Missão e Valores no Setor de Papel e Celulose Brasília - 18.04.2006 Madeira 2006
Setor de Papel e Celulose Base Florestal Sustentabilidade Diferencial Competitivo Biodiversidade  Responsabilidade  Socioa...
Pesquisa & Desenvolvimento <ul><li>Melhoramento Clássico </li></ul><ul><li>Foco  – Rendimento em Celulose. </li></ul><ul><...
Práticas Silviculturais Viveiros SP & BA  32 milhões mudas/ano Redução Consumo Água Silvicultura  Plantio: 40 mil ha/ano C...
Responsabilidade Socioambiental Principais Programas Corredores Centrais Corredores de Mata Atlântica - interligação de fr...
Responsabilidade Socioambiental Principais Programas Recomposição de Reservas Programa de Restauração Ambiental de Áreas A...
Responsabilidade Socioambiental Organização não governamental criada em 1999.  Atua em parceria com outras instituições, e...
Desenvolvimento Social Principais Indicadores - Bahia IDH Mucuri :  1991 - 161º lugar;  2001 – 35º lugar  (entre os municí...
Potencial de Novos Negócios Mercado de Carbono Chicago Climate Exchange – CCX Bolsa de Mercadoria que  administra um progr...
O que é a SUZANO?
Grupo Suzano Informações Gerais <ul><li>PAPEL e CELULOSE </li></ul><ul><li>Receitas: US$ 900 milhões </li></ul><ul><li>Val...
Suzano Papel e Celulose Projeto Mucuri - Expansão 1.000 1.250 mil toneladas 1. 1 00 <ul><li>Acesso à matéria-prima a custo...
Suzano Papel e Celulose Principais Produtos & Mercados Plantios de Eucalipto   187 mil hectares Celulose de Mercado  530 m...
Suzano Papel e Celulose Unidade de Negocio Florestal Área Total Area : 444.000 ha Área Plantada Total: 187.000 ha A SUZANO...
Unidade de Negócio Florestal  Suzano Papel e Celulose   Luiz Cornacchioni Gerente de Planejamento, Meio Ambiente, Pesquisa...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

A Indústria Brasileira de Celulose e Papel, por Luiz Cornachioni, Gerente de Planejamento e Desenvolvimento da Suzano Papel e Celulose

3,136 views

Published on

MADEIRA 2006 Congresso Brasileiro de Desenvolvimento Sustentável para a Indústria de Base Florestal e de Geração de Energia, 18 e 19 de Abril, Blue Tree Park Brasília.

Published in: Business, Technology
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
3,136
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
21
Actions
Shares
0
Downloads
40
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

A Indústria Brasileira de Celulose e Papel, por Luiz Cornachioni, Gerente de Planejamento e Desenvolvimento da Suzano Papel e Celulose

  1. 1. Missão e Valores no Setor de Papel e Celulose Brasília - 18.04.2006 Madeira 2006
  2. 2. Setor de Papel e Celulose Base Florestal Sustentabilidade Diferencial Competitivo Biodiversidade Responsabilidade Socioambiental Harmonia P&D Práticas Silviculturais Responsabilidade Socioambiental Investimentos – US$ 20 MM Incremento IMA – 2,5% a 3% a.a. Setor - Variabilidade de Material Genético Base Florestal: .Renovável .Sustentável .Florestas PLantadas Programas Ambientais Fóruns Internacionais Fóruns Nacionais
  3. 3. Pesquisa & Desenvolvimento <ul><li>Melhoramento Clássico </li></ul><ul><li>Foco – Rendimento em Celulose. </li></ul><ul><li>Espécies Puras e Híbridos. </li></ul><ul><li>Rede Experimental – 800 experimentos, 3.100 ha. </li></ul><ul><li>5 Estados da Federação. </li></ul><ul><li>Incremento de IMA – 3,8% a.a. </li></ul><ul><li>Manejo Florestal </li></ul><ul><li>Solos e Nutrição – níveis de produtividade  silvicultura de precisão. </li></ul><ul><li>Rede Experimental – base recomendações técnicas. </li></ul><ul><li>Biotecnologia </li></ul><ul><li>Laboratório – cultura de tecidos, marcadores moleculares, técnicas de transformação gênica. </li></ul><ul><li>Parceria - Instituições de Pesquisa e Universidades Nacionais e Internacionais. </li></ul>
  4. 4. Práticas Silviculturais Viveiros SP & BA 32 milhões mudas/ano Redução Consumo Água Silvicultura Plantio: 40 mil ha/ano Cultivo Mínimo Abastecimento Colheita Mecanizada 5 milhões m³/ano Plantios 187 mil ha Fomento Área – 66 mil ha Fomentados – 1.130 Abastecimento – 15% Meta 2007 – 20 % a 25% Existência Programa – 33 anos
  5. 5. Responsabilidade Socioambiental Principais Programas Corredores Centrais Corredores de Mata Atlântica - interligação de fragmentos no sul da Bahia e norte do Espírito Santo. Parceiros The Nature Conservancy, IBAMA, International Conservancy, MMA, SOS Mata Atlântica.
  6. 6. Responsabilidade Socioambiental Principais Programas Recomposição de Reservas Programa de Restauração Ambiental de Áreas Alteradas – Regeneração Natural, Enriquecimento das Áreas em Processo de Regeneração, Plantio de Espécies Nativas (preenchimento e diversidade). Monitoramento da Água Água Superficial e Subterrânea – qualidade da água x atividades silviculturais. Análise Laboratorial das amostras de água. Microbacia Hidrográfica – estudar as interações do cultivo do eucalipto com o recurso ÁGUA. Monitoramento da Flora Levantamento Florístico e Fitossociológico – estudar estágio ecológico de sucessão das florestas. Monitoramento do Manejo Silvicultural – estudar a interação silvicultura x qualidade ambiental. Mata Atlântica – preservação de áreas e espécies.
  7. 7. Responsabilidade Socioambiental Organização não governamental criada em 1999. Atua em parceria com outras instituições, empresas, poder público e universidades nas áreas de educação e meio ambiente, com ênfase no desenvolvimento do ser humano e na preservação da natureza. Parque das Neblinas – Bertioga (SP) Extensão 2.800 ha <ul><li>Vizinho do Parque Estadual da Serra do Mar (Reserva da Biosfera da Mata Atlântica e Patrimônio da Humanidade – UNESCO). </li></ul><ul><li>Atividades: </li></ul><ul><li>Investigações Científicas; </li></ul><ul><li>RPPN – Reserva Particular do Patrimônio Nacional; </li></ul><ul><li>Centro de Visitação – Educação Ambiental, Trilhas Ecológicas. </li></ul>
  8. 8. Desenvolvimento Social Principais Indicadores - Bahia IDH Mucuri : 1991 - 161º lugar; 2001 – 35º lugar (entre os municípios baianos). Compromisso SUZANO com o desenvolvimento econômico e social das regiões onde atua
  9. 9. Potencial de Novos Negócios Mercado de Carbono Chicago Climate Exchange – CCX Bolsa de Mercadoria que administra um programa piloto voluntário para redução de emissões e negociação de gases causadores do efeito estufa na América do Norte, com a participação de fornecedores de créditos de carbono do Brasil. Locais Credenciados para Trocas <ul><li>Suzano – Membro Participante CCX </li></ul><ul><li>Membro desde Outubro de 2004. </li></ul><ul><li>Primeira Produtora de Celulose 100% Eucalipto a ser membro da CCX. </li></ul><ul><li>Créditos de Carbono Suzano: </li></ul><ul><li>2003- 2006: 5 milhões ton CO 2. </li></ul><ul><li>Correspondente a 40 mil ha. </li></ul><ul><li>Plantios Bahia e Espírito Santo. </li></ul><ul><li>Nordeste do Brasil. </li></ul>* Cotação do Crédito (Mar./06) - US$ 2.10/ton CO 2 <ul><li>Membros CCX - Setor Base Florestal </li></ul><ul><ul><li>Aracruz Celulose S.A. </li></ul></ul><ul><ul><li>International Paper </li></ul></ul><ul><ul><li>Klabin S.A. </li></ul></ul><ul><ul><li>MeadWestvaco Corp. </li></ul></ul><ul><ul><li>StoraEnso North America </li></ul></ul><ul><ul><li>VCP </li></ul></ul><ul><ul><li>Cenibra </li></ul></ul>
  10. 10. O que é a SUZANO?
  11. 11. Grupo Suzano Informações Gerais <ul><li>PAPEL e CELULOSE </li></ul><ul><li>Receitas: US$ 900 milhões </li></ul><ul><li>Valor de Mercado: US$ 1.5 bilhões </li></ul><ul><li>Ativos: US$ 2.3 bilhões </li></ul><ul><li>EBITDA: US$ 350 MM </li></ul><ul><li>PETROQUÍMICA </li></ul><ul><li>Receitas: US$ 860 milhões (1) </li></ul><ul><li>Valor de Mercado: US$ 600 milhões </li></ul><ul><li>Ativos: US$ 962 milhões (1) </li></ul><ul><li>EBITDA: US$ 135 milhões (1) </li></ul>... por meio das empresas que tenham a primeira ou segunda posição no mercado. SÓLIDA GERAÇÃO DE CAIXA FOCO E INDEPENDÊNCIA DAS OPERAÇÕES (1) Dados 2004 – inclui participação pro-forma de 100% da Polibrasil. Atuação em dois segmentos dotados de vantagens comparativas globais sustentáveis…
  12. 12. Suzano Papel e Celulose Projeto Mucuri - Expansão 1.000 1.250 mil toneladas 1. 1 00 <ul><li>Acesso à matéria-prima a custos competitivos (madeira) </li></ul><ul><li>Planta Industrial com Escala Global </li></ul><ul><li>Tecnologia incorporada às máquinas, equipamentos e processos de produção </li></ul><ul><li>Acesso a capital a custos competitivos </li></ul>Fatores de Competitividade A Indústria de Papel e Celulose é globalizada e caracterizada pela presença de grandes empresas integradas, que participam de toda cadeia produtiva. Desta forma, reduções de custo e aumentos de produtividade são essenciais para reforçar a posição competitiva das empresas. Potencial
  13. 13. Suzano Papel e Celulose Principais Produtos & Mercados Plantios de Eucalipto 187 mil hectares Celulose de Mercado 530 mil ton/ano Papel Cartão 230 mil ton/ano #1 no Brasil – 17% Papel Imprimir e Escrever 870 mil ton/ano  Mercado Externo – 49% Mercado Interno – 51% Receitas Líquidas 2005* – US$ 1,05 bilhões * Incluindo a aquisição da Ripasa. Não Revestidos: #1 no Brasil - 48% Revestidos: #2 no Brasil – 10%
  14. 14. Suzano Papel e Celulose Unidade de Negocio Florestal Área Total Area : 444.000 ha Área Plantada Total: 187.000 ha A SUZANO contribui para o desenvolvimento econômico e social do Brasil, mantendo operações em 5 Estados da Federação. PLANTADO TOTAL ESTADO 115 194 Bahia/ ES 20 51 Minas Gerais 50 87 São Paulo 2 112 Maranhão Plantios de Eucaliptos (mil ha)
  15. 15. Unidade de Negócio Florestal Suzano Papel e Celulose Luiz Cornacchioni Gerente de Planejamento, Meio Ambiente, Pesquisa & Desenvolvimento [email_address] www.suzano.com.br

×