Gestão de Escritórios de Advocacia<br />Turma 1<br />OAB/MA<br />09/03/2010<br />
Credenciais<br />Advogada, Escritora e Consultora em Gestão de Serviços Jurídicos. Executive MBA pela Baldwin Wallace Coll...
Agenda<br />Mercado Jurídico <br />Estratégia Integrada<br />Pilares da Advocacia<br />Fazendo a roda girar<br />
Mercado Jurídico<br />Pontos de mutação<br />País dos advogados<br />Revolução dos tempos<br />
Evolução do trabalho do Advogado<br />
País dos Advogados<br />Dados de mar/2010 (CF OAB):<br />609 mil advogados<br />62 mil estagiários<br />120 mil bacharéis ...
Papéis no ‘negócio’ Advocacia<br />Copyright Lara Selem 2009<br />+<br />risco<br />-<br />
Desafios do Advogado<br />Adaptar-se rapidamente às mudanças<br />Responsabilizar-se com a própria carreira<br />Manter o ...
Escolha do Sócio<br />Copyright Lara Selem 2009<br />?<br />
Sustentabilidade da Sociedade<br />Renovação dos “votos” sociais<br />Princípios, Valores, Missão<br />Planejamento Estrat...
Estratégia Integrada<br />ADVOCACIA SUSTENTÁVEL<br />LIDERANÇA, CULTURA E ORGANIZAÇÃO<br />PESSOAS, PRODUÇÃO, CLIENTES E F...
Advocacia Sustentável<br />Um escritório de advocacia passa a ser sustentável quando, numa visão de longo prazo, gera lucr...
Gestão Estratégica é um processo...<br />sistemático, planejado, administrado e executado pela alta direção da organização...
Conquista das Metas Estratégicas<br />
Organização<br />TALENTO = fonte de vantagem competitiva<br />Busca e Retenção de talentos<br />Papéis: produtor, gestor, ...
Organização<br />Divisão do trabalho profissional <br />áreas de produção<br />áreas de apoio<br />Estrutura hierárquica<b...
Cultura<br />Afeta diretamente o comportamento de cada pessoa na banca. <br />A cultura é um conjunto de indicadores invis...
Liderança<br />É crítica para o sucesso de qualquer organização.<br />Sem liderança forte, a difusão de poder pelo escritó...
Copyright Lara Selem 2009<br />Atingir resultados, assertividade, pensar com clareza, comunicação, criatividade, inteligên...
Pilares da Advocacia<br />Pessoas<br />Produção<br />Clientes<br />Finanças<br />
Sistema de Causa e Efeito<br />
1º PILAR: Pessoas<br />Satisfação<br />Retenção / Turnover<br />Produtividade<br />Crescimento na Carreira<br />Sugestões ...
2º PILAR: Produção<br />Medidas: custo, qualidade, produtividade e tempo. <br />Tempo de entrega dos serviços<br />Eficáci...
3º PILAR: Clientes<br />Segmentos de clientes<br />Participação no mercado<br />Retenção de clientes<br />Captação de clie...
4º PILAR: Financeiro<br />Crescimento da receita<br />Redução de custos<br />Aumento da produtividade<br />Estratégias de ...
Warren Bennis<br />“Nenhum de nós é tão inteligente quanto todos nós juntos.”<br />Copyright Lara Selem 2009<br />
Fazendo a roda girar<br />Trabalho de Equipe<br />Administração de Conflitos<br />Liderança na Prática<br />
Equipe em Ação<br />ESTABELECER METAS DA EQUIPE<br />Os membros devem saber o que se espera deles.<br />Certifique-se de q...
Estágios de  Desenvolvimento de Equipes<br />
Formação<br />Travar conhecimentos<br />Fixar metas<br />Conscientização<br />Verificação dos comportamentos aceitáveis<br...
Turbulência<br />Desafio<br />Negociação<br />Conflito<br />Os membros da equipe podem tornar-se hostis ou super-zelosos, ...
Normatização<br />Compartilhar<br />Compreender<br />Cooperar<br />Os membros aceitam a equipe, as normas da equipe, seus ...
Desempenho<br />Conjunto<br />Realização<br />Produtividade<br />Capaz de diagnosticar e solucionar problemas, e tomar dec...
Inteligência Emocional<br />Autoconsciência<br />Saber o que sente<br />Saber o impacto que causa nos outros<br />Autoconf...
Inteligência Emocional<br />Motivação<br />Persistência<br />Paixão por seus projetos<br />Iniciativa<br />Consciência soc...
Inteligência Emocional<br />Habilidades sociais<br />Saber lidar com as emoções dos outros<br />Negociar<br />Estabelecer ...
Os mandamentos da equipe eficiente<br />Ajude cada um a acertar - não a errar.<br />Procure maneiras de fazer as idéias fu...
Os mandamentos da Equipe Eficiente<br />Mantenha uma atitude mental positiva  não importa em que  circunstâncias.<br />Aja...
Lidar com Situações Problemáticas<br />INTERVENHA O QUANTO ANTES<br />Assim que um problema se tornar evidente, fale com o...
Liderança na Prática<br />As reuniões do grupo e a participação de todos é prioridade<br />Comprometimento Total<br />A nã...
Liderança na Prática<br />Seja receptivo a novas idéias<br />Não aponte culpados<br />Não use velhas histórias sobre pesso...
Liderança na Prática<br />Maturidade<br />Consenso<br />Todas as discussões de idéias, disfunções, discussões entre os mem...
Liderança na Prática<br />Princípios à Vista<br />Vigília<br />Todos os membros da equipe devem manter os princípios da ba...
Liderança na Prática<br />Conseqüências<br />Tempo de Dedicação<br />Quando um membro do grupo violar um dos princípios de...
Liderança na Prática<br />Tolerância Zero<br />Confiança<br />O grupo será intolerante com os membros que apresentarem os ...
Liderança na Prática<br />Resultados<br />Encare a Realidade<br />Mantenha-se focado em metas tangíveis. Comprometa-se pub...
Dica de Livro<br />COMO SER UM GERENTE MELHOR <br />Autor: ARMSTRONG, MICHAEL   Editora: Clio Editora<br />Esta nova ediçã...
Obrigada e Sucesso!!<br />www.estrategianaadvocacia.com.br<br />laraselem@estrategianaadvocacia.com.br <br />twitter: @lar...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Oab Ma Curso Basico Lara Selem 09032010

2,096 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
2,096
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
565
Actions
Shares
0
Downloads
93
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Oab Ma Curso Basico Lara Selem 09032010

  1. 1. Gestão de Escritórios de Advocacia<br />Turma 1<br />OAB/MA<br />09/03/2010<br />
  2. 2. Credenciais<br />Advogada, Escritora e Consultora em Gestão de Serviços Jurídicos. Executive MBA pela Baldwin Wallace College (EUA), especialista em Gestão de Serviços Jurídicos pela FGV-EDESP (São Paulo, SP) e em Liderança de Empresas de Serviços Profissionais pela Harvard Business School(EUA). Colaboradora da Revista Consulex, Advogados: Mercado & Negócios, Consultor Jurídico e outras. Autora dos livros “Advocacia: Gestão, Marketing & Outras Lendas”, “Estratégia na Advocacia”, “Gestão de Escritório”, “A Reinvenção da Advocacia” e “Gestão Judiciária Estratégica”.<br />laraselem@estrategianaadvocacia.com.br<br />www.estrategianaadvocacia.com.br<br />
  3. 3. Agenda<br />Mercado Jurídico <br />Estratégia Integrada<br />Pilares da Advocacia<br />Fazendo a roda girar<br />
  4. 4. Mercado Jurídico<br />Pontos de mutação<br />País dos advogados<br />Revolução dos tempos<br />
  5. 5. Evolução do trabalho do Advogado<br />
  6. 6. País dos Advogados<br />Dados de mar/2010 (CF OAB):<br />609 mil advogados<br />62 mil estagiários<br />120 mil bacharéis de Direito ingressam no mercado a cada ano, oriundos de mais de 1.000 faculdades de Direito.<br />Mais de 15 mil sociedades de advogados registradas nas seccionais da OAB em todo Brasil.<br />97% das sociedades de advogados têm até 5 advogados (OAB/SP)<br />
  7. 7. Papéis no ‘negócio’ Advocacia<br />Copyright Lara Selem 2009<br />+<br />risco<br />-<br />
  8. 8. Desafios do Advogado<br />Adaptar-se rapidamente às mudanças<br />Responsabilizar-se com a própria carreira<br />Manter o foco<br />Equilibrar Eficiência + Alta Qualidade<br />Acompanhar a evolução tecnológica<br />Satisfazer o cliente <br />Aproveitar as Oportunidades X Evitar as Ameaças <br />Desenvolver a mentalidade estratégica<br />Escolher o sócio!<br />
  9. 9. Escolha do Sócio<br />Copyright Lara Selem 2009<br />?<br />
  10. 10. Sustentabilidade da Sociedade<br />Renovação dos “votos” sociais<br />Princípios, Valores, Missão<br />Planejamento Estratégico Anual<br />Visão, Metas e Objetivos comuns<br />Avaliação de Desempenho dos Sócios<br />Peito aberto para a melhoria constante<br />Plano de Sucessão<br />Impacto financeiro, construção do “sucessor”, novos talentos<br />Copyright Lara Selem 2009<br />
  11. 11. Estratégia Integrada<br />ADVOCACIA SUSTENTÁVEL<br />LIDERANÇA, CULTURA E ORGANIZAÇÃO<br />PESSOAS, PRODUÇÃO, CLIENTES E FINANÇAS<br />
  12. 12. Advocacia Sustentável<br />Um escritório de advocacia passa a ser sustentável quando, numa visão de longo prazo, gera lucros para seus sócios sem causar impactos negativos à sua equipe, clientes, concorrentes, governo, meio ambiente, comunidade em torno de si, etc. <br />Elementos da Estratégia Integrada:<br />
  13. 13. Gestão Estratégica é um processo...<br />sistemático, planejado, administrado e executado pela alta direção da organização,<br />que envolve todos os responsáveis,<br />que busca assegurar sua continuidade, sobrevivência e crescimento, <br />através da contínua adequação das estratégias, capacitação, estrutura e infra-estrutura às mudanças, tendências e descontinuidades observadas ou previsíveis no ambiente externo.<br />
  14. 14. Conquista das Metas Estratégicas<br />
  15. 15. Organização<br />TALENTO = fonte de vantagem competitiva<br />Busca e Retenção de talentos<br />Papéis: produtor, gestor, proprietário<br />Administração do tempo<br />“Controlar” os sócios<br />Liderança<br />Critérios sobre Promoções<br />Políticas de Remuneração<br />Análises de Desempenho<br />
  16. 16. Organização<br />Divisão do trabalho profissional <br />áreas de produção<br />áreas de apoio<br />Estrutura hierárquica<br />Organograma Jurídico<br />Organograma Administrativo<br />Participação nas decisões<br />Amplitude de comando<br />Autonomia<br />
  17. 17. Cultura<br />Afeta diretamente o comportamento de cada pessoa na banca. <br />A cultura é um conjunto de indicadores invisíveis que definem como as pessoas se comportam.<br />Analise:<br />Formalidade x Informalidade<br />Liderança hard x Liderança soft<br />Valorização de Pessoas x Valorização de Resultados<br />
  18. 18. Liderança<br />É crítica para o sucesso de qualquer organização.<br />Sem liderança forte, a difusão de poder pelo escritório pode paralisar as decisões e minar o alinhamento.<br />Formadora de consenso e inspiradora.<br />Vinculada diretamente à integração da equipe.<br />Fundamentos básicos do líder: caráter, discernimento, intuição.<br />
  19. 19. Copyright Lara Selem 2009<br />Atingir resultados, assertividade, pensar com clareza, comunicação, criatividade, inteligência emocional, gerenciar stress, negociar, tomar decisões.<br />Avaliar, treinar, comunicar-se, gerenciar conflitos, lidar com pessoas difíceis, obter comprometimento, liderança, poder e política, dar feedback, gerenciamento de equipes.<br />Controle, coordenação, gerenciamento de crises, planejamento, priorização, reuniões.<br />
  20. 20. Pilares da Advocacia<br />Pessoas<br />Produção<br />Clientes<br />Finanças<br />
  21. 21. Sistema de Causa e Efeito<br />
  22. 22. 1º PILAR: Pessoas<br />Satisfação<br />Retenção / Turnover<br />Produtividade<br />Crescimento na Carreira<br />Sugestões apresentadas <br />Reconhecimento pela realização de bons trabalhos<br />Sistema de Contratação<br />Plano de Carreira<br />Avaliação de Desempenho<br />Treinamentos<br />Ações de Integração<br />Pesquisa de Clima Organizacional<br />
  23. 23. 2º PILAR: Produção<br />Medidas: custo, qualidade, produtividade e tempo. <br />Tempo de entrega dos serviços<br />Eficácia do ciclo de produção<br />Re-trabalho<br />Custos de produção<br />Gargalos.<br />Regulamento Interno<br />Controladoria<br />Fluxograma<br />Reuniões para criação de novas teses<br />Uso racional dos recursos<br />
  24. 24. 3º PILAR: Clientes<br />Segmentos de clientes<br />Participação no mercado<br />Retenção de clientes<br />Captação de clientes<br />Satisfação de clientes<br />Novos trabalhos para clientes da carteira ativa e inativa<br />Agenda de visitas para clientes<br />Pesquisas de Satisfação<br />Plano de Marketing Jurídico<br />Metas de produção intelectual<br />Eventos fechados<br />
  25. 25. 4º PILAR: Financeiro<br />Crescimento da receita<br />Redução de custos<br />Aumento da produtividade<br />Estratégias de honorários<br />Redução das despesas<br />Controles de custos fixos e variáveis<br />Gestão Financeira profissional<br />Metas financeiras<br />Software integrado<br />Despesas Recuperáveis<br />
  26. 26. Warren Bennis<br />“Nenhum de nós é tão inteligente quanto todos nós juntos.”<br />Copyright Lara Selem 2009<br />
  27. 27. Fazendo a roda girar<br />Trabalho de Equipe<br />Administração de Conflitos<br />Liderança na Prática<br />
  28. 28. Equipe em Ação<br />ESTABELECER METAS DA EQUIPE<br />Os membros devem saber o que se espera deles.<br />Certifique-se de que os membros conheçam as metas pessoais e da equipe.<br />ENVOLVER A EQUIPE<br />Os membros devem sentir que possuem voz no trabalho e nas decisões.<br />Encoraje os membros a participar ativa e igualmente.<br />FORTALECER A EQUIPE<br />Os membros começam a se aglutinar no modo de pensar e trabalhar.<br />Construir a identidade do grupo tanto nas situações do trabalho quanto em situações sociais.<br />LIDAR COM OS PROBLEMAS<br />Os membros podem se afastar dos padrões de comportamento aceitos.<br />Mantenha um interesse próximo de cada indivíduo para estimular a motivação.<br />Manter os canais de comunicação abertos e encorajar as pessoas a utilizá-los.<br />
  29. 29. Estágios de Desenvolvimento de Equipes<br />
  30. 30. Formação<br />Travar conhecimentos<br />Fixar metas<br />Conscientização<br />Verificação dos comportamentos aceitáveis<br />Conhecer um ao outro e a definição de papéis dentro do grupo<br />Sentimento de apego inicial<br />Membros tendem a agir com seu melhor comportamento, educação e um pouco retraídos.<br />
  31. 31. Turbulência<br />Desafio<br />Negociação<br />Conflito<br />Os membros da equipe podem tornar-se hostis ou super-zelosos, como maneira de expressar sua individualidade e resistir à formação do grupo. <br />Combater e/ou desafiar o líder<br />Desunião, tensão crescente, e ciúmes.<br />Preocupação com excesso de trabalho.<br />
  32. 32. Normatização<br />Compartilhar<br />Compreender<br />Cooperar<br />Os membros aceitam a equipe, as normas da equipe, seus próprios papéis, e as idiossincrasias dos companheiros. <br />Uma nova habilidade de expressar emoções construtivamente.<br />O estabelecimento e manutenção de limites.<br />
  33. 33. Desempenho<br />Conjunto<br />Realização<br />Produtividade<br />Capaz de diagnosticar e solucionar problemas, e tomar decisões. <br />Mudança pessoal construtiva<br />
  34. 34. Inteligência Emocional<br />Autoconsciência<br />Saber o que sente<br />Saber o impacto que causa nos outros<br />Autoconfiança<br />Auto-gerenciamento<br />Pensar antes de agir<br />Administrar suas emoções<br />Resiliência frente a frustrações<br />
  35. 35. Inteligência Emocional<br />Motivação<br />Persistência<br />Paixão por seus projetos<br />Iniciativa<br />Consciência social<br />Empatia<br />Se conectar com diferentes indivíduos<br />Reconhecer e preencher necessidades de terceiros<br />
  36. 36. Inteligência Emocional<br />Habilidades sociais<br />Saber lidar com as emoções dos outros<br />Negociar<br />Estabelecer cooperação<br />Gerenciar conflitos<br />Criar alianças<br />Mandar mensagens claras e convincentes<br />Gerenciar mudanças<br />
  37. 37. Os mandamentos da equipe eficiente<br />Ajude cada um a acertar - não a errar.<br />Procure maneiras de fazer as idéias funcionarem - não pela razão pela qual não funcionarão.<br />Se estiver em dúvida - verifique! Não crie hipóteses negativas sobre os demais.<br />Ajude cada um a vencer e orgulhe-se das vitórias dos outros.<br />Fale positivamente a respeito dos demais e sobre o escritório, em todas as oportunidades.<br />
  38. 38. Os mandamentos da Equipe Eficiente<br />Mantenha uma atitude mental positiva não importa em que circunstâncias.<br />Aja com iniciativa e coragem, como se tudo dependesse de você.<br />Faça tudo com entusiasmo – é contagiante.<br />Seja o que for que você desejar – revele-o.<br />Não perca a fé no grupo - nunca desista.<br />Divirta-se!<br />
  39. 39. Lidar com Situações Problemáticas<br />INTERVENHA O QUANTO ANTES<br />Assim que um problema se tornar evidente, fale com o indivíduo. Dê exemplos concretos de comportamentos/atitudes indesejáveis.<br />FORNEÇA AUXÍLIO<br />Ofereça você mesmo conselhos ao colaborador, se adequado, ou apresente outras pessoas para ajudar (internas ou externas).<br />ESTABELEÇA PADRÕES E IDENTIFIQUE SOLUÇÕES<br />Lembre ao indivíduo o que se espera dele no trabalho e encoraje-o a pensar em maneiras de melhorar seu desempenho.<br />MARQUE UMA DISCUSSÃO INICIAL<br />ILUSTRE ÁREAS PROBLEMÁTI-CAS<br />IDENTIFIQUE MANEIRAS DE MELHORAR<br />INICIE UM PLANO DE AÇÃO<br />MARQUE ACONSELHA-MENTO<br />RECORRA À PUNIÇÃO<br />IMPLEMENTE MANEIRAS DE MELHORAR<br />Divida as ações remediadoras em passos separados para o indivíduo seguir. Identifique qualquer mudança que você mesmo possa fazer.<br />INSTITUA AÇÕES PUNITIVAS<br />Siga o procedimento punitivo utilizado na organização. Isso normalmente envolve entrevista formal e um trajeto especificado de ações remediadoras.<br />
  40. 40. Liderança na Prática<br />As reuniões do grupo e a participação de todos é prioridade<br />Comprometimento Total<br />A não ser que aconteça alguma super-emergência com algum cliente, todos devem participar das reuniões de equipe, e chegar no horário. <br />Se você disser que vai fazer alguma coisa, faça. <br />Se você se comprometeu a fazer uma atividade, mas algum problema apareceu que irá impedir você de entregar o prometido, avise sua equipe ou os seus clientes com antecedência. <br />
  41. 41. Liderança na Prática<br />Seja receptivo a novas idéias<br />Não aponte culpados<br />Não use velhas histórias sobre pessoas que tentaram fazer e não conseguiram. <br />Não diga que não pode ser feito até você tenha craniado construtivamente sobre a questão “Como nós podemos fazer essa idéia funcionar?” <br />Todo sucesso que tivermos é um sucesso do grupo e toda falha que tivermos é uma oportunidade para o grupo se corrigir, e aprender algo novo, e melhorar. <br />
  42. 42. Liderança na Prática<br />Maturidade<br />Consenso<br />Todas as discussões de idéias, disfunções, discussões entre os membros da equipe devem permanecer dentro da equipe. <br />Nunca fale mal de qualquer membro da equipe, ou discussão que aconteceu nas reuniões para qualquer outro membro do grupo. <br />Enquanto 100% dos participantes do grupo não aprovarem ou comprarem uma idéia discutida em grupo, a discussão não termina. Quando apenas a maioria concorda com uma idéia, a responsabilidade mútua entre os membros não é possível. O Consenso total entre os membros do grupo deve ser o objetivo de todas as discussões de idéias. <br />
  43. 43. Liderança na Prática<br />Princípios à Vista<br />Vigília<br />Todos os membros da equipe devem manter os princípios da banca a vista dos olhos e da mente para não esquecer o que deve guiar o seu comportamento. <br />Qualquer membro da equipe pode e deve interromper outro membro quando suas atitudes e comportamentos não estiverem de acordo com os princípios que guiam a banca. <br />Qualquer membro está encorajado a dizer “Nós não concordamos em fazer X? Por que estamos fazendo Y...?”<br />
  44. 44. Liderança na Prática<br />Conseqüências<br />Tempo de Dedicação<br />Quando um membro do grupo violar um dos princípios determinados aqui, deve pagar multa (em dinheiro ou outra moeda), que será usada em benefício do próprio grupo (Ex.: happy hour, etc). <br />Cada membro do grupo deve investir 2 horas por semana do seu tempo para pensar em idéias, atividades, comportamentos que serão avaliados pelo grupo e que podem gerar novas idéias ou mesmo renovar velhos projetos. <br />
  45. 45. Liderança na Prática<br />Tolerância Zero<br />Confiança<br />O grupo será intolerante com os membros que apresentarem os seguintes comportamentos: abuso de poder, fofoca, reclamação infundada; falta de espírito de equipe, intimidação, fazer das suas, as regras que todos devem seguir; politicagem; abandono de uma discussão porque suas idéias não foram aceitas; falta de auto-motivação, auto-estima e amor próprio; falta de confiança nos colegas, respeito e integridade; falta de diplomacia, gentileza e profissionalismo.<br />Os membros do grupo precisam confiar uns nos outros 100% do tempo para que os princípios sejam vividos na prática. Confiança existe quando: um membro compartilha as informações que possam ter impacto sobre o trabalho de um outro membro; compartilha pontos de vista, experiência, ou mesmo admite falhas e erros; faz follow-up em atividades que inicialmente se comprometeu a participar ou liderar; avisa aos colegas com antecedência quando não conseguir cumprir um prazo determinado, etc.<br />
  46. 46. Liderança na Prática<br />Resultados<br />Encare a Realidade<br />Mantenha-se focado em metas tangíveis. Comprometa-se publicamente com resultados mensuráveis. Defina prazos finais para tomar decisões.<br />Discuta abertamente os padrões de comportamento. Confronte diretamente todos os membros do grupo sobre comportamentos e resultados. Encare os problemas assim que surgirem. Fale sempre a verdade e, quando não souber qual é a verdade, investigue, questione. Provoque opiniões diferentes entre os membros do grupo. <br />
  47. 47. Dica de Livro<br />COMO SER UM GERENTE MELHOR <br />Autor: ARMSTRONG, MICHAEL   Editora: Clio Editora<br />Esta nova edição do best-seller de gerência prática foi inteiramente revisada e atualizada para cobrir 50 áreas específicas de gerência, de uma maneira clara e relevante. O livro aborda principalmente três tópicos muito importantes nos quais o gerente precisa ser mais competente: a gestão de pessoas, a gestão de atividades e de si mesmo. A obra também apresenta pesquisas que foram desenvolvidas considerando uma nova maneira de pensar a respeito dos aspectos familiares do trabalho dos gerentes. Nenhum livro pode dizer aos gerentes o que fazer em cada situação, mas esta edição, nova e incomparável, fornece informações que lhes darão maior conhecimento sobre as habilidades gerenciais. Eis um valioso e imprescindível manual para gerentes e aspirantes a cargos de liderança.<br />ISBN: 9788578310004 Número de páginas: 366<br />
  48. 48. Obrigada e Sucesso!!<br />www.estrategianaadvocacia.com.br<br />laraselem@estrategianaadvocacia.com.br <br />twitter: @laraselem<br />

×