Cenário e tendências do consumo mundial de café - Paulo Henrique Leme

5,811 views

Published on

Cenário e tendências do consumo mundial de café - Paulo Henrique Leme.
Palestra proferida no projeto RDI da Fundação Dom Cabral em LEM-BA. Abril 2011.

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
5,811
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
197
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Cenário e tendências do consumo mundial de café - Paulo Henrique Leme

  1. 1. Folhas interligadas como o desenvolvimento das empresas em rede. CENÁRIO E TENDÊNCIAS DO CONSUMO MUNDIAL DE CAFÉ Prof. Paulo Henrique Leme 201111024051B© Copyright P&A
  2. 2. CENÁRIOS CONSUMO MUNDIAL PASSO-A-PASSO ‐ Panorama consumo café mundial ‐ Tendências: os grandes atores ‐ Mercado: os 3 palcos ‐ Desafios e futuro© Copyright P&A
  3. 3. PANORAMA DO CONSUMO ‐ Passado • crescimento moderado • países tradicionais (EUA, UE, Japão) ‐ Passado recente • maior crescimento • países produtores / emergentes ‐ E agora?© Copyright P&A
  4. 4. CONSUMO MUNDIAL DE CAFÉ 2000 A 2010 2,5% aa 134,6 140 128 130 132 119 120 124 111 114 120 105 109 100 80 60 40 20 0© Copyright P&A
  5. 5. PROJEÇÕES PARA 2020 192 182 + 27,2 mi 182,7 PELO MENOS… 173,2 172 162 + 32,1 mi 164,1 155,5 152 142 + 23,5 mi 132 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020 1,5% 2,0% 2,5% 3,0%© Copyright P&A
  6. 6. UM NOVO MERCADO EM 10 ANOS ‐ 32 mi de sacas a mais em 10 anos ‐ Algumas perguntas pertinentes: • Quem irá fornecer este café? • Onde ocorrerá este crescimento? • Como será este consumo? • Quais as tendências que dominarão este novo mercado?© Copyright P&A
  7. 7. NOVO CENÁRIO GLOBAL CONSUMO CAFÉ OS GRANDES ATORES - Espresso - Máquinas domésticas - Solúvel - Cafés especiais - Cafés certificados - RTD (pronto para beber) - Lojas de café (leite) - Poder do varejo© Copyright P&A
  8. 8. OS GRANDES ATORES ‐ Focar nossa análise em: ESPRESSO SOLÚVEL MÁQUINAS DOMÉSTICAS CAFÉS ESPECIAIS CAFÉS CERTIFICADOS© Copyright P&A
  9. 9. ESPRESSO - Forma de preparo que mais cresce no mundo - Lojas de café - Maior garantia de qualidade - Maior qualidade mais preço - Incentivo à venda por dose - Bebidas à base de espresso - Leite - Hot / Iced espresso© Copyright P&A
  10. 10. O ESPRESSO E AS LOJAS DE CAFÉ - Café vendido por dose • xícara • copo alto • etc. - Apelo aos jovens • frio • doce (leite) - Socialização do hábito • + consumo • + valor - O fenômeno Starbucks - McCafé – Dunkin Donuts© Copyright P&A
  11. 11. MÁQUINAS DOMÉSTICAS - Levando a venda por dose para dentro de casa • Máquinas de preço acessível • Conveniência • Customização (meu gosto) • Qualidade assegurada • + 300 variedades! - Máquinas de filtro com sachê - Máquinas de espresso com sachê© Copyright P&A
  12. 12. MÁQUINAS DOMÉSTICAS - Todos são “coffee experts”! - Hotéis, restaurantes, escritórios… - Máquinas multiuso (chá, chocolate, sopas...) - O fenômeno NESPRESSO: • Negócio que mais cresce no grupo (Nespresso: 30% vs. Nestlé: 1% ano) • Clube Nespresso© Copyright P&A © Copyright P&A
  13. 13. MÁQUINAS DOMÉSTICAS - KAZAAR– edição especial Nespresso - 70% Robusta! ~60% conilon ~10% robusta lavado Guatemala ~30% arábica - Kazaar + leite - Marketing© Copyright P&A
  14. 14. O FENÔMENO DO SOLÚVEL - Praticidade - Baixo custo - Porta de entrada nos mercados novos e emergentes - Crescimento do liofilizado - Produtos novos e sofisticados • orgânicos/fair trade • certificados/“especiais” CRIAR NOVOS CONSUMIDORES / MANTÊ-LOS POR MAIS TEMPO SUBIR A ESCADA!© Copyright P&A
  15. 15. BEBIDAS PRONTAS PARA BEBER - Uma inovação japonesa (1970) - Novos produtos - Gigantes do mercado • Starbucks + Pepsi • Illy + Coca-Cola© Copyright P&A
  16. 16. BEBIDAS PRONTAS PARA BEBER - Mercado ainda pequeno que cresce aceleradamente - Grande agregação de valor - Outras empresas • Japão • Guatemala • Colômbia - Base é extrato líquido (café solúvel)© Copyright P&A
  17. 17. CAFÉS ESPECIAIS - Preço 2 a 5 vezes maior que “café de supermercado” - Sensibilização para qualidade (cafés mais caros no varejo tradicional) - Incentivo à venda por xícara (maior agregação de valor) - Estados Unidos • segurou o consumo • agregou US$ 4 a 5 bi© Copyright P&A
  18. 18. CAFÉS ESPECIAIS© Copyright P&A
  19. 19. CAFÉS ESPECIAIS - Crescimento persistente - Gerar valor para o consumidor: • Envolver o cliente • Diferenciação clara • (qualidade / história) • Mensagem consistente • OFERTA consistente - Oferta concorrentes preocupa indústria - Oportunidade para o Brasil?© Copyright P&A
  20. 20. CAFÉS ESPECIAIS: RECONHECIMENTO Colômbia + Vietnã Costa Rica Honduras Guatemala Nicarágua Identidade Índia Indonésia Cerrado Sul de Minas Mogiana Paulista Quênia - - Qualidade +© Copyright P&A
  21. 21. CAFÉS ESPECIAIS: RECONHECIMENTO Colômbia + Vietnã Costa Rica Honduras Guatemala Nicarágua Identidade Índia Indonésia Cerrado Sul de Minas Mogiana Paulista Quênia Café do Oeste Da Bahia - - Qualidade +© Copyright P&A
  22. 22. CAFÉS ESPECIAIS O quê nos diz o consumidor dos EUA? LOS ANGELES • Conversa com a SCAA • Crescimento do consumo de cafés especiais • Cafés diferenciados são o caminho • Cafeterias - educação do consumidor! • Origem é importante para os blends • Identificar onde estão os cafés de qualidade • Importância dos formadores de opinião© Copyright P&A
  23. 23. CAFÉS ESPECIAIS O quê nos diz o consumidor dos EUA? SEATTLE • Starbucks: sustentabilidade • Mostrar comprometimento ao consumidor • Café do Brasil não é reconhecido • Alta qualidade • Brasil é base do blend • Atlas: interesse em origem, mas primeiro qualidade© Copyright P&A
  24. 24. CAFÉS ESPECIAIS O quê nos diz o consumidor dos EUA? NOVA IORQUE • Whole Foods: marketing de origem precisa de estória! • Nespresso: origem com café de qualidade • La Colombe: blend é fundamental • Brasil é importante no blend! • Consumidor quer sustentabilidade. Como? • Certificação • Relacionamento© Copyright P&A
  25. 25. CAFÉS ESPECIAIS O quê nos diz o consumidor dos EUA? RESUMINDO • Qualidade é essencial e abre portas • Diferenciação é chave • Identidade da origem = ferramenta de marketing • Sustentabilidade é demanda básica: • certificada ou não! • Estreitar relacionamentos compradores e varejo© Copyright P&A
  26. 26. CAFÉS CERTIFICADOS - Cafés com causa e rastreáveis • orgânico • sustentável • preço justo • outros - Agregação de valor depende do apelo ao consumidor - GESTÃO!!!!!!!!! - Transferência parcial de prêmio ao produtor • custo da estrutura • marketing - Brasil é a maior fonte mundial de cafés sustentáveis© Copyright P&A
  27. 27. CAFÉS CERTIFICADOS - Resistiram muito bem à crise • consumidor fiel - Grandes indústrias demonstram interesse • Starbucks C.A.F.E. / viagem EUA • Nestlé AAA - Cafés certificado: • Opção ou padrão?© Copyright P&A
  28. 28. DESAFIOS DO NOVO AGRONEGÓCIO ‐ Diversificar a pauta de produtos ‐ Buscar novos mercados ‐ Tecnologia da pesquisa para o campo ‐ SUSTENTABILIDADE!!!! CAFÉS CERTIFICADOS SÃO PADRÃO!!!© Copyright P&A
  29. 29. MERCADO: O PODER DO VAREJO ‐ Expansão de grandes cadeias em todos os mercados • tradicional • emergente • produtor ‐ Poder de barganha mudou da indústria para o supermercado (Wall-Mart é 5 a 6 vezes maior que a Nestlé) ‐ Pressão crescente para baixar preços • mais Robusta • menos Arábica ‐ Marcas próprias ‐ Consolidação das redes de varejo© Copyright P&A
  30. 30. O AVANÇO DOS SUBSTITUTOS DO CAFÉ NO MUNDO (E NO BRASIL) ‐ Água: bebida saborizada e fortificada ‐ Bebidas isotônicas crescem entre esportistas ‐ Energéticos: apelo jovens e adultos (injeção de ânimo instantânea) ‐ Refrigerantes continuam domínio ‐ Chá: diferentes tipos e sabores© Copyright P&A
  31. 31. O AVANÇO DOS SUBSTITUTOS NO BRASIL - Novo contexto econômico / cultural ‐ Aumento de renda (classes C e D) ‐ Cresce a preocupação com saúde ‐ Diversidade de bebidas disponíveis (e consumidas) ‐ Bebidas mais consumidas: água mineral / refrigerante / leite ‐ Cresce consumo: sucos prontos / achocolatados / água de coco BEBIDAS SUBSTITUTAS: AMEAÇA OU OPORTUNIDADE?© Copyright P&A
  32. 32. MERCADO DE BEBIDAS NO MUNDO Mudanças em volume 2004/05 2005/06 2006/07 2007/08 Café -0.5% 1.6% 1.0% 1.6% Água engarrafada 7.2% 7.1% 6.1% 5.6% Bebidas esportivas 25.2% 10.6% 5.6% 1.5% Chá 2.2% 3.9% 3.3% 4.8% Refrigerantes 1.0% 4.2% 1.3% 3.3% Fonte: Beverage Marketing Corporation CAFÉ NÃO É O ÚNICO COM DEMANDA CRESCENTE!© Copyright P&A
  33. 33. MERCADO DE BEBIDAS ENERGÉTICAS ‐ US$ 4.7 bilhões em vendas (2008) ‐ 37% América do Norte / 30% Ásia ‐ Taxa de crescimento anual 14% (entre 2003 e 2008) ‐ Marketing focado em jovens (homens) • estilo de vida ativo • trabalho / estudo /esportes ‐ Produtos oferecem múltiplos benefícios funcionais • energia • vitaminas • minerais© Copyright P&A
  34. 34. ÁGUA E CHÁ INOVAM ‐ Mercado crescente de águas com sabores (e outros aditivos) • água não é mais somente água • consumidores com estilo de vida saudável ‐ Chás em garrafa / lata • novos produtos / novos apelos • alternativa ao refrigerante • chá verde – nutrientes / antioxidantes© Copyright P&A
  35. 35. REFRIGERANTES ‐ Domínio mundial • rápida expansão nos emergentes ‐ Variedade de produtos (sabores) cobrindo quase todos os tipos de público ‐ Refrigerantes diet / light / zero • opção barata • energia ‐ Preços imbatíveis ‐ Alimento para renda baixa (complementa a refeição)© Copyright P&A
  36. 36. BRASIL JÁ É UM DOS MAIORES CONSUMIDORES DE REFRIGERANTES Consumo (em litros) per capita / ano Fonte: Reuters Fact Box© Copyright P&A
  37. 37. PALCOS DO CRESCIMENTO: OS 3 MERCADOS ‐ Mercados tradicionais (54%) • EUA, Europa e Japão ‐ Mercados emergentes (18%) • Leste Europeu (Rússia), • China, Coréia, Austrália, etc. ‐ Países produtores (29%) • Brasil, Índia, Indonésia, • México, etc..© Copyright P&A
  38. 38. OS 3 MERCADOS HOJE E AMANHÃ 100,0 82,5 70,4 80,0 64,9 61,3 60,0 36,7 32,3 40,0 26,1 22,9 17,6 20,0 0,0 2000 2008 2020 Mercados Tradicionais Países Produtores Mercados Emergentes ‐ Mercados tradicionais (1,3%) ‐ Mercados emergentes (3,0%) ‐ Países produtores (4,4%)© Copyright P&A
  39. 39. OS 3 MERCADOS HOJE E AMANHÃ ‐ Mercados tradicionais: menor ‐ Mercados emergentes: estável ‐ Países produtores: maior 100% 47% 60% 54% 80% 60% 35% 24% 28% 40% 16% 18% 18% 20% 0% 2000 2008 2020 Mercados Emergentes Países Produtores Mercados Tradicionais© Copyright P&A
  40. 40. OS 3 MERCADOS HOJE E AMANHÃ ‐ Mercados tradicionais: diminui participação mas ainda importantes! ‐ Mercados emergentes: crescimento superior a 3% aa? Mas como será? ‐ Países produtores: grandes estrelas? SIM! (Brasil, Índia e Indonésia produzem Robusta) 2008 2020 18% 18% 47% 28% 54% 35% Mercados Tradicionais Países Produtores Mercados Emergentes Mercados Tradicionais Países Produtores Mercados Emergentes© Copyright P&A
  41. 41. CONSUMO DE ROBUSTA VS ARÁBICA TIPO DE CAFÉ 1980 (%) 2001 (%) 2010 (%) 2020 (??) ARÁBICA 74 66 62 50 ROBUSTA 26 34 38 50 ‐ Tendências mostram necessidade de Robusta para outros produtos (espresso, solúvel, 3 em 1...) ‐ Aumenta participação do Robusta nas ligas ‐ Qual o limite?© Copyright P&A
  42. 42. CONSUMO DE ROBUSTA VS ARÁBICA TIPO DE CAFÉ 1980 (%) 2001 (%) 2010 (%) 2020 (??) ARÁBICA 74 66 62 50 ROBUSTA 26 34 38 50 ‐ Tendências mostram necessidade de Robusta para outros produtos (espresso, solúvel, 3 em 1...) ‐ Aumenta participação do Robusta nas ligas ‐ Qual o limite? Existe limite para o Conilon ou para cafés ruins?© Copyright P&A
  43. 43. PANORAMA DO CONSUMO MERCADOS TRADICIONAIS Países Milhares de Taxa cresc. (%) Consumidores sacas Europa 39,845 0,6 EUA 21,652 1,6 Japão 7,065 0,7 Total 68,562 ‐ EUA: maior consumidor mundial ‐ Alemanha: maior consumo da Europa ‐ Itália e França: grandes também© Copyright P&A
  44. 44. EUA ‐ Média consumo: 20,237 mi (2000 a 2008) ‐ Crescimento médio: 1,6% ‐ Fatia do mercado mundial: 17,3% ‐ Consumo per capita: 4,2 kg/capita ‐ Mercado maduro e consolidado: • Café filtro (combinações): -2,66% • Espresso (Hot/Ice): cresceu 154% • Volume total café: cresceu 26% (de 2002 a 2009)© Copyright P&A
  45. 45. ALEMANHA ‐ Média consumo (2000 a 2008): 9,141 mi ‐ Crescimento médio: 1,0% ‐ Fatia do mercado mundial: 7,8% ‐ Consumo per capita: 6,7 kg/capita ‐ Cresce a demanda pelo solúvel • Principalmente “3 em 1” ‐ A volta do torrado e moído: • Monodose • Cresceu 25% entre (07/08) • 10% entre 2004/2008© Copyright P&A
  46. 46. JAPÃO ‐ Consumo 2008: 7 mi sacas ‐ Consumo per capita: 3,4 kg ‐ Razões: • Casa de café japonesa • Estilo de vida ocidental • Novos produtos (RTD)© Copyright P&A
  47. 47. PANORAMA DO CONSUMO PAÍSES EMERGENTES ‐ População grande / crescendo rápido ‐ Chá é bebida tradicional em muitos deles ‐ Solúvel é porta de entrada ‐ Barreiras ao consumo do café: • culturais • econômicas ‐ Café considerado um produto de luxo ‐ Estilo de vida ocidental incentiva consumo ‐ Expansão de redes de cafeterias© Copyright P&A
  48. 48. CONSUMO NOS EMERGENTES (2008) Mercados Milhares de Taxa cresc. (%) Emergentes sacas Rússia 3,716 8,0 Algeria 2,118 2,0 Ucrânia 1,733 28,7 Sérvia 680 0,6 Coréia 1,665 3,3 China 500 33,8 TOTAL 25,565 5,5© Copyright P&A
  49. 49. POSSÍVEIS EFEITOS DA CRISE PAÍSES EMERGENTES – situação incerta – café não é bebida tradicional – poder de compra limitado – consumo pode cair em caso de instabilidade econômica ou desemprego generalizado© Copyright P&A
  50. 50. RÚSSIA ‐ 4 milhões de sacas em 2009 (1,3 kg / capita) ‐ Consumo atrelado à renda ‐ Chá consumido pelos mais velhos ‐ Jovens (maior parte da população) café ‐ Taxa de crescimento do consumo: ~ = 10 a 12% (1998 - 2003) ~ = 4 a 6% (2004-2009) ‐ Migração solúvel T+M continua, lenta ‐ Cresce consumo liofilizado ‐ T&M visto como gourmet© Copyright P&A
  51. 51. LESTE EUROPEU ‐ Força motriz de aumento do consumo nos mercados emergentes ? ‐ Taxa de crescimento média de 11% ‐ Cafés solúvel / bebidas à base de café ‐ Destaques • Sérvia: 4,2 kg / capita • Croácia: 4,8 kg / capita • Bósnia – Herzegovínia: 5,9 kg / capita ‐ Mas volume total ainda pequeno© Copyright P&A
  52. 52. CHINA ‐ Grande potencial de aumento do consumo ‐ Consumo futuro pode impactar a demanda mundial de café • 1,3 bilhão de habitantes • 300 milhões de “consumidores” • Cultura do chá • Café atrelado a estilo de vida (ocidental) • Consumo cresce à taxa de 5% aa (2000-2006) • Possível importador de café em 2009© Copyright P&A
  53. 53. OS ÍCONES DO CONSUMO BEBIDAS À BASE DE CAFÉ ESPRESSO RTD EUA Itália Japão SOLÚVEL CERTIFICADOS© Copyright P&A Rússia
  54. 54. RESUMO: TENDÊNCIAS DE CONSUMO PAÍSES CONSUMIDORES ‐ Consumo vai para dentro da casa ‐ Sachês / cápsulas ‐ A busca por cafés mais baratos • Mc Donald’s / Dunkin’ Donuts ‐ Solúvel como porta de entrada nos novos consumidores© Copyright P&A
  55. 55. PANORAMA DO CONSUMO PAÍSES PRODUTORES Milhares de Países produtores Taxa cresc. (%) sacas Brasil 18,000 3,3 Indonésia 3,300 8,0 México 2,200 7,1 Etiópia 1,800 1,2 Índia 1,500 5,5 América Central 1,400 Colômbia 1,200 Vietnã 1,000 Outros 5,400 Total 36,703 4,36© Copyright P&A
  56. 56. CONSUMO DE CAFÉ: BRIC OU BIIC? CONSUMO BRIC ‐ Brasil – 18,2 mi sacas/ano ‐ Rússia – 3,7 mi sacas/ano não é um país produtor! ‐ Índia – 1,4 mi sacas/ano ‐ China – 500 mil sacas/ano • Grandes populações • Altas taxas de crescimento de consumo • Resistiram à crise (exceto Rússia)© Copyright P&A
  57. 57. CONSUMO DE CAFÉ: BRIC OU BIIC? CONSUMO BIIC ‐ Maiores taxas de crescimento no consumo entre 5 a 6% por ano ‐ Países produtores de café com maiores populações (2,6 bilhões de pessoas / 800 milhões de consumidores) ‐ Fatia do mercado mundial: de 18 a 25% em 10 anos (de 24 a 35 milhões de sacas em 2020) ‐ Café é moda ‐ Alto potencial de expansão (20 milhões de sacas com 2kg/capita/ano)© Copyright P&A
  58. 58. AUMENTA O CONSUMO NA ORIGEM Milhões de sacas 60 kg Outros Brasil Fonte: J. Ganes Consulting O papel da OIC© Copyright P&A
  59. 59. PAÍSES PRODUTORES PREOCUPADOS COM O CONSUMO INTERNO DE CAFÉ - Brasil - México - El Salvador - Índia - Colômbia - Costa Rica - Vietnã - Estruturando / implementando programas de consumo com assessoria da P&A© Copyright P&A
  60. 60. PROGRAMAS DE CONSUMO EM ANDAMENTO PAÍSES PRODUTORES ‐ Colômbia - El Salvador • Sucesso! Em andamento! • café e saúde • desde abril 2008 • desde 2007 • 5 milhões em 2009 - México ‐ Costa Rica • fase 3 do programa • desenhando estrutura • desde 2006 • desde novembro 2008© Copyright P&A
  61. 61. O GIGANTESCO MERCADO BRASILEIRO ‐ 19 milhões de sacas por ano ‐ 2º maior consumidor mundial (provável 1º) ‐ Mercado atingindo maturidade ‐ Recorde consumo: 4,81 kg/hab. ‐ Absorve grande parte produção Conilon ‐ Como aproveitar o aumento de renda da classe C? ‐ Como inovar neste mercado? ‐ E se atingirmos a maturidade?© Copyright P&A
  62. 62. ÍNDIA (1,5 MILHÃO DE SACAS) ‐ Grande potencial de aumento de consumo • 1,2 bilhão de habitantes • 200 milhões de “consumidores” ‐ Explosão das cafeterias (Café Coffee Day) ‐ Concorrência do chá ‐ Consumo de solúvel cresce mais rápido ‐ Programa de incentivo a pequenos torrefadores© Copyright P&A
  63. 63. MÉXICO (2,2 MILHÕES DE SACAS) ‐ Planeja dobrar o consumo de café (1,2 kg / capita) ‐ Renda disponível (2º maior consumidor mundial per capita de refrigerante) ‐ Café solúvel ‐ Programa de promoção desenhado pela P&A e AMECAFÉ (terceiro ano)© Copyright P&A
  64. 64. COLÔMBIA (1,2 MILHÃO DE SACAS) ‐ Consumo doméstico estável (1,7 kg / capita) ‐ Programa de consumo começa em 2009 • indústria + FNC • preço e disponibilidade do café ‐ Cafeterias Juan Valdez • 125 lojas • Colômbia (EUA / Chile / Equador / Espanha)© Copyright P&A
  65. 65. COSTA RICA (350 MIL SACAS) ‐ Consumo alto, porém estagnado (< 5 kg / capita) ‐ Torrado + moído predomina ‐ Ameaça do café torrefacto ‐ Programa de consumo sendo desenhado • indústria + ICAFÉ • falta café • comunicação institucional: café e saúde© Copyright P&A
  66. 66. ÁFRICA (2,3 MILHÕES DE SACAS) ‐ Etiópia: destaque no consumo • 1,5 kg / capita • mas... quase 2 milhões de sacas ‐ Crescimento das cafeterias nos grandes centros • Dormans (Quênia): 11 lojas • Java House (Quênia): 9 lojas • A Thousand Cups (Uganda) • Bourbon (Ruanda) supermercado loja supermercado ‐ Quênia / Tanzânia / Uganda / Ruanda / Burundi: tentando se organizar para um programa de consumo ‐ África do Sul© Copyright P&A
  67. 67. VIETNÃ (1 MILHÃO DE SACAS) ‐ Preocupados com o consumo interno ‐ Governo decidido a organizar o setor ‐ Tentativa de organizar um programa de aumento de consumo© Copyright P&A
  68. 68. CENÁRIOS CONSUMO MUNDIAL SUMÁRIO - Os protagonistas: • Espresso • Máquinas domésticas • Solúvel • Cafés especiais • Cafés certificados© Copyright P&A
  69. 69. CENÁRIOS CONSUMO MUNDIAL SUMÁRIO ‐ Os palcos: • Mercados tradicionais • Mercados emergentes • Países produtores© Copyright P&A
  70. 70. NOVO HORIZONTE PARA OS CAFÉS ESPECIAIS ‐ Um gigantesco e novo mercado em 10 anos ‐ Consumo cresce • países emergentes/produtores ‐ Hábito • mais arraigado • mais forte • em maior número de pessoas ‐ A VOLTA DA QUALIDADE!© Copyright P&A
  71. 71. © Copyright P&A

×