Helmintíases

10,591 views

Published on

1 Comment
1 Like
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
10,591
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1,405
Actions
Shares
0
Downloads
133
Comments
1
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Helmintíases

  1. 1. Helmintías es
  2. 2. Barriga d’água ou esquistossomose• Agente causador – Schistosoma mansoni• Ciclo cutâneo-fecal (heteróxeno) - Homem (HD) - Caramujo Biomphalaria (HI)
  3. 3. Sintomas• Problemas no fígado, baço e intestino;• Diarréias, dores abdominais e emagrecimento;• Hepatoesplenomegalia ;• Ascite;• Dermatites cercarianas e coceiras.
  4. 4. Ciclo
  5. 5. Profilaxia• Tratamento de doentes;• Melhoria das condições sócio-econômicas;• Utilização de redes de esgoto ou fossas sanitárias;• Educação sanitária (higiene);• Combate ao caramujo (moluscocidas ou controle biológico);• Evitar contato com lagoas contaminadas.
  6. 6. Teníase (solitária)• Agente causador – Taenia solium e Taenia saginata (adulto)• Ciclo oral-fecal (heteróxeno) - Homem (HD) - Porco ou boi (HI)
  7. 7. Sintomas• Dor abdominal, dor de cabeça;• Diarréia, flatulência, aumento ou perda do apetite;• Fraqueza e palidez.
  8. 8. Ciclo
  9. 9. Profilaxia• Tratamento de doentes;• Higiene;• Saneamento básico;• Inspeção de carnes em abatedouros;• Consumo de carnes suínas ou bovinas e seus derivados bem cozidos.
  10. 10. Cisticercose• Causador – cisticerco ( larva da tênia do porco).• Ciclo oral-fecal – Homem atua como hospedeiro intermediário.• Contaminação – ingestão de ovos de Taenia solium.• O cisticerco pode alojar-se nos olhos, músculos, pele ou cérebro, podendo ser fatal.• Profilaxia – higiene e saneamento básico.
  11. 11. Ascaridíase• Causador – Ascaris lumbricoides ( lombriga)• Ciclo monóxeno – Homem (HD)• “oral-fecal”• Considerada a parasitose mais prevalente no mundo
  12. 12. NematelmintosAscaridíase
  13. 13. Ascaridíase
  14. 14. Sintomas• Ação espoliadora, subnutrição;• Urticária, convulsões, reações alérgicas;• Obstrução intestinal;• Desconforto abdominal;• Infecção pulmonar, tosse e febre.
  15. 15. Profilaxia• Educação sanitária.• Construção de fossas sépticas.• Tratamento de doentes.• Higiene.• Lavar bem frutas e verduras.• Filtrar ou ferver a água.
  16. 16. Amarelão, ancilostomose ou necatoriose• Causador – Ancylostoma duodenale Necator americanus• Ciclo monóxeno – Homem (HD) “cutâneo-fecal”
  17. 17. Sintomas• Anemia devido à espoliação sanguínea.• Dermatites.• Dor abdominal.
  18. 18. Profilaxia “faça como o Jeca-Tatu”• Utilização de calçados.• Tratamento do esgoto.• Higiene.• Tratamento dos doentes.
  19. 19. » Larva migra ou bicho geográfico : é uma doença causada pelo Ancylostoma caninum e Ancylostoma brasiliense, parasita encontrado em cães e gatos.» Em ambientes quentes e úmidos, os ovos do parasita, que podem ser encontrados nas fezes de cães e gatos, liberam as larvas, que penetram na pele de seres humanos, onde migram, provocando lesões semelhantes a linhas de um mapa. Depois de algumas semanas as larvas morrem.» A prevenção é o tratamento dos cães e gatos. A incineração das fezes infectadas, a proibição de animais nas praias e limpeza periódica de parques.
  20. 20. Dermatite pruriginosa Agente etiológico: Ancylostoma brasiliensis - Região subcutânea - Penetração ativa da larva
  21. 21. Enterobiose ou oxiurose• Causador – Enterobius vermicularis ( oxiúro)• Ciclo monóxeno – Homem (HD) “oral-fecal”• Comum em crianças com menos de 5 anos - auto-infestação
  22. 22. Sintomas• Prurido anal, perturbação do sono e congestão anal. Profilaxia• Higiene e saneamento básico.
  23. 23. Elefantíase ou Filariose• Causador – Wuchereria bancrofti• Transmissor – mosquito Culex• Ciclo heteróxeno – Homem(HD), Culex(HI)• 120 milhões de infectados
  24. 24. Sintomas• Hipertrofia de membros superiores, membros inferiores, mamas e testículos.
  25. 25. Filariose
  26. 26. Profilaxia• Tratamento de doentes.• Combate ao mosquito – uso de telas de proteção, inseticidas ou controle biológico.

×