Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Monografia Fatima

10,912 views

Published on

DI

Published in: Education

Monografia Fatima

  1. 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ <ul><li>Letramento Digital: </li></ul><ul><li>Design Instrucional para capacitação de professores </li></ul><ul><li>Maria de Fátima Franco </li></ul><ul><li>Setembro-2008 </li></ul>
  2. 2. Introdução <ul><li>Projeto :Letramento Digital </li></ul><ul><li>Base : pesquisa realizada entre professores </li></ul><ul><li>de rede pública e privada, </li></ul><ul><li>experiência da designer, por trabalhar com professores em cursos de atualização, no qual os recursos computacionais são integrados às atividades pedagógicas. </li></ul>
  3. 3. <ul><li>capítulo 2: o contexto do Projeto </li></ul><ul><li>capítulo 3 :o mapa de atividades, o storyboard, e a matriz de DI. </li></ul><ul><li>capítulo 4 apresenta-se uma análise do projeto </li></ul><ul><li>As considerações finais são apresentadas no capítulo 5 </li></ul>
  4. 4. CAPÍTULO 2 Dados gerais do projeto de DI <ul><li>Contexto do projeto : </li></ul><ul><li>realizado a partir de parceria entre a Assessoria Pedagógica, uma consultoria educacional, escolas da rede pública e particular do estado de Minas Gerais. </li></ul><ul><li>resultados de testes diagnósticos :detectar o nível de Letramento Digital dos professores atuantes em sala de aula. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>políticas de inclusão digital do Governo Federal : projeto UCA (um computador </li></ul><ul><li>UNESCO - diretrizes </li></ul><ul><li>“tanto os programas de capacitação em exercício, como os programas de formação inicial de professores, devem apresentar formas de experiências com as Tecnologias de Informação e Comunicação”. </li></ul>
  6. 6. Equipe responsável: <ul><li>Designs Instrucionais: Maria de Fátima Franco - Roseli Detoni Fontes </li></ul><ul><li>Conteudista: Maria de Fátima Franco </li></ul><ul><li>Web Designer: Ana Laura Gomes </li></ul><ul><li>Revisor: Professor de português da rede municipal de ensino de Juiz de Fora- Minas Gerais </li></ul><ul><li>Tutores: alunos de curso de licenciatura em informática. </li></ul><ul><li>Suporte Técnico: a ser contratado </li></ul>
  7. 7. Cronograma Dezembro/janeiro/ 2009 Avaliação Setembro a dezembro/ 2009 Desenvolvimento Setembro / 2009 Inscrições Maio a agosto / 2009 Planejamento Atividade Período
  8. 8. Objetivos <ul><li>Geral:- capacitar professores para uso de tecnologias de interação e comunicação em sala de aula. </li></ul><ul><li>Específicos: </li></ul><ul><li>- reconhecer os diferentes enfoques do letramento digital </li></ul><ul><li>-discutir a realização de atividades educacionais, utilizando recursos da Internet e da Web; </li></ul><ul><li>- desenvolver a troca de informações, produção e aquisição de conhecimentos, em ambiente Web. </li></ul>
  9. 9. Público Alvo <ul><li>O projeto é específico para a capacitação de professores que atuam em sala de aula, no ensino fundamental e médio. </li></ul><ul><li>O curso será um projeto piloto, que atenderá inicialmente, 30 professores. </li></ul><ul><li>As inscrições : </li></ul><ul><li>professores de duas escolas públicas, atuantes em sala de aula, </li></ul><ul><li>escola já tenha laboratório de informática, com conexão à internet </li></ul><ul><li>que se interessarem em aplicar os conhecimentos aprendidos, em atividades de suas disciplinas </li></ul>
  10. 10. Pré-requisitos: <ul><li>- habilidade uso do computador como usuário, isto é, o participante não necessita ter conhecimentos técnicos relacionadas à informática. </li></ul><ul><li>- habilidade para receber e responder e-mails; </li></ul><ul><li>- habilidade para acessar a Web, de acordo com as instruções apresentadas para realização das atividades; </li></ul><ul><li>- habilidades para ler textos instrucionais; </li></ul><ul><li>-habilidades para elaboração de projetos pedagógicos a partir dos conhecimentos adquiridos no curso. </li></ul><ul><li>Disponibilidade de 8 horas semanais para a realização das atividades. </li></ul>
  11. 11. Custos do Projeto 10.708,00 Total: 2400,00 600,00 por mês Suporte Técnico 4800,00 600,00 cada um, por mês 2 Tutores 900,00 1200,00 Revisor 1200,00 1200,00 pelo projeto Professor Conteudista 1200,00 1200,00 pelo projeto Design Instrucional 208,00 52,00 /mês Hospedagem do LMS Custo do projeto Custos/Mensais Necessidades
  12. 12. Design e desenvolvimento instrucional <ul><li>Não há modelo específico de design a partir do qual se possa conceber todos os recursos necessários à produção de um curso on line, de forma eficiente. </li></ul><ul><li>Modelo sistêmico proposto por Moore&Kearsley (1996) </li></ul>
  13. 13. As teorias pedagógicas <ul><li>construtivista e sociointeracionista </li></ul><ul><li>Construtivismo : </li></ul><ul><li>conhecimento é construído através de experiências </li></ul><ul><li>Sócio-interacionismo : </li></ul><ul><li>conhecimento é construído na interação com o outro, com o mais experiente, através de aprendizagem colaborativa </li></ul>
  14. 14. Mídias a serem utilizadas: <ul><li>O curso utilizará mídias via Web, tais como: </li></ul><ul><li>hipertextos, vídeos do You Tube, Google Vídeos, assim como outros recursos da Web2.0, como slides on line,o Google Docs, Blogger e Webmail, </li></ul><ul><li>em diferentes etapas do curso </li></ul>
  15. 15. Total de aulas <ul><li>11 aulas semanais, totalmente on line. </li></ul><ul><li>não serão necessárias atividades presenciais. </li></ul><ul><li>As aulas semanais serão dividas em 8 horas–aula, sendo que a penúltima aula, destinada à produção de texto colaborativo terá uma carga horária de 12 horas e a última aula um total de 16 horas, para produção do projeto pedagógico. </li></ul><ul><li>O total de horas do curso: será de 100 horas . </li></ul>
  16. 16. Ementa do Curso <ul><li>Aula 1 – O ambiente virtual e o letramento digital </li></ul><ul><li>Aula 2 – A Web como recurso de aprendizagem </li></ul><ul><li>Aula 3 – Ferramentas on line </li></ul><ul><li>Aula 4 – O blog como recurso educacional </li></ul><ul><li>Aula 5 – Os recursos de Web-mail </li></ul>
  17. 17. <ul><li>Aula 6 – Produção de blog educacional </li></ul><ul><li>Aula 7 – Recursos de comunicação e interação em blogs </li></ul><ul><li>Aula 8 – Feeds,RSS e Agregadores </li></ul><ul><li> </li></ul><ul><li>Aula 9 – Compartilhamento de informações </li></ul><ul><li>Aula 10- Textos colaborativos on line </li></ul><ul><li>Aula 11- Projeto Pedagógico </li></ul>
  18. 18. Realização das atividades <ul><li>Assíncronas </li></ul><ul><li>Síncrona: um chat- familiaridade com a ferramenta </li></ul><ul><li>Avaliações : </li></ul><ul><li>resumo de textos, relatórios, construção de blogs, inscrição em portais e fóruns educacionais na Web, além de uma atividade de avaliação de cada aula, disponibilizada em formato eletrônico. </li></ul>
  19. 19. Conteúdo <ul><li>Recursos: </li></ul><ul><li>AVA </li></ul><ul><li>Web e Web 2.0: </li></ul><ul><li>textos, hipertextos, slides on line, vídeos via Web (como os disponibilizados no YouTube, o Google Vídeos, e o Teacher Tube), blogs e sites educacionais, além de recursos específicos de fóruns e chats na Web. </li></ul>
  20. 20. Estratégias de aprendizagem <ul><li>Para atender diferentes estilos de aprendizagem: </li></ul><ul><li>trabalho em grupo, </li></ul><ul><li>-situações de trabalho individual, </li></ul><ul><li>-situações de atividades práticas </li></ul><ul><li>situações de produção de relatórios </li></ul><ul><li>o uso de vídeos, slides e fluxogramas, além de demonstrações de situações de aprendizagem on line, como o contato com blogs educacionais, disponíveis na rede. </li></ul>
  21. 21. Tipo de Comunicação <ul><li>Linguagem </li></ul><ul><li>Nos fóruns, a linguagem textual seguirá o estilo coloquial </li></ul><ul><li>Nos trabalhos produzidos pelo grupo, no entanto, será exigida a linguagem acadêmica </li></ul>
  22. 22. Aspectos afetivos <ul><li>Fórum permanente: livre= espaço de interação </li></ul>
  23. 23. Disponibilização do conteúdo do curso <ul><li>aulas semanais </li></ul><ul><li>ferramentas agenda e atividades </li></ul><ul><li>Formas de interação e feedback </li></ul><ul><li>As interações e articulações de forma assíncrona, através de fóruns e </li></ul><ul><li>de forma síncrona, em um chat previsto no planejamento do curso. </li></ul><ul><li>O feedback das atividades :individual pelos formadores </li></ul>
  24. 24. CAPÍTULO 3 Recursos de design <ul><li>Mapa de Atividades </li></ul>Ativ.1 - Leitura do texto instrucional sobre criação de blogs Ativ.2 - Criação do blog individual, utilizando a conta do GMail, criada na aula anterior Ativ.3 - Disponibilizar no portfólio o link do blog Ativ.4 - Postagem no blog sobre os recursos: vídeos e webquest, estudadas no módulos anteriores Ativ.5 - Realizar a avaliação da aula Atividades práticas e recursos/ ferramentas de EaD - Texto: como criar um blog no blogger -Link para criação do blog Atividades teóricas e recursos/ ferramentas de EaD Criar um blog educacional individual, no Blogger. Objetivos específicos Os recursos de produção do blog educacional: Individual e coletivo Sub-unidades (Sub-temas) Produção de blogs educacionais Unidade (Tema principal) Aula 6 Período: Uma semana Carga horária : 8 horas
  25. 25. Storyboard <ul><li>Storyboard </li></ul><ul><li>elaborado considerando-se todos os pré-requisitos que os professores devem atingir para realizar diferentes etapas e </li></ul><ul><li>como forma de informar aos demais membros da equipe envolvida no projeto, quais as necessidades básicas de produção. </li></ul>
  26. 27. Matriz de DI – Atividades especiais – Aula 1 <ul><li>Dinâmica virtual </li></ul>Fórum Ferramenta Input (formadores do curso) Conteúdo de apoio e complementares Postagem no fórum Produção dos alunos / avaliação atividade será comentada e avaliada em até 3 dias, após o término do período previsto, de acordo com os objetivos propostos. Feedback 4 dias Prazo Individual/ grupo Tipo de interação Participação na atividade Critérios / avaliação Apresentação do grupo Objetivo Cada aluno deverá apresentar suas razões para estar matriculado no curso, o que espera aprender, o que não sabe e gostaria de aprender durante o curso. Além disto, cada participante deverá fazer uma pergunta a um colega, sobre sua apresentação. Descrição/ proposta da dinâmica Técnica Quebra Gelo Identificação da Atividade Aula 1- Período: Uma semana- Carga horária : 8 horas
  27. 28. CAPÍTULO 4- Análise do projeto de DI <ul><li>Diretrizes de avaliação do MEC </li></ul><ul><li>- Concepção de educação e currículo no processo de ensino e aprendizagem; </li></ul><ul><li>- Sistemas de Comunicação; </li></ul><ul><li>- Material didático; </li></ul><ul><li>- Avaliação; </li></ul><ul><li>-Equipe multidisciplinar; </li></ul><ul><li>- Infra-estrutura de apoio; </li></ul><ul><li>- Gestão Acadêmico-Administrativa; </li></ul><ul><li>- Sustentabilidade financeira </li></ul>
  28. 29. Os riscos do projeto <ul><li>o público alvo : motivação </li></ul><ul><li>substituições da equipe multidisciplinar </li></ul><ul><li>aspectos tecnológicos </li></ul><ul><li>riscos de obsolência </li></ul><ul><li>riscos financeiros </li></ul><ul><li>riscos de cursos concorrentes </li></ul>
  29. 30. CAPÍTULO 5 Considerações finais <ul><li>O projeto está em consonância com as diretrizes estabelecidas pelo MEC, para produção de curso virtuais </li></ul><ul><li>análise dos riscos: </li></ul><ul><li>- estabelecimento de convênios com universidades públicas e particulares que disponibilizem alunos de licenciatura, que possam atuar como professores visitantes; </li></ul>
  30. 31. <ul><li>- estabelecimento de convênios com cursos de licenciatura/bacharelado em informática, que possam ceder alunos para atuar como apoio técnico, nos laboratórios das escolas; </li></ul><ul><li>- solicitar o patrocínio de empresas relacionadas à educação, para que possam arcar com os custos de remuneração da equipe envolvida no projeto. </li></ul>
  31. 32. Processo de aprendizagem durante a construção do projeto. <ul><li>Oportunidade de aprendizado. </li></ul><ul><li>O uso de recursos gratuitos da Web, </li></ul><ul><li>a verificação de poucos riscos (com possibilidades viáveis de solução), </li></ul><ul><li>além do público alvo e de etapas de avaliação definidos: </li></ul><ul><li>fatores que demonstraram a viabilidade de execução do projeto. </li></ul>
  32. 33. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS <ul><li>CORDEIRO,Luciana Meneghel. Principais atores envolvidos em um modelo de sistema para EAD . Disponível em: http://www.ccuec.unicamp.br/ead/index_html?foco2= Publicacoes /78095/878956& focomenu = Publicacoes </li></ul><ul><li>Acesso em: dezembro 2007 </li></ul><ul><li>EDGAR,Robert. PC is to Piaget as WWW is to Vygotsky . Delivered at SIGGRAPH '95, Los Angeles . Disponível em :http://www.robertedgar.com/Articles/PC2PIAGET.HTM Acesso em :13/04/2002 </li></ul><ul><li>FILATRO, Andrea. Especialização em Design Instrucional: Roteiros e Storyboards . Universidade Federal de Juiz de Fora/SITE Educacional.  artigo, 2006 </li></ul>
  33. 34. <ul><li>FREITAS,Andrielly, et all. Linguagem e arquitetura de conteúdos em educação a distância mediada por computador. Disponível em: http://www.abed.org.br/congresso2002/trabalhos/texto03.htm . </li></ul><ul><li>Acesso: dezembro 2002 </li></ul><ul><li>MERGEL, Brenda. Instructional Design & Learning Theory . Disponível em: http://www.usask.ca/education/coursework/802papers/mergel/brenda.htm . </li></ul><ul><li>Acesso em : maio 2005 </li></ul><ul><li>Ministério da Educação – Total Núcleos de Tecnologias Educacionais .Disponível em: http://mecsrv70.mec.gov.br/pontodeencontro/projnte.htm </li></ul><ul><li>Acesso em: 28/06/2008 </li></ul>
  34. 35. <ul><li>UNESCO - Stándares de competências em TIC para docentes Disponível em : http://www.eduteka.org/EstandaresDocentesUnesco.php Acesso em: fevereiro 2008 </li></ul><ul><li>WAAL, Paula de.TELLES, Marcos.A taxonomia de Bloom. Dynamic Lab Gazzette Disponível em: http://www.dynamiclab.com/moodle/mod/forum/discuss.php?d=436 Acesso em:abril 2005 </li></ul>

×