Sociedade:
              O microondas é utilizado para aquecer e descongelar alimentos, assim tudo isso fica mais rápido. ...
Sociedade:
                  O microondas serve para aquecer alimentos, sendo o primeiro alimento a ser feito nele as trad...
Sociedade:
                A máquina de lavar roupa é uma máquina projectada para limpeza de roupas. Geralmente o termo é ...
Sociedade:
                  A televisão é um sistema electrónico de recepção de imagens e som de forma instantânea. Funci...
Sociedade:  
            O telemóvel serve para fazer e receber chamadas. Hoje em dia já podemos tirar fotografias, ouvir ...
Sociedade:
               O DVD serve para reproduzir e gravar imagens e som. Existem DVD’S mais sofisticados que contêm a...
Tecnologia:
                  Algumas das funções da máquina de lavar são: lavagem intensiva; enxaguamento extra; engomar ...
Sociedade:
                 O Frigorífico é um electrodoméstico essencial na cozinha moderna, para conservar alimentos fre...
Sociedade:
                A fotografia é um dos meios de expressão mais criativos, permitindo uma vasta gama de possibili...
Tecnologia:
                    Os secadores de cabelo englobam soluções técnicas e de construções que garantem um excelen...
Sociedade:
                 O fogão é um utensílio de cozinha usado para cozinhar, geralmente em panelas ou frigideiras, e...
Sociedade:
                 O aspirador é um aparelho que aspira pó e outro tipo de sujidades mais resistentes, retendo-as...
Folheto
Folheto
Folheto
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Folheto

7,315 views

Published on

Published in: Education
1 Comment
0 Likes
Statistics
Notes
  • It is a good apresentation
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
7,315
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
56
Actions
Shares
0
Downloads
38
Comments
1
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Folheto

  1. 1. Sociedade: O microondas é utilizado para aquecer e descongelar alimentos, assim tudo isso fica mais rápido. Em 1947, o primeiro forno de microondas chegou ao mercado norte-americano por um engenheiro electrónico - Percy Lebaron Spencer. As primeiras unidades chegavam a medir 1,68m de altura e pesavam em torno de 340 kg. Hoje em dias os microondas já são muito mais pequenos e leves, existindo diversos modelos de várias cores e feitios. Actualmente os microondas topo de gama, têm capacidade para 34 litros, e são constituídos com sistema de grill, ar forçado e crisp. Ciência: A fonte de energia do microondas é a electricidade. Para evitar gastos de energia em excesso, a melhor forma de combater é comprar-se um electrodoméstico de classe A. Uma das formas de poupar-se energia num microondas, é aquecermos 2/3 pratos em simultâneo. Tecnologia: Este electrodoméstico tem este nome devido a possuir um gerador de microondas do tipo magneton para produzir microondas numa frequência de aproximadamente 2,45 GHz para cozinhar os alimentos. As microondas cozinham os alimentos, fazendo com que as moléculas de água e outras substância presentes nos alimentos vibrem, esta vibração cria um calor que aquece o alimento. Já que a maior parte dos alimentos orgânicos é composta de água, este processo permite cozinhá-los facilmente. Hoje em dia os microondas mais recentes são constituídos por botões e números digitais, com programações automáticas e têm um suporte no interior para se poder aquecer 2 pratos em simultâneo. Uma das várias vantagens de se usarmos o microondas a velocidade de aquecimento, economia de energia, vantagens especiais no descongelamento. Por sua vez algumas desvantagens de aquecer comida no microondas, é que por vezes o seu sabor pode ser alterado e as microondas penetram cerca de 4 cm dentro dos alimentos, pelo que não é recomendável utilizar grandes peças de alimentos para serem cozidas porque poderão deixar o alimento queimado em alguns pontos e ainda cru em outros.
  2. 2. Sociedade: O microondas serve para aquecer alimentos, sendo o primeiro alimento a ser feito nele as tradicionais pipocas. Em 1946, a empresa em que Spener trabalhava, Raytheon, patenteou o processo e em 1947, construiu o primeiro microondas da história. Esse microondas pesava 340 kg, tinha quase 1,70m de altura e produzia uma enorme radiação, quase três vezes mais do que a radiação normal de um forno microondas moderno. Actualmente existem microondas topo de gama em Portugal e um deles é o DeLonghi MW500 Analógico que tem como características principais: Capacidade do forno: 21 litros; controles manuais - 3 combinações de cozedura: só microondas, só grill, microondas + grill; 800 W - 5 níveis de potência do microondas - 1 nível de potência no grill - 3 níveis de potência na função combi; função descongelar; diâmetro do prato giratório interior: 24, 5 cm; potência: 1400W; Peso: 15kg Ciência: Os microondas funcionam a electricidade. Adquira electrodomésticos de classe A (Energy Star) porque são mais eficientes energeticamente; Por exemplo um frigorífico de classe A++ pode consumir 2956 kWh ao longo de 15 anos, enquanto um de classe G pode gastar 12.319 kWh; Ao aquecer alimentos no microondas evite intervalos de tempo entre os mesmos, assim está a poupar energia. Por exemplo aquecer vários pratos ao mesmo tempo é uma boa forma de economizar energia. Tecnologia: O microondas é ligado à electricidade, tendo um botão para regular a temperatura e um outro para controlar o tempo. Possui ainda um prato onde é depositado o alimento para aquecer. Vantagens na utilização do forno de microondas: O microondas apresenta certas vantagens, em relação ao forno convencional (eléctrico ou a gás). Entre elas podem destacar-se as seguintes: é um produto prático, apropriado para a “vida corrida” dos habitantes das grandes cidades; é muito mais rápido para aquecer comida, pois não necessita de pré-aquecimento; não suja o ambiente e é mais fácil de limpar; usa menos louça, pois o mesmo recipiente utilizado para cozinhar pode ser levado à mesa; ocupa menos espaço na cozinha; os microondas não alteram o valor nutritivo dos alimentos e ainda preservam as suas vitaminas e minerais, pois quase não exigem água para o cozimento. Desvantagens na utilização do forno de microondas As microondas penetram cerca de 4 cm dentro dos alimentos, pelo que não é recomendável utilizar grandes peças de alimentos para serem cozidas porque poderão deixar o alimento queimado em alguns pontos e ainda cru em outros.
  3. 3. Sociedade: A máquina de lavar roupa é uma máquina projectada para limpeza de roupas. Geralmente o termo é utilizado para equipamentos que usam a água como meio principal de limpeza. Somente com a invenção e popularização do motor eléctrico, no começo do século XX, é que se conseguiu uma lavadora que funcionasse mais eficientemente, atribuindo-se a produção em grande escala a partir de 1906, pela primeira vez, ao norte-americano A.J.Fischer, que detinha a patente embora não se possa afirmar que seja ele o real inventor. Actualmente as máquinas são fabricadas em dois modelos básicos, com abertura frontal ou abertura superior, sendo que as de abertura superior, mais populares nos Estados Unidos, Austrália, Brasil e parte da Europa, recebem a roupa num cilindro montado verticalmente, com um agitador central e têm a tampa por cima. As máquinas com abertura frontal, mais populares na Europa e no Médio Oriente, possuem um cilindro montado horizontalmente, sem agitador central, mas com a porta estanque e com um visor de vidro. Ciência: A máquina de lavar roupa é um equipamento cujo consumo representa cerca de 5% do consumo total de electricidade. Estas apresentam habitualmente vários programas baseados em temperaturas mais ou menos elevadas, adaptadas às lavagens de diferentes tipos de roupa. No entanto, a evolução nos detergentes tem vindo a permitir a obtenção de uma boa qualidade de lavagem mesmo a baixas temperaturas (30°C), contribuindo para a redução do consumo energético. Tecnologia: A máquina de lavar roupa consiste basicamente num recipiente que se enche de água e onde um sistema mecânico agita as peças de roupa a serem lavadas. De uma maneira geral os passos fundamentais para a utilização correcta de uma máquina de lavar são: • Evitar a utilização da pré-lavagem (só quando a roupa estiver muito suja); • Seleccionar a tecla económica (ECO), sempre que a roupa não estiver muito suja; • Utilização de programas a baixas temperaturas sempre que possível; • Utilizar a máquina preferencialmente na sua capacidade máxima; • Instalar as máquinas em locais secos e bem ventilados. Apesar de inúmeras vantagens, como por exemplo, a roupa ficar muito melhor lavada sem precisar da mão humana, de ter vários programas consoante a sujidade e a cor da roupa, a máquina apresenta algumas desvantagens, como por exemplo, se esta estiver com pouca roupa dentro pode ficar excêntrica e apresentar grande vibração ou sair “andando” pelo chão. O correcto é colocar uma quantidade de roupa próxima da capacidade máxima, e distribuir bem pelo cilindro. O excesso de sabão é outra desvantagem, pois é prejudicial à bomba de água da máquina, que trabalha forçada com muita espuma, e prejudica o meio ambiente, por poluir a água.
  4. 4. Sociedade: A televisão é um sistema electrónico de recepção de imagens e som de forma instantânea. Funciona a partir da análise e conversão da luz e do som em ondas electromagnéticas e da sua reconversão num aparelho - o televisor - que recebe também o mesmo nome do sistema ou pode ainda ser chamado de aparelho de TV. As primeiras televisões eram uns autênticos imóveis. Embora o ecrã fosse pequeno e as imagens de fraca qualidade, os componentes electrónicos necessários requeriam grandes espaços. Hoje as televisões não têm nada a ver com as primeiras, agora têm uma imagem bastante nítida e as cores são perfeitamente móveis, existindo vários tamanhos, uns mais pequenos e outros maiores, como o plasma. Actualmente novas tecnologias estão aparecendo, algumas delas são: Pixel Plus, da Philips (Aumenta o número de pixels na tela.); Touch of Color, da Samsung (Bordas coloridas para envolver.); Ambilight, da Philips (Lâmpadas atrás da TV que aumenta o campo de visão da tela.); Invisible Screen, da Lumines (TV em que a tela só aparece depois de ligada.); Design Collection, da Philips (Acabamento em acrílico nas bordas.); Touch Interface, da Lumines (TV com todas as partes sensíveis ao toque). Ciência: A principal fonte de energia da Televisão é a electricidade. Não devemos deixar o aparelho dentro de armários. “Quando ele aquece, o consumo aumenta.” O LED, aquela luz vermelha da TV que permite o uso do controle remoto, também gasta energia. Tecnologia: O televisor ou aparelho de TV capta as ondas electromagnéticas e através dos seus componentes internos as converte novamente em imagem e som. Existem diferentes tipos de televisores como por exemplo: Televisor Analógico - Possui um sintonizador interno que permite receber as transmissões analógicas, mas não recebe transmissões digitais, necessitando, para isso, de um conversor digital (Set-Top-Box); o televisor Digital - Possui um sintonizador interno que permite receber as transmissões digitais sem necessidade de um conversor digital. Também pode receber transmissões analógicas; o TV Plasma - No painel de plasma, encontra pequeninas células que contêm uma mistura de gazes. Quando uma corrente eléctrica passa por essas células, excita o gás, que passa para o estado plasma, gerando luz; a TV Via Satélite - Com o avanço da tecnologia foi possível receber o sinal directamente via satélite nos domicílios. Um satélite recebe a transmissão de outros satélites ou de uma central terrestre, e retransmite para as casas que possuem uma antena específica apontada para ele. É um serviço pago. Algumas das vantagens dos LCD são: Os monitores do tipo LCD (seja do PC, da TV ou qualquer outro produto que utilize esse recurso) possuem uma tela que é realmente plana, eliminando as distorções de imagem dos monitores do tipo CRT (Cathode Ray Tube, ou seja, tubo de raios catódicos), que tem suas telas curvas, causando as distorções; Não prejudica a visão; Os monitores LCD gastam menos energia do que os CRT; Algumas das desvantagens dos LCD são: O preço dos monitores LCD é muito caro em relação aos tradicionais; Esses monitores tem o ângulo limitado a uma visão perpendicular a (90º). Qualquer desfalque da visão causa distorção nas cores e na imagem; Contraste inferior ao modelo CRT.
  5. 5. Sociedade:   O telemóvel serve para fazer e receber chamadas. Hoje em dia já podemos tirar fotografias, ouvir música, fazer vídeo- chamadas, gravar sons, etc. O primeiro telemóvel surgiu precisamente em 1973, foi Martin Cooper, que era director de projecto na Motorola, quem o criou. Era um aparelho bastante simples que só dava para fazer e receber chamadas. Hoje em dia já existem telemóveis com ecrã táctil como iPhone, da Apple, que já chegam ao mercado com memória até 8GB (gigabytes), mas com as entradas para cartões presentes em outros modelos, não há limite para o acervo musical. Tecnologia: Um telemóvel é formado por um teclado, um ecrã, coluna, microfone, software, etc. Funcionam através de uma radiação (GSM) transmitida por uma antena. Ciência: Os Telemóveis trabalham todos com uma pequena bateria que é carregada à electricidade, em média com uma autonomia de dois a três dias. Sendo necessário ligar à electricidade para carregar a bateria, convém deixar sempre descarregar por completo a mesma para evitar ligar muito mais vezes e consumir menos energia, por forma a poupar as energias renováveis.
  6. 6. Sociedade: O DVD serve para reproduzir e gravar imagens e som. Existem DVD’S mais sofisticados que contêm a parte de som mais elaborado, com mais altifalantes para reproduzir as várias frequências de som com mais fidelidade e realidade do meio onde as imagens decorrem. O aparelho ficou mais compacto, com: DVD - r, DVD blue ray, DVD dl. Antigamente os DVD tinham uma baixa qualidade, em relação também à energia e os seus gastos, com a evolução do tempo o DVD começou a ser um topo de gama no mercado. Tecnologia: O DVD funciona, com um CD ou DVD integrado, ligado a uma corrente. Existem vários botões no próprio equipamento para ligar, desligar, passar para frente e para trás, sendo este controlado através de um comando, pois este permite controlá-lo a uma certa distância Este equipamento usa um CD ou DVD para armazenar informação, sendo que os CD’S e DVD’S não se danificam tanto como as cassetes de vídeo. As desvantagens são que o equipamento para gravar se torna mais dispendioso monetariamente comparativamente aos rádios gravadores com cassetes. Ciência: As fontes de energia para estes equipamentos podem ser, baterias, electricidade, geradores entre outras. Antigamente os DVD’S como não eram tão sofisticados consumiam pouca energia, com a evolução do tempo estes ficaram mais sofisticados apresentando um maior custo pois já têm maior custo de energia.
  7. 7. Tecnologia: Algumas das funções da máquina de lavar são: lavagem intensiva; enxaguamento extra; engomar fácil; centrifugação de 0 a 1.200 r.p.m. e anti-vincos. Como vantagens temos: A máquina mecânica é mais fácil de controlar pois você mesmo pode escolher o ponto que deseja começar a lavagem ou permite que você controle melhor o ciclo de lavagem. Tambem fica mais barato para consertar caso ocorra algum problema. Por sua vez, como desvantagens temos: A digital é mais moderna, tem um design mais bonito, mas em compensação se ocorrer uma quebra de energia na sua casa e ela estiver funcionando, pode queimar esse painel digital que deverá ser trocado inteiro. Por isso ela é mais sensível à humidade, aos picos de energia, às batidas (cair uma caixa de sabão em pó em cima do painel digital, por exemplo). Você tambem tem que lavar nos ciclos pré definidos pelo fabricante. Sociedade: A máquina de lavar serve para lavar roupa, secar e centrifugar. Ciência: A principal fonte de energia é a energia eléctrica. Ao escolher uma máquina de lavar roupa deve ter-se em consideração a etiqueta energética que tem de acompanhar cada modelo à venda. Esta etiqueta energética faz parte do sistema de certificação usado a nível Europeu em alguns electrodomésticos, como é o exemplo das máquinas de lavar roupa. • Os aparelhos com melhor eficiência energética – Classe A • Os aparelhos com melhor eficiência de lavagem – Classe A • Os aparelhos com melhor eficiência de centrifugação – Classe A Os aparelhos de classes menos eficientes (de C a G) apresentam aumentos de consumos de energia de cerca de 40%. Tendo em conta estes valores, um agregado familiar com estas características, não necessitará de uma máquina cuja carga máxima seja superior a 6kg. Por vezes, as máquinas de lavar roupa com maiores capacidades de carga gastam mais água e mais energia e existe ainda maior probabilidade de se proceder a ciclos de lavagem com a máquina ainda longe da carga completa, procedimento a aplicar em nossas casas. Nos últimos anos tem-se assistido a uma evolução destes aparelhos, em termos de eficiência energética e de poupança de água. As máquinas de lavar roupa de baixo consumo utilizadas hoje em dia, consomem menos 50% de água, detergente e energia eléctrica, que as comercializadas nos anos 80. Ao pouparmos energia estamos a poupar água e assim a proteger as energias renováveis.
  8. 8. Sociedade: O Frigorífico é um electrodoméstico essencial na cozinha moderna, para conservar alimentos frescos ou já preparados. É um armário metálico com prateleiras e gavetas e uma porta isolante, para manter o frio no interior do utensílio. Este utensílio é um descendente das antigas “casas-de-gelo” e “caixas-de-gelo”, que usavam gelo natural produzido no Inverno nas regiões frias. A primeira máquina refrigeradora foi construída em 1856, usando o princípio da compressão de vapor, pelo australiano James Harrison. O primeiro frigorífico doméstico só apareceu em 1913 e foi baptizado por DOMELRE. A evolução deste electrodoméstico é enorme, apresentando vários tamanhos, modelos, cores, a marcas, sendo um bem de primeira necessidade. Onde outrora estes electrodomésticos serviam só para conservar os alimentos e tinha pequenos compartimentos para congelamento, actualmente, estes estão equipados para uma melhor refrigeração evitando a formação de gelo nas suas extremidades, alguns com compartimentos de congelamento de maiores dimensões, com prateleiras para pizzas, armazenamento de gelo (easy cube), e são de classe A, ou seja, um menor consumo energético. Ciência: A etiquetagem energética de equipamentos domésticos foi criada pela Comissão Europeia para informar os consumidores sobre os desempenhos energéticos dos electrodomésticos, em termos de consumo de electricidade e nalguns casos também de água, de modo a tornar possível efectuar a comparação entre os diversos modelos existentes no mercado. As informações fornecidas pela etiqueta energética ajudam os consumidores a realizar uma escolha racional com repercussões na diminuição da factura eléctrica, contribuindo ao mesmo tempo para a preservação do meio-ambiente. Tecnologia: O frio é produzido por um compressor, normalmente movido por um motor eléctrico. Alguns destes usufruem de um compartimento para fabricar gelo e congelar produtos frescos. Porém este electrodoméstico tem vantagens como desvantagens. Algumas das desvantagens são que estes são responsáveis por quase 30% do consumo energético nas habitações e também pela poluição atmosférica quando expostos ao ambiente. As vantagens são bem visíveis. Maior consumo de alimentos a longo prazo e grande capacidade de armazenamento destes. Marcas e suas características: Daewoo FRS-U20 BGC: Capacidade total 570/384 litros (B/N); Congelador 209/198 litros (B/N); Frigorifico 381/339 litros (B/N); Painel de controlo; Tecnologia nano silver; Sistema “No frost”. Este tipo de frigorífico é mais empregado para espaços comerciais, como, restaurantes, devido às suas características. Zanussi: 2 Portas 175x60 ZRD 33 SX; Capacidade bruta total 333 l. (Líq. 256 l. + 70 l.); DAC (refrigeração dinâmica); Classe A; 3 Prateleiras em grelha reguláveis e 1 fixa; 1 Maxigaveta; 1 Prateleira no congelador; Porta INOX. Este tipo é mais usufruído para uso doméstico.
  9. 9. Sociedade: A fotografia é um dos meios de expressão mais criativos, permitindo uma vasta gama de possibilidades, que dão livre curso à criatividade de todos os tipos de fotógrafos, desde o simples amador ao mais profissional. A máquina fotográfica digital tem muitas mais vantagens do que uma máquina fotográfica tradicional. Depois de fazer o investimento inicial, não tem de comprar inúmeros rolos de filme e pagar para revelar as fotografias. De facto, pode tirar fotografias até ficar satisfeito com os resultados e, mal as imagens sejam transferidas para o seu computador, tem nos seus dedos todo o equipamento de uma câmara escura de um profissional preparado para refinar, mudar completamente ou combinar as imagens que tirou. Ciência: A máquina fotográfica trabalha a pilhas, que se podem carregar para serem novamente reutilizadas. Tecnologia: A máquina fotográfica funciona com um simples clique num botão e é através desse botão que tiramos fotografias. Que características devo procurar numa câmara digital? - Modo de vídeo: permite fazer pequenos vídeos com a câmara; Balanço de brancos: corrige automaticamente as irregularidades referentes à luminosidade; LCD: ecrã de cristais líquidos; Zoom: existem dois tipos de zoom, zoom óptico e zoom digital, deve-se dar preferência ao zoom óptico; Flash: existem vários tipos de flash a ter em conta, um dos mais usados é o que reduz o efeito dos “olhos vermelhos”; Gravação de áudio: algumas câmaras possuem esta potencialidade, ao mesmo tempo que grava vídeo, grava igualmente som. As câmaras digitais vão desde o mais básico ao mais complexo: Podemos classificá-las em três categorias: Modelos básicos – Estas são as mais baratas e geralmente as mais fáceis de usar. São capazes de tirar fotografias de boa qualidade mas, sempre de baixa resolução; Modelos de gama média – Estes suportam resoluções mais elevadas incluindo capacidades de zoom óptico, fornecendo igualmente uma vasta gama de características avançadas; Modelos topo de gama – Mais conhecidos por modelos SLR, estes conseguem oferecer uma qualidade de imagens muito superiores aos restantes modelos. Têm igualmente a vantagem de se poder encaixar diferentes tipos de lentes, de maneira muito semelhante às SLR tradicionais. Estas câmaras são aconselháveis normalmente apenas a fotógrafos semi-profissionais ou mesmo profissionais devido ao seu elevado custo. As máquinas fotográficas antigas eram mais tradicionais, pois era preciso mandar revelar as fotografias, agora com as máquinas fotográficas digitais só tiramos as fotos que queremos pois é mais fácil, visto termos a oportunidade de podermos escolher as fotos e de seguida podermos apagá-las.
  10. 10. Tecnologia: Os secadores de cabelo englobam soluções técnicas e de construções que garantem um excelente desempenho aliado a outros factores extras. Normalmente a saída do ar é dirigida por uma grelha feita em porcelana que garante uma maior homogeneidade na dispersão do ar quente evitando danificar o cabelo. Os materiais de construção também são resistentes à acumulação de bactérias para uma melhor segurança da saúde dos seus utilizadores. Na traseira do motor do secador de cabelo existe normalmente uma grelha que, após ser retirada, permite facilmente extrair cabelos que se tenham acumulado no interior do secador de cabelo durante o seu uso. Muitas vezes as compras económicas resultam, mas no caso do secador de cabelo nem sempre as coisas funcionam assim. Um secador barato não é construído com bons materiais que garantam a sua durabilidade. Também não oferece grande eficiência em termos de desempenho, principalmente no que diz respeito à distribuição do ar quente, o que pode queimar o cabelo. Os secadores de cabelo baratos são apenas aconselhados em casos onde a utilização é ocasional. Sociedade: Os secadores de cabelo fazem parte do leque de artigos que existem na maior parte das casas. São comprados principalmente pelas mulheres que vêm no secador a possibilidade de secar o cabelo após a lavagem ou executar diferentes tipos de penteados. A utilização do secador é ainda mais importante numa altura em que a imagem de cada pessoa é importante na vida social e no trabalho. Na actualidade, devido à evolução e desenvolvimento em que a tecnologia se encontra, também é possível encontrar secadores que desempenham outras funções como remover cabelos da roupa, resíduos de caspa, gel, laca com o auxílio de um acessório adicional. Ciência: A fonte de energia fundamental para o funcionamento do secador e da generalidade dos electrodomésticos é a corrente eléctrica disponível na maioria das casas da população. Muita da energia utilizada provém de combustíveis fósseis, como por exemplo: o carvão, o petróleo e o gás natural. Estes são utilizados para produzir energia nas centrais eléctricas. Nas centrais produz-se electricidade que é utilizada como meio de fornecimento de energia para o funcionamento dos electrodomésticos, no entanto existem outras fontes de energia chamadas de renováveis. Os fabricantes têm feito avanços significativos nos projectos dos seus electrodomésticos conduzindo a um aperfeiçoamento do seu desempenho e a uma melhor utilização dos recursos como a electricidade. Isto é reflectido no número de modelos que são agora oferecidos com uma alta eficiência e classes de desempenho como a A (e A+ para os frigoríficos e congeladores). Consequentemente, é agora possível projectar uma cozinha com electrodomésticos que utilizam menos recursos de forma significativa, resultando em emissões substancialmente mais baixas, e que têm um custo de funcionamento mais baixo do que os electrodomésticos.
  11. 11. Sociedade: O fogão é um utensílio de cozinha usado para cozinhar, geralmente em panelas ou frigideiras, e por meio de calor. O fogão primitivo era formado por um pequeno buraco no solo onde se acendia o fogo e se colocavam as panelas. Mais tarde, o homem aprendeu a construir fogões de barro e posteriormente de metal, que eram mais eficientes que os anteriores. Com a Revolução Industrial, os fogões passaram a ter um aspecto mais parecido com os de hoje, ou seja, uma espécie de móvel grande com um compartimento semi-fechado para o fogo e várias aberturas no topo para utilizar ao mesmo tempo várias panelas; por vezes, esses fogões tinham até um pequeno forno e uma caldeira para ter sempre água quente. Mas os fogões mais comuns nas cozinhas de hoje são eléctricos ou mistos (electricidade-gás), formados por várias placas que contêm resistências ou bicos de gás, colocados sobre uma caixa de metal. Este é o básico fogão de mesa, sem forno, mas é mais comum encontrar- se a combinação fogão-forno. Tecnologia: O fogão é um electrodoméstico usado para cozinhar, geralmente em panelas ou frigideiras, e por meio de calor. O fogão é um electrodoméstico de grande utilidade, que contribui para uma melhor qualidade de vida das pessoas e que ajuda na difícil tarefa que é cozinhar. O fogão permite cozinhar os alimentos de forma mais rápida, limpa e segura. Ciência: O fogão pode ter como fontes de energia: a lenha; o gás; a luz; o sol (que é uma energia renovável), sendo os gastos energéticos do fogão são em função das energias de que ele necessita para funcionar. A utilização do fogão solar é hoje em dia uma alternativa ecologicamente importante e correcta. A sua principal vantagem é a disponibilidade de energia gratuita e abundante, para além da ausência de chamas, fumaça, perigo de explosão incêndios etc. Por outro lado uma das suas principais desvantagens é o facto de ser necessário a presença de radiação solar directa, ou seja, céu claro e sem nebulosidades, já que se trata de um sistema que funciona segundo a reflexão desta radiação.
  12. 12. Sociedade: O aspirador é um aparelho que aspira pó e outro tipo de sujidades mais resistentes, retendo-as no seu interior. Em 1907 apareceu o primeiro aspirador eléctrico, inventado pelo americano Murray Spangler, empregado da empresa Hoover, a qual adquiriu os direitos de fabrico daquele invento em 1908, tornando-se um sucesso internacionalmente. Em 1926 a Hoover lançou um dos seus mais famosos aspiradores, o Hoover 700, conhecido por beats-as-it-sweeps-as-it-cleans, um aparelho mais eficaz na remoção do pó das alcatifas: bate o pó, varre e aspira-o. A partir daí foram lançados vários modelos mas sem grandes alterações nas características gerais do produto. Uma nova máquina sem bolsa transformou os aspiradores de pó domésticos no início da década de 1990. O inventor britânico James Dyson produziu um sistema extractor que faz o ar circular para extrair o pó. O sistema de extracção de pó duplo de Dyson faz o ar girar a grande velocidade dentro de extractores de pó, forçando a saída das partículas para fora do recipiente colector. O extractor externo separa as partículas grandes de pó, enquanto o interno, que gira três vezes mais rápido e que reduz de tamanho à medida que se aproxima de sua parte inferior, separa as partículas menores. Ciência: A fonte de energia deste aparelho é a electricidade. Num aspirador, existe um ventilador eléctrico que cria uma corrente de ar de alta velocidade que se move por uma mangueira flexível conectada a um bocal. Neste equipamento é muito importante saber utilizá-lo, pois sendo um aparelho que consome electricidade, tem que se ter consciência de que quantas mais vezes se liga o electrodoméstico, mais água se gasta e mais energia se consome. A água sendo uma fonte de vida serve também para produzir energia. Tecnologia: O aspirador é um um prático equipamento que oferece ao utilizador a ferramenta apropriada para cada tipo de limpeza que desejar. Dispõe de vários acessórios que lhe permitem chegar aos recantos mais inacessíveis como um tubo telescópico, uma escova para pavimentos e tapetes, sendo muito útil para quem tem animais domésticos em casa, também uma escova estreita, adaptada para frestas e ainda uma escova para sofás ou cortinados. Em relação a este aparelho, temos também de ter em conta determinados critérios ao adquiri-lo, entre os quais: a sua forma de montagem, pois é um equipamento bastante complexo e possui variadas peças que se ligam entre si; se é ou não fácil de arrumar; o transporte, pois um aspirador nos dia de hoje possui já rodas de forma a que se desloque facilmente aquando da sua utilização. A potência do motor é outro dos aspectos a ter em conta na aquisição do mesmo, em que pode variar entre os 1.100W e 1.600W. Outro factor determinante na avaliação desde electrodoméstico é a capacidade de sucção, ou seja, a capacidade do aspirador em “levantar” o pó existente nas superfícies, esta sucção pode ser expressa em mm ou em KPA’S, logo, quanto mais KPAS tiver o aspirador, maior será o seu poder de sucção, permitindo uma aspiração mais eficaz. À que ter ainda em conta o peso deste equipamento e por fim, uma boa aspiração depende também dos sistemas de filtragem situados na entrada do motor e à saída do ar.

×