Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Metodologias de Programação IV - Aula 2, Secção 2 - Sequência pedido-resposta de página Web

8,849 views

Published on

Published in: Education
  • Be the first to comment

Metodologias de Programação IV - Aula 2, Secção 2 - Sequência pedido-resposta de página Web

  1. 1. Sequência pedido-respostade página Web<br />2011-2012<br />Metodologias de Programação IV<br />
  2. 2. Código da aplicaçãona máquina-cliente<br />Código da aplicaçãona máquina-servidora<br />Pedidos e respostas através do protocolo HTTP<br />Navegador<br />Servidor Web<br />Sistema operativo<br /> Sistema operativo<br />Sistema de gestão de bases de dados<br />Ficheiros<br />Ficheiros<br />
  3. 3. http://www.tribunalconstitucional.pt/tc/home.html<br />
  4. 4. 1. O utilizador introduz http://www.tribunalconstitucional.pt/tc/home.htmlno navegador<br />2. O navegador faz um pedido HTTP ao servidor Web, pedindo a página http://www.tribunalconstitucional.pt/tc/home.html<br />3. O servidor abre o ficheiro home.html respectivo e devolve-o como parte da resposta HTTP.<br />(Pedido de conteúdo estático)<br />
  5. 5.
  6. 6.
  7. 7.
  8. 8.
  9. 9. Imagens<br />Scripts<br />Folhas de estilos<br />
  10. 10. 1. O utilizador introduziu http://www.tribunalconstitucional.pt/tc/home.htmlno navegador<br />5. O navegador fez 23 pedidos HTTP adicionais (1 por cada imagem, script, etc.). Podem ser a servidores diferentes.<br />2. O navegador fez um pedido HTTP ao servidor Web, pedindo a página http://www.tribunalconstitucional.pt/tc/home.html<br />4. O navegador apresentou a página correspondente ao código HTML recebido no pedido.<br />6. À medida que foi recebendo as respostas HTTP, o navegador foi apresentando as imagens e demais elementos.<br />3. O servidor abriu o ficheiro home.html respectivo e devolveu-o como parte da resposta HTTP.<br />
  11. 11. 6 (sim, também 6). O navegador foi executando o código client-side da página (JavaScript, geralmente) que pode por si só gerar também mais pedidos HTTP ao servidor (ao mesmo ou a outros).<br />
  12. 12.
  13. 13. 1. O utilizador introduz http://www.utad.pt/pt/index.asp no navegador<br />2. O navegador faz um pedido HTTP ao servidor Web, pedindo a página http://www.utad.pt/pt/index.asp<br />3. <br />
  14. 14. 1. O utilizador introduz http://www.utad.pt/pt/index.asp no navegador<br />2. O navegador faz um pedido HTTP ao servidor Web, pedindo a página http://www.utad.pt/pt/index.asp<br />3. O servidor Web executa o código do ficheiro index.asp e produz a resposta HTTP, que pode conter código HTML ou outro, inclusivamente binários.<br />(Pedido de conteúdo dinâmico)<br />
  15. 15.
  16. 16. Leituras associadas<br />Web ApplicationArchitecture, Second Edition<br />Cap. 3: “Birth of theWeb: HTTP”, págs. 29 a 34.<br />HypertextTransferProtocol -- HTTP/1.1<br />http://www.w3.org/Protocols/rfc2616/rfc2616.html<br />
  17. 17. Terminologiado protocolo HTTP<br />Próxima secção<br />

×