SOP – SERVIÇO DE ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA A ÉTICA COMO PRINCÍPIO EDUCATIVO PAULO FREIRE
A minha abertura ao querer bem significa a minha disponibilidade à alegria de viver.
<ul><li>Justa alegria de viver, que se assumida plenamente, não permite que me transforme num ser ‘adocicado’ nem tampouco...
<ul><li>A atividade docente de que a discente não se separa é uma experiência alegre por natureza. </li></ul>
Ensinar e aprender não podem dar-se fora da procura, fora da boniteza e da alegria.
Homens e mulheres são seres programados, mas para aprender.E. portanto, para ensinar, para conhecer, para intervir, que me...
<ul><li>Como prática essencialmente humana jamais pude entender a educação como uma experiência fria, sem alma, em que os ...
FORMAÇÃO DE PROFESSORES 2008 <ul><li>ÉTICA E PEDAGOGIA DA AUTONOMIA </li></ul><ul><ul><li>NÃO HÁ DOCÊNCIA SEM DISCÊNCIA </...
<ul><li>O EDUCADOR E AS NOVAS TECNOLOGIAS </li></ul><ul><ul><li>OFICINAS PRÁTICAS PARA CAPACITAÇÃO DE EDUCADORES PARA USO ...
<ul><li>CICLO DE PALESTRAS   (SETEMBRO DE 2008) </li></ul><ul><ul><li>ASSUNTOS DE INTERESSES DA COMUNIDADE EDUCATIVA (FAMÍ...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Sop – ServiçO De OrientaçãO PedagóGica

4,016 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
4,016
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
35
Actions
Shares
0
Downloads
25
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Sop – ServiçO De OrientaçãO PedagóGica

  1. 1. SOP – SERVIÇO DE ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA A ÉTICA COMO PRINCÍPIO EDUCATIVO PAULO FREIRE
  2. 2. A minha abertura ao querer bem significa a minha disponibilidade à alegria de viver.
  3. 3. <ul><li>Justa alegria de viver, que se assumida plenamente, não permite que me transforme num ser ‘adocicado’ nem tampouco num ser arestoso e amargo . </li></ul>
  4. 4. <ul><li>A atividade docente de que a discente não se separa é uma experiência alegre por natureza. </li></ul>
  5. 5. Ensinar e aprender não podem dar-se fora da procura, fora da boniteza e da alegria.
  6. 6. Homens e mulheres são seres programados, mas para aprender.E. portanto, para ensinar, para conhecer, para intervir, que me faz entender a prática educativa como um exercício constante em favor da produção e do desenvolvimento da autonomia dos educadores e dos educandos.
  7. 7. <ul><li>Como prática essencialmente humana jamais pude entender a educação como uma experiência fria, sem alma, em que os sentimentos e as emoções, os desejos, os sonhos devessem ser reprimidos por uma espécie de ditadura reacionalista. Nem tampouco jamais compreendi a prática educativa como uma experiência a que faltasse o rigor em se que gera a necessária disciplina intelectual. </li></ul><ul><li>Educação deve formar gente mais gente! </li></ul>PAULO REGLUS NEVES FREIRE 19/09/1921- 02/05/1997
  8. 8. FORMAÇÃO DE PROFESSORES 2008 <ul><li>ÉTICA E PEDAGOGIA DA AUTONOMIA </li></ul><ul><ul><li>NÃO HÁ DOCÊNCIA SEM DISCÊNCIA </li></ul></ul><ul><ul><li>ENSINAR NÃO É TRANSFERIR CONHECIMENTO </li></ul></ul><ul><ul><li>ENSINAR É UMA ESPECIFICIDADE HUMANA </li></ul></ul><ul><ul><li>OFICINAS DE CONSTRUÇÃO DE BLOG’S (05 DE ABRIL DE 2008) </li></ul></ul><ul><ul><li>OFICINAS DE VIDEOMAKER (19 DE ABRIL DE 2008) </li></ul></ul>
  9. 9. <ul><li>O EDUCADOR E AS NOVAS TECNOLOGIAS </li></ul><ul><ul><li>OFICINAS PRÁTICAS PARA CAPACITAÇÃO DE EDUCADORES PARA USO DE NOVAS TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO </li></ul></ul><ul><ul><li>POWERPOINT </li></ul></ul><ul><ul><li>VIDEO E FOTO (PUBLICAÇAO E EDIÇÃO) </li></ul></ul><ul><ul><li>BLOG’s </li></ul></ul>
  10. 10. <ul><li>CICLO DE PALESTRAS (SETEMBRO DE 2008) </li></ul><ul><ul><li>ASSUNTOS DE INTERESSES DA COMUNIDADE EDUCATIVA (FAMÍLIAS, ALUNOS, EDUCADORES) </li></ul></ul><ul><li>INCENTIVO À PARTICIPAÇÃO DE ENCONTROS, PALESTRAS, CURSOS </li></ul><ul><li>INCENTIVO À FORMAÇÃO PERMANENTE </li></ul><ul><li>QUALIFICAÇÃO DOS HORÁRIOS DE TRABALHO PEDAGÓGICO SEMANAIS </li></ul>

×