conversa com o clienteDo Brasil para a AngolaRH da Odilon Santos compartilha o desafio de recrutar profissionais para trab...
novas conquistas    E o trabalho do RH não acaba após o fun-cionário se ambientar em Angola. A empresa             Este es...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Do Brasil para a Angola

1,774 views

Published on

A LG Sistemas conversou com a gerente de RH da Odilon Santos sobre o desafio de recrutar profissionais para trabalhar fora do País.

http://www.lg.com.br/huma

Published in: Career
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,774
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
7
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Do Brasil para a Angola

  1. 1. conversa com o clienteDo Brasil para a AngolaRH da Odilon Santos compartilha o desafio de recrutar profissionais para trabalhar fora do País Foto: divulgação Odilon Santos Mais de 2 mil brasileiros trabalhando em Angola e sendo gerenciadospor profissionais de recursos humanos no Brasil. Esse é um dos maioresdesafios enfrentados pelo RH do Grupo Odilon Santos, responsável aindapor selecionar esses colaboradores dispostos a cruzar o oceano para tra-balhar em outro país. O trabalho com expatriação começou em 2004, quando a Odilon Santosse uniu às empresas angolanas Sunninvest e Genesis para formar o SGO,um grupo que atua no transporte coletivo urbano e rodoviário interestadu-al e na coleta de lixo naquele país. Em função da escassez de mão de obracapacitada para atuar na Angola, a empresa preferiu recrutar profissionaisem Goiânia (GO), cidade sede do Grupo Odilon Santos, e expatriá-los. A gerente de RH do grupo, Wânia Tatagiba, explica que o processo deseleção acontece como qualquer outro, levando em conta a experiênciaprofissional. Após a seleção, o candidato é orientado quanto aos docu-mentos necessários para a solicitação do visto de entrada no País: além dopassaporte, há também os exames exigidos pela Embaixada. A Odilon Santos procura dar aos funcionários selecionados todo o su-porte para minimizar os problemas com a adaptação. Entre os benefíciosoferecidos estão a vinda ao Brasil a cada três meses, moradia, alimentaçãoe planos de saúde e odontológico. No entanto, essas vantagens são apenaspara o funcionário. O programa da Odilon não contempla a família do ex-patriado: “Como a empresa não subsidia a ida da família (esposa e filhos),temos que ter certeza que os colaboradores estão de acordo e preparadospara administrar a ausência e a distância”, conta a gerente de RH. Desafios O maior desafio, segundo Wânia, é mesmo preparar esses profissionais para o choque cultural que irão enfrentar. “Já no início do processo seletivo o candidato à vaga é informado sobre o contexto do país, cidade e empresa onde ele irá trabalhar. Tudo é explicado detalhadamente, já que existem algumas particularidades culturais, climáti- cas e até mesmo na alimentação”, conta Wânia. Além disso, as atividades para as quais são recrutados os profissionais podem ser tanto de natureza operacional quanto de estratégia e liderança. No segundo caso, é preciso encontrar pessoas tolerantes e abertas ao novo, que estejam dispostas a en- tender a diferença cultural para depois sim liderar. Wânia explica que, em se tratando de liderança, a particularidade é o respeito às diferenças culturais do local: “Os líderes precisam entender que eles possuem uma equipe capacitada e dedicada, mas também Wânia Tatagiba, gerente de RH do precisam colocar em primeiro lugar o respeito aos nativos do país e também aos cole- grupo Odilon Santos. gas expatriados. É necessário ter o famoso ‘jogo de cintura’ em situações inusitadas”.Janeiro/Fevereiro 2011 12
  2. 2. novas conquistas E o trabalho do RH não acaba após o fun-cionário se ambientar em Angola. A empresa Este espaço é reservado para a divulgação de algumas empresas que adquiriram,também é responsável por oferecer treinamen- recentemente, a solução da LG. Empresas que se tornaram clientes com essatos e ajudar no desenvolvimento dos trabalha- aquisição ou que já eram e adquiriram outros módulos.dores. Através desses programas, profissionaisangolanos também têm a oportunidade de seremtreinados e de aumentar não só o desempenho Perfil: é o principal grupo de comunicação do centro-norteprofissional, como também a interação com os com 26 veículos em Goiás, Tocantins e Distrito Federal,brasileiros, proporcionando mais qualidade no in- abrangendo as mídias TV, jornal, rádio e internet.tercâmbio cultural. Nº de funcionários: 1.500 Módulos adquiridos: My Way, FPW Recrutamento e Seleção, FPW Currículo Web, FPW Treinamento e FPW Cargos e Salários Benefícios para todos Cliente da LG desde: agosto de 2005 Para Wânia, os benefícios desse programa são Já utilizava os módulos: FPW Reports, FPW Folha de Pagamento e FPW Medicina emuitos, tanto para a empresa como para os co- Segurança do Trabalholaboradores que aceitam o desafio: “Para a Odilon Expectativas: “Maior rapidez e eficiência nas ações do RH em seus subsistemas. EssaSantos é um projeto totalmente inovador. Apesar automação contribuirá com a aplicação dos recursos de RH, melhor aproveitamentoda vasta experiência no ramo de transporte cole- dos talentos internos e externos e nos aproximará ainda mais dos nossos colabora-tivo e rodoviário conquistada com os mais de 70 dores” – Paulo Pansini, coordenador de relações humanas.anos de experiência, os desafios são inéditos. Parao trabalhador funciona da mesma forma, dandoa oportunidade do profissional expandir e aplicarseus conhecimentos”. Além disso, ao contrário de outros programas,o profissional é livre para permanecer no País o Perfil: a CEITEC S.A. é uma empresa pública federaltempo que desejar. Como não chega a ser um in- ligada ao Ministério da Ciência e Tecnologia. Otercâmbio, já que o funcionário é contratado pela investimento feito na CEITEC S.A. tem como um deSGO e não pela Odilon Santos, a duração depende seus objetivos principais o desenvolvimento da indústria eletrônica brasileira atravésexclusivamente do interesse das partes envolvi- da implantação de uma base sólida no setor de semicondutores.das: “Tanto para o trabalhador, no desenvolvimento Nº de funcionários: 120de suas atividades, quanto para a empresa, na ne- Módulos adquiridos: FPW Reports, FPW Folha de Pagamento e FPW Pontocessidade da mão de obra”, acrescenta a gerente Cliente da LG desde: janeiro de 2011de RH. Expectativas: “Temos a expectativa de que o Sistema da LG contribua com as atividades de todos os subsistemas de recursos humanos, gerando informações fidedignas e de qualidade, facilitando e subsidiando a Gestão de Pessoas da CEITEC S.A.” – Tatiana Marques Machado, gerente de recursos humanos. O Grupo Odilon Santos é hoje um dos maiores con- glomerados de empresas Perfil: no mercado nordestino desde 1972, o Supermerca- do País e surgiu em 1938, do Nordestão possui atualmente sete lojas no Rio Grande quando o jovem Odilon do Norte. Hoje é o principal grupo supermercadista do Santos montou a Expresso Estado, com destaque nacional em diversas áreas. Pontal. Atualmente o grupo Nº de funcionários: 2.750 integra empresas nos ra- Últimos módulos adquiridos: FPW Medicina e Segurança do Trabalho mos rodoviário, alimentício Cliente da LG desde: maio de 2010 e de comunicação. Já utilizava os módulos: My Way, FPW Reports, FPW Folha de Pagamento, FPW Ponto e É cliente da LG Sistemas FPW Recrutamento e Seleção desde outubro de 2006 e possui os módulos Expectativas: “A LG nos proporcionou um sistema que integra as áreas que compõe FPW Reports, FPW Folha de Pagamento, FPW o RH, importante suporte para as decisões gerenciais. Com a urgência na tomada de Medicina e Segurança do trabalho, FPW Recru- decisão, se faz necessário que as informações estejam agrupadas e ordenadas, por isso, nossa expectativa é que o sistema nos traga rapidez nas ações e economia de tempo” – tamento e Seleção, FPW Currículo Web, FPW Rosane da Silva, gerente de recursos humanos. Treinamento e FPW Cargos e Salários. Mosaico 13

×