Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Princípios Estratigráficos

  • Be the first to comment

Princípios Estratigráficos

  1. 1. Princípios Estratigráficos<br />Escola Secundária de Bocage<br />Ciências Naturais – 7º ano<br />2010/ 2011<br />Prof. Gabriela Bruno<br />In: http://3.bp.blogspot.com/_9tDUa9Cf1D0/TKuKjVvK_JI/AAAAAAAAABk/A2QnCWGTN_w/s1600/4621565518_13949214f8.jpg<br />
  2. 2. Princípios Estratigráficos<br />Com o decorrer do tempo geológico, os sedimentos depositados vão sendo recobertos por novos sedimentos e tendem a agrupar-se formando camadas geralmente horizontais – Estratos.<br />Ao longo do tempo geológico, os estratos vão sendo comprimidos pelo peso dos sedimentos que se vão depositando. As rochas sedimentares são sujeitas a um aumento de pressão e de temperatura.<br />In: http://sites.google.com/site/geologiaebiologia/_/rsrc/1223390974199/biologia-e-geologia-10%C2%BA/a-medida-do-tempo-e-a-idade-da-terra/sedimenta%C3%A7%C3%A3o.jpg?height=242&width=4200<br />
  3. 3. Os estratos sedimentares formam-se horizontalmente, isto é, os sedimentos depositam-se na horizontal à medida que vão chegando à bacia de sedimentação, por efeito gravítico.<br />Princípios Estratigráficos<br />Princípio da Horizontalidade<br />
  4. 4. Princípios Estratigráficos<br />Estratos ou Camadas<br />Tecto<br />Diferem uns dos outros pela:<br />Cor<br /> Composição<br />Granulometria<br />Cada estrato novo que se forma, sobrepõe-se aos mais antigos, comprimindo-os.<br />In: http://www.fing.edu.uy/ia/deptogeom/libro/capitulo10/imagen/areniscas.jpg<br />Muro<br />
  5. 5. Princípios Estratigráficos<br />Princípio da Horizontalidade<br />A acumulação de sedimentos ocorre quase sempre na horizontal.<br />
  6. 6. Princípios Estratigráficos<br />A deformação dos estratos é posterior à sua deposição.<br />
  7. 7. Princípios Estratigráficos<br />Princípio da Horizontalidade<br />Estratos Horizontais<br />Estratos Dobrados<br />Qualquer fenómeno que altere a horizontalidade é posterior à deposição dos estratos.<br />
  8. 8. Princípios Estratigráficos<br />Como se formam as dobras?<br />In: http://www.netxplica.com/figuras_netxplica/exanac/geologia/dobra.caracterizacao.arealeditores.png<br />Tipos de dobras<br />In: http://www.netxplica.com/figuras_netxplica/exanac/geologia/dobra.caracterizacao.arealeditores.png<br />Elementos da dobra<br />Quando submetidas a forças, as rochas cedem, deformando-se.<br />Originam dobras.<br />
  9. 9. Princípios Estratigráficos<br />Como se formam as dobras?<br />Almograve<br />
  10. 10. Princípios Estratigráficos<br />Como se formam as falhas?<br />Se a pressão exercida é contínua, a rocha atinge o seu limite de plasticidade e cede, fracturando. <br />Origina falhas.<br />In: http://4.bp.blogspot.com/_1DFiakBT6X4/TAuB_GfWdeI/AAAAAAAAAUA/X7LF9P9WkwI/s400/FOR%C3%87AS.png<br />
  11. 11. In: http://i196.photobucket.com/albums/aa14/Inibace_2007/falha1.png<br />Princípios Estratigráficos<br />Como se formam as falhas?<br />In: http://4.bp.blogspot.com/_M92LcOwA-ys/Ss4j6bBK6SI/AAAAAAAAAC8/TDORVqUoyzU/s320/clip_image001.jpg<br />
  12. 12. Princípios Estratigráficos<br />Princípio da Sobreposição<br />Numa sequência estratigráfica não deformada, um estrato mais recente sobrepõe-se a um estrato mais antigo.<br />Os estratos serão tanto mais antigos, quanto mais profundos se encontrarem e tanto mais recentes quanto mais superiormente se encontrarem na sequência estratigráfica.<br />
  13. 13. Princípios Estratigráficos<br />E<br />Mais antiga que C, D e E<br />D<br />C<br />Mais recente que A<br />Princípio da Sobreposição<br />B<br />A<br />Qualquer camada é mais recente que a que lhe serve de base e mais antiga do que a que se lhe sobrepõe.<br />
  14. 14. Princípios Estratigráficos<br />Princípio da Sobreposição de Estratos<br />Permite-nos relacionar a idade dos diferentes estratos através da sua posição relativa.<br />Permite determinar a Idade Relativa dos Estratos<br />
  15. 15. Princípios Estratigráficos<br />Princípio da Sobreposição de Estratos<br />Este princípio não se aplica a camadas deformadas ou invertidas.<br />Essa deformação é sempre posterior à deposição de camadas.<br />Praia do Castelejo<br />
  16. 16. Princípios Estratigráficos<br />Princípio da Sobreposição de Estratos<br />A existência de lacunas devido à erosão torna difícil a datação relativa dos estratos.<br />Praia do Telheiro<br />
  17. 17. Princípios Estratigráficos<br />Princípio da Identidade Paleontológica<br />Os estratos que possuem fósseis de idadetêm a mesma idade desses fósseis.<br />D<br />C<br />O estrato C é da mesma idade das Amonites – Era Mesozóica<br />B<br />A<br />O estrato A é da mesma idade das Trilobites – Era Paleozóica<br />
  18. 18. Princípios Estratigráficos<br />Princípio da Identidade Paleontológica<br />Dois estratos têm a mesma idade se contiverem o mesmo fóssil de idade.<br />Se os estratos possuírem a mesma associação de fósseis pode concluir-se que se formaram:<br /><ul><li>mais ou menos ao mesmo tempo;
  19. 19. em áreas com ambientes semelhantes.</li></li></ul><li>A velocidade e as condições de sedimentação variam ao longo do tempo. <br />Podem ocorrer períodos de interrupção de sedimentação. <br />Se as rochas afloram durante essa interrupção, podem ser emersas e erodidas. <br />Posteriormente, quando a sedimentação prosseguir, devido a nova imersão, forma-se um estrato que assenta numa superfície erodida. A essa superfície dá-se o nome de superfície de descontinuidade. <br />Princípios Estratigráficos<br />Superfícies de Descontinuidade<br />
  20. 20. As grandes descontinuidades no registo geológico, marcadas pela ausência de camadas mais ou menos espessas, designam-se por discordâncias estratigráficassimples oulacunas.<br />Discordâncias estratigráficasangularessão explicadas por ausência de sedimentaçãono local ou por erosão de camadas que existiam.<br />Princípios Estratigráficos<br />Superfícies de Descontinuidade<br />
  21. 21. Princípios Estratigráficos<br />Superfícies de Descontinuidade<br />In: http://2.bp.blogspot.com/_5KWaDOE8x8U/SS8hdq02vGI/AAAAAAAAACE/EfX0yFOMeyc/s400/estratigrafia.total86.coppy.jpg<br />Lacuna estratigráfica.<br />Discordância Angular<br />
  22. 22. Um estrato tem sempre a mesma idade ao longo de toda a sua extensão, independentemente da ocorrência da variação horizontal (lateral) de fácies. <br /> Deste modo, uma camada limitada por um muro (base) e por um tecto (topo) e definida por uma certa fácies, tem a mesma idade ao longo de toda a sua extensão lateral.<br />Princípios Estratigráficos<br />Princípio da Continuidade Lateral<br />
  23. 23. Princípios Estratigráficos<br />Princípio da Continuidade Lateral<br />a- Calcário<br />b- Argila<br />c- Arenito<br />d- Conglomerado<br />Há uma passagem gradual de litologias ao longo de cada estrato.<br />As diferentes fácies materializam os diferentes ambientes de sedimentação existentes.<br />
  24. 24. Princípios Estratigráficos<br />Princípio da Continuidade Lateral<br />É possível estabelecer correlações entre sequências sedimentares de locais distintos, mesmo quando afastadas vários quilómetros. <br />
  25. 25. Sempre que uma estrutura é intersectada por outra, a que intersecta é mais recente.<br />São exemplos as fracturas, as falhas e as intrusões magmáticas.<br />Princípios Estratigráficos<br />Princípio da Intersecção<br />
  26. 26. Princípios Estratigráficos<br />Princípio da Intersecção<br />A intrusão é mais recente do que os estratos A, B, C, D e E.<br />O filão é mais recente do que todas as outras formações dado que as intersecta.<br />
  27. 27. Princípios Estratigráficos<br />Coluna Estratigráfica<br />Corresponde à ordenação vertical dos estratos e acontecimentos.<br />+ recente<br />Filão<br />G<br />Intrusão magmática I<br />Erosão <br />Deformação = estratos inclinados<br />…<br />E<br />D<br />C<br />B <br />+ antigo<br />A<br />
  28. 28. O estrato que apresenta a inclusão é mais recente que os fragmentos do estrato incluído.<br />Fragmentos de rocha incorporados ou incluídos numa outra rocha–  encraves ou xenólitos – são mais antigos do que a rocha que os engloba.<br />São exemplos: <br />Fragmentos de rochas antigas em rochas sedimentares mais recentes; <br />Porções de rochas mais antigas no seio de intrusões ou extrusões magmáticas.<br />Princípios Estratigráficos<br />Princípio da Inclusão<br />
  29. 29. Princípios Estratigráficos<br />Princípio da Inclusão<br />Na intrusão C existem fragmentos das camadas A e B.<br />As camadas A e B são mais antigas do que a intrusão C.<br />
  30. 30. Os fenómenos geológicos existentes na actualidade são idênticos aos que ocorreram no passado;<br />Os acontecimentos geológicos do passado, explicam-se através dos mesmos processos naturais que se observam na actualidade;<br />“O presente é a chave do passado". <br />Princípios Estratigráficos<br />Princípio do Actualismo ou das Causas Actuais<br />
  31. 31. Princípios Estratigráficos<br />Princípio do Actualismo ou das Causas Actuais<br />In: http://4.bp.blogspot.com/_fWMESRR3nAk/SOEfQWsHS_I/AAAAAAAAAAs/4yNHcOIjFkc/s1600/1.jpg<br />In: http://3.bp.blogspot.com/_NsPu2ZuzSN8/S6ouNAH6N8I/AAAAAAAAAVo/JTtbz8SVfZw/s1600/page-1.jpg<br />
  32. 32. Princípios Estratigráficos<br />Exercícios:<br /><ul><li>Qual é o estrato mais antigo?
  33. 33. E
  34. 34. Qual é o estrato mais recente?
  35. 35. A
  36. 36. Qual foi o princípio em que te baseaste?
  37. 37. Princípio da sobreposição dos estratos</li></li></ul><li>Princípios Estratigráficos<br />Exercícios:<br /><ul><li>Quais são os estratos com a mesma idade?
  38. 38. B e G
  39. 39. D, I e N
  40. 40. E, K e P
  41. 41. Qual foi o princípio em que te baseaste?
  42. 42. Princípio da identidade paleontológica.</li></li></ul><li>Princípios Estratigráficos<br />Exercícios:<br /><ul><li>Explica porque razão não é possível aplicar o Princípio da Sobreposição dos Estratos?
  43. 43. Porque as camadas não se encontram na horizontal.</li></li></ul><li>Princípios Estratigráficos<br />Exercícios:<br /><ul><li>O que é que é mais antigo o filão ou as camadas A, B e C?
  44. 44. As camadas A, B e C são mais antigas do que o filão.
  45. 45. Justifica a tua resposta.
  46. 46. Porque o filão intersecta as camadas A, B e C.</li></ul>Filão<br />
  47. 47. Princípios Estratigráficos<br />Exercícios:<br />Constrói a sequência estratigráfica.<br />E<br />Erosão F<br />Falha D<br />C<br />B<br />A<br />
  48. 48. Princípios Estratigráficos<br />Exercícios:<br />Constrói a sequência estratigráfica.<br />Erosão<br />Dobra<br />4<br />3<br />2<br />1<br />
  49. 49. Princípios Estratigráficos<br />Exercícios:<br />Constrói a sequência estratigráfica.<br />7<br />6<br />Erosão<br />Dobra<br />4<br />3<br />2<br />1<br />
  50. 50. Princípios Estratigráficos<br />Exercícios:<br />Sequência:<br />7<br />6<br />Erosão<br />Dobra<br />4<br />3<br />2<br />1<br />
  51. 51. Princípios Estratigráficos<br />Exercícios:<br />Indica as idades relativas das camadas que contêm fósseis.<br />Mais recente<br />Quais foram os princípios estratigráficos em que te baseaste?<br />Princípio da identidade paleontológica e Princípio da sobreposição dos estratos.<br />Da mesma idade<br />Mais antiga<br />
  52. 52. Princípios Estratigráficos<br />Exercícios:<br />Quais são os estratos com a mesma idade?<br />J e P<br />C, F e M<br />
  53. 53. Princípios Estratigráficos<br />Exercícios:<br />Constrói a sequência estratigráfica.<br />A<br />B / E / L <br />C / F / M<br />D / G / N<br />H<br />I / O<br />J / P<br />Q<br />R<br />
  54. 54. Princípios Estratigráficos<br />Exercícios:<br />Depósito vulcânico<br />Constrói a sequência estratigráfica.<br />Erosão<br />Falha F<br />4<br />3<br />2<br />1<br />Erosão<br />Dobra<br />
  55. 55. Princípios Estratigráficos<br />Exercícios:<br />Qual é a idade de i?<br /><ul><li>A intrusão magmática i representa o acontecimento mais recente visto que intersecta todas as camadas.</li></li></ul><li>Hamblin, W.K. & Christiansen, E.H. (1995). Earth’s Dynamic Systems. Prentice Hall, London. 7a ed. <br />Allegré, C. (1987). Da Pedra à Estrela. Edições Dom Quixote, Lisboa.<br />http://www.ufrgs.br/geociencias/cporcher/Atividades%20Didaticas_arquivos/Geo02001/Tempo%20Geologico.htm<br />http://www.slideshare.net/catir/princpios-estratigrficos<br />http://www.slideshare.net/teresacondeixa/01-formao-de-sequncias-de-estratos-tc0910<br />http://miguelcorreia25.terapad.com/index.cfm?fa=contentGeneric.zaiqzvdpdskryaxg&pageId=207958<br />Princípios Estratigráficos<br />Bibliografia<br />

    Be the first to comment

    Login to see the comments

  • DalilaPlens

    May. 14, 2019
  • ManoelMarquesMaciel

    Jul. 8, 2019
  • kennedymorangomagalhaes

    Aug. 31, 2019
  • SolangeFortes1

    Sep. 4, 2019
  • DanielaFernandes158

    Oct. 29, 2019
  • adrianacouto7965

    Jan. 25, 2020
  • CatarinaDias89

    Apr. 22, 2020
  • caramujofernando

    Apr. 30, 2020
  • AnaCris3

    May. 5, 2020
  • FlorivalAzougado

    Oct. 29, 2020
  • NliaSousa

    Nov. 1, 2020
  • DeodouroJanurio

    Jan. 11, 2021
  • KelvinMaluleke

    Feb. 19, 2021
  • slmauricio

    Mar. 12, 2021
  • FilomenaVC

    Mar. 14, 2021
  • AnaMesquita36

    Mar. 15, 2021
  • 100001064791484

    Mar. 25, 2021
  • GiovanaBartalini

    Apr. 26, 2021
  • LuanaMartins83

    May. 9, 2021
  • BiaTamburini

    May. 13, 2021

Views

Total views

72,575

On Slideshare

0

From embeds

0

Number of embeds

1,365

Actions

Downloads

36

Shares

0

Comments

0

Likes

107

×