Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

FT4 - Morfologia dos Fundos Oceânicos

6,241 views

Published on

Published in: Education

FT4 - Morfologia dos Fundos Oceânicos

  1. 1. Ciências Naturais 7º Ano Prof. Gabriela Bruno Escola Secundária de Bocage Ficha de Trabalho nº 4– Morfologia dos Fundos Oceânicos Ciências Naturais 7º Ano Nome - N.º - Turma - 1. Lê atentamente o texto e observa a figura 1. Aproximadamente dois terços da superfície da terra encontram-se abaixo dos oceanos. Antes do século XIX, as profundidades dos oceanos eram matéria de pura especulação, e a maioria das pessoas pensava que o fundo dos oceanos era relativamente liso e sem quaisquer aspectos relevantes. A exploração oceânica, durante os tempos seguintes, melhorou profundamente o nosso conhecimento sobre os fundos dos oceanos e a sua expansão. Sabemos agora que a maioria dos processos geológicos que ocorrem na Terra está ligada, directamente ou indirectamente, à dinâmica dos fundos oceânicos. I – Relevo Submarino Através da utilização de técnicas como o sonar e de veículos-robôs foi possível construir um modelo da morfologia do fundo dos oceanos. Figura. 1 - Morfologia do fundo dos oceanos em corte transversal. O estudo do relevo submarino sugere que as rochas do fundo se formam a partir de materiais libertados nos riftes, que se expandem pela planície e se afundam nas fossas, expansão que é acompanhada, portanto pelo movimento do fundo oceânico. Os riftes são mais frequentes nos fundos oceânicos, mas ocorrem, por vezes, nos continentes (ex: Rifte continental de Aftar). 1.1. Após leitura do texto e observação atenta da figura 1, faz a ligação entre as letras dos termos da coluna I e as afirmações da coluna II. COLUNA I COLUNA II A - Plataforma Continental Depressões muito profundas, no seguimento dos taludes. São zonas onde há destruição da crosta oceânica. ____ B - Talude Continental É o fundo do oceano, com superfície relativamente plana, com excepção de algumas zonas, onde podem surgir elevações tão altas que chegar à superfície e formar ilhas. ____ C - Fossa Abissal ou Zona de Subducção É um declive pouco acentuado que prolonga os continentes para baixo das águas oceânicas. ____ D - Planície Abissal Abertura profunda e estreita que existe no meio das dorsais oceânicas, de onde permanentemente se liberta material que renova a crosta oceânica. ____ E - Dorsal Média Oceânica Declive que se segue à plataforma continental, até centenas ne metros de profundidade. E marca a separação entre crosta continental e oceânica. ____ F - Rifte Cordilheira montanhosa constituída por cristas aguçadas, alinhadas de um e de outro lado da região central – rifte. ____

×