Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

O Anel Mágico...por Alice e Beatriz!

924 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

O Anel Mágico...por Alice e Beatriz!

  1. 1. Desde pequeno que Rui sonhava ter as suaspróprias aventuras. Ele queria ser corajoso e valente paraderrotar piratas e descobrir tesouros nas suasperipécias . Apesar de ser um pouco solitário, sabia quepodia contar com os seus companheirosMiguel ,Sofia e Vera. Um dia, o Rui estava a passear pela rua eviu uma coisa brilhante debaixo de uma pedrae como ele é muito curioso foi ver o que era, edisse:-- O que é isto? – interrogou o Rui. – Uau, istoé um rubi!!
  2. 2. O Rui, ainda muito espantado, foi a corrercontar aos seus companheiros. Os seus companheiros também ficaramimpressionados com tal coisa e a Vera quislogo experimentá-lo. Ao colocar o anel surgiuum clarão, que abriu um portal , e eles muitocuriosos decidiram entrar. Ao entrar, avistaram uma linda ilha, Ruiteve curiosidade em explorá-la, e, foi entãoque, Sofia disse:-- É melhor voltarmos para trás!-- Não tenhas medo! – exclamou o Miguel.-- Vamos lá deixar as pieguices e vamos éexplorar a ilha. -- continuou o Rui.-- Olha vejam ali ao fundo, parece umbarco… -- disse a Sofia.-- Um barco?... Um navio enorme!!! –comentou o Rui.
  3. 3. -- O problema é que está cheio de piratas!!!!!-exclamou Miguel.-- E agora??? - berrou a Sofia -- vamos morrerhoje!!-- Sofia, tens que aprender que nesta aventuranão podemos ter pensamentos negativos! –exclamou o Rui.-- Sim, mas eu só digo as verdades!!-- Olhem, eles estão a sair do navio!!-exclamou a Vera. As crianças, com receio, do que iriaacontecer resolveram esconder-se atrás deuma árvore... Cada vez mais os piratas se aproximavamdas crianças. Quase …quase…quase … maso anel fez a sua magia.O anel salvou a pele das crianças aotransportá-las para uma pirâmide egípcia,
  4. 4. mas eles não estavam propriamente salvos,toda a gente sabe que as pirâmides egípciassão completamente mestras nos enigmas earmadilhas.-- Mas afinal onde é que estamos ??? –interrogou a Sofia-- Eu não sei mas aposto que o Miguel sabe.Afirmou o Rui.-- Mas é claro que sei, nós estamos napirâmide egípcia necrópole de Gizé. – disse oMiguel.-- nico.. quê??-perguntou a Vera.--Necrópole de Gizé. – disse o Miguel.--Mas agora como é que saímos daqui ?? –interrogou a Vera.-- Esquecendo tudo isto, como é que viemosparar aqui ??— perguntou o Rui.
  5. 5. -- Isso já não interessa, como viemos pararaqui! O que interessa é como vamos sair…-- Oh Vera, mas o que é que tu fizeste ao anelquando estávamos ao pé dos piratas? Mexestenele ou uma coisa assim? – perguntou o Rui.-- Eu? Eu não fiz nada eu só pensei “Quero sairdaqui “ , mais nada! – disse a Vera.-- Ok… mas tens de fazer isso outra vez! --disse a Sofia.-- Mas eu agora não estou com medo! –exclamou a Vera.-- O que é aquilo? – perguntou a Sofia.-- Espera… deixa-me ver bem… AAAHHH éuma pedra ENORME que vem por aí a rolar!!!– disse o Miguel.-- Vá Vera faz a tua magia! POR FAVOR !! –exclamou a Sofia.
  6. 6. -- Eu vou tentar, não prometo nada, mas tento,vá lá agarrem as mãos uns dos outros eponham- me no meio. E foi o que aconteceu, Vera com toda a suaFORÇA pediu para sair dali, aquela pedraENORME aproximava-se cada vez mais… maso anel fez, novamente, a sua magia que oslevou a uma movimentada feira. A Sofia,muito aflita, exclamou:- E agora?! Onde viemos parar?? Eu quero irpara casa!!- Calma! - diz o Rui - Vamos tentar perceberonde estamos agora.- Como posso ter calma, Rui?! Andamos de umlado para o outro sem controle nenhum -exclama Sofia!A Vera ainda com o anel no dedo, começou aandar para tentar perceber onde estavam eum velho, muito esquisito, estava a passar por
  7. 7. eles e reparou no anel, ao ver tal coisareparou que era o anel que se perdera hámilhares de anos e que nunca ninguémconseguira encontrar. O velho chegou ao pédeles e disse:-- Onde encontraram esse anel?-- Encontrei-o ao pé da minha casa debaixo deuma pedra, mas porque pergunta?O velho não sabia se havia de lhes contar ahistória do anel, olhava para eles e pensava“são só crianças!, como foi possível teremachado um anel tão poderoso?!”A Sofia ,intrigada com a curiosidade do velho,e reparando que ele não tirava os olhos doanel perguntou :- O senhor conhece este anel??! É que nósprecisamos de ajuda! Queremos ir para casae este anel só nos tem enviado para sítiosestranhos!! Por favor ajude-nos!
  8. 8. O velho olhou para eles e compreendeu queeles não sabiam o que tinham nas mãos eentão resolveu contar-lhes a história doanel…- Meus meninos, venham comigo que voucontar-vos a história deste anel…. – ele pedepara eles o seguirem para um sítio mais calmoe começa a contar a história…- Há muito tempo atrás... este anel foimandado fazer por um feiticeiro muitopoderoso, ele tinha uma grande paixão poruma linda donzela, de seu nome Ariana, epara provar o seu amor por ela resolveu fazereste anel com todos os seus poderes. Ofeiticeiro vivia numa longínqua terra e parafazer o anel, ausentou-se durante algumtempo, quando regressou para perto da suaamada descobriu que ela tinha seguido a suavida e que era casada e tinha filhos…ofeiticeiro não se lembrou que a ausência, que
  9. 9. para ele tinha sido pequena, para ela tinhadurado mais de 20 anos e ela pensou que elenunca mais iria voltar….e embora elaquisesse ficar à espera dele, o pai de Arianaobrigou-a a casar. O feiticeiro ficoudestroçado, mas compreendeu e quis que elaficasse com o anel, e embora não pudessemficar juntos o anel simbolizava o seu amoreterno, e que só funcionaria com mulheresdescendentes da sua amada Ariana…- O quê?! Eu sou descendente dessasenhora??!! Como é possível? – perguntaespantada a Vera- Bem, o anel se não for entreguedirectamente a uma descendente da Ariana,arranja maneira de chegar à sua dona… jáhá muito tempo que andava perdido -continua o velho..– Eu sei desta história porque sou…. – e derepente, mesmo à frente das crianças, o velho
  10. 10. transforma-se num belo homem…alto eelegante, com uma capa azul enorme.- …sou o feiticeiro! Não tenham medocrianças, que vou ajudar-vos a voltar a vossacasa.- Oh que coisa incrível, ainda bem que oencontrámos! - diz a SofiaA Vera, ainda um pouco confusa com istotudo, pergunta:- E ,então, como vamos para casa?-Eu explico, - diz o feiticeiro - o anel conseguefazer tudo o que quiseres, mas há um enigmapara resolver antes de abrir o portal de volta àcasa.-Está bem! – diz o Rui, pronto para ajudar aVera a descobrir o enigma.Os outros também se juntaram em roda paraouvir o enigma do feiticeiro.
  11. 11. - Vocês têm que descobrir o que significa estapalavra. – e deu-lhes um papel com asseguintes letras “IOJA ASGARDA” – Sabem oque está aqui escrito?- É claro que sei – disse o Miguel. – “jaiogasrada”- INCORRETO! Mais alguém quer experimentar ???- Eu quero! “jioa darasga”- disse o Rui.-INCORRETO! Sofia queres tentar?- Pode ser, “ioja rasgada”.- INCORRETO! Vera és a última… Querestentar?-Sim, “jóia sagrada”?-CORRETO!- Porque quer que nós decifremos a frase?- Porque tu, Vera, és a única que podes usar ospoderes do anel. És uma descendente direta
  12. 12. de Ariana, e ,como tal, o anel arranjoumaneira de chegar até a ti !- Fixe!- E a sua promessa? –insistiu Rui – Prometeuque nos ia levar a casa.- É verdade, mas não é necessário, Vera, diz:“Quero ir para casa...”-Ok, Quero ir para casa. E assim foi, abriu-se um portal, como daprimeira vez, as crianças pensaram, ao veraquilo, que todo este tempo poderiam terregressado, mas, ao mesmo tempo, umaaventura fez-lhes bem. Sofia, Rui e Miguelentraram no portal, mas, antes de a Veraentrar, deu o anel ao feiticeiro despedindo-setambém:- Quero que fique com o anel, pois é seu e daminha antepassada e apesar do seu amor por
  13. 13. ela…acho que ia fazer mais estragos secaísse nas mãos erradas!- És uma menina muito sensata, Vera! Sempreque precisares de ajuda basta que digas omeu nome, Zentarius, e eu irei logo tercontigo!A Vera sorriu e deu-lhe o anel, acenou-lhe umaúltima vez e entrou a correr no portal.Ou será o princípio de outra aventura??

×