Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Texto narrativo e as suas categorias 7ºano

9,458 views

Published on

Published in: Education
  • Be the first to comment

Texto narrativo e as suas categorias 7ºano

  1. 1. Madalena Fernandes ESPAN, Queluz – 2013/14
  2. 2. É um texto em que se narram acontecimentos/ações (histórias) reais ou imaginários/as, desencadeados/as por personagens, situadas num determinado tempo e espaço. Estes acontecimentos ou estas ações são narrados/as por um narrador.
  3. 3. Relevo:  Principal:  Secundária: Estrutura:  Introdução:  Desenvolvimento:  Desenlace ou conclusão: Delimitação:  Aberta: não conhecemos a conclusão.  Fechada: conhecemos a conclusão.
  4. 4. Organização das sequências narrativas:  Encadeamento: as sequências sucedem-se segundo a ordem cronológica dos acontecimentos.  Alternância: Duas ou mais acções vão sendo narradas alternadamente.  Encaixe: uma acção é introduzida no meio de outra.
  5. 5. Ex. de encadeamento Ex. de alternância Ex. de encaixe
  6. 6. Relevo/papel:  Principal/protagonista/herói;  Secundária;  Figurante. Conceção:  Plana/modelada: É dinâmica/É estática.  Individual/coletiva: age em nome próprio/Representa um conjunto de indivíduos.  Personagem-tipo: representa um determinado grupo social ou profissional.
  7. 7. Personagem plana Personagem modelada
  8. 8. Processos de caracterização:  Direta: Os traços físicos e/ou psicológicos da personagem são fornecidos explicitamente, quer pela própria personagem (autocaracterização), quer pelo narrador ou por outras personagens (heterocaracterização). Aparece escrito no texto.  Indireta: Os traços característicos da personagem são deduzidos a partir das suas atitudes e comportamentos. O leitor, a partir da sua leitura, deduz como é que é determinada personagem. Não aparece escrito no texto.
  9. 9. Caracterização:  Física: traços fisionómicos, vestuário.  Psicológica: traços psicológicos, de carácter, de comportamento.  Social: grupo social a que pertence.
  10. 10. É onde se realizam o(s) acontecimento(s). O espaço físico: É o espaço real, exterior ou interior, onde as personagens se movem. O espaço psicológico: É o espaço interior da personagem, o conjunto das suas vivências, emoções e pensamentos. O espaço social: Designa o ambiente social em que as personagens se integram. A caracterização deste espaço é feita principalmente pelo recurso aos figurantes.
  11. 11. Espaço social Espaço físico Espaço psicológico
  12. 12. É o momento em que se desenrolam os acontecimentos. O tempo cronológico: Marcas da passagem do tempo – dia, mês, ano, etc. O tempo histórico: Enquadramento histórico das acções. O tempo psicológico: designa o modo como a personagem sente o fluir do tempo.
  13. 13. Tempo cronológico Tempo psicológico Tempo histórico
  14. 14. É um ser imaginário, criado pelo autor a quem cabe contar a história. Classificação quanto à sua presença:  Narrador participante: participa na história como personagem. o A narração é feita na 1ª pessoa.  Narrador não participante: não participa na história como personagem. o A narração é feita na 3ª pessoa.
  15. 15. Classificação quanto à sua posição /ao seu ponto de vista:  Narrador subjetivo: narra os acontecimentos, declarando ou sugerindo a sua posição, é parcial.  Narrador objetivo: não toma posição face aos acontecimentos, é imparcial.
  16. 16. É o destinatário da mensagem do narrador.
  17. 17. Narração: relato de ações e de acontecimentos. Representa um momento de avanço na ação. O pretérito perfeito e os verbos predominam na narração. Descrição: momento da narrativa destinado à apresentação, com alguns pormenores, das personagens, dos objetos e do espaço. Representa um momento de pausa na ação. O pretérito imperfeito, os adjetivos e os recursos expressivos predominam na descrição. Diálogo: conversa entre duas ou mais personagens. Contribui para o dinamismo da narrativa – ficamos a saber o que aconteceu, o que está a acontecer ou o que irá acontecer. Monólogo: reprodução do pensamento de uma personagem, eventualmente da sua fala consigo própria.

×