Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Revolução Francesa

14,560 views

Published on

Revolução Francesa

  1. 1. Revolução Francesa (1789)
  2. 2. Como os franceses se apresentavam ao Rei <ul><li>O primeiro a dirigir-se ao rei era o BISPO, em pé e ereto; </li></ul><ul><li>Depois vinha o NOBRE que se curvava ligeiramente; </li></ul><ul><li>E finalmente um representante do POVO que se aproximava do trono ajoelhado; </li></ul>
  3. 3. Organização social do Antigo Regime <ul><li>PRIMEIRO ESTADO – Clero – 0,5% da população. (Alto Clero e Baixo Clero) </li></ul><ul><li>SEGUNDO ESTADO – nobreza – 1,5% da população. </li></ul><ul><li>TERCEIRO ESTADO – restante da população. </li></ul><ul><li>*o privilégio honras e títulos eram para nobreza e alto clero. </li></ul>
  4. 4. Organização Social do Antigo Regime na França. Rei Poder absoluto Primeiro Estado Segundo Estado Terceiro Estado
  5. 5. A França no século XVIII <ul><li>A situação da França no século XVIII era de extrema injustiça social na época do Antigo Regime. </li></ul><ul><li>O Terceiro Estado era formado pelos trabalhadores urbanos, camponeses e a pequena burguesia comercial. </li></ul><ul><li>Os impostos eram pagos somente por este segmento social com o objetivo de manter os luxos da nobreza. </li></ul>
  6. 6. A França no século XVIII <ul><li>A França era um país absolutista nesta época. </li></ul><ul><li>O rei governava com poderes absolutos, controlando a economia, a justiça, a política e até mesmo a religião dos súditos. </li></ul><ul><li>Havia a falta de democracia, pois os trabalhadores não podiam votar, nem mesmo dar opiniões na forma de governo. </li></ul><ul><li>Os oposicionistas eram presos na Bastilha (prisão política da monarquia). </li></ul>
  7. 7. A França no século XVIII <ul><li>A vida dos trabalhadores e camponeses era de extrema miséria, portanto, desejavam melhorias na qualidade de vida e de trabalho. </li></ul><ul><li>A burguesia, mesmo tendo uma condição social melhor, desejava uma participação política maior e mais liberdade econômica em seu trabalho. </li></ul>
  8. 8. Causas da revolução <ul><li>A falência financeira do governo, principalmente depois dos gastos realizados com a participação da França na guerra dos 7 anos e na independência das treze colônias; </li></ul><ul><li>O rigoroso inverno prejudicou as colheitas de 1788, causando falta de alimento e isto vai provocar altos preços; </li></ul><ul><li>Aumenta o número de pessoas na França ( 8 a 9 milhões em 70 anos) fazendo o país passar a conviver com o fantasma da fome; </li></ul><ul><li>O governo gastava mais do que arrecadava; </li></ul>
  9. 9. Causas da revolução <ul><li>Forte desigualdade social; </li></ul><ul><li>Defesa dos privilégios do primeiro e segundo estados; </li></ul><ul><li>Os filósofos franceses como Montesquieu, Voltaire e Diderot, forneceram elementos para criticar o absolutismo. </li></ul>
  10. 10. Tentativa de reformas <ul><li>Turgot tentou propor cobrança de impostos a nobreza e ao clero; </li></ul><ul><li>Turgot acabou sendo demitido e o rei nomeou um substituto Necker; </li></ul><ul><li>Necker em 1781 publica a relação de contas do governo, e a população ficou escandalizada ao tomar conhecimento das despesas da corte; </li></ul><ul><li>Necker também foi demitido; </li></ul>
  11. 11. 1787:um passo para a revolução <ul><li>Após vários protestos, Luis XVI decide reunir os Estados Gerais; </li></ul><ul><li>O voto por ordem (clero e nobreza); </li></ul><ul><li>O voto por cabeça (povo); </li></ul><ul><li>Haviam 300 representantes da nobreza; </li></ul><ul><li>Haviam 300 do Clero; </li></ul><ul><li>E 600 do povo; </li></ul><ul><li>A vitória foi do terceiro estado, pois teve o apoio do baixo clero; </li></ul>
  12. 12. 1787:um passo para a revolução <ul><li>As votações não chegaram a resultado nenhum e o Terceiro Estado resolve agir; </li></ul><ul><li>Em 1789 o Terceiro Estado tornar-se uma Assembléia Constituinte. </li></ul><ul><li>O Terceiro Estado queria acabar com o privilégio da nobreza e do clero e dar a França uma constituição conforme os ideais iluministas; </li></ul>
  13. 13. 1787:um passo para a revolução <ul><li>Luís XVI tenta impedir o movimento mais não consegue; </li></ul><ul><li>O Terceiro Estado vai se reunir e alguns dos outros estados também vão se juntar ao movimento; </li></ul><ul><li>Juntos formaram a Assembléia Nacional Constituinte; </li></ul><ul><li>O Terceiro Estado havia triunfado; </li></ul>
  14. 14. CONSEQUÊNCIAS DO SURGIMENTO DA ASSEMBLÉIA CONSTITUINTE <ul><li>Enquanto a Assembléia se reunia, começava uma agitação nas ruas; </li></ul><ul><li>Luís XVI, temeroso com a revolta popular, concentrou tropas às portas de Paris e do Palácio de Versalhes; </li></ul><ul><li>O povo procurava se armar para defender a Assembléia de uma possível agressão; </li></ul><ul><li>Neste clima, começam a ocorrer os primeiros conflitos nas ruas de Paris; </li></ul>
  15. 15. CONSEQUÊNCIAS DO SURGIMENTO DA ASSEMBLÉIA CONSTITUINTE <ul><li>Em 14 de julho de 1789, o povo tomou a Bastilha; </li></ul><ul><li>O movimento espalhou-se pelo campo; </li></ul><ul><li>Fuga e prisão de Luis XVI; </li></ul><ul><li>Em 1791 foi elaborada a constituição francesa; </li></ul><ul><li>Entre as primeiras medidas tomadas da Assembléia foi a Declaração dos Direitos do Homem e Cidadão; </li></ul><ul><li>Foi implantada as idéias iluministas e o lema da revolução era LIBERDADE (AZUL), IGUALDADE (BRANCA) E FRATERNIDADE (VERMELHA). </li></ul>
  16. 16. Constituição de 1791 <ul><li>A França se torna uma Monarquia Constitucional; </li></ul><ul><li>No poder Legislativo os novos deputados seriam eleitos pelo voto censitário (segundo a renda de cada um); </li></ul><ul><li>O poder Executivo fica nas mãos do Rei; </li></ul><ul><li>O poder Judiciário foi formado por juízes eleitos; </li></ul>
  17. 17. A Assembléia Legislativa <ul><li>Os grupos políticos foram assim posicionados: </li></ul><ul><li>LADO DIREITO – os Girondinos – defendiam o respeito a constituição; </li></ul><ul><li>LADO ESQUERDO – os Jacobinos – lutavam pela república e queriam limitar o poder real; </li></ul>
  18. 18. Efeitos do Pós-Revolução <ul><li>Os nobres se refugiaram no exterior e se organizavam para lutar contra a revolta; </li></ul><ul><li>Os refugiados tinham o apoio da Áustria e Prússia; </li></ul><ul><li>Em 1792 a França declara guerra a Áustria e Prússia, houve derrota dos países estrangeiros; </li></ul><ul><li>Luís XVI, suspeito de traição por colaborar com invasores na guerra, teve seus poderes suspensos; </li></ul><ul><li>Foi convocada uma eleição para uma nova Assembléia, que adotou o nome de CONVENÇÃO; </li></ul>
  19. 19. Nova organização política <ul><li>Após vencer o exército austríaco e prussiano o novo governo declarou a República em 1792; </li></ul><ul><li>Os partidos se reorganizaram: </li></ul><ul><li>DIREITA – Girondinos – burguesia mais rica; </li></ul><ul><li>ESQUERDA – Jacobinos – pequena burguesia e Sans-culottes; </li></ul>
  20. 20. Época do terror <ul><li>Em 1793, Luís XVI é guilhotinado; </li></ul><ul><li>Sua morte fez aumentar a oposição de países estrangeiros a revolução na França; </li></ul><ul><li>Uniram-se contra a França, a Áustria, Prússia, Inglaterra, Rússia, Espanha e Portugal; </li></ul><ul><li>Cada dia aumentavam as divergências entre girondinos e jacobinos sobre o encaminhamento da revolução; </li></ul><ul><li>Em 1793, os jacobinos com o apoio de 80 mil homens, obrigaram a Convenção a prender os líderes girondinos; </li></ul><ul><li>Os jacobinos tomam conta do poder e implantam um momento de terror na França; </li></ul>
  21. 21. O Diretório <ul><li>Com a morte de Robespierre na guilhotina, os girondinos assumiram o poder; </li></ul><ul><li>Em 1795 foi feita uma nova Constituição; </li></ul><ul><li>O país passou a ser governado por um DIRETÓRIO, controlado pelos girondinos; </li></ul><ul><li>O agravamento da crise interna, a economia desorganizada, a inflação e a corrupção por parte de setores do governo, continuava; </li></ul>
  22. 22. O Golpe do 18 de Brumário de 1799 <ul><li>Em meio a crise generalizada, os girondinos recorreram a Napoleão Bonaparte, um General de prestígio; </li></ul><ul><li>Apoiado pelo exército, Napoleão da um golpe de Estado contra o Diretório e assume o poder; </li></ul><ul><li>Tem início uma nova etapa da Revolução Francesa, na qual iria se expandir por toda Europa e em várias regiões do mundo; </li></ul>
  23. 23. FIM Lutero Ramos

×