Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Botanic book

406 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Botanic book

  1. 1. P á t i o M a d a l e n a – c a d e r n o b o t â n i c o
  2. 2. 1 – NOME BOTÂNICO: Plumeria rubra2 – NOME POPULAR: Jasmim Manga3 – FAMÍLIA: Apocynaceae4 – ORIGEM: América tropical5 – SAGÍSTICAS: Árvore que atinge de 4m a8m de altura.
  3. 3. 1 – NOME BOTÂNICO: Lavandula angustifolia2 – NOME POPULAR: Lavanda, Alfazema3 – FAMÍLIA: Lamiaceae4 – ORIGEM: Europa e Mediterrâneo5 – SAGÍSTICAS: herbácea, famosa pelaprodução de essência.
  4. 4. 1 – NOME BOTÂNICO: Bougainvillea glabragraciliflora2 – NOME POPULAR: Primavera3 – FAMÍLIA: Nyctaginaceae4 – ORIGEM: América do Sul5 – SAGÍSTICAS: arbutiva
  5. 5. 1 – NOME BOTÂNICO: Hedera Hélix2 – NOME POPULAR: Hera3 – FAMÍLIA: Araliaceae4 – ORIGEM: Europa central e oriental5 – SAGÍSTICAS: herbácea, meia sombra.
  6. 6. 1 – NOME BOTÂNICO: Arachis Repens Handro2 – NOME POPULAR: Grama-amendoim, amendoim-rasteiro3 – FAMÍLIA:Angiospermae – Fabaceae - Faboideae4 – ORIGEM:Nativa do Brasil5 – SAGÍSTICAS:Herbácea reptante, perene, de 10-20 cm de altura, comramagem prostrada, fina, de nós e entrenós destacados.Flores pequenas, amarelas, numerosas mas poucos vistosas, formadasna primavera e verão. Cultivada como forração à maneira de umgramado, com efeito decorativo e notável pela folhagem sempre verde-escura, em canteiros a pleno sol, ricos em matéria orgânica, permeáveise irrigados periodicamente.Adequada também para revestimentos de taludes íngremes. Não resistea pisoteio e dispensa podas periódicas.
  7. 7. 1 – NOME BOTÂNICO: Holocalyx balansae2 – NOME POPULAR: alecrim de campinas3 – FAMÍLIA: Fabaceae4 – ORIGEM: Brasil5 – SAGÍSTICAS: folíolo pequeno, sombramais densa, copa esférica. Altura de 10m a25m
  8. 8. 1 – NOME BOTÂNICO: Lírio longuiflorum2 – NOME POPULAR: Lírio3 – FAMÍLIA: Liliáceas4 – ORIGEM: Europa e Ásia5 – SAGÍSTICAS: herbácea. Há enorme variedade de lírios,diferindo em cores e formas, nativos de diversos países.
  9. 9. 1 – NOME BOTÂNICO: myrciaria trussifolia2 – NOME POPULAR: pitangueira3 – FAMÍLIA: mirtacea4 – ORIGEM: América tropical, Brasil e Antilhas5 – SAGÍSTICAS: copa semi esférica, 5 a 8 m de altura,6 m de diâmetro, tronco expressivo, caule.
  10. 10. 1 – NOME BOTÂNICO: Ophiopogon japonicus2 – NOME POPULAR: Grama-preta, grama-japonesa3 – FAMÍLIA:Angiospermae - Ruscaceae4 – ORIGEM: China e Japão5 – SAGÍSTICAS:Herbácea estolonífera, acaule, perene, de 20-30cm dealtura, com folhas lineares, finas, verde-escuras, recurvadas. Ocorrem ascultivares; variegada, de folhas verde-amareladas e a anã, de porte baixo. Éutilizada como bordaduras e em substituição à grama, como o nomepopular indica, mas não suporta pisoteio, tratando-se realmente de umaforração, tanto para sombra como para pleno sol. Ao contrario do gramado,não requer corte, porem o cultivo deve ser feito em terra enriquecida comhúmus, de boa drenagem.
  11. 11. 1 – NOME BOTÂNICO: Dietes bicolor2 – NOME POPULAR: Moréia- bicolor, moréia3 – FAMÍLIA:Angiospermae – Iridaceae4 – ORIGEM: África do Sul5 – SAGÍSTICAS:Herbacea rizomatosa, florífera, ereta, entouceirada, perene,com folhagem ornamental. Folhas planas, persistentes, lineares e rijas, de20-30cm de comprimento. Planta excepcional para bordaduras e paragrandes maciços isolados, em canteiros enriquecidos com matéria orgânica,de boa drenagem e irrigadas periodicamente. É tolerante a baixastemperaturas de inverno, podendo ser cultivada em quase todo o país.
  12. 12. 1 – NOME BOTÂNICO: Philodendron martianum2 – NOME POPULAR: Babosa-de-árvore, babosa-de-pau3 – FAMÍLIA:Angiospermae - Araceae4 – ORIGEM: Nativa do Brasil5 – SAGÍSTICAS: Semi-herbácea, ascendente, epífita, de caule curto e folhagemdecorativa. Folhas brilhantes, coriáceas, adensadas, com pecíoloscaracteristicamente entumecidos como um pseudobulbo. É cultivadaprincipalmente em vasos em locais protegidos, em jardineiras ou diretamente nochão formando conjuntos a meia-sombra, com terra rica em matéria orgânica,mantida sempre úmida e com boa drenagem. Não tolera baixas temperaturas deinverno, sendo indicada apenas para climas quentes.
  13. 13. 1 – NOME BOTÂNICO: Alternanthera sessilis2 – NOME POPULAR: Periquito3 – FAMÍLIA:Angiospermae - Amaranthaceae4 – ORIGEM: Brasil5 – SAGÍSTICAS:Herbácea perene, muito ramificada, de 20-25cm de altura,com ramagem densa formando moita, de folhagem colorida e ornamental.Ocorrem diversas variedades hortícolas. Na “Amoena” as folhas saomarrom-avermelhadas e alaranjadas e na “Aurea-nana”, as folhas saovariegadas e verde e amarelo. Esta última é mais tolerante ao frio e muitocultivada na região Sul do país. São excelentes para bordaduras e forração apleno sol e, para formação de desenhos vivos e letreiros em gramados, emcanteiros de terra estercada e permeável.
  14. 14. 1 – NOME BOTÂNICO:2 - NOME POPULAR: Pilea-aluminio, piléia3 – FAMÍLIA: Angiospermae - Urticaceae4 – ORIGEM: Vietnã5 – SAGÍSTICAS:Herbacea perene, ereta de 20-30cmde altura, de ramagem tenra e folhagem ornamental.Folhas simples, elíptico ovaladas, lisas, suculentas,almofadas, pintadas de prata sobre o verde brilhantee azulado. É cultivada em vasos e jardineiras,mantidos em locais abrigados, ou formandoconjuntos em canteiros a meia-sombra, ricos emmatéria orgânica, permeáveis e mantidosumedecidos. Não tolera geadas, porem pode sercultivada em locais de temperatura amena.
  15. 15. P á t i o M a d a l e n a – c a d e r n o b o t â n i c oP a i s a g i s m o 2 – F A U - M a c kP r o f e s s o r a C á s s i a M a r i a n o – 2 0 1 3 a . D .A n a C a r o l i n a D u P l e s s i sC a r l o s E l s o n L . C u n h aM a r c e l o A u g u s t o d e O l i v e i r a

×