Telefone Publico - Sob a ótica do Design de Interação

2,592 views

Published on

Estu de de estilos de Interação - Estudo de caso do "orelhão" no Brasil. Sob a ótica do Design Centrado no Usuário. Aula da Prof. Marília.

Published in: Technology, Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
2,592
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
33
Actions
Shares
0
Downloads
28
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Telefone Publico - Sob a ótica do Design de Interação

  1. 2. Espaço do Problema
  2. 3. Espaço do Problema O orelhão como o conhecemos hoje foi projetado na década de 70 pela arquiteta Chu Ming Silveira. Na época, os objetivos eram ser acústico e econômico. Nos dias atuais, o telefone público perdeu seu espaço para os celulares. Na era da informação outras necessidades surgiram.
  3. 4. Análise do cenário atual: necessidade de informações e agilidade. Proposta do projeto: aliar COMUNICAÇÃO + INFORMAÇÃO Espaço do Problema
  4. 5. Objetivo: Adaptar o objeto para o contexto de uso atual, atribuindo novas funções de utilidade pública. Mantendo o modelo conceitual já existente de comunicação e agregando novos modelos para as novas funções. Esperiência pretendida: conforto, segurança, (senso de) localização e de referencia espacial, praticidade, maior comodidade. Espaço do Problema
  5. 6. Problemas identificados: Não oferece serviços adicionais Insegurança Display Higiene Cartão dificuldade para encontrar na hora que precisa Teclado má visibilidade a noite Interferências externas barulho, condições do tempo Espaço do Problema
  6. 7. <ul><li>Usuários </li></ul><ul><li>Pessoas que não tem telefone fixo </li></ul><ul><li>Pessoas que não tem celular </li></ul><ul><li>Pessoas que tem celular e/ou fixo mas o celular está descarregado, estão sem o celular, não tem créditos no celular, estão em outra cidade (fora de área de cobertura do celular), querem fazer ligações a cobrar, querem ligar para o auxílio a lista gratuito, querem economizar na ligação. </li></ul><ul><li>Pessoas em casos de emergências na rua, como ter de ligar para polícia, bombeiros, ambulâncias, hospitais. </li></ul>Espaço do Problema
  7. 8. Ações Possíveis Fazer Receber ligações Adquirir créditos Consultar lista de telefones Localizar-se no mapa Consultar agenda do celular Fazer anotação/ registrar
  8. 9. telefone público Principal: oral/sonoro Sistema de localização principais: visual, geográfico Cabine inteira oral/sonoro , Textual, visual, geográfico e temporal Modelos Conceituais
  9. 10. FAZER/RECEBER LIGACOES: duas opções: gancho (análago ao modelo existente) tirou do gancho> recebeu linha>  discou> espera atender> fala viva voz : acionado com botão ADQUIRIR CRÉDITOS: analogo à maquina de refrigerante deposita dinheiro ou moeda > sistema confirma deposito > recebe cartao Soluções
  10. 11. IMPRIMIR INFORMAÇÕES imprime o que esta na tela. (analogo a sistema de caixa eletronico) FAZER ANOTAÇÕES faz anotações na tela com possibilidade de imprimir (pode ser enquanto fala ao telefone ou não) Soluções
  11. 12. CONSULTAR AGENDA DO CELULAR via cabo USB SEGURANÇA (contra interferências internas) cabine com trava de segurança e acústica isolante Transparente SISTEMA LOCALIZACAO mapas por tipo telefones lista de enderecos ferramenta de busca rotas Soluções
  12. 13. IMPRIMIR INFORMAÇÕES imprime o que esta na tela. (analogo a sistema de caixa eletronico) FAZER ANOTAÇÕES faz anotações na tela com possibilidade de imprimir (pode ser enquanto fala ao telefone ou não) Soluções
  13. 14. listas telefônicas, telelistas, guias > localização google earth > localização geográfica máquinas de refrigerantes   > adquirir créditos caixas eletrônicos > imprimir informação visualizada em tela Metáforas de Inspiração
  14. 15. <ul><li>computação pervasiva: </li></ul><ul><li>Integração de tecnologias para realizar diversas tarefas. </li></ul><ul><li>Flexibilidade de funções. </li></ul>Paradigmas
  15. 17. <ul><li>www.karinedrumond.wordpress.com </li></ul>

×