Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Apresentação sobre informática e educação

4,819 views

Published on

Explanação apresentada nas escolas municipais de Itiquira-MT, sobre a informática no ambiente escolar e também dicas de leitura sobre o assunto.

Published in: Education
  • Jogando.net/mu -
    Servidor de qualidade muitas novidades nova temporada do jogando.net/mu
    São 7 serves exclusivos:
    Phoenix-3000x
    War-1000x pontuativo
    Super-10.000x
    Pvp-30.000x
    VeryEasy-5.000x
    Hard-100x
    Extreme-10x
    novidades:
    » Novos itens do novo char
    » Free ganha 1 GOLD por minuto e VIP 2 GOLDs.
    » O TOP ranking da semanal e do mês ganha muitos GOLDs seja TOP você também.
    » O player TOP 1 Semanal de Illusion temple ganha “Fenrir Gold”.
    » Novas asas lvl 3 com Socket!
    » Novos Rings e pendents com socket!
    » Novos Shield 18 opt
    » Novos SHILDs 18 0PTIONAIS , youtube.com/watch?v=lGfMxTqeSaA -
    » Super Lançamentos dos KITs FUSION SUPREMO V2 ,Especial para pvp,Muito ataque e defesa,seu char ainda muito mais forte.
    » Castle Siege aos SÁBADOS e DOMINGOS.
    » Novo kit devastator especial para pvp .
    » PARTICIPEM DO TS DO ts.jogando.net:4508
    » e muito mais... Venha Conferir , estamos te esperando!
    » KIT DIAMOND “ http://i41.tinypic.com/j6n4af.jpg...
    » Promoções Jcash...
    » Vip Premiun tem xps e vantagens exclusivas...
    Curte Animes, então faça uma visita, cadastre-se e divulgue aos seus contatos,..... !!!
    http://animescloud.com/

    NOVOS KITS RAROS SÓ 100 A VENDA Diamond Supremo v2.

    Mais Informaçãoes e Duvidas, acesse o Site: jogando.net/mu/
    Siga o nosso twitter :twitter.com/#!/Jogandonet
    By:Talula
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Be the first to like this

Apresentação sobre informática e educação

  1. 1. Informática e Educação:um novo conceito Laís Ribeiro
  2. 2. •Graduada em: LicenciaturaPlena em Informática UFMT-CURÁrea de Pesquisa: MeiosDigitais para FormaçãoContinuada•Experiência Profissional:Monitora de Laboratório deInformática- RondonópolisAnalista de Sistemas
  3. 3. O que é Tecnologia? Tecnologia e Educação Informática e Educação Comunidades Virtuais de Aprendizagem Softwares Educativos Objetos de Aprendizagem Papel do ProfessorPapel do Monitor de Informática Dificuldades de Busca Sites para Pesquisa Coordenador de Informática
  4. 4. O que é Tecnologia? 1. conjunto de idéias, conhecimentos e métodos para construir algo de forma racional; pt.wiktionary.org/wiki/Tecnologia 2. Eliminar as tarefas repetitivas, facilitando o trabalho e tornando-o mais eficiente, aumentando a produtividade e os benefícios. seuluiz.blogspot.com/2009/04/movimento-blog- voluntario-conceitos.html
  5. 5. A TECNOLOGIA ESTÁ EM TUDO
  6. 6. Tecnologia e Educação Radio na escola- (FERNANDES, 2004) Uso da Fotografia- (SCHULTZE, 2004) Informática- Linux Educacional 3.0 (PROINFO)
  7. 7. Informática e Educação •Osimples fato de usar o computador na educação não é garantia de melhoria. •Computador utilizado para ensinar sobre computação; como para ensinar praticamente qualquer assunto — ensino através do computador. (VALENTE) •Uso do computador como instrumento de apoio aos conteúdos e matérias e prepara o aluno para a sociedade informatizada.
  8. 8. Comunidades Virtuais de Aprendizagem •Indivíduosreunidos provendo comunicação através de redes de computadores e/ou grupos de sujeitos que mantém relações sociais através da Internet (RECUERO, 2001) •Conjunto de indivíduos utilizando a Internet promovendo discussões em um espaço de tempo regular, demonstrando emoções em tempo suficiente para se formar relações pessoais (PANIS e NOGUEIRA 2007).
  9. 9. Comunidades Virtuais de Aprendizagem •Fatores Positivos: •Interatividade,imaterialidade, constante mudança, respostas rápidas, digitalização, alta qualidade de vídeos, sons e imagens, automatização, conexões diversas, com pessoas diversas em lugares distintos e heterogeneidade de público. •Exemplos: Fóruns, Listas de Discussão, Comunidades do Orkut, Blogs.
  10. 10. Softwares Educativos •Alguns tipos de Software Educacional: •Instrução Programada onde o conteúdo é dividido em módulos de forma lógica e que ao final ou durante o mesmo o aluno é questionado. Se sua resposta for certa ele passará para o próximo módulo, se não voltará ao inicio do mesmo; •Programas de exercício e prática, usados para revisar o material de sala de aula, apresentando exercícios de repetição;
  11. 11. Softwares Educativos •Tutoriais, uma versão computadorizada de alguma instrução, onde as informações são somente repassadas para os alunos; •Softwares de simulação implicam na criação de modelos simplificados do mundo real e são riquíssimos, pois envolvem modelos de sistemas complexos dinâmicos; •Jogos pedagógicos modalidade é a exploração auto- dirigida ao invés da instrução explícita e direta; •Sistemas Hipermídia, engloba textos, gráficos, sons, figuras e vídeos de forma não linear;
  12. 12. Objetos de Aprendizagem •Objetos de Aprendizagem (OA) nada mais são, do que recursos digitais que podem ser aplicados ou reutilizados para promover a educação (WILEY, 2001) •Quaisquerrecursos didáticos que não sejam digitais, mas são auxiliados por alguma tecnologia que facilita a aprendizagem. (o Instituto de Engenharia Eletro Eletrônica dos Estados Unidos (IEEE, 2002) )
  13. 13. O papel do professor •Antes da Atividade: •Organizar a atividade inicio, meio e fim; •Repassar o conteúdo com antecedência ao monitor; •Ter um 2º plano; •Durante: •O professor assume o papel de mediador, facilitador e criador de condições, orientando sobre as dificuldades técnicas, problemas e desafios. •Deve levar em consideração a gestão, acompanhamento e comunicação; •Não deixar uma 2ª pessoa dê a aula; •Estar atento a acessibilidade; •Depois: •Continuar ligando as matérias vistas no laboratório com as de sala de aula; (Valente, 2003. Seito, 2005)
  14. 14. O papel do professor •OBSERVAÇÃO •Não basta haver um laboratório equipado e softwares a disposição do professor, precisa haver um facilitador que gerencie o processo de aprendizagem. •A Informática é um giz diferente!!!
  15. 15. O papel do Monitor de Informática •Auxiliar o professor na preparação e execução das aulas; •Pesquisar ferramentas para as mesmas; •Responsável pela compatibilidade e instalação das ferramentas; •Cuidar dos fatores físicos como higiene e organização; •Relatórios periódicos; •Responsável pela planilha de horários, bem como a assiduidade dos professores e motivação; •Responsável pela coleta dos planos de aula do professor com antecedência;
  16. 16. Dificuldades de Busca •Softwares que não especificam o idioma na descrição; •Que não indicam o Sistema Operacional; •Com interface a desejar; •Sem especificações de licença; •Com erro na instalação ou na execução; •Softwares em Inglês;
  17. 17. Sites para busca Educa Linux- Softwares Livres http://educlinux.blogspot.com/2009/06/lista-de-softwares- educacionais-livres.html Banco Internacional de Objetos Educacionais (Linux/Windows) http://objetoseducacionais2.mec.gov.br/ Comunidade Linux Educacional http://linuxeducacional.com/programas/tag/software-educacional Escola Brasil (Windows e Linux) http://www.escolabr.com/virtual/wiki/index.php?title=Lista_de_Sof twares
  18. 18. Coordenador de Informática •Visão abrangente dos conteúdos disciplinares; •Atento aos projetos pedagógicos; •Terconhecimento das abordagens de aprendizagem e experiência em sala de aula; •Instigar e ajudar os professores durante o processo; •Mostrar o laboratório como extensão da sala de aula; •Pesquisar e analisar meios a serem aplicados a educação; •Ter conhecimento técnico; •Conhecer a realidade social; (Lopes, 2002)
  19. 19. Referências Associação Brasileira de Tecnologia e Educação http://www.abt-br.org.br/index.php Blog do Seu Luiz seuluiz.blogspot.com/2009/04/movimento-blog-voluntario-conceitos.html BASSANI, Patrícia B. Sherer.2009. Trocas interindividuais no fórum de discussão: um estudo sobre as comunidades de aprendizagem em espaços de educação à distância. XX Simpósio Brasileiro de Informática na Educação. Disponível em http://www.br- ie.org/pub/index.php/sbie/article/view/1124/1027 acessado dia 2 de junho de 2010. BASTOS, Eraldo Cid. Uso de recursos da TIC para apoio ao ensino da odontologia. Dissertação (Mestre em Engenharia de Produção) Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2005. Disponível em: www.tede.ufsc.br/teses/PEPS4590.pdf acessado dia 2 de junho de 2010. Descrição dos Tipos de Software Educacional contemplados no instrumento de avaliação, disponivel em http://www.ime.usp.br/dcc/posgrad/teses/anapaula/descr-tipos.html FERNANDES, Siddharta. SILVA, Marcos. Siddharta Fernandes; Marco Silva CRIAR E DESENVOLVER UMA RÁDIO ONLINE NA ESCOLA: INTERATIVIDADE E COOPERAÇÃO NO AMBIENTE DE APRENDIZAGEM LINUX EDUCACIONAL http://linuxeducacional.com/ Portal da Universidade Federal de Santa Catarina www.eps.ufsc.br/teses99/aguiar/gloss.html Tecnologia Educacional http://www.educacional.com.br/tecnologiaeducacional/ VALENTE, José Armando. Diferentes Usos do Computador na Educação Wikcionário, o dicionário livre. Dicionário online com todos os significados da língua portuguesa de todos os países pt.wiktionary.org/wiki/Tecnologia
  20. 20. Referências Sugestões de Leitura Referências ESTRÁZULAS, Mônica. Interação e Cooperação em Listas de Discussão. Núcleo de Informática na Educação, Universidade Estadual de Campinas. 1999. Disponivel em: www.nied.unicamp.br/oea/mat/interac_listas_monica_lec.pdf acessado dia 8 de junho de 2010. FERREIRA, Ruy. (2008) Interatividade Educativa em meios Digitais: Uma visão pedagógica. Tese de Doutorado Universidade Estadual de Campinas. Disponível em http://www.scribd.com/doc/15957716/Interatividade-educativa-em-meios-digitais-uma-visao-pedagogica. Acesso em 04/04/2010. MENEZES, Ebenezer Takuno de; SANTOS, Thais Helena dos."Comunicação assíncrona" (verbete). Dicionário Interativo da Educação Brasileira - EducaBrasil. São Paulo: Midiamix Editora, 2002, http://www.educabrasil.com.br/eb/dic/dicionario.asp?id=201, visitado em 8/6/2010. MOURA, Rosana Coely de Oliveira. Listas de Discussão, uma Ferramenta no Auxílio Ensino x Aprendizagem: O Caso da Disciplina APS. Laboratório de Pesquisa Multimeios, Faculdade de Educação da Universidade Federal do Ceará 2001. Disponível em www.multimeios.ufc.br/.../congressos-lista-de-discussao-uma-ferramenta.pdf acessado dia 9 de junho de 2010.
  21. 21. Referências Sugestões de Leitura Referências MURAN, José, Manuel. Algumas características da comunicação assíncrona. Núcleo de Educação Aberta e a Distancia, Universidade Federal do Espírito Santo. Disponivel em www.neaad.ufes.br/subsite/.../Etapa4_comunicacao_assincrona.pdf acessado dia 7 de junho de 2010. NITZKÉ, Júlio Alberto; FRANCO, Sergio Roberto Kleling. Aprendizagem Cooperativa: Utopia ou Possibilidade. Revista Informática na Educação: Teoria e Prática. Porto Alegre-RS: v. 5. n. 2. Novembro de 2002. Disponivel em: http://www6.ufrgs.br/seermigrando/ojs/index.php/InfEducTeoriaPratica/article/viewFile/5269/3480 Acesso em 31/08/2009. NITZKE, Júlio Alberto; CARNEIRO, Mara Lúcia; FRANCO, Sérgio Roberto Kleling. Ambientes de aprendizagem cooperativa apoiada pelo computador e sua epistemologia. Revista Informática na Educação: Teoria e Prática. Porto Alegre-RS: v. 5, n. 1, p. 13-23, maio 2002. OLIVEIRA, Eloiza da Silva Gomes de. REGO, Marta Cardoso Lima. VILLARDI, Raquel Marques. Aprendizagem mediada por Ferramentas de Interação: Análise do Discurso de Professores em um Curso de Formação Continuada a Distancia. Revista Educação e Sociedade, Campinas, v.28, n. 101, setembro/dezembro de 2007. Disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0101-73302007000400008&script=sci_arttext acessado dia 8 de junho de 2010.
  22. 22. Referências Sugestões de Leitura Referências PANIS, Catiane Mazocco; NOGUEIRA, Vanessa dos Santos. Comunidades Virtuais como Tecnologia Educacional: O Exemplo dos Blogs. V Simpósio de Informática da Região Centro de RS- SIRC/RS 2007. Santa Maria-RS. Anais... Outubro de 2007. Disponível em: http://www.maristas.org.br/colegios/smarta/download/fixo/SIRC07-34029.pdf. Acesso em 25/06/2009. PELIZZARI, Adriana. KRIEGL, Maria de Lurdes. BARON, Márcia Pirih. FINK, Nelcy Teresinha Lubi. DOROCINSKI, Solange Inês. Teoria da Aprendizagem Significativa segundo Ausubel. Revista do Programa de Educação Corporativa (PEC) Curitiba, v.2, n.1, p.37-42, jul. 2001-jul. 2002. Disponível em: http://www.bomjesus.com.br/publicacoes/pdf/revista_PEC/teoria_da_aprendizagem.pdf. Acesso em 23/03/2010. PRIMO, Alex Fernando Teixeira. A emergência das comunidades virtuais. In: Intercom 1997 - XX Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, 1997, Santos. Anais… Santos, 1997. Disponível em: http://www.pesquisando.atraves-da.net/comunidades_virtuais.pdf. Acesso em 12/12/2009. RECUERO, Raquel da Cunha. Comunidades Virtuais - Uma abordagem teórica. In: V Seminário Internacional de Comunicação. 2001, Porto Alegre. PUC/RS, Anais... Porto Alegre, 2001. Disponível em: http://pontomidia.com.br/raquel/teorica.htm. Acesso em 25/06/2009.
  23. 23. Referências Sugestões de Leitura Referências SEITO, Ana Paula. BECHARA, Fabiana. NUNES, Jaqueline. CARDOSO, Laura. MENEZES, Márcia Calçada Sylvia. Mediação Pedagógica em Comunidades Virtuais – Uma Estratégia de Disseminação do Conhecimento dentro de uma Organização. 4º Tele Congresso Internacional de Educação de Jovens e Adultos. 2005, São Paulo, SESI. Anais... São Paulo, 2001. Disponível em: http://telecongresso.sesi.org.br/4telecongresso/arquivos/expositor/112_Artigo_Praxis_200 805.doc. Acesso em 29/06/2009. SOUZA, Flávia Veloso de; GOMES, Alex Sandro. Análise da atividade assíncrona na interação via lista de discussão: o estudo de caso em um curso de formação continuada de professores em regime semipresencial. In: XIV Simpósio Brasileiro de Informática na Educação. Rio de Janeiro, 2003. SBIE, Anais... Rio de Janeiro, 2003. Disponível em www.br- ie.org/pub/index.php/sbie/article/view/232/218. Acesso em 11/03/2010. SOUZA, Flávia Veloso de; GOMES, Alex Sandro. Análise da Atividade Assíncrona na interação via Lista de Discussão: estudo de caso em curso de formação continuada de professores em regime semipresencial Artigo Completo. XIV Simpósio Brasileiro de Informática na Educação- SBIE- NCE/UFRJ 2003. Disponível em www.cin.ufpe.br/~asg/publications/.../veloso_gomes_sbie_2003.pdf acessado em 9 de junho de 2010. VALENTE, José Armando. PRADO, Maria Elisabete B. Britto. ALMEIDA, Maria Elizabeth Bianconcini de. Educação a Distância Via Internet. 26ª ed. Campinas: Editora: Avercamp, 2003. YIN, Robert K. Estudo de Caso: Planejamento e métodos. 2ª ed. Porto Alegre: Bookman, 2001.
  24. 24. Perguntas, Sugestões e Contribuições

×