Umidade

1,162 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,162
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
32
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Umidade

  1. 1. fernandoavilasantos.kit.net /impermeabilizacao.htm Impermeabilização Projeto, Produtos e Aplicação
  2. 2. • A proteção das estruturas contar infiltrações de água é condição mínima e necessária a qualquer edificação, independentemente do pavimento em que a infiltração possa se manifestar.• O usuário deve exigir que todas as partes da edificação estejam estanques e sem nenhuma manifestação de umidade.• A utilização de sistemas impermeabilizantes tem como função principal proteger a edificação, permitindo um aumento da vida útil da construção, garantindo a salubridade dos ambientes e melhorando a qualidade de vida dos usuários.
  3. 3. • 1 – Projeto – O início de tudo• Um projeto específico de impermeabilização,• um prestador de serviço bem recomendado e• a fiscalização constante do contratante associados ao IBI.
  4. 4. • Garantia: Aplicadores + Fabricantes• O projeto deve estar bem detalhado• os prestadores de serviços (Aplicadores) são responsáveis pela garantia de 5 anos e a fábrica, pela qualidade do produto.• Código de Defesa do Consumidor e o Procon, estabelece-se prazo de 90 dias para reclamações junto ao prestador de serviços. – Após este prazo, se ficar caracterizado como vício de origem, o consumidor continua com a garantia.• Danos por uso inadequado da área impermeabilizada não caracterizam a responsabilidade do aplicador.
  5. 5. • – Dicas de Projeto• Identifique as interferências de instalações e arquitetura no projeto de impermeabilização.• Consulte a NBR 9575.• Coloque todos os projetistas em contato direto.• Contrate um especialista para o projeto de impermeabilização.• Observe se os materiais especificados atendem às normas técnicas.• Procure influir na coordenação dos projetos.
  6. 6. • – Seleção do Fornecedor• Analise a situação em nível de projeto, pois esta etapa é constituída de especificações (descrições e justificativas), desenhos, detalhes, planilhas com quantitativos, serviços e sugestões de critérios de medição, conforme preconizado pela NBR 9575/98”.• Certificar-se de que a empresa possui um responsável técnico, que seja associada ao IBI
  7. 7. • Dicas de Fornecedores:• Peça aos fabricantes catálogos técnicos e indicação de instaladores.• Consulte fabricantes que oferecem suporte técnico sem custo extra.• Tenha em mãos uma proposta técnico-comercial clara, que discrimine a metodologia executiva e a tecnologia a ser empregada.• Para lagoa de dejetos, verifique se os fabricantes possuem materiais resistentes aos resíduos.
  8. 8. Áreas Problemas Soluções Umidade ascendente com deterioração da argamassa de Impermeabilização rígida, como revestimento nos pés de cristalizantes e argamassas poliméricas, paredes, podendo chegar até ou flexível, como membranas de asfalto alturas > 1,00 m . modificado com polímeros em solução ou mantas asfálticas Infiltração de água e inundação das áreasFundações próximas. Insalubridade do ambiente. Umidade por capilaridade, causando deterioração de acabamentos, como madeiras, carpetes e pisos.
  9. 9. Áreas Problemas Soluções Internamente, impermeabilização rígida, como cristalizantes e argamassas poliméricas. Destacamento e Externamente, embolhamento de pisos de antes da concretagem do piso, sobre Lajes em alta resistência , epoxídicos, lastro de concreto magro ou solo contato poliuretânicos, etc. regular e compactado,com o solo Insalubridade do ambiente. impermeabilizações pré-fabricadas, como Deterioração da argamassa de mantas asfálticas com geotêxtil revestimento. acoplado.
  10. 10. Áreas Problemas Soluções Internamente, Deterioração da argamassa impermeabilização rígida, como de revestimento. cristalizantes (somente para substratos Embolhamento e maciços) e argamassas poliméricas. Paredes em deterioração da pintura.contato com o Externamente,solo, cortinas e impermeabilizações pré-fabricadas, como Deterioração de móveis paredes- mantas asfálticas encostados nas paredes, diafragma Ou quadros, revestimentos. membranas moldadas no local à base de Insalubridade do ambiente solução asfáltica modificada com polímeros, aplicadas a frio e estruturadas com tela industrial de poliéster.
  11. 11. Áreas Problemas Soluções Os pilares recebem a mesma impermeabilização de pisos e paredes. Ataque as armaduras, comPilares (estruturas de comprometimento da concreto) estrutura.
  12. 12. Áreas Problemas Soluções Impermeabilização aplicada diretamente na estrutura. Quando a parede ou cortina for de alvenaria revestida, este revestimento Desagregação. deverá ser executado somente com cimento e areia, no traço de 1:3 a 1:4 A argamassa perde resistência e torna-se E poderá ser impermeabilizado contra pulverulenta, umidade de solo com argamassaRevestimento de destacando-se da polimérica pela face interna. argamassa superfície. Pela face externa, Eflorescências, mofo e poderá receber impermeabilização bolor. elástica, como manta asfáltica ou membrana moldada, aplicada a frio e estruturada com tela industrial de poliéster. Verificar se a origem não é de outra área.
  13. 13. Áreas Problemas Soluções Refazer a pintura após impermeabilização da base, conforme as soluções propostas nos itens anteriores. Embolhamento e destacamentoPintura Eflorescências, mofo e bolor.
  14. 14. Áreas Problemas Soluções Pode ser tratado com sistemas rígidos, como argamassa polimérica e cristalizantes, ou flexíveis (mantas asfálticas, emulsões ou soluções asfálticas, etc.). A opção vai depender das particularidades de cada obra. Comprometimento daConcreto aparente Por exemplo: em um solo com umidade estrutura constante, lençol freático alto e pressão negativa, somente com acesso interno, é recomendado um sistema rígido. Caso seja possível rebaixar o lençol freático, pode-se optar por um sistema flexível aplicado externamente.
  15. 15. Áreas Problemas Soluções Se recomendadas, neste caso, mantas asfálticas, que, no entanto, exigem altura suficiente e proteção mecânica dimensionada para o trânsito de veículos. Existem também alguns sistemas compostos por membranas de Oxidação das armaduras uretano com adição de agregados Lajes de subsolo com comprometimento que podem ser utilizados como(do 1º para o 2º subsolo) das estruturas no longo acabamento final e prazo. impermeabilizante. Estes, porém, são muito mais caros que os tradicionalmente utilizados em nosso mercado e ainda não há tecnologia nacional, dependendo de produtos importados.
  16. 16. Áreas Problemas Soluções
  17. 17. Impermeabilização em Rodapés RODAPÉS ÚMIDOS
  18. 18. • Como evitar• É muito comum aparecer umidade nos rodapés. Isso acontece porque a umidade natural do solo sobre pelo alicerce e se infiltra pelas paredes, sem você perceber.• Aí começam a aparecer os problemas: manchas e bolhas na pintura, reboco desgrudando, mofo e apodrecimento dos rodapés de madeira e carpetes.• Além do prejuízo para o seu bolso, essa umidade faz mal à saúde, causando problemas respiratórios e alérgicos.• A forma mais simples, eficiente e econômica de ter uma casa seca e saudável é impermeabilizar a obra desde o alicerce, usando aditivo hidrófugo na massa de assentamento e de revestimento. Ele age dentro da massa e não superficialmente como uma pintura.
  19. 19. Como evitar
  20. 20. • Como corrigir• Se a impermeabilização do alicerce não foi feita no início da obra, como foi explicado, depois poderão surgir problemas de umidade no rodapé.• Nesse caso será precisorecuperar as áreas afetadas,uma tarefa que traz excelentesresultados quando é feitacom argamassa polimérica.
  21. 21. Como corrigir
  22. 22. VedamatSistema impermeabilizante, semi-flexível, formulado àbase de cimentos especiais, aditivos minerais e resina.Em se tratando de produto semi-flexível, VEDAMAT éindicado para impermeabilização de sub-solos,cortinas, poços de elevadores, muros de arrimo,baldrames, pisos frios em contato com o solo,reservatórios de água potável e piscinas enterradas,sujeitas a infiltração do lençol freático.
  23. 23. Vídeo – como aplicar argamassa polimérica• http://mundodaimpermeabilizacao.blogspot.c om/2010/12/argamassa-polimerica.html

×