Aula 1 - Para que Filosofia

1,479 views

Published on

  • Be the first to comment

Aula 1 - Para que Filosofia

  1. 1. Pense Pense Matthew Redmond of Oral Roberts University Tradução para o português Maigon Pontuschka
  2. 2. PENSAR
  3. 3. pensar
  4. 4. pensarverbo [intransitivo]
  5. 5. pensar verbo [intransitivo]• Usar a mente de modo racional
  6. 6. pensar verbo [intransitivo]• Usar a mente de modo racional• Formar ou conceber uma crença ou ideia
  7. 7. Para que Filosofia? As evidências do cotidiano: Nossa vida é formada de crenças silenciosas
  8. 8. Frases:• Que dia é hoje?• Ele está sonhando• Ela ficou maluca.• Mentiroso! Eu estava lá e não foi isso que aconteceu.
  9. 9. Frases:• Onde há fumaça, há fogo.• Não saia na chuva para não se resfriar.• Esta casa é mais bonita que a outra.• Maria está mais jovem do que Gloria.• Rafinha: Êta povo feio!!!
  10. 10. Frases:• O sol é maior do que o vemos.• O Fernando é legal.
  11. 11. Uma simples pergunta ou frasecontém, silenciosamente, váriascrenças ou referências nãoquestionadas por nós.
  12. 12. Cremos no espaço, notempo, na realidade, naqualidade, na quantidade, naverdade, na diferença entrerealidade e sonho ouloucura, entre verdade ementira.
  13. 13. Cremos também naobjetividade e na diferençaentre ela e a subjetividade, naexistência da vontade, daliberdade, do bem e do mal, damoral e da sociedade.
  14. 14. E se perguntássemosO que é o tempo?O que é a loucura?O que é a razão?O que é o sonho?O que é causa? O que é efeito?O que é a objetividade?O que é subjetividade?
  15. 15. E se perguntássemosO que é um valor?O que é um valor moral?O que é o belo?Por que uma coisa é bela ou feia?O que é a moral?
  16. 16. Tomando esta decisão estaríamostomando distância da vidacotidiana e de nós mesmos epassado a indagar o que são ascrenças e os sentimentos quealimentam, silenciosamente, nossaexistência.
  17. 17. Por que sentimoso que sentimos?Por que cremos noque cremos?
  18. 18. Isto é umaATITUDE FILOSÓFICA
  19. 19. ATITUDE FILOSÓFICA:- Face negativa: Diz não ao senso comum, aos pré-conceitos e pré- juízos.- Face positiva: o que são as coisas realmente? Ideias, fatos, comportamentos, va lores. Por que é? Como é?
  20. 20. Isto é uma ATITUDE CRÍTICA EPENSAMENTO CRÍTICO
  21. 21. Sócrates:“Sei que nada sei”
  22. 22. ATITUDE FILOSÓFICA:O que é a coisa.Como é a coisa.Por que a coisa, ideia ou valor existe ecomo é.Quais os motivos, razões e causas dedizermos ou fazermos o que fazemos.
  23. 23. INTERVALO...
  24. 24. TRÊS HOMENSMOLDARAM NOSSOMODO DE PENSAR
  25. 25. Platão
  26. 26. Platão
  27. 27. QUEM FORAMESTES HOMENS?
  28. 28. GréciaAntiga!
  29. 29. Esparta
  30. 30. QUANDO VIVERAMESTES HOMENS?
  31. 31. Sócrates469 AC-399 AC
  32. 32. Sócrates469 AC-399 ACPlatão427 AC-347 AC
  33. 33. Sócrates469 AC-399 ACPlatão427 AC-347 ACAristóteles384 AC-322 AC
  34. 34. O QUE FIZERAMESTES HOMENS?
  35. 35. PAI DA FILOSOFIA
  36. 36. PAI DA FILOSOFIA
  37. 37. (Êta homem feio...)
  38. 38. Sócrates começou uma busca pela verdade e por ummétodo de pensamento racional querevolucionou o mundo.
  39. 39. Antes de Sócratesmuitas pessoasbaseavam-se emmitos paraexplicar as coisas
  40. 40. Antes de Sócratesmuitas pessoasbaseavam-se emmitos paraexplicar as coisas
  41. 41. Embora Sócratesnão negasse a existênciados deuses...
  42. 42. Embora Sócratesnão negasse a existênciados deuses...
  43. 43. Ele enfatizava opensarpara explicar o mundo.
  44. 44. Ele enfatizava opensarpara explicar o mundo. O pensador
  45. 45. Isto desafiou a forma clássica depensar baseada na mitologia.
  46. 46. Isto desafiou a forma clássica depensar baseada na mitologia.
  47. 47. “pensePara descobrir-sea si mesmo, por si mesmo. ”
  48. 48. SÓCRATES TAMBÉM ACREDITAVA
  49. 49. “ ”Conhecimento é virtude.
  50. 50. Entretanto, Sócratesdiz que não pode ensinar nada...
  51. 51. “ pensar.Não posso ensinarnada a ninguémSó posso fazê-los ”
  52. 52. O Método Socrático:Processo para descobrir a verdadefazendo perguntas
  53. 53. Infelizmente, o mundo podeser resistente a novas ideias
  54. 54. Sócrates sentenciado à morte.
  55. 55. Mas Sócratesnão temia amorte.
  56. 56. “A morte pode ser a maior de todas as bênçãos humanas. ”
  57. 57. Sócrates não escreveu...
  58. 58. Sócrates não escreveu...
  59. 59. ...mas alguém escreveu por ele...
  60. 60. PLATÃO
  61. 61. PLATÃOPAI DA METAFÍSICA
  62. 62. O Diálogo Socrático:O método de Platão para registrar as ideias de Sócrates
  63. 63. FORMASPERFEITAS
  64. 64. A verdadeira realidade estáalém.
  65. 65. Este mundo é apenas uma sombra.
  66. 66. O corpoé apenas uma sombra inferior
  67. 67. A almaé boa e eterna
  68. 68. Obtemos conhecimento por meioda razão dedutiva.
  69. 69. Observar um mundo imperfeito produz ideias imperfeitas.
  70. 70. O conhecimento real vemda observação das formas do alto
  71. 71. Alegoria da Caverna: Vídeo
  72. 72. GEOMETRIA
  73. 73. Para poderensinar suasideias, Platãoestabeleceu...
  74. 74. Platão instruiu aquimuitos estudantes
  75. 75. INCLUINDO...
  76. 76. ARISTÓTELES
  77. 77. ARISTÓTELESPAI DAS CIÊNCIAS NATURAIS
  78. 78. Embora Aristóteles tenhasido instruído por Platão...
  79. 79. ... Elesfrequentementediscordavam.
  80. 80. ... Elesfrequentementediscordavam.
  81. 81. Particularmente, discordavada ideia que Platão tinha das formas.
  82. 82. Particularmente, discordavada ideia que Platão tinha das formas.
  83. 83. O conhecimento não éabstrato e distante.
  84. 84. O conhecimento é EMPÍRICO.
  85. 85. OBSERVARO mundo paraencontrar averdade
  86. 86. Tudo temessência e forma.
  87. 87. Essência...
  88. 88. ... e forma.
  89. 89. Isto levou Aristóteles a praticardiversas ciências naturais
  90. 90. Anatomia MeteorologiaAstronomia Naturalismo Botânica FísicaEmbriologia Fisiologia Lógica PsicologiaMatemática Zoologia
  91. 91. Aristóteles não foi o primeiro cientista, mas ele desenvolveu o...
  92. 92. Scientific MethodMÉTODOCIENTÍFICO.
  93. 93. QUESTÃO
  94. 94. QUESTÃOOBSERVAÇÃO
  95. 95. QUESTÃOOBSERVAÇÃO IDEIA
  96. 96. QUESTÃO OBSERVAÇÃO IDEIAEXPERIMENTAÇÃO
  97. 97. QUESTÃO OBSERVAÇÃO IDEIAEXPERIMENTAÇÃO ANÁLISE
  98. 98. QUESTÃO OBSERVAÇÃO IDEIAEXPERIMENTAÇÃO ANÁLISE CONCLUSÃO
  99. 99. Ele estabeleceu a basesobre a qual outros depois delepudessem construir.
  100. 100. Para ensinar seusmétodos, Aristótelesestabeleceu...
  101. 101. O LICEU
  102. 102. TAMBÉMFEZ UM POUCO DISSO...
  103. 103. TAMBÉMENSINOU...
  104. 104. ALEXANDRE O GRANDE
  105. 105. O Império de Alexandre 334 – 323 a.C.
  106. 106. Sócrates Platão AristótelesAlexandre o Grande
  107. 107. REVISÃO
  108. 108. Pai da Filosofia
  109. 109. Pai da FilosofiaEncorajava o Pensar
  110. 110. Pai da FilosofiaEncorajava o PensarDesafiou a mitologia
  111. 111. Pai da FilosofiaEncorajava o PensarDesafiou a mitologiaConhecimento é Virtude
  112. 112. Pai da FilosofiaEncorajava o PensarDesafiou a mitologiaConhecimento é VirtudeMétodo Socrático
  113. 113. Pai da Metafísica
  114. 114. Pai da MetafísicaDiálogos Socráticos
  115. 115. Pai da MetafísicaDiálogos SocráticosFormas Platônicas
  116. 116. Pai da MetafísicaDiálogos SocráticosFormas PlatônicasPensamento dedutivo
  117. 117. Pai da MetafísicaDiálogos SocráticosFormas PlatônicasPensamento dedutivoA Academia
  118. 118. Pai das Ciências
  119. 119. Pai das CiênciasPensamento indutivo
  120. 120. Pai das CiênciasPensamento indutivoFormas e Essência
  121. 121. Pai das CiênciasPensamento indutivoFormas e EssênciaMétodo Científico
  122. 122. Pai das CiênciasPensamento indutivoFormas e EssênciaMétodo CientíficoO Liceu
  123. 123. Estes homens não somentemudaram a Grécia.
  124. 124. Eles também mudaram o MUNDO.
  125. 125. “Eu não sou ateniense, nem grego. Sou um cidadão do mundo. -Sócrates ”
  126. 126. PENSE.
  127. 127. FIM

×