Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Slide para o curso

1,689 views

Published on

Published in: Education, Travel, Technology
  • Be the first to comment

Slide para o curso

  1. 1. PEDAGOGIA DIFERENCIADA: DA INTENÇÃO A AÇÃO Centro Educacional Império do Saber Formação Continuada de Professores Por: Lusiane carvalho
  2. 2. REVENDO CONCEITOS DE AVALIAÇÃO <ul><li>Lukesi : A avaliação são meios e não fins em si mesma; </li></ul><ul><li>Hoffman : O processo de avaliação não deve ser imediato, mas contínuo; </li></ul><ul><li>Saul : avaliação emancipatória – leva a analisar, refletir, criticar; </li></ul><ul><li>Paula Freire : a avaliação emancipatória é libertadora e contrária a avaliação bancária... </li></ul>
  3. 3. NUMA LINHA DE TEMPO PODEMOS DIZER QUE AS FORMAS DE AVALIAR TEM SIDO DIFERENTE
  4. 4. Estudem, pois a prova está difícil Mas o Senhor disse em todas as aulas que era fácil, por isso nem estudei antes! Nesse caso minha cola tem que ser especial.
  5. 5. PEDAGOGIA DIFERENCIADA: DA INTENÇÃO A AÇÃO Não gera competência Isolados não resulta em ação Quem alcançou
  6. 6. Numa Pedagogia Diferenciada da intenção a ação pedagógica o caminho é entremeado de armadilhas tanto teórica quanto prática:
  7. 8. COM TODA EVOLUÇÃO DA EDUCAÇÃO, AINDA ASSIM OS DISPOSITIVOS DIDÁTICOS( MESMO MUITO BEM ELABORADO) VAI SER UM BATE E VOLTA NA PAREDE SE O ALUNO SE SENTIR: MAL-AMADO, MALTRATADO, SE A APRENDIZAGEM SEPARÁ-LO DE SEU PRÓXIMO, SE FOR ANGUSTIANTE...
  8. 10. Esta agora é uma fase importante para o entendimento da troca de mera transferência de conhecimento para a ação modular nos ciclos de aprendizagens
  9. 11. IMPORTANTE:
  10. 12. PHILLIPE PERRENOUD <ul><li>è um sociólogo suíço que é uma referência essencial para os educadores em virtude de suas idéias pioneiras sobre a profissionalização de professores e a avaliação de alunos. Perrenoud é doutor em sociologia e antropologia, professor da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Genebra e diretor do Laboratório de Pesquisas sobre a Inovação na Formação e na Educação (Life), também em Genebra. </li></ul>
  11. 13. &quot;o objetivo da formação é o de preparar os professores para a complexidade, a diversidade e as situações profissionais que terão de enfrentar. Para realmente qualificar a formação do professor e implementar o pressuposto das competências na prática educacional, é preciso esclarecer as urgências e as incertezas da ação pedagógica, sua parcela de criatividade, de solidão, de improvisação, de desânimo, de negociação, assim como de didática e de conhecimentos racionais&quot;.

×