Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Biologia da conservaçao definitivo

985 views

Published on

  • Be the first to comment

Biologia da conservaçao definitivo

  1. 1. Dinâmica Biológica de Fragmentos Florestais Alessandra Targino André Correa Lívia Geovane Ronald Moura Mariana Sena
  2. 3. PROBLEMATÍCA <ul><li>Aumento contínuo da população e pressões econômicas; </li></ul><ul><li>Desmatamento e fragmentação florestal; </li></ul>
  3. 4. Consequências do desmatamento <ul><li>Efeito direto na hidrologia regional; </li></ul><ul><li>Ciclo do carbono; </li></ul><ul><li>Taxa de evapotranspiração; </li></ul><ul><li>Biodiversidade; </li></ul><ul><li>Aumento das queimadas; </li></ul><ul><li>Diminuição das chuvas. </li></ul>
  4. 5. Projeto Dinâmica Biológica de Fragmentos Florestais <ul><li>Estudar os efeitos ecológicos a longo prazo da fragmentação florestal em alguns grupos importantes como árvores, palmeiras, sapos e formigas. </li></ul><ul><li>Estudo da fauna e flora antes e depois da fragmentação, e mudanças nos processos ecológicos que sustentam o ecossistema de floresta tropical. </li></ul>
  5. 6. Projeto Dinâmica Biológica de Fragmentos Florestais <ul><li>Resultados iniciais (1979): </li></ul><ul><li>Dinamismo dos fragmentos; </li></ul><ul><li>Fatores diversos associados; </li></ul><ul><li>Teoria da Biogeografia de ilhas (MacArthur & Wilson, 1963); </li></ul><ul><li>Regeneração florestal. </li></ul>
  6. 7. Foto de satélite: Área total do Projeto, mostrando as três fazendas, Dimona, Porto Alegre e Esteio. fonte: http://pdbff.inpa.gov.br/area3p.htm#
  7. 8. Métodos <ul><li>Floresta densa tropical (3500 ha) </li></ul><ul><ul><li>Fragmentação em 23 reservas; </li></ul></ul><ul><ul><li>Áreas de pastagens em diversos niveis de sucessão; </li></ul></ul>
  8. 9. Dois dos lotes do Projeto Dinâmica Biológica de Fragmentos Florestais, de 1 e 10 hectares (direita e esquerda, respectivamente), logo após o isolamento. fotos: http://pdbff.inpa.gov.br Vista aérea de um fragmento de 10 ha (3209) na Fazenda  Porto Alegre. Fotografia de agosto de 1999.
  9. 10. Métodos <ul><li>Demografia das Palmeiras: </li></ul><ul><ul><li>11 reservas; </li></ul></ul><ul><ul><li>Classificação quanto a espécie e estágio reprodutivo; </li></ul></ul><ul><li>Fitodemografia das árvores: </li></ul><ul><ul><li>Diâmetro das árvores já marcadas (62.000); </li></ul></ul><ul><ul><li>Indivíduos mortos e recrutados (DAP > 10 cm); </li></ul></ul><ul><li>Comunidade de Anfíbios: </li></ul><ul><ul><li>30 poças espalhadas pelos fragmentos; </li></ul></ul><ul><ul><li>Idade, abundância, riqueza e sobrevivências; </li></ul></ul><ul><li>Comunidade de formigas: </li></ul><ul><ul><li>8 fragmentos; </li></ul></ul><ul><ul><li>Fauna nos 3 habitats; </li></ul></ul><ul><ul><li>Grau de herbivoria; </li></ul></ul>
  10. 11. Resultados <ul><li>Demografia das Palmeiras: </li></ul><ul><ul><li>36 espécies em 11 gêneros; </li></ul></ul><ul><ul><li>Invasão de espécie nos fragmentos menores; </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Lepducaryum tenue </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Espécies favorecidas pela fragmentação; </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Astrocaryum acaule </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Bactris maraja </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Bactris sp. </li></ul></ul></ul><ul><li>Não houve diferença entre tamanho do fragmento e o número de espécies. </li></ul>
  11. 13. Resultados <ul><li>Fitodemografia de árvores: </li></ul><ul><ul><li>Aumento na taxa de mortalidade a até 100 m da borda; </li></ul></ul><ul><ul><li>Aumento no número de Lianas (cipós) nos fragmentos; </li></ul></ul>
  12. 14. Resultados <ul><li>Comunidades de anfíbios: </li></ul><ul><li>Não houve nenhuma diferença entre as comunidades que encontraram-se nas poças em floresta contínua ou em fragmentos (Barreto 1999). </li></ul><ul><ul><li>Os fragmentos contínuos foram colonizados mais rapidamente (somente no primeiro ano); </li></ul></ul>
  13. 15. Resultados <ul><li>Comunidade de formigas: </li></ul><ul><ul><li>Foram afetadas pela fragmentação; </li></ul></ul><ul><ul><li>Aumento na profundidade da serrapilheira próximo a borda; </li></ul></ul><ul><ul><li>Diminuição da diversidade na matriz; </li></ul></ul><ul><ul><li>Saúvas retardam a colonização das áreas abandonadas; </li></ul></ul>
  14. 16. Resultados <ul><li>História de uso do solo e a regeneração florestal: </li></ul><ul><li>Forte influência sobre a subsequente recuperação florestal; </li></ul><ul><li>Áreas não queimadas tornaram-se dominadas por espécies de embaúbas( Cecropia ); </li></ul><ul><li>Áreas queimadas (pastagem) foram dominadas por Vismia spp; </li></ul>
  15. 17. Resultados <ul><li>Impactos do projeto: </li></ul><ul><li>Dois artigos de divulgação científica na revista Ciência Hoje ; </li></ul><ul><li>Capacitação de recursos humanos, possibilitando a execução de teses de mestrado e doutorado, e também estágios de iniciação científica e aperfeiçoamento. </li></ul>
  16. 18. Obrigado! <ul><li>http://pdbff.inpa.gov.br </li></ul>

×