernando Almeida. Bustos - Oiã 5-0 Mealhada: Rui Sabino (cap.), Pirola, Catalão (Alexandre, 36m), Fredy Pampilhosa - Mealhada 1-2 (David, 45m), Zé Malta (Micael, 36m), Luís, Rato, Ricardo (Afonso, 42m), Águas Boas - LAAC 2-1 Arviscal - Calvão 0-6 Tiago (João, 36m), Gil e Zé Pedro. Iniciados - 2.ª Divisão Treinadores: Luís Felgueiras e Paulo Montenegro Oliv. Bairro - Pampilhosa 2-1 Arviscal: Alexandre, Milton, Daniel (cap.), Rafa, Tiago, David, Marinho, Mealhada - Arviscal 7-0 Rober e Gonçalo. LAAC - Águas Boas 1-1 Bustos - Anadia 3-0 Treinador: Paulo Figueiredo. Feminino - Taça de Aveiro Ao intervalo: 3-0. Mealhada - Mourisquense 7-0 Marcadores: Rato (19m e 56m), David (25m, p.b.), Zé Pedro (28m), Infantis Alexandre (51m), João (64m e 66m). Pampilhosa - Anadia 11-0 Vilaverdense - Mealhada A 2-1 Foi um jogo sem qualquer história. O Arviscal apresentou-se no Oiã - Mealhada B 3-4 Escolas encontro com apenas nove jogadores. Para esta equipa a ordem foi Pampilhosa - Arviscal defender, sempre, até final. De salientar que o guarda-redes local Vilaverdense - Mealhada A 2-5 durante todo o encontro não fez uma única defesa. Rato vai marcar o seu segundo golo Mealhada B - Mourisquense 3-2 Os troviscalenses resistiram até aos dezanove minutos, altura em Mealhada C - Vista Alegre 4-12 que sofreram o primeiro golo. Aos vinte e cinco minutos aconteceu o A forte ventania que se fazia sentir, principalmente no primeiro segundo golo para os meninos do GDM. Foi um defensor visitante que tempo, beneficiou a equipa visitante mas, mesmo assim, os seus Futsal meteu a bola na própria baliza, com tanta atrapalhação na sua pequena jogadores não conseguiram chegar à baliza de Rui Sabino. Luso - Saavedra Guedes 3-3 área, quando o aglomerado de jogadores era imenso. Até os jogadores Com tantas oportunidades que os locais criaram, o número de golos Juvenil Anjeja - Mealhada 6-4 Juniores locais se atrapalhavam uns aos outros com a ambição de todos do resultado peca por escasso. Luso - ARCA 2-5 quererem marcar. Boa arbitragem.
  9. 9. Quarta-feira, 28 de Novembro de 2007 17 Próxima jornada Futebol Superliga quot;Bwinquot; E. Amadora - Leixões V. Setúbal - Belenenses Classificações Benfica - Porto V. Guimarães - Académica Nacional - Boavista Naval - Paços Ferreira Sp. Braga - Marítimo Superliga quot;Bwinquot; 2.ª Divisão - zona sul Sporting - U. Leiria J V E D M-S P J V E D M-S P Liga de Honra quot;Vitalisquot; Porto 11 9 2 0 20-04 29 LAAC 8 7 0 1 21-07 21 Varzim - Santa Clara Benfica 11 8 4 0 22-06 25 Mealhada 8 5 2 0 25-03 19 Rio Ave - Trofense Sporting 11 5 4 2 17-09 19 Mourisquense 8 5 3 0 17-07 18 Feirense - Estoril V. Guimarães 11 5 4 2 14-11 19 Macinhatense 8 5 2 1 10-04 17 Gondomar - Beira-Mar V. Setúbal 11 4 6 1 18-12 18 Serém 8 4 4 0 23-07 16 Portimonense - Olhanense Marítimo 11 5 2 4 13-07 17 NEGE 8 3 4 1 13-09 13 Fátima - Penafiel Sp. Braga 11 4 3 4 11-11 15 Calvão 8 3 3 2 09-10 12 Gil Vicente - Freamunde Belenenses 11 3 5 3 10-11 14 Luso 8 3 1 4 10-10 10 Vizela - desp. Aves Nacional 11 2 4 5 07-13 10 Couvelha 8 3 0 5 12-16 9 2.ª Divisão Nacional - série C Leixões 11 1 8 2 11-12 11 Paredes do Bairro 8 2 2 4 11-14 8 Pampilhosa - Tourizense Naval 11 3 3 5 08-18 12 Bustos 8 2 2 4 11-21 8 Caldas - Anadia Sátão - Benfica C. Branco E. Amadora 11 1 7 3 11-13 10 Requeixo 8 2 1 5 07-17 7 Oliv. Bairro - Abrantes Paços de Ferreira 11 2 3 6 08-15 9 Águas Boas 8 1 2 5 13-24 5 Rio Maior - Penalva Castelo Boavista 11 1 6 4 10-20 9 Carqueijo 8 0 4 4 08-17 4 Nelas - Sp. Covilhã Académica 11 1 6 4 09-18 8 Eirolense 7 0 3 4 06-14 3 Eléctrico - Torreense U. Leiria 11 0 4 7 05-16 4 CRAC 7 0 2 5 06-21 2 3. ª Divisão - série C 3.ª divisão - zona sul Figueirense - Tocha Liga de Honra quot;Vitalisquot; J V E D M-S P União de lamas - S. João de Ver J V E D M-S P Ribeira Azenha 3 3 0 0 07-03 9 D. Sandinenses - Milheiroense Rio Ave 11 6 4 1 21-13 22 Famalicão 3 1 2 0 03-01 5 Oliv. Hospital - Ac. Viseu Vozela 11 5 5 1 18-10 20 Gafanha d' Aquém 3 1 2 0 05-04 5 Sanjoanense - Valonguense Santa Clara 11 5 4 2 14-16 19 Bonsucesso 3 1 1 1 05-05 4 Tondela - Valecambrense Trofense 11 5 4 2 12-09 19 Aguinense 3 1 1 1 04-04 4 Arouca - Social de Lamas Beira-Mar 11 4 5 2 11-12 17 Alquerubim 3 1 0 2 03-05 3 Distrital - 1.ª Divisão Gil Vicente 11 4 5 2 15-09 17 Mamarrosa 3 0 2 1 02-04 2 Gafanha - Cucujães Estoril 11 5 2 4 20-18 17 Antes 3 0 0 3 05-08 0 Sanguedo - S. Roque Freamunde 11 5 2 4 15-14 17 Juniores - 1.ª Divisão zona sul Cortegaça - Canedo Olhanense 11 4 4 3 08-09 16 J V E D M-S P Águeda - Carregosense Varzim 11 3 6 2 11-05 15 Oliveira Bairro 11 9 0 2 30-09 27 Alba - Fermentelos Fátima 11 3 5 3 12-12 14 Águeda 11 6 1 4 18-14 19 Oiã - Estarreja Feirense 11 2 4 5 08-10 10 Avanca 11 6 1 4 19-19 19 Cesarense - BARC Gondomar 11 2 4 5 10-13 10 Anadia 11 6 1 4 16-16 19 Paços Brandão - Oliveirinha Desp. Aves 11 2 3 6 13-16 9 Taboeira 11 6 0 5 21-18 18 Pessegueirense - Arrifanense Penafial 11 1 2 8 05-16 5 Fermentelos 11 5 1 5 20-26 16 Taça de Aveiro - 2.ª eliminatória Portimonense 11 0 5 6 04-15 5 Paivense - R.D. Mosteirô Pampilhosa 11 4 2 5 21-23 14 Pinheirense - Amigos Visconde Gafanha 11 4 1 6 18-22 13 2.ª Divisão Nacional - Série C Estarreja 11 3 2 6 15-20 11 Santiais - Lobão J V E D M-S P Mealhada 11 1 1 9 16-27 4 Argoncilhe - Sardoura Sp. Covilhã 12 7 4 1 28-05 25 Romariz - Macieira de Cambra Oliv. Bairro 12 7 3 2 21-12 24 2.ª Divisão - série D Sp. Stª Maria Feira - Macieirense Abrantes 12 6 4 2 16-14 22 Mosteirô F.C. - Palmaz Torreense 12 5 3 4 15-17 18 J V E D M-S P Mansores - S. Vicente Pereira Bustos 7 5 0 2 25-10 15 Tourizense 12 4 5 3 16-12 17 Bustelo - Amigos Cavaco Eixense 6 5 0 1 21-11 15 Penalva Castelo 12 4 4 4 18-16 16 Alvarenga - Beira-Vouga Antes 7 5 2 2 25-16 15 Pampilhosa 12 3 6 3 11-13 15 Carqueijo - Mealhada Bonsucesso 7 4 0 3 13-11 12 Caldas 12 3 5 4 15-14 14 Serém - Requeixo Valonguense 8 3 1 4 18-21 10 Benfica C. Branco 12 3 5 4 12-16 14 Mamarrosa - Bonsucesso Oiã 7 3 1 3 10-13 10 Nelas 12 4 2 6 17-20 14 Águas Boas - Paredes Bairro Mourisquense 7 3 0 4 13-23 9 Eléctrico 12 3 5 4 11-16 14 Macinhatense - Calvão Águas Boas 6 1 0 5 08-16 3 Anadia 12 3 4 5 11-20 13 Couvelha - Luso LAAC 7 1 0 6 10-22 3 Sátão 12 2 4 6 12-17 10 Bustos - Mourisquense Rio Maior 12 1 4 7 05-16 7 Gafanha d' Aquém - CRAC Juvenis - 2.ª Divisão série F Aguinense - NEGE LAAC - Eirolense 3.ª Divisão - Série C J V E D M-S P Juniores - 1.ª Divisão zona sul J V E D M-S P Bustos 6 6 0 0 28-00 18 Avanca - Pampilhosa Académico de Viseu 10 6 2 2 14-09 20 Mealhada 6 6 0 0 20-03 18 Oliv. Bairro - Anadia Sanjoanense 10 5 4 1 20-08 19 Pampilhosa 7 5 0 2 21-12 15 Gafanha - Águeda Social de Lamas 10 5 3 2 11-08 18 Calvão 7 4 0 3 20-11 12 Estarreja - Fermentelos Oliv. Hospital 10 5 2 3 20-10 17 Oiã 7 3 0 4 07-21 9 Taboeira - Mealhada União de Lamas 10 4 4 2 18-11 16 Águas Boas 7 2 0 5 10-30 6 2.ª Divisão - série D Tondela 10 4 3 3 15-11 15 LAAC 7 1 0 6 09-19 3 Oiã - Bustos Valonguense 10 3 4 3 05-04 13 Arviscal 7 0 0 7 05-33 0 LAAC - Águas Boas S. João Ver 10 3 3 4 12-16 12 Iniciados - 2.ª Divisão série F Eixense - Bonsucesso Milheiroense 10 2 6 2 09-10 12 J V E D M-S P Mourisquense - Antes Figueirense 10 3 3 4 09-12 12 LAAC 6 4 2 0 14-04 14 Juvenis - 2.ª Divisão série F Tocha 10 3 3 4 07-07 12 Águas Boas 6 4 1 1 19-08 13 Oiã - Mealhada Arouca 10 3 3 4 11-11 12 Pampilhosa 6 4 0 2 12-06 12 Pampilhosa - LAAC Valecambrense 9 1 4 4 08-12 7 Mealhada 6 3 2 1 15-05 11 Águas Boas - Calvão D. Sandinenses 9 0 0 9 05-35 0 Bustos 6 3 0 3 10-08 9 Bustos - Arviscal Oliv. Bairro 6 1 1 4 10-18 4 Iniciados Distrital - 1.ª Divisão Anadia 6 1 1 4 07-15 4 Anadia - Oliv. Bairro J V E D M-S P Arviscal 6 0 1 5 05-28 1 Pampilhosa - Mealhada Estarreja 10 7 2 1 22-08 23 Arviscal - LAAC Cesarense 11 7 2 2 22-08 23 Águas Boas - Bustos Águeda 10 7 2 1 14-05 23 Infantis Gafanha 11 6 1 6 22-13 19 Águas Boas - Mealhada A Canedo 11 6 1 4 17-11 19 Pampilhosa - Vilaverdense Paços de Brandão 11 5 3 3 12-07 18 Águeda - Mealhada B Arrifanense 11 5 2 4 14-13 17 FRANCISCO PEREIRA DA CRUZ SAMPAIO Escolas Alba 11 5 1 5 17-15 16 Mealhada A - Oliv. Bairro Pessegueirense 11 4 4 3 11-11 16 Anadia - Pampilhosa Águeda - Mealhada B Fermentelos Sanguedo 11 11 4 4 3 2 4 5 16-24 12-13 15 14 Estofador de automóveis Anadia - Mealhada C Femininos - Cucujães Carregosense 11 11 4 4 2 2 5 5 15-17 09-15 14 14 Encerados por medida Mealhada - Eirolense Oliveirinha 11 4 0 7 15-16 12 Futsal Oiã 11 3 2 6 11-15 11 Rua Dr. Costa Simões 3050 -326 Mealhada osta Dr. Cos Simões 3050- alhada Meal Silvalde - Luso Cortegaça 11 1 6 4 09-18 9 ADREP - Mealhada BARC 11 1 4 6 05-18 7 Juniores S. Roque 11 1 1 9 05-21 4 Telefone 231 202 071 Telem. 962 396 160 Beira-Ria - Luso

×