Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Proposta de redação: A saúde do homem em debate no Brasil

450 views

Published on

Proposta de redação, Saúde do homem, Saúde, Proposta de redação sobre saúde, Proposta de redação sobre a saúde do homem, Proposta A saúde do homem em debate no Brasil, Salinha de redação, Salinha de redação em BH, Salinha de redação em Belo Horizonte, Salinha de redação para o ENEM em Belo Horizonte.

Published in: Education
  • Be the first to comment

Proposta de redação: A saúde do homem em debate no Brasil

  1. 1. Acesse nosso site para mais conteúdo de Redação, linguagens para o ENEM, literatura, língua portuguesa e concursos públicos. www.manoelneves.com - contato@manoelneves.com Instagram: @ manoelnevesmn / Facebook: manoelnevespontocom. INSTRUÇÕES PARA A REDAÇÃO • O rascunho da redação deve ser feito no espaço apropriado. • O texto definitivo deve ser escrito à tinta, na folha própria, em até 30 linhas. • A redação que apresentar cópia dos textos da Proposta de Redação ou do Caderno de Questões terá o número de linhas copiadasdesconsiderado para efeito de correção. • Receberá nota zero, em qualquer das situações expressas a seguir, a redação que: a) tiver até 7 (sete) linhas escritas, sendo considerada “texto insuficiente”; b) fugir ao tema ou que não attender ao tipo dissertativo-argumentativo; c) apresentar parte do texto deliberadamente desconectada do tema proposto. TEXTOS MOTIVADORES TEXTO 01 Os homens brasileiros vivem, em média, 7,2 anos a menos que as mulheres. Entre as causas de morte prematura estão à violência e acidentes de trânsito, além de doenças cardiovasculares e infartos. Por isso o Ministério da Saúde implementou, em 2009, a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem. Um dos principais objetivos é promover ações de saúde que contribuam para a compreensão da realidade singular masculina e propiciar um melhor acolhimento no Sistema Único de Saúde (SUS). Angelita Herrmann, coordenadora de Saúde do Homem do Ministério da Saúde, ressalta a importância de conscientizar o sexo masculino da importância de se cuidar. “É preciso chamar atenção dos homens para o auto cuidado. Homem não é super herói, eles precisam quebrar o mito de serem fortes o tempo todo. Essa cultura do não se olhar é que faz com que os homens morram antes das mulheres”, disse. A adoção de hábitos saudáveis, a prática de atividade física regular, a alimentação balanceada e o uso moderado de bebidas alcoólicas são cruciais para diminuir estes agravos evitáveis. A identificação precoce de doenças aumenta as chances de um tratamento eficaz. Por isso, alguns exames devem fazer parte da rotina dos homens. “É preciso prestar atenção no corpo e ficar atento aos sinais que ele envia. O cuidado deve ser diário. Mudanças de hábitos alimentares, com menos alimentos gordurosos e ultra processados são fundamentais. Evitar estes comportamentos de risco é a chave para uma vida mais longa e saudável”, disse a coordenadora. Saúde do homem: prevenção é fundamental para uma vida saudável. Disponível em: http://www.blog.saude.gov.br. Acesso em: 30 jun. 2019. TEXTO 02 Novembro reforça a atenção do homem para a sua saúde em geral. Disponível em: http://www.mt.gov.br. Acesso em: 5 jul. 2019.
  2. 2. Acesse nosso site para mais conteúdo de Redação, linguagens para o ENEM, literatura, língua portuguesa e concursos públicos. www.manoelneves.com - contato@manoelneves.com Instagram: @ manoelnevesmn / Facebook: manoelnevespontocom. TEXTO 03 Medidas para prevenir doenças e complicações: a) praticar, no mínimo, 30 minutos diários de atividade física de três a cinco vezes por semana; b) prezar por uma dieta rica em frutas verduras, legumes, grãos e cereais integrais, e com menos gordura, principalmente as de origem animal; essa atitude ajuda a manter o peso adequado, evitando o sobrepeso; c) durante as relações sexuais, usar sempre camisinha, para prevenir doenças sexualmente transmissíveis, entre elas, ais, sífilis e gonorreia; d) ingerir alimentos ricos em cálcio diariamente e ficar exposto ao sol todos os dias, de 10 a 15 minutos, antes das 10h e após as 16h, para fixar e ativar a vitamina D, responsável pela absorção do cálcio no organismo; e) aferir a pressão arterial regularmente (no mínimo, uma vez por ano); f) procurar um urologista anualmente para realizar exames preventivos: homens a partir dos 50 anos de idade (ou 45, se houver casos de câncer de próstata na família); f) evitar a ingestão excessiva de álcool e não fumar. Dicas para a saúde do homem. Disponível em: http://unimed.coop.br. Acesso em: 5 jul. 2019. TEXTO 04 Em 2007, de acordo com os últimos levantamentos, 16 milhões de mulheres foram ao ginecologista, enquanto somente 2 milhões de pessoas passaram em um urologista, especialista que também atende mulheres. O homem tem medo de ir ao médico, de diagnosticar doenças, talvez por seguir o arquétipo de herói.” É com essas palavras que o presidente da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), o médico Aguinaldo Nardi, ressalta a importância de implantar políticas públicas para a saúde do homem no país, além de campanhas para erradicar o câncer de próstata e de pênis. Ele esclarece que apesar de o câncer de pênis ser raro (representa 2% de todos os tipos de câncer no país), em algumas regiões do Norte e Nordeste a incidência desse tumor é muito maior que a do de próstata. O motivo é que ele está associado a baixas condições socioeconômicas e também à má higiene íntima. “No ano anterior, nós tivemos mil amputações de pênis no Brasil. No Maranhão, aparece um caso novo a cada 16 dias. Nossos índices são iguais aos da África e superiores aos da Índia. É preciso levar atendimento médico a essas regiões urgentemente”, diz o presidente da SBU. Câncer de pênis tem incidência maior que o de próstata em algumas regiões. Disponível em: http://drauziovarella.uol.com.br. Acesso em: 7 jun. 2019. PROPOSTA DE REDAÇÃO A partir da leitura dos textos motivadores e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo em norma padrão da língua portuguesa sobre o tema: “A saúde do homem em debate no Brasil”. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.

×