0527

715 views

Published on

Published in: Technology, Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
715
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
8
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

0527

  1. 1. ø Morrendo o bicho acaba a peçonha. www.4tons.hpg.com.br
  2. 2. ø Para saber tem de passear ou ler.
  3. 3. ø Os homens não se medem aos palmos.
  4. 4. ø Vale mais quem Deus ajuda do que quem cedo madruga.
  5. 5. ø Deitar cedo e cedo erguer dá saúde e faz crescer.
  6. 6. ø Tudo o que não mata engorda.
  7. 7. ø Luar de Janeiro não tem parceiro.
  8. 8. ø O tempo de Fevereiro enganou a mãe ao soalheiro.
  9. 9. ø A neve em Fevereiro presságio de mau celeiro.
  10. 10. ø Em Março tanto durmo como faço.
  11. 11. ø Março Marçagão manhãs de inverno e tardes de verão.
  12. 12. ø Em Abril águas mil.
  13. 13. ø Em Abril queima a velha o carro e o carril.
  14. 14. ø Maio hortelão muita palha e pouco pão.
  15. 15. ø Maio que não der trovoada não dá coisa estimada.
  16. 16. ø Em Junho foucinha em punho.
  17. 17. ø Por mais que o Julho queira ser, pouco há-de chover.
  18. 18. ø Pelo Santiago pinta o bago e cada pinta vale um cruzado.
  19. 19. ø Em Agosto malha-se contra gosto.
  20. 20. ø Trovoada em Agosto, abundância de uva e mosto.
  21. 21. ø Em Setembro ardem os montes e secam as fontes.
  22. 22. ø Setembro molhado figo estragado.
  23. 23. ø Outubro quente traz o diabo no ventre.
  24. 24. ø Quem planta no outono, leva um ano de abono.
  25. 25. ø Novembro à porta geada na horta.
  26. 26. ø Pelo S.Martinho vai à adega e prova o vinho.
  27. 27. ø Em Dezembro descansar para em Janeiro trabalhar.
  28. 28. ø Ande o frio por onde andar, pelo Natal vem cá parar.
  29. 29. ø A cavalo dado não se olha ao dente
  30. 30. ø Burro farto não é papador.
  31. 31. ø Quem semeia ventos colhe tempestades.
  32. 32. ø Depois da tempestade vem a bonança.
  33. 33. ø Quem muito fala pouco acerta.
  34. 34. ø O silêncio é de ouro.
  35. 35. ø A noite é má conselheira.
  36. 36. ø De noite todos os gatos são pardos.
  37. 37. ø Em tempo de guerra não se limpam as armas.
  38. 38. ø Quem não deve não teme.
  39. 39. ø Roma e Pavia não se fizeram num dia.
  40. 40. ø Em Roma sê romano.
  41. 41. ø Na terra onde fores viver faz como vires fazer.

×