Campus São Paulo                                                     Disciplina: Organização da Produção e do Trabalho    ...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Aula 1 opt - estudo de caso 1

2,317 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Aula 1 opt - estudo de caso 1

  1. 1. Campus São Paulo Disciplina: Organização da Produção e do Trabalho Prof. Luciana Data: __/__/20__Aluno: _______________________________________________ Prontuário: _________________ Estudo de Caso: Um gestor temperamental... Autor(a): Sonia Jordão* Imagine que uma empresa contrate um novo gestor que são peça-chave na Empresa, funcionários daqueles quena área comercial com a expectativa de que as vendas são difíceis encontrar outro com tamanha competência. Umaumentem. No início do trabalho, até parece que isso vai daqueles que é preciso fazer de tudo para não perdê-lo.acontecer, mas, com o passar do tempo, os resultados O pior da atitude do gestor é que, quando oalcançados ficam cada dia mais distantes das metas. Mesmo funcionário comete algum erro, ele chama a atenção doo gestor sendo um profissional com um excelente currículo, profissional na frente de seus colegas e de uma forma quecomprometido, trabalhador e responsável, infelizmente, tudo nem lhe permite se justificar. Aí, por medo de errar e serisso não é suficiente: é preciso atingir as metas. chamado a atenção novamente, o profissional deixa também Mas por que será que o gestor, ainda que bem de tomar novas atitudes, tentar inovar. Isso porque sabe quequalificado, não conseguiu atingir as metas? Ele não sabe. E se cometer qualquer erro, acabará vendo uma explosão doquando é demitido tem uma sensação terrível, mas mesmo gestor e se recebe uma repreensão sente-se arrasado.assim tenta não se sentir um fracassado. Acredita que bons A alta direção toma conhecimento do acontecido eprofissionais não ficam desempregados e é consciente de seu como acreditam que é possível conseguir resultadosvalor e de seu potencial. Por isso, prepara-se para procurar positivos sem impor nada, mostra ao gestor que ele não estáum novo emprego. Atualiza seu currículo, envia para agindo de acordo com os valores da organização. Avisamdiversas empresas e o cadastra em alguns sites. que mesmo vendendo muito, isso não é suficiente para o Quando é chamado para alguma entrevista busca gestor permanecer na empresa. Resolvem, então, lhe dar umaconhecer a empresa para se sentir mais preparado. Pensa que última oportunidade.não ter conseguido bons resultados não é motivo para O gestor pensa: o que fazer? Sem resultados édesanimar. Porém, está consciente que se não der certo dessa demitido. Com resultados também corre o risco de servez, sua carreira correrá sérios riscos. demitido mais uma vez... Consegue uma vaga na área comercial e, após alguns Ao analisar bem o problema descobre quemeses, aumenta as vendas significativamente. Procura atualmente a liderança na base do “comando e controle” nãodefender os interesses da Empresa onde trabalha, para que obtém o mesmo resultado de há alguns anos atrás.tenha lucratividade, mas também consegue defender osinteresses dos clientes junto a Empresa. É muito bom Seus pensamentos se articulam e se refletem nasnegociador e tem a empatia como ponto forte de suas seguintes questões:características. Depois de um tempo na empresa, recebe uma 1. Quando o líder comete um erro deve ou não pedir perdão?reclamação de seu principal cliente. Verifica o que aconteceu O reconhecimento do erro ajuda na recuperação da dignidadee descobre que a reclamação procede: o setor de produção e na mudança de atitude?cometeu um erro. Resolve ir até a produção para informar o 2. Quem pretende ser um vencedor na vida, como deveque havia ocorrido e preparar o pessoal para que corrijam o encarar seus erros?problema. Chama algumas pessoas da equipe de produção 3. Os erros dos subordinados justificam o erro do líder?para discutirem a melhor solução e, à medida que explica o 4. Como evitar a reação por impulso e refletir sobre aque aconteceu, aumenta seu nervosismo. Não consegue solução mais adequada, com a cabeça fria?entender como cometeram aquele erro, e justamente com seu 5. Como motivar os subordinados? Como prestigiá-los eprincipal cliente. Sem conseguir dominar seus sentimentos, desafiá-los?quando menos se espera grita com o funcionário que ele 6. Como corrigir os erros dos subordinados?acredita ter cometido o erro. Depois de dizer tudo que achaser importante, acalma-se um pouco e volta para suasatividades. Texto baseado no conteúdo do romance corporativo “E agora, Venceslau? - Como deixar de ser um líder explosivo” de autoria de Sonia Jordão. Quando explode, o gestor temperamental acredita Fonte: *Sonia Jordão é especialista em liderança, palestrante, consultoraque está com a razão e não percebe que sua forma de falar empresarial e escritora. Autora de diversos livros sobre liderança.magoa as pessoas. Em alguns casos, ele briga com pessoas Fonte: B2B Magazine. 09/05.

×