Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
TRABALHO            DE     CONCLUSÃO             DE      CURSO         E     PROJETOSEXPERIMENTAIS DO CURSO DE PUBLICIDADE...
O curso de Publicidade e Propaganda mantém uma cópia de cada trabalho de conclusão decurso na biblioteca da instituição pa...
desenvolvimento do mesmo no decorrer do sétimo período.C- O pré-projeto será encaminhado para o Colegiado para apreciação ...
I – Preenchimento de Ficha de Inscrição para a Orientação, com indicação do respectivonúcleo (art. 4)II – Elaboração e ent...
Art. 9º. A unidade curricular Elaboração em Projetos em Comunicação será ministrada nosétimo período do curso de Comunicaç...
trabalho prático será desenvolvido em grupos. A organização da unidade curricular será daseguinte forma:-Caberá ao profess...
o(a) coordenador(a) do curso e ainda dois alunos – um do 7º e um do 8º período, dahabilitação em Publicidade e Propaganda....
Art. 15º. Compete ao Acadêmico-Orientando:I – Cumprir as exigências relativas ao roteiro, calendário e forma de apresentaç...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO E PROJETOS EXPERIMENTAIS DO CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA

4,694 views

Published on

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO E PROJETOS EXPERIMENTAIS DO CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO E PROJETOS EXPERIMENTAIS DO CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA

  1. 1. TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO E PROJETOSEXPERIMENTAIS DO CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDAINTRODUÇÃOO trabalho de Conclusão de Curso é desenvolvido no quarto ano letivo do Curso deComunicação Social na habilitação de Publicidade e Propaganda. Os alunos devemelaborar um trabalho monográfico (individual) ou um Trabalho Prático (em grupos-quantidade mínima e máxima a ser definida de acordo com o número de integrantes dasturmas de cada período de conclusão), ligado à sua área específica de atuação (Publicidadee Propaganda), visando a possibilitar ao aluno uma organização sistemática dosconhecimentos adquiridos durante a sua formação no curso, além de fornecer subsídiospara desenvolver pesquisas e descobrir soluções para a área de Comunicação Social.O Trabalho de Conclusão de Curso consiste em um estudo aprofundado no nível degraduação, sobre determinado tema de interesse, vinculado ao curso ao qual o aluno estaráse bacharelando. O tema é de livre escolha do(s) aluno(s), devendo ter vínculos com aatuação profissional futura ou com o campo da Comunicação Social.Para a disciplina - Projeto Experimental em Publicidade e Propaganda-, um professor comcomprovada competência em orientação e com domínio dos princípios metodológicos depesquisa é designado para, uma vez por semana, reunir todos os acadêmicos em fase deorientação. O objetivo é fornecer o aparato científico para que as pesquisas resultantes nãoestejam restritas a um mero desenvolvimento da técnica publicitária. Da mesma forma, talprofessor encarrega-se de supervisionar o desempenho de professores-orientadores e deorganizar os procedimentos burocráticos da pesquisa, fixando datas, montandocronogramas, distribuindo regulamentos e fazendo com que este seja cumprido.O acadêmico que se encontre sob orientação tem a freqüência regulada pelo professor-orientador, de modo que compareça a encontros com o professor ao menos uma vez porsemana. Ao professor é atribuída a tarefa de relatar à coordenação, com a assinatura doacadêmico, as orientações dadas. O atendimento é feito de forma individual, nasdependências da Instituição, obedecendo os prazos estipulador pelo professor titular deProjeto Experimental em Publicidade e Propaganda.
  2. 2. O curso de Publicidade e Propaganda mantém uma cópia de cada trabalho de conclusão decurso na biblioteca da instituição para consulta geral.Segue abaixo o regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso:REGULAMENTODA NATUREZAArt. 1º. A unidade curricular Projetos Experimentais, de acordo com a Resolução 2/84 doConselho Federal de Educação, compreende a produção de trabalhos em forma demonografia, fita gravada de som e imagem ou de som, filme cinematográfico sonoro,publicação impressa, plano de editoração, planejamento de campanhas publicitárias, que osalunos dos 7º e 8º períodos do Curso de Comunicação Social – habilitação Publicidade ePropaganda deverão cumprir.Art. 2º. A produção de trabalhos a que se refere o Art. 1º deverá ser desenvolvidaindividualmente, no caso da monografia, e em grupo, no caso dos trabalhos práticos. Amonografia contempla as diretrizes da educação no sentido de priorizar e incentivar aprodução científica, e os trabalhos práticos visam estimular a prática da atividadepublicitária, que através da realização em equipes/grupos permite a vivência da realidade domercado e da estrutura que agências e empresas de comunicação adotam.DOS PROCEDIMENTOSArt. 3º.Trabalho monográfico: individualOs alunos deverão desenvolver trabalho monográfico escolhendo temas que tenhamrelação com o universo da comunicação e base teórica nas unidades curricularesconstantes no repertório da matriz curricular do curso de comunicação social – Publicidade ePropaganda.As etapas do desenvolvimento do trabalho monográfico deverão ser as seguintes:A- Elaboração do pré-projeto sob orientação do professor responsável da unidade curricularElaboração em Projetos em comunicação (7º período).B- O pré-projeto será avaliado pelo professor da unidade curricular, que atribuirá nota pelo
  3. 3. desenvolvimento do mesmo no decorrer do sétimo período.C- O pré-projeto será encaminhado para o Colegiado para apreciação e definição doprofessor orientador que acompanhará seu desenvolvimento no 8º período. O aluno indicarátrês docentes, por ordem de preferência, para a orientação do seu respectivo projeto. Aocolegiado caberá analisar e definir o docente mais adequado de acordo com o tema, mesmoque o docente indicado pelo Colegiado não conste na lista encaminhada pelo aluno.D- O projeto, já em estágio avançado no desenvolvimento do conteúdo monográfico, serásubmetido, no final do primeiro período, à avaliação de pré-banca examinadora, compostapor três integrantes do Curso de Comunicação Social – Publicidade e Propaganda daFaculdade Estácio de Sá.E- A entrega, na formatação final, seguindo as normas da ABNT, assim como aapresentação oral do projeto monográfico para nova banca a ser composta por trêsdocentes do Curso de Comunicação social-Publicidade e Propaganda, ocorrerá no períodosubseqüente (8º período), em data a ser agendada pela coordenação do curso.Art. 4º.Trabalho Prático: em grupos (número – mínimo e máximo -de componentes) serádefinido, a cada período, pela Coordenação do Curso, de acordo com a quantidade dealunos a cada ano.Os alunos poderão optar por um dos seguintes núcleos da Publicidade e Propaganda:A-Planejamento de campanha, de comunicação ou de marketingB-MídiaC-Lançamento de produtosD-Pesquisa de mercadoE-Propaganda on line/Projetos multimídias(web site,CD room)F- Programa de identidade visual/foto publicidadeParágrafo único: -todos os núcleos deverão considerar, obrigatoriamente, a criação eprodução das peças publicitárias ou campanhas publicitárias completas, de acordo com aabordagem, necessidade e adequação ao trabalho prático escolhido.-Os trabalhos práticos podem ser decorrentes ou não do tema do trabalho monográfico,assim como também será opcional a utilização de empresa do mercado para seudesenvolvimento. No caso de ser utilizado o mesmo tema do trabalho monográfico, ficaestabelecida a concordância e cedência, por parte do aluno que o desenvolveu no trabalhomonográfico, para a utilização pelo grupo do trabalho prático.Art. 5º.O desenvolvimento dos trabalhos deverão cumprir as etapas seguintes:
  4. 4. I – Preenchimento de Ficha de Inscrição para a Orientação, com indicação do respectivonúcleo (art. 4)II – Elaboração e entrega de Projeto de Pesquisa, contendo:Folha de identificaçãoIntroduçãoObjetivosProblemaHipótesesMetodologiaReferencial teóricoBibliografiaCronogramaOrçamentoIII – Execução do trabalho prático, acompanhado, na entrega e apresentação, de umasíntese por escrito dos objetivos, procedimentos e resultados/soluções propostas.Art. 6º. Os prazos para inscrição e entrega dos Trabalhos de Conclusão de Curso serãoestipulados e divulgados pela coordenação do Curso.Art. 7º. No caso de desenvolvimento de Projetos Experimentais na área de televisão/rádio efotografia, os acadêmicos poderão utilizar a infra-estrutra da Instituição. No entanto, todo omaterial de consumo, como fitas,Cd´s, disquetes, VH´s deve ser adquirido pelo acadêmico,ficando a faculdade impedida de realizar empréstimos ou doações. I - O uso de equipamentos e de funcionários depende de apresentação e aprovação docronograma de trabalho pelo professor-orientador e pelo Colegiado do Curso, sendo que emfinais de semana ou feriados, e em horários fora do horário comercial os acadêmicos devemarcar com as despesas de remuneração dos funcionários.Art. 8º. No caso de monografia, o texto dos Trabalhos de Conclusão de Curso deverãoobedecer às normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), com entrega de4 cópias. Serão exigidas também quatro cópias dos trabalhos práticos. I – Após a defesa e a realização de todos os acertos solicitados pela banca examinadora,o acadêmico deverá encaminhar cópia do trabalho em capa dura para a Biblioteca Central;DA CARGA HORÁRIA
  5. 5. Art. 9º. A unidade curricular Elaboração em Projetos em Comunicação será ministrada nosétimo período do curso de Comunicação Social – Publicidade e Propaganda. Caberá aoprofessor responsável pela unidade curricular a carga horária de 16h/a semanais paraministrar o conteúdo programático referente ao desenvolvimento dos trabalhos de conclusãode curso, o desenvolvimento dos pré-projetos e o levantamento bibliográfico referente aotema selecionado pelo aluno.Caberá ainda ao professor da unidade curricular organizar as indicações de orientadores,encaminhar os pré-projetos para avaliação do Colegiado, organizar/agendar as bancasexaminadoras.No oitavo período, a unidade curricular Projetos Experimentais será coordenada por umprofessor titular, a quem caberá a condução da unidade curricular e a orquestração dostrabalhos desenvolvidos (monográficos e práticos).Ao professor responsável pela unidade curricular caberá o acompanhamento metodológico,no caso da monografia, e a coordenação dos trabalhos práticos, cujo funcionamento estáespecificado no item 9.1.Funcionamento da monografia e dos trabalhos práticos: (oitavo período)-No caso da monografia, caberá aos professores orientadores o acompanhamentoindividual do trabalho monográfico, sob orientação individual do professor orientador, eorientação geral, na parte metodológica, pelo professor responsável pela unidade curricularProjetos Experimentais, do oitavo período. Caberá também ao professor responsável pelaunidade curricular a organização do processo de entrega/apresentação das monografias.Os professores orientadores receberão remuneração por aluno/orientando (remuneração aser definida pela Instituição), considerando o máximo de três projetos monográficos pordocente. Havendo necessidade esse número poderá ser alterado pelo Colegiado. Aoprofessor da unidade curricular caberá carga horária de 35 h/aula semanais.-No caso dos trabalhos práticos: os trabalhos práticos serão desenvolvidos em grupos eterão a seguinte estrutura:-Contemplando a necessidade do trabalho em equipe e do caráter interunidade curricular, o
  6. 6. trabalho prático será desenvolvido em grupos. A organização da unidade curricular será daseguinte forma:-Caberá ao professor responsável pela unidade curricular o encaminhamento do conteúdoprogramático (metodológico e organizacional da unidade curricular) e a coordenação dodesenvolvimento do processo como um todo (monografias e trabalhos práticos)-Haverá a divisão da unidade curricular em setores, a exemplo da estrutura de uma agência,(os setores estão especificados no item 9.2), que ficarão sob a responsabilidade de umprofessor que tenha qualificação/habilidade específica para a respectiva área de atuação.Todos os trabalhos práticos poderão contar com o acompaNhamento de todos osprofessores responsáveis por cada um dos setores, de acordo com anecessidade/especificidade de cada trabalho prático. Os professores de cada setor terãohorários pré-determinados para atendimento dos grupos que necessitarem de suaorientação. A carga horária total da unidade curricular (270h/aula) será divida entre ossetores ( divisão a ser definida pela coordenação do curso de acordo com anecessidade/realidade de cada período/turma).]- Setores:-coordenação da unidade curricular-planejamento-criação-produção RTV-produção on line/mídia e orçamentos- fotografia§ 1º. Tanto a monografia quanto os trabalhos práticos deverão ser entregues eapresentados à banca examinadora a ser constituída para este fim, que atribuirá notaconsiderando a parte escrita e a apresentação/exposição dos projetos.DA COORDENAÇÃOArt. 10º. Deverá ser constituída uma Comissão Especial de Projetos Experimentais quedeterminará a condução geral dos processos/trabalhos.Sua composição deverá considerar: dois professores do Curso de Comunicação Social-Publicidade e Propaganda, o ministrante da unidade curricular Projetos Experimentais e
  7. 7. o(a) coordenador(a) do curso e ainda dois alunos – um do 7º e um do 8º período, dahabilitação em Publicidade e Propaganda.§ 1º – Os dois professores componentes da comissão serão designados pelo Colegiado doCurso no início do período letivo.§ 2º - Os alunos componentes da comissão serão escolhidos por seus pares no início doperíodo.Art. 11º. É atribuição da Comissão referida no Art. 10º:-Acompanhar e assegurar o bom desempenho de todos os envolvidos no processo dostrabalhos de conclusão de curso, buscando assegurar resultados positivos, procedimentoséticos e produções de qualidade.DA ORIENTAÇÃOArt. 12º. O aluno estará sob a responsabilidade de um professor-orientador, entre osprofessores designados (conforme estabelecido anteriormente neste documento deregulamentação), que acompanhará o desenvolvimento do Projeto Experimentalindividualmente (no caso da monografia) e coletivamente (conforme setores do item 9.2), nocaso dos trabalhos práticos, sendo que nos dois casos a coordenação geral do processoserá de responsabilidade do professor responsável pela unidade curricular no decorrer doperíodo.Art. 13º. Os professores do Curso deverão estipular o número de vagas disponíveis paraorientação, de acordo com sua carga horária.Art. 14º. Compete ao Professor-Orientador:I – Orientar o acadêmico no desenvolvimento do trabalho;II– Acompanhar sistematicamente o acadêmico, em sessões de orientação, estabelecendohorários para o atendimento;III- Registrar, em ficha apropriada, o cumprimento das atividades programadas e suarespectiva avaliação periódica;IV – Manter o acadêmico informado a respeito da avaliação periódica.
  8. 8. Art. 15º. Compete ao Acadêmico-Orientando:I – Cumprir as exigências relativas ao roteiro, calendário e forma de apresentação dostrabalhos;II – Comparecer sistematicamente às sessões de orientação, conforme estabelecido peloorientador;III – Executar as atividades solicitadas pelo Professor-Orientador;IV – Manter-se informado a respeito de sua avaliação;V – Comparecer à banca de avaliação.DA AVALIAÇÃOArt. 16º Os Trabalhos de Conclusão serão defendidos diante de banca examinadora, emsessão pública, obedecendo a seguinte ordem:I – Apresentação do acadêmico, pelo professor orientador;II- Exposição verbal do projeto, pelo acadêmico, no caso da monografia, em 30 minutos, epelo grupo de acadêmicos, no caso dos trabalhos práticos, em tempo de 15 minutos;III- Argüição da banca examinadora;V – Abertura para manifestação pública sobre o projeto.VI- Avaliação do Projeto pela banca examinadora, com atribuição de notas, que serãoconvertidas em aprovado (para nota igual ou acima de sete) ou reprovado (para nota inferiora sete);VII- Anúncio da nota final e conceitoArt.17º A banca examinadora será composta por três membros, dois dos quais deverão serdocentes de Comunicação Social.§ 1º – O orientador integra necessariamente a banca na condição de presidente.§ 2º – Um dos membros poderá ser profissional da área, convidado para integrar a banca.Art.18º As datas de defesa dos Projetos Experimentais serão definidas pela comissãoEspecial, submetidas à apreciação do colegiado do Curso.Art.19º Os casos omissos neste regulamento serão analisados pelo Colegiado do Curso deComunicação Social.

×