Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Introdução ao Processo Civil

2,277 views

Published on

Published in: Education
  • Be the first to comment

Introdução ao Processo Civil

  1. 1. Módulo Jurídico: TEORIA e ESQUEMAS EXPLICATIVOS Direito Processual Civil – Processo de Conhecimento Profª Lilian Pereira da Cunha INTRODUÇÃO AO PROCESSO CIVIL1. Noções Normas substanciais nem sempre são obedecidas. − Caso não haja a solução amigável. − Havendo a transgressão. Problemática: − Insatisfação individual. − Inconveniente social (atinge o império da lei e da paz social). Necessidade de instrumentos capazes: − De permitir a certificação de quem é o real titular do direito e − De fazer valer a vontade concreta da lei. Jurisdição − Poder de ditar a solução concreta para os litígios surgidos da vida em comunidade. − Monopólio do Estado: Poder Jurisdicional Necessidade: − De instrumento destinado a permitir que o Estado possa impor uma solução ao conflito não resolvido pelos próprios interessados: direito processual civil. ♦ Ramos do direito para disciplinar o exercício da jurisdição. ♦ Disciplina o desenvolvimento da relação processual. − Da criação e da regulamentação de instrumento técnico para o exercício da jurisdição: Processo2. Conceito e Abrangência Direito Processual Civil. É o ramo do direito público que se encarrega de regular o exercício, os contornos e a própria aplicação da jurisdição extrapenal. − Sistema de princípio e leis (normas). − Regulamentam o exercício da jurisdição. − Leis de natureza civil. ♦ Excluem-se as de natureza penal. ♦ Quanto às jurisdições especiais (eleitoral e trabalhista), estas possuem compilações processuais próprias (Código Eleitoral e Consolidação das Leis Trabalhistas), mas valem do Código de Processo Civil, em caráter subsidiário (havendo compatibilidade). ♦ O Direito Processual Penal também se Val das regras do Código de Processual Civil subsidiariamente (CPP, art. 3º). − Demandas das esferas: ♦ Civil em sentido estrito; ♦ Constitucional; ♦ Administrativa; ♦ Tributárias; 1
  2. 2. Módulo Jurídico: TEORIA e ESQUEMAS EXPLICATIVOS Direito Processual Civil – Processo de Conhecimento Profª Lilian Pereira da Cunha ♦ Entre outras (imobiliário, por exemplo) É o principal instrumento do Estado para o exercício do Poder Jurisdicional.3. Natureza Jurídica do Direito Processual Civil Direito Público. Disciplina o exercício de uma das funções soberanas do estado que é a jurisdição. Supremacia do Estado. − Estado de sujeição dos litigantes. ♦ Sujeição é a impossibilidade de impedir o exercício do poder por outro.4. Objetivos Objetivo Imediato ou Direto. Resguardar a integridade da ordem jurídica, do ordenamento jurídico. − Ao pacificar os conflitos, o Estado cumpre função pública, assegurando o império da lei e da paz social. − Fim principal: resguardar o ordenamento jurídico. Objetivo Mediato ou Subjetivo. Proteger o direito subjetivo das partes (apenas indiretamente). − Veículo de proteção a seus direitos individuais. − Este não é o fim principal do processo, o fazendo o Estado, apenas indiretamente.5. Fontes Fontes são “os canais pelos quais as normas vêm ao mundo jurídico, oriundas da vontade do ente capaz de ditá-las e impô-las ou exigir sua observância” (Cândido Rangel Dinamarco). É o lugar de onde provém os institutos jurídicos e as normas do direito. Espécies Fonte primária − É a lei em seu sentido amplo: ♦ Constituição Federal ♦ Lei federal ♦ Tratados internacionais ♦ Regimentos internos dos Tribunais − Possuem força obrigatória (efeito vinculante). Fontes secundárias ♦ Costumes ♦ Princípios gerais do direito ♦ Jurisprudência ♦ Doutrina − Não tem força obrigatória. ♦ Com exceção da súmula vinculante do STF (CF, art. 103-A) que possui caráter obrigatório. 2
  3. 3. Módulo Jurídico: TEORIA e ESQUEMAS EXPLICATIVOS Direito Processual Civil – Processo de Conhecimento Profª Lilian Pereira da Cunha − Servem de subsídio quando inexistente fonte primária específica para regular o caso concreto. O Código de Processo Civil é o principal diploma que disciplina o ramo do direito em estudo.6. O Código de Processo Civil Lei 5.869 de 11 de janeiro de 1973 Foi objeto de três grandes reformas Abarca cinco grandes livros: − Livro I (arts. 1º a 565) alusivo à fase de conhecimento. − Livro II (arts. 566 a 795) alusiva ao processo de execução dos títulos extrajudiciais. − Livro III (arts. 796 a 889) que regula o processo cautelar geral e as ações cautelares nonimadas. − Livro IV (arts. 890 a 1.210) trata dos procedimentos especiais. − Livro V (arts. 1.211 a 1.220) que se ocupa das disposições finais e transitórias. Outros diplomas legais importantes Podemos citar, dentre outros: − Lei do Mandado de Segurança: Lei 12.016/09 − Lei da Ação de Alimentos: Lei 5.478/68 − Lei dos Juizados Especiais: Lei 9.099/95 A) PARA COMPLEMENTAR LER OS TEXTOS: 1- Introdução ao Processo Civil (Freitas, Aldo Sabino de. Manual de Processo Civil: Editora AB). B) PARA REFLETIR E RESPONDER: 1- Aponte os principais problemas decorrentes da transgressão das leis materiais. 2- Acerca da jurisdição: a) Quais seus principais objetivos? b) Defina jurisdição. c) Quem é o titular do direito de exercê-la? 3- Qual o instrumento utilizado pelo Estado para impor solução ao conflito? 4- Qual instrumento técnico para exercício da jurisdição? 5- Conceitue Direito Processual Civil. 6- O Direito Processual Civil é aplicável a quais conflitos? 7- Quando e de que modo pode-se aplicar o Direito Processual Civil às lides eleitorais, trabalhistas e às penais? 8- Por quais razões o Direito Processual Civil possui natureza de direito público? 9- Explique o significado da expressão “estado de sujeição dos litigantes” estudada. 10- Quais os objetivos do direito processual civil? 11- Analise a seguinte situação: Joaquim ingressou com uma ação judicial contra Geraldo. Ao término do processo o juiz decidiu a ação e julgou os pedidos de Joaquim improcedentes. Nesse caso houve a prestação jurisdicional? Justifique? 12- Como classificam-se as fontes? As fontes são de observância obrigatória? 13- Em que circunstância o aplicador do direito aplicará a fonte secundária? 3
  4. 4. Módulo Jurídico: TEORIA e ESQUEMAS EXPLICATIVOS Direito Processual Civil – Processo de Conhecimento Profª Lilian Pereira da CunhaREFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS DESTE RESUMO:FREITAS, Aldo Sabino de. Manual de Processo Civil: Editora AB.SANTOS, Moacyr Amaral. Primeiras linhas de direito processual civil: Editora Saraiva.THEODORO JUNIOR, Humberto. Curso de Direito Processual Civil: Editora Forense 4

×