Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Aula sobre conceitos básicos de rastreamento - UFOP - Disciplina MFC (MED195)

1,092 views

Published on

SAVASSI, LCM; Rastreamento: Conceitos Básicos. Ouro Preto: UFOP, 2017. Aula [online] [disponível em: https://sites.google.com/site/leosavassi] [acesso em ##/##/20##]

Published in: Healthcare
  • DOWNLOAD THIS BOOKS INTO AVAILABLE FORMAT (2019 Update) ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... Download Full PDF EBOOK here { https://soo.gd/irt2 } ......................................................................................................................... Download Full EPUB Ebook here { https://soo.gd/irt2 } ......................................................................................................................... Download Full doc Ebook here { https://soo.gd/irt2 } ......................................................................................................................... Download PDF EBOOK here { https://soo.gd/irt2 } ......................................................................................................................... Download EPUB Ebook here { https://soo.gd/irt2 } ......................................................................................................................... Download doc Ebook here { https://soo.gd/irt2 } ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... ................................................................................................................................... eBook is an electronic version of a traditional print book THIS can be read by using a personal computer or by using an eBook reader. (An eBook reader can be a software application for use on a computer such as Microsoft's free Reader application, or a book-sized computer THIS is used solely as a reading device such as Nuvomedia's Rocket eBook.) Users can purchase an eBook on diskette or CD, but the most popular method of getting an eBook is to purchase a downloadable file of the eBook (or other reading material) from a Web site (such as Barnes and Noble) to be read from the user's computer or reading device. Generally, an eBook can be downloaded in five minutes or less ......................................................................................................................... .............. Browse by Genre Available eBooks .............................................................................................................................. Art, Biography, Business, Chick Lit, Children's, Christian, Classics, Comics, Contemporary, Cookbooks, Manga, Memoir, Music, Mystery, Non Fiction, Paranormal, Philosophy, Poetry, Psychology, Religion, Romance, Science, Science Fiction, Self Help, Suspense, Spirituality, Sports, Thriller, Travel, Young Adult, Crime, Ebooks, Fantasy, Fiction, Graphic Novels, Historical Fiction, History, Horror, Humor And Comedy, ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... .....BEST SELLER FOR EBOOK RECOMMEND............................................................. ......................................................................................................................... Blowout: Corrupted Democracy, Rogue State Russia, and the Richest, Most Destructive Industry on Earth,-- The Ride of a Lifetime: Lessons Learned from 15 Years as CEO of the Walt Disney Company,-- Call Sign Chaos: Learning to Lead,-- StrengthsFinder 2.0,-- Stillness Is the Key,-- She Said: Breaking the Sexual Harassment Story THIS Helped Ignite a Movement,-- Atomic Habits: An Easy & Proven Way to Build Good Habits & Break Bad Ones,-- Everything Is Figureoutable,-- What It Takes: Lessons in the Pursuit of Excellence,-- Rich Dad Poor Dad: What the Rich Teach Their Kids About Money THIS the Poor and Middle Class Do Not!,-- The Total Money Makeover: Classic Edition: A Proven Plan for Financial Fitness,-- Shut Up and Listen!: Hard Business Truths THIS Will Help You Succeed, ......................................................................................................................... .........................................................................................................................
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • DOWNLOAD THAT BOOKS INTO AVAILABLE FORMAT (2019 Update) ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... Download Full PDF EBOOK here { http://bit.ly/2m6jJ5M } ......................................................................................................................... Download Full EPUB Ebook here { http://bit.ly/2m6jJ5M } ......................................................................................................................... Download Full doc Ebook here { http://bit.ly/2m6jJ5M } ......................................................................................................................... Download PDF EBOOK here { http://bit.ly/2m6jJ5M } ......................................................................................................................... Download EPUB Ebook here { http://bit.ly/2m6jJ5M } ......................................................................................................................... Download doc Ebook here { http://bit.ly/2m6jJ5M } ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... ................................................................................................................................... eBook is an electronic version of a traditional print book that can be read by using a personal computer or by using an eBook reader. (An eBook reader can be a software application for use on a computer such as Microsoft's free Reader application, or a book-sized computer that is used solely as a reading device such as Nuvomedia's Rocket eBook.) Users can purchase an eBook on diskette or CD, but the most popular method of getting an eBook is to purchase a downloadable file of the eBook (or other reading material) from a Web site (such as Barnes and Noble) to be read from the user's computer or reading device. Generally, an eBook can be downloaded in five minutes or less ......................................................................................................................... .............. Browse by Genre Available eBooks .............................................................................................................................. Art, Biography, Business, Chick Lit, Children's, Christian, Classics, Comics, Contemporary, Cookbooks, Manga, Memoir, Music, Mystery, Non Fiction, Paranormal, Philosophy, Poetry, Psychology, Religion, Romance, Science, Science Fiction, Self Help, Suspense, Spirituality, Sports, Thriller, Travel, Young Adult, Crime, Ebooks, Fantasy, Fiction, Graphic Novels, Historical Fiction, History, Horror, Humor And Comedy, ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... .....BEST SELLER FOR EBOOK RECOMMEND............................................................. ......................................................................................................................... Blowout: Corrupted Democracy, Rogue State Russia, and the Richest, Most Destructive Industry on Earth,-- The Ride of a Lifetime: Lessons Learned from 15 Years as CEO of the Walt Disney Company,-- Call Sign Chaos: Learning to Lead,-- StrengthsFinder 2.0,-- Stillness Is the Key,-- She Said: Breaking the Sexual Harassment Story That Helped Ignite a Movement,-- Atomic Habits: An Easy & Proven Way to Build Good Habits & Break Bad Ones,-- Everything Is Figureoutable,-- What It Takes: Lessons in the Pursuit of Excellence,-- Rich Dad Poor Dad: What the Rich Teach Their Kids About Money That the Poor and Middle Class Do Not!,-- The Total Money Makeover: Classic Edition: A Proven Plan for Financial Fitness,-- Shut Up and Listen!: Hard Business Truths that Will Help You Succeed, ......................................................................................................................... .........................................................................................................................
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Be the first to like this

Aula sobre conceitos básicos de rastreamento - UFOP - Disciplina MFC (MED195)

  1. 1. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Rastreamento Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO www.medicina.ufop.br 27/11/2017
  2. 2. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto O termo rastreamento, derivado do inglês screening, vem da ideia de peneira – do inglês sieve –, rica em furos. Todos os programas possuem resultados falso-positivos e falso- negativos. No rastreamento, exames ou testes são aplicados em pessoas sadias. (BRASIL, 2010) Conceito
  3. 3. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto • Aplicação de um teste para detectar uma condição ou doença potencial numa pessoa que não tenha sintomas conhecidos dessa doença ou condição – Anamnese (tabagismo) – Exame físico (ausculta cardíaca – sopros) – Estudo laboratorial (colesterol) – Procedimento (retossigmoidoscopia) Conceito
  4. 4. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Abordagem de alto risco Classificar pessoas e selecionar o grupo de alto risco para se aplicar uma medida preventiva. Grande atrativo: intervenção é apropriada ao indivíduo, forte motivação para adoção da intervenção, os profissionais de saúde também estão motivados e existe um uso racional do recurso (custo-efetividade). Por ser grupo de alto risco, as intervenções se justificam, ou seja, em tese essa abordagem trás mais benefícios do que danos ao paciente (ROSE, 1985). Conceito
  5. 5. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Abordagem populacional Abordagem radical, tentativa de eliminação da suscetibilidade, possui grande alcance na população e é comportamentalmente apropriada. Exemplos: imunização, o uso de cinto de segurança e a orientação para MEV. Aborda toda população = maioria das pessoas são saudáveis Paradoxo da prevenção: a estratégia preventiva populacional que traz mais benefícios para a saúde da população oferece poucas vantagens para cada participante individualmente (ROSE, 1985). Conceito
  6. 6. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Detecção precoce (câncer) Na área oncológica, o diagnóstico precoce é uma estratégia que possibilita terapias mais simples e efetivas, ao contribuir para a redução do estágio de apresentação do câncer. Por essa razão, o conceito de diagnóstico precoce é por vezes nomeado de down-staging (WHO, 2007). É importante que a população em geral e os profissionais de saúde reconheçam os sinais de alerta dos cânceres mais comuns passíveis de melhor prognóstico se descobertos no início. (BRASIL, 2010). Conceito
  7. 7. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Detecção precoce (câncer) Conceito (WHO,2007;BRASIL,2010)
  8. 8. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Características do teste de rastreio: – Alta sensibilidade e alta especificidade. – Testes simples, baratos e seguros. – Nenhum teste é absolutamente seguro. – O “rastreio de massa” em pessoas saudáveis apresenta problemas potenciais (falsos-positivos) – O rastreio deve ser direcionado para pacientes que mais se beneficiem, com acompanhamento garantido. [Harvard Medical School de Portugal] António Vaz Carneiro
  9. 9. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Critérios para um Programa de Rastreio GUSSO & LOPES Rastreamento. TMFC 2013 Características da doença - Impacto significativo (Saúde Pública) - Período assintomático durante o qual a detecção é possível - Melhores desfechos se o tratamento ocorre no período assintomático
  10. 10. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Critérios para um Programa de Rastreio GUSSO & LOPES Rastreamento. TMFC 2013 Características do teste de rastreio - Sensibilidade suficiente para detectar doença no período assintomático - Especificidade suficiente para minimizar os resultados falso-positivos - Exame aceitável para as pessoas
  11. 11. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Critérios para um Programa de Rastreio GUSSO & LOPES Rastreamento. TMFC 2013 Características da população rastreada - Prevalência suficientemente alta que o justifique - Cuidados médicos acessíveis para o problema - Pessoas dispostas a aderir ao processo de investigação e tratamento;
  12. 12. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Critérios para um Programa de Rastreio 1. A doença deve representar um problema de saúde pública relevante, considerando magnitude, transcendência e vulnerabilidade; 2. A história natural da doença/ problema deve ser bem conhecida; 3. Há um estágio pré-clínico (assintomático) bem definido, no qual a doença possa ser diagnosticada; 4. O benefício da detecção/ tratamento precoce com o rastreio é maior do que se a condição fosse tratada ao diagnóstico; 5. Os exames que detectam a condição clínica no estágio assintomático são disponíveis, aceitáveis e confiáveis; 6. O custo do rastreamento/ tratamento de uma condição deve ser razoável e compatível com o orçamento do sistema de saúde; 7. O rastreamento deve ser um processo contínuo e sistemático. Wilson e Jungner, 1968 In: [Cadernos da Atenção Básica 29] Rastreamento
  13. 13. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Rastreamento: viés • Principais viéses de estudos de rastreamento – Viés de Diluição: quem deveria ser incluído no rastreamento não o recebe – Viés de Contaminação: quem não deveria ser incluído no rastreamento o recebe – Viés de Seleção: população do estudo não condiz com a população a qual o teste será aplicado
  14. 14. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Rastreamento: viés Tempo de antecipação ou tempo ganho Fletcher, 2008
  15. 15. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Rastreamento: viés – Tempo de duração: maior intervalo pré-clínico = doença de menor agressividade = maior sobrevida Fletcher, 2008
  16. 16. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Rastreamento: viés – Viés de sobrediagnóstico
  17. 17. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Rastreamento: viés Choosing WIsely
  18. 18. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Wilson e Jungner, 1968 In: [Cadernos da Atenção Básica 29] Rastreamento • Viés de sobrediagnóstico/ dano Rastreamento: viés THIS IS HOW OVERDIAGNOSIS OCCURS
  19. 19. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto • 1ª lição: Prevenir é caro, e nem sempre é melhor que remediar. Prevenir pode causar ansiedade, medo, incerteza... e o exame preventivo pode causar dano per se ou pelas consequências diretas dele.
  20. 20. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Usando a Epidemiologia Clínica
  21. 21. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto O valor “normal” de um exame, por convenção, inclui 95% da população saudável -3σ -2 σ -1 σ 0 1 σ 2 σ 3 σ 68,2% 95,0% 99,7% O que é isto?
  22. 22. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Ponto de corte Glicemia (mg/dL)50 100 126 140 Diabéticos Não Diabéticos 18090 Ponto de corte
  23. 23. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Ponto de corte Glicemia (mg/dL)50 100 126 140 Diabéticos Não Diabéticos 18090 Ponto de corte
  24. 24. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Ponto de corte Glicemia (mg/dL)50 100 126 140 Diabéticos Não Diabéticos 18090 Ponto de corte
  25. 25. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto O aumento do ponto de corte leva a: - Aumento de especificidade - Diminuição de sensibilidade A diminuição do ponto de corte leva a: - Diminuição de especificidade - Aumento de sensibilidade Ponto de corte
  26. 26. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto • 2ª lição: CUIDADO ao aceitar passivamente os pontos de corte de exames propostos em Guidelines. Eles podem te gerar falsas doenças com falsas necessidades (ou a falsa sensação de segurança).
  27. 27. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Probabilidade de um teste ser positivo (ou apresentar valor alterado) sabendo-se que o paciente examinado é doente. É uma característica intrínseca do teste Pode ser calculada a partir da realização do teste em uma população de pessoas sabidamente doentes e verificação do percentual de exames alterados. Sensibilidade
  28. 28. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Doente Sadio inalterado alterado Resultado:
  29. 29. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Doente Sadio inalterado alterado Resultado: Em 100 pacientes doentes, 90 resultados alterados SENSIBILIDADE = 90%
  30. 30. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Probabilidade de um teste ser negativo (ou apresentar valor inalterado) sabendo-se que o paciente examinado não apresenta a doença relacionada à alteração do teste. É uma característica intrínseca do teste Pode ser calculada a partir da realização do teste em uma população de pessoas sadias e verificação do percentual de exames inalterados. Especificidade
  31. 31. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Doente Sadio inalterado alterado Resultado:
  32. 32. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Doente Sadio inalterado alterado Resultado: Em 100 pacientes sadios, 90 resultados inalterados ESPECIFICIDADE = 90%
  33. 33. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Onde está o nosso “olho” ao receber o resultado de um teste de triagem? Teste Positivo Negativo Total Doente a b a+b Não Doente c d c+d Total a+c b+d a+b+c+d O que é isto?
  34. 34. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Suponha: 10% de prevalência de uma doença s=90; e=90 Teste Positivo Negativo Total Doente 10 Não Doente 90 Total 100 Desempenho do teste 9 1 9 81 18 82
  35. 35. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Sensibilidade e especificidade são bons indicadores das qualidades gerais de um teste. Eles não ajudam a decisão da equipe médica que recebendo um paciente com resultado positivo precisa avaliar se o paciente está ou não doente. Isto ocorre por que o cálculo de sensibilidade e especificidade é feito a partir de situações em que há certeza sobre o diagnóstico. Os valores preditivo positivo e negativo refletem a capacidade de um teste em produzir decisões clínicas corretas. Desempenho do teste
  36. 36. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto É a probabilidade de o paciente estar realmente doente quando seu exame tem resultado positivo. Seu valor depende não apenas das características intrínsecas do teste, mas também da prevalência da doença na população. O índice de falso-positivos de um teste em valores percentuais é dado por: 100 – VPP (%) Valor Preditivo Positivo
  37. 37. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Exemplo 1 – valor preditivo positivo População composta por 100 pessoas. A prevalência da doença na população é de 10%. No total: 90 pessoas sadias e 10 pessoas doentes
  38. 38. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Doente Sadio inalterado alterado Resultado:
  39. 39. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Exemplo 1 – valor preditivo positivo Realizado exame laboratorial para todos os pacientes. Características do exame solicitado: Sensibilidade: 90% Especificidade: 90%
  40. 40. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Doente Sadio inalterado alterado Resultado:
  41. 41. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Exemplo 1 – valor preditivo positivo Realizado exame laboratorial para todos os pacientes. Características do exame solicitado: Sensibilidade: 90% Especificidade: 90%
  42. 42. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Doente Sadio inalterado alterado Resultado:
  43. 43. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Doente Sadio inalterado alterado Resultado: 18 exames com resultado alterado
  44. 44. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Doente Sadio inalterado alterado Resultado: 18 exames com resultado alterado Destes apenas 9 são de doentes Valor preditivo positivo = 9x100/18 Valor preditivo positivo = 50%
  45. 45. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Exemplo 2 – valor preditivo positivo População composta por 100 pessoas. A prevalência da doença na população é de 40%. No total: 60 pessoas sadias e 40 pessoas doentes
  46. 46. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Doente Sadio inalterado alterado Resultado:
  47. 47. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Exemplo 2 – valor preditivo positivo Realizado exame laboratorial para todos os pacientes. Características do exame solicitado: Sensibilidade: 90% Especificidade: 90%
  48. 48. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Exemplo 2 – valor preditivo positivo Realizado exame laboratorial para todos os pacientes. Características do exame solicitado: Sensibilidade: 90% Especificidade: 90%
  49. 49. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Doente Sadio inalterado alterado Resultado:
  50. 50. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Exemplo 2 – valor preditivo positivo Realizado exame laboratorial para todos os pacientes. Características do exame solicitado: Sensibilidade: 90% Especificidade: 90%
  51. 51. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Doente Sadio inalterado alterado Resultado:
  52. 52. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Doente Sadio inalterado alterado Resultado: 42 exames com resultado alterado
  53. 53. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Doente Sadio inalterado alterado Resultado: 42 exames com resultado alterado Destes 36 são doentes Valor preditivo positivo = 36x100/42 Valor preditivo positivo = 85,7%
  54. 54. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto • 3ª lição: Conheça a prevalência da doença na sua população. Ela equivale a probabilidade pré-teste de uma doença.
  55. 55. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto É a probabilidade de o paciente não apresentar determinada doença quando seu exame tem resultado negativo. Seu valor depende não apenas das características intrínsecas do teste, mas também da prevalência da doença na população. O índice de falso-negativos de um teste em valores percentuais é dado por: 100 – VPN (%) Valor Preditivo Negativo
  56. 56. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Exemplo 1 – valor preditivo negativo População composta por 100 pessoas. A prevalência da doença na população é de 10%. No total: 90 pessoas sadias e 10 pessoas doentes
  57. 57. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Doente Sadio inalterado alterado Resultado:
  58. 58. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Exemplo 1 – valor preditivo negativo Realizado exame laboratorial para todos os pacientes. Características do exame solicitado: Sensibilidade: 90% Especificidade: 90%
  59. 59. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Exemplo 1 – valor preditivo negativo Realizado exame laboratorial para todos os pacientes. Características do exame solicitado: Sensibilidade: 90% Especificidade: 90%
  60. 60. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Doente Sadio inalterado alterado Resultado:
  61. 61. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Exemplo 1 – valor preditivo negativo Realizado exame laboratorial para todos os pacientes. Características do exame solicitado: Sensibilidade: 90% Especificidade: 90%
  62. 62. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Doente Sadio inalterado alterado Resultado:
  63. 63. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Doente Sadio inalterado alterado Resultado: 82 exames com resultado inalterado
  64. 64. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Doente Sadio inalterado alterado Resultado: 82 exames com resultado inalterado Destes 81 não apresentam a doença
  65. 65. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Doente Sadio inalterado alterado Resultado: Valor preditivo negativo = 81x100/82 Valor preditivo negativo = 98,8%
  66. 66. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Exemplo 2 – valor preditivo negativo População composta por 100 pessoas. A prevalência da doença na população é de 40%. No total: 60 pessoas sadias e 40 pessoas doentes
  67. 67. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Doente Sadio inalterado alterado Resultado:
  68. 68. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Exemplo 2 – valor preditivo negativo Realizado exame laboratorial para todos os pacientes. Características do exame solicitado: Sensibilidade: 90% Especificidade: 90%
  69. 69. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto 2.4. Exemplo 2 – valor preditivo negativo Realizado exame laboratorial para todos os pacientes. Características do exame solicitado: Sensibilidade: 90% Especificidade: 90%
  70. 70. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Doente Sadio inalterado alterado Resultado:
  71. 71. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto 2.4. Exemplo 2 – valor preditivo negativo Realizado exame laboratorial para todos os pacientes. Características do exame solicitado: Sensibilidade: 90% Especificidade: 90%
  72. 72. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Doente Sadio inalterado alterado Resultado:
  73. 73. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Doente Sadio inalterado alterado Resultado: 58 exames com resultado inalterado
  74. 74. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Doente Sadio inalterado alterado Resultado: 58 exames com resultado inalterado Destes, 54 não apresentam a doença Valor preditivo negativo = 54x100/58 Valor preditivo negativo = 93,1%
  75. 75. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto • 4ª lição: Além de conhecer a prevalência, descubra os VPP e VPN dos testes que você usa. Eles são mais úteis que sensibilidade e especificidades em sua Unidade de Saúde.
  76. 76. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto O “check-up” • Probabilidade normal O valor “normal” de um exame, por convenção, inclui 95% da população saudável -3σ -2 σ -1 σ 0 1 σ 2 σ 3 σ 68,2% 95,0% 99,7%
  77. 77. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto • Probabilidade de um achado anormal, em uma pessoa saudável = 1-p, ou seja, 1- 0,95 = 0,05 O “mito do check-up”
  78. 78. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto O “mito do check-up” • Probabilidade de pelo menos um exame com resultado falso (3 exames) = (1-p)x 3 – [(1-p)(1-p)x3] – [(1-p)(1-p)(1-p)] = (0,05)x3 – [(0,05x0,05)x3) – (0,05x0,05x0,05) = 0,15 – 0,0075 – 0,00000125 = 14,249875%
  79. 79. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto O “mito do check-up” • Probabilidade de pelo menos um exame falso (12 exames) 0,4596 = 45,96%
  80. 80. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto • 5ª lição: “Prevenir [em quantidade] [também] não é melhor que remediar”. Muitos exames significam muitas chances de erro do laboratório.
  81. 81. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Mensagens finais
  82. 82. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Importante saber: • Quando e quais doenças “rastrear”? – Doenças que tenham repercussões potencialmente graves – Doenças de prevalência elevada. – Necessariamente doenças que se conheça bem a história natural e para as quais exista tratamento adequado. [Harvard Medical School de Portugal] António Vaz Carneiro
  83. 83. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Utilize ... • «Apps»
  84. 84. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto
  85. 85. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto • Exemplo final
  86. 86. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto Teste Positivo Negativo Total Doente Não Doente Total 1000 Brincando de estatísticas
  87. 87. [Oficina Exames de Rastreio] Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto OBRIGADO Leonardo C M Savassi savassi@medicina.ufop.br sites.google.com/site/leosavassi

×