Robert Clara E A Fantasia Em Do

325 views

Published on

HISTÓRIA DE UM GRANDE AMOR

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
325
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
5
Actions
Shares
0
Downloads
6
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Robert Clara E A Fantasia Em Do

  1. 1. FILHA DE UM FAMOSO PROFESSOR DE PIANO, CLARA WIECK NASCEU EM 1819, DESTINADA POR SEU PAI A SE TORNAR UMA GRANDE PIANISTA. EXIGENTE AO EXTREMO, O PROFESSOR WIECK SUPERVISIONAVA OS ESTUDOS DA FILHA COM EXTREMO RIGOR, CONSIDERANDO-A COMO O PRINCIPAL FRUTO DE SEU TALENTO DIDÁTICO.
  2. 2. A REPUTAÇÃO DO PROFESSOR WIECK LEVOU UM JOVEM ESTUDANTE DE COMPOSIÇÃO, ROBERT SCHUMANN, A PROCURÁ-LO COM VISTAS AO SEU PRÓPRIO APERFEIÇOAMENTO. FOI ENTÃO QUE SCHUMANN ENTROU NA VIDA ATIVA, PORÉM SOLITÁRIA DE CLARA. ELE TINHA ENTÃO 20 ANOS, E ELA, APENAS 11.
  3. 3. ROBERT SE IMPRESSIONOU VIVAMENTE COM A MENINA, CONFORME CONTA EM SEU DIÁRIO: “ QUE CRIATURINHA EXTRAORDINÁRIA! FALA MELHOR DO QUE OS ADULTOS! CAPRICHOS E FANTASIAS, RISOS E LÁGRIMAS, VIDA E MORTE NELA SE ALTERNAM NUM CONTRASTE QUE BEIRA A VELOCIDADE DE UM RAIO.”
  4. 4. PASSOU ELE TAMBÉM A EXERCER SOBRE ELA UMA GRANDE INFLUÊNCIA. COMO, ALÉM DE MUSICISTA, ERA AMANTE DE LITERATURA E POESIA, INTRODUZIU-A NA LEITURA DE GRANDES POETAS, CHEGANDO A ESCREVER HISTÓRIAS PARA ELA E OS IRMÃOS.
  5. 5. TRÊS ANOS MAIS TARDE, UMA NOVA ALUNA, ERNESTINE, DE 17 ANOS, PASSOU A FREQÜENTAR A CASA. UMA NUVEM ESCURECEU OS HORIZONTES ENSOLARADOS DE CLARA, QUE TINHA FEITO APENAS 14, JÁ QUE PARA A PRIMEIRA ROBERT VOLTOU O SEU INTERESSE. A ADOLESCENTE ENCIUMADA, CONFIDENCIOU A SEU DIÁRIO: “ELE ENTROU NA SALA E NEM ME CUMPRIMENTOU! ROBERT É A PESSOA QUE MAIS AMO NO MUNDO, E SEQUER ME DIRIGIU UM OLHAR!”
  6. 6. MAS FOI NUVEM PASSAGEIRA. APÓS UM BREVE PERÍODO, ERNESTINE SE AFASTOU DAS AULAS. A PAR DISSO, ROBERT FOI PERCEBENDO MUDANÇAS NA JOVEM CLARA, QUE SE TORNAVA CADA DIA MAIS BELA, DEIXANDO DE SER A CRIANÇA COM QUEM ELE BRINCAVA, PARA SE TORNAR UMA JOVEM MULHER. COMEÇOU A DEDICAR-LHE COMPOSIÇÕES.
  7. 7. CERTO DIA, NO ANO DE 1835, QUANDO CLARA TINHA 16 ANOS, ROBERT CHEGOU À CASA E ENCONTROU-A SOZINHA. NUM SÚBITO ARREBATAMENTO, ABRAÇOU-A E BEIJOU-A, REVELANDO FINALMENTE SEU AMOR.
  8. 8. CONTUDO, AO PEDIR SUA MÃO EM CASAMENTO AO PAI, A REAÇÃO DESTE NÃO PODERIA SER PIOR. O PROFESSOR WIEK TINHA GRANDES ESPERANÇAS EM RELAÇÃO AO FUTURO DE CLARA COMO MUSICISTA, E NÃO ACHAVA O PAPEL DE DONA-DE-CASA À SUA ALTURA. ENFURECIDO, PROIBIU-OS DE SE ENCONTRAREM, CHEGANDO A AMEAÇAR ROBERT DE MORTE.
  9. 9. OS DOIS, ENTRETANTO, MANTIVERAM CONTATO ATRAVÉS DE UMA CORRESPONDÊNCIA CLANDESTINA. EM 1836, ROBERT COMPÔS SUA BELÍSSIMA FANTASIA EM DÓ, COM UMA DEDICATÓRIA ESPECIAL À CLARA: “O PRIMEIRO MOVIMENTO É O MAIS APAIXONADO QUE JÁ COMPUS EM TODA MINHA VIDA. REPRESENTA TODO O MEU LAMENTO, MINHA DOR POR NOSSA SEPARAÇÃO.”
  10. 10. QUANDO O PAI DESCOBRIU A CORRESPONDÊNCIA, AMEAÇOU DESERDÁ-LA E PROCESSAR ROBERT POR DISSIPAÇÃO DE COSTUMES. ABRIRAM UM PROCESSO EM QUE PEDIAM PERMISSÃO PARA SE CASAREM SEM O CONSENTIMENTO PATERNO, MESMO SENDO ELA AINDA MENOR. A PERMISSÃO FOI DADA APESAR DOS ACESSOS FURIOSOS DO PAI.
  11. 11. CASARAM-SE EM 12 DE SETEMBRO DE 1840, UM DIA ANTES DE CLARA COMPLETAR 21 ANOS. ELA ESCREVEU:”...DEDIQUEI TODA MINHA GRATIDÃO A DEUS QUE NOS GUIOU COM SEGURANÇA ATRAVÉS DE TANTOS OBSTÁCULOS E PRECIPÍCIOS. REZEI COM TODO FERVOR PARA QUE ELE PRESERVE MEU ROBERT POR MUITOS E MUITOS ANOS. A IDÉIA DE PERDÊ-LO ME ENLOUQUECE. QUE JAMAIS SUCEDA TAL CALAMIDADE! EU NÃO SUPORTARIA!”
  12. 12. FORAM FELIZES POR MUITOS ANOS, AO LONGO DOS QUAIS TIVERAM 7 FILHOS. MAS A CALAMIDADE QUE CLARA TEMIA SOBREVEIO MAIS TARDE, SOB A FORMA DA DOENÇA NERVOSA QUE ACOMETEU ROBERT. MANTEVE SUA DEDICAÇÃO AO MARIDO NA SAÚDE E NA DOENÇA.
  13. 13. AO CONTRÁRIO DO QUE PREVIA SEU PAI, TORNOU-SE, ALÉM DE MÃE E ESPOSA, PIANISTA MUNDIALMENTE CONHECIDA. QUANDO ROBERT MORREU, CLARA TINHA 37 ANOS, ERA AINDA JOVEM E FAMOSA. CONSTA QUE PROVOCOU GRANDE PAIXÃO NO COMPOSITOR JOHANNES BRAHMS, CONTUDO, JAMAIS VOLTOU A SE CASAR, ATÉ SEU FALECIMENTO, COM 76 ANOS DE IDADE.
  14. 14. FORMATAÇÃO: CLAUDIA MADEIRA SITE: www.corepoesia.com SOM: FANTASIA EM DÓ, ÓPUS 17, DE ROBERT SCHUMANN DEDICADA À CLARA, À QUAL SE REFERE NO NONO QUADRO . TEXTO: TRADUÇÃO LIVRE DE “ROBERT E CLARA SCHUMANN – A LOVE STORY BY AGNES SELBY” IMAGENS: GOOGLE

×