Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Opec 4 G Raquel Barreto

1,304 views

Published on

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Opec 4 G Raquel Barreto

  1. 1. Políticas de EAD: a flexibilização estratégica Raquel Barreto. In: Alice Casimiro Lopes & Elizabeth Macedo (orgs.). Políticas de currículo em múltiplos contextos . SP: Cortez, 2006.
  2. 2. 1º Modo de Objetivação <ul><li>Como a EAD tem sido pensada? </li></ul><ul><li>Como modalidade de Ensino </li></ul><ul><li>Como estratégia de formação </li></ul><ul><li>Opção assumida nas Políticas Educacionais – no Brasil, discurso hegemônico. </li></ul>
  3. 3. EAD e as TIC <ul><li>Termos operacionais </li></ul><ul><li>Novos modelos de interação entre aluno-professor </li></ul>
  4. 4. <ul><li>TIC criadas para outros fins que não são a educação. </li></ul><ul><li>Caráter administrativo e pedagógico da flexibilização. </li></ul><ul><li>Parcerias com setor privado. </li></ul>2º Modo de Objetivação
  5. 5. Incorporação da TIC <ul><li>EAD como estratégia alternativa - países centrais: aperfeiçoamento de ensino. </li></ul><ul><li>EAD como “inovações educacionais de meios instrucionais mais baratos” - Países periféricos: Estado enxuto / redução de custos. </li></ul><ul><li>EAD e formação profs. – aligeiramento, flexibilização. </li></ul>
  6. 6. Análise do Fairclough,2001 <ul><li>Política de/para EAD </li></ul><ul><li>Flexibilidade estratégia: </li></ul><ul><ul><li>Admissão, horários e duração </li></ul></ul><ul><ul><li>Currículo por competências (materiais auto-instrucionais / neotecnicismo / racionalidade instrumental) </li></ul></ul><ul><ul><li>Credenciamento das IES </li></ul></ul><ul><ul><li>Formação de professores </li></ul></ul><ul><ul><li>Associação entre IES </li></ul></ul><ul><ul><li>Fontes de financiamento </li></ul></ul>
  7. 7. Base para da análise <ul><li>LDB (Lei n.º 9.394/96) </li></ul><ul><li>PNE (Lei n.º10.172/01) </li></ul><ul><li>Textos do Portal da Secretária de Educação a Distância </li></ul><ul><li>Relatório do Grupo de Trabalho Interministerial </li></ul><ul><li>Lei da Educação Superior </li></ul>
  8. 8. LDB e EAD <ul><li>EAD é introduzida como recurso de uma modalidade presencial </li></ul><ul><li>Focos: </li></ul><ul><ul><li>Formação de professores </li></ul></ul><ul><ul><li>Treinamento em serviço </li></ul></ul><ul><ul><li>Camadas economicamente desfavorecidas </li></ul></ul>
  9. 9. Políticas de EAD <ul><li>Racionalidade instrumental </li></ul><ul><li>Lógica empresarial: </li></ul><ul><ul><li>Certificação </li></ul></ul><ul><ul><li>Fragmentação </li></ul></ul><ul><ul><li>Aligeiramento </li></ul></ul><ul><li>Especialistas – planejamento e elaboração do conteúdo </li></ul><ul><li>Docentes – tutoria e avaliação </li></ul>
  10. 10. Políticas de EAD <ul><li>Distância entre os sujeitos sociais </li></ul><ul><li>Atendimento massivo </li></ul><ul><li>Redução de tempo de formação </li></ul><ul><li>Aligeiramento dos processos </li></ul><ul><li>Esvaziamento da formação como prática social </li></ul><ul><li>Desterritorialização da escola </li></ul>

×