O triunfo das revoluções liberais

6,768 views

Published on

História, 8.º ano

Published in: Education
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
6,768
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4,943
Actions
Shares
0
Downloads
57
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

O triunfo das revoluções liberais

  1. 1. No século XVIII, além das suaspossessões no Canadá, aInglaterra possuía treze colóniasna costa leste do continentenorte-americano.
  2. 2. 1787 – Constituição Americana: Estado federal que defendia aseparação dos poderes e o princípio da soberania popular.Revoltas nas outras colónias4 de Julho de 1776 – Declaração da IndependênciaRevolta dos colonos (Boston Tea Party)Inglaterra reprime a revolta enviando tropasGuerra dos Sete Anos entre a Inglaterra e a FrançaAumento de impostos: Açúcar, chá e papel selado
  3. 3. Ambiente de criseCrise social
  4. 4. Ambiente de criseCrise económicaMaus anos agrícolasEscassez de cereais (aumentos dos preços,fome)
  5. 5. Ambiente de criseCrise financeiraGastos da corteGuerra dos SeteAnosGuerra daIndependênciaAmericanaDéfice nascontas doEstado
  6. 6. Reunião dos Estados Gerais
  7. 7. Juramento do Jogo da Pela
  8. 8. Tomada da Bastilha (14 de julho de 1789)
  9. 9. Assembleia ConstituinteMedidas tomadas• Abolição dos direitos feudais (banalidades e corveias, entre outros)do imposto da dízima pago ao clero e da venalidade dos cargos(medidas que estabeleceram a igualdade fiscal e civil entre todos oscidadãos);• Redação da Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão, quedefendia a igualdade de todos os cidadãos perante a lei, estabeleciaos princípios da liberdade, da propriedade e da resistência àopressão e instituía a soberania nacional;• Nacionalização dos bens do clero, extinção dos mosteiros e dasordens religiosas e subordinação dos membros do clero ao Estado;• Elaboração da Constituição de 1791, que instituiu o princípio daseparação dos poderes, no qual o poder legislativo é entregue auma assembleia eleita, o poder executivo ao rei e o poder judicialaos tribunais. Foi igualmente estabelecido o voto censitário, sópara os cidadãos que pagavam imposto.
  10. 10. O período do TerrorGirondinos (moderados) contra Jacobinos(radicais)Os Jacobinos, ajudados pelos sans-coullotes,tomam o poder e forma uma novaAssembleia – Convenção, eleita por sufrágiouniversal.Destaca-se Robespierre.
  11. 11. O período do TerrorMultiplicam-se as execuções na guilhotina dos inimigos da revolução
  12. 12. Diretório (1995-1799) – período moderado• Governo constituídopor um conjunto de5 diretores.• A alta burguesiatoma novamente opoder.• Grande instabilidadepolítica e económica- guerra com outrospaíses.
  13. 13. • 1799: lidera um golpe deEstado que derruba oDiretório e institui umnovo governo - oConsulado (1799-1804).Partilha o governo commais 2 cônsules.• 1802: torna-se 1.º cônsulvitalício.• 1804: torna-se imperador.A ascensão de Napoleão Bonaparte
  14. 14. O império Napoleónico
  15. 15. Queda do império NapoleónicoPrincipal adversário – Inglaterra.Bloqueio continental (1806) – tentativa dederrotar economicamente a Inglaterra,proibindo todos os países europeus decomercializarem com os Ingleses.1813 – Várias derrotas contra os exércitos deInglaterra, Prússia, Áustria, Suécia e Rússia,que invadem a França, obrigando Napoleãoao exílio.1815 – Regressa para governar novamente a França (Governo dos Cem Dias).Derrota na batalha de Waterloo. Parte definitivamente para o exílio.1815 – Congresso de Viena: novo mapa político da Europa: a França perde todos osterritórios conquistados
  16. 16. Legado da Revolução FrancesaImportantes reformas governativas:elaboração do Código Civil, que aplicava oprincípio da igualdade da lei para todos, acriação dos liceus e a neutralidade religiosa doEstado.O lema da revolução – liberdade, igualdade efraternidade – fez adeptos por toda a Europa,levando a novas revoluções, que apressaram aqueda das monarquias absolutas e suasubstituição por monarquias constitucionais erepúblicas, estabelecendo os princípios daseparação dos poderes, da igualdade dosdireitos e da soberania da nação.

×