biomecânica110407181655-phpapp01

2,324 views

Published on

Published in: Education
1 Comment
3 Likes
Statistics
Notes
  • Bommm pra aprender a base da musculaçãio.
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total views
2,324
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
90
Comments
1
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

biomecânica110407181655-phpapp01

  1. 1. BIOMECÂNICADO TREINAMENTO CONTRA-RESISTÊNCIA Pro Leo ard f. n o Allevato
  2. 2. Conceitos Planos e eixos de movimento Movimentos articulares Tipos de contração Sistemas de alavancas Origem e inserção dos principais músculosMovimentos realizados pelos principais músculos Análise de movimentos
  3. 3. CONCEITOS CINESIOLOGIAEstudo do movimento humano BIOMECÂNICA Estudo dos sistemas biológicos sob uma perspectiva mecânica
  4. 4. CONCEITOS P=FxV P = F/A T=FxD CINESIOLOGIA F=MxA Estudo do movimento humano 1ª Lei de Newton "Todo corpo permanece em seu estado de repouso, ou de movimento uniforme em linha reta, a menos que seja obrigado a mudar seu estado por forças impressas nele“ 2ªBIOMECÂNICA Lei de Newton"A mudança do movimento é proporcional à força motriz impressa e se faz segundo a linha Estudo dos sistemas reta pela qualbiológicos essa força" se imprime 3ª Lei deperspectiva sob uma Newton"A uma ação sempre se opõe uma reação mecânica igual, ou seja, as ações de dois corpos um sobre o outro são sempre iguais e se dirigem a partes contrárias "
  5. 5. SO SOS
  6. 6. ESQUELETO HUMANO
  7. 7. MÚSCULOS
  8. 8. DIREÇÕES
  9. 9. O SPL AN São cortesperpendicularesdo corpo humano
  10. 10. PLANOS E EIXOS
  11. 11. OS E NT IMMOV
  12. 12. PLANO SAGITAL
  13. 13. PLANO SAGITAL
  14. 14. PLANO FRONTAL
  15. 15. PLANO FRONTAL
  16. 16. PLANO TRANSVERSO
  17. 17. PLANO TRANSVERSO
  18. 18. TIPOS DE CONTRAÇÃO CONCÊNTRICA Tensão com encurtamento muscular EXCÊNTRICA (>T) Tensão com alongamento muscular ISOMÉTRICATensão sem mudança do comprimento muscular
  19. 19. Tipo I Tipo IIa Tipo IIbTEMPO DE CONTRAÇÃO LENTO RÁPIDO RÁPIDOTEMPO DE RELAXAMENTO LENTO RÁPIDO RÁPIDO PRODUÇÃO DE FORÇA BAIXA ALTA ALTAEFICIÊNCIA ENERGÉTICA ALTA BAIXA BAIXA RESISTÊNCIA À FADIGA ALTA BAIXA BAIXA ELASTICIDADE BAIXA ALTA ALTA
  20. 20. Exercício Movimento Em Terra Movimento Submerso Rosca Bíceps Flexão do cotovelo Bíceps braquial concêntrico Bíceps braquial concêntrico Extensão do cotovelo Bíceps braquial excêntrico Tríceps braquial concêntrico Flexão de joelhos Flexão do joelho Isquiotibiais concêntrico Isquiotibiais concêntrico Extensão do joelho Isquiotibiais excêntrico Quadríceps concêntricoElevação lateral do braço Abdução do braço Deltóide concêntrico Deltóide concêntrico Adução do braço Deltóide excêntrico Grande dorsal concêntricoElevação lateral da perna Abdução da perna Abdutores concêntrico Abdutores concêntrico Adução da perna Abdutores excêntrico Adutores concêntricoElevação frontal do braço Flexão do braço Deltóide anterior/Peitoral/bíceps braquial concêntrico Deltóide anterior/Peitoral/Bíceps braquial conc. Extensão do braço Deltóide anterior/Peitoral/bíceps braquial excêntrico Deltóide post./Grande dorsal/ Tríceps braquial conc. Chute frontal Flexão do quadril Íliopsoas/reto femoral concêntrico Íliopsoas/reto femoral concêntrico Extensão do quadril Íliopsoas/reto femoral excêntrico Glúteo máximo/isquiotibiais concêntrico
  21. 21. INSUFICIÊNCIA ATIVAIncapacidade do músculo de produzir força em duas articulações simultaneamente. INSUFICIÊNCIA PASSIVA Incapacidade do músculo se estender o suficiente para que se consiga uma amplitude plena de movimento na direção oposta em todas as articulações atravessadas.
  22. 22. FATORES QUE AFETAM A PRODUÇÃO DE FORÇARELAÇÃO FORÇA-VELOCIDADE RELAÇÃO COMPRIMENTO- TENSÃORETARDO ELETROMECÂNICO
  23. 23. FUNÇÕES DO MÚSUCLO MOTOR PRIMÁRIO MOTOR SECUNDÁRIO AGONISTA ANTAGONISTA ESTABILIZADOR NEUTRALIZADOR
  24. 24. ALAVANCAS Haste rígida que multiplica o efeito do impulso aplicado para mover objetos de todos os tamanhos.Dê-me um lugar para me firmar e um ponto de apoio para minha alavanca e eu deslocarei a Terra. (Arquimedes, cientista grego)
  25. 25. ELEMENTOS BÁSICOSForça de açãoForça de resistênciaBraço de potênciaBraço de resitênciaFulcro
  26. 26. TIPOSAlavancas de primeira classe (interfixas)Alavancas de segunda classe (inter-resistentes)Alavancas de terceira classe (inter-potente)
  27. 27. TORQUE OU MOMENTO DE FORÇA É o efeito de uma força que causa uma rotação. A quantidade de torque que ocorre em um movimento depende da quantidade de força produzida multiplicada pelo comprimento do braço de força F x BF > R x BR = MOVIMENTO EM DIREÇÃO DA FORÇAF x BF < R x BR = MOVIMENTO EM DIREÇÃO DA RESISTÊNCIA F x BF = R x BR = EQUILIBRIO DAS FORÇAS
  28. 28. VANTAGEM MECÂNICARelação entre braço de potência e braço de resistência (Quanto mais alto o nº, > a VM) VM = braço de potência braço de resistência
  29. 29. VM = braço de potência braço de resistência
  30. 30. ORIGEM E INSERÇÃOPRINCIPAIS MOVIMENTOS
  31. 31. ANÁLISE DE MOVIMENTOS Exercício Movimento (contra-resistência) Articulação Plano Eixo Alavanca Contração Músculos envolvidos Inserção (auxílio)
  32. 32. PLANEJAMENTO DE AULA Tipo de aula Contração predominante Músculos envolvidos Articulação Plano/Eixo Alavanca
  33. 33. AGACHAMENTO CADEIRA EXTENSORA EXTENSÃO DE QUADRILPULLEY PELA FRENTE/TRÁS PULLEY FECHADO ABDUÇÃO DE OMBROS ROSCA BÍCEPS TRÍCEPS NO PULLEY ABDOMINAL ABDOMINAL NA BOLA EXTENSÃO DA COLUNA
  34. 34. ExercícioMovimento (contra-resistência) Articulação Plano Eixo Alavanca Contração Músculos envolvidos Inserção (auxílio)
  35. 35. ExercícioMovimento (contra-resistência) Articulação Plano Eixo Alavanca Contração Músculos envolvidos Inserção (auxílio)
  36. 36. ExercícioMovimento (contra-resistência) Articulação Plano Eixo Alavanca Contração Músculos envolvidos Inserção (auxílio)
  37. 37. ExercícioMovimento (contra-resistência) Articulação Plano Eixo Alavanca Contração Músculos envolvidos Inserção (auxílio)
  38. 38. www.lafitness.com.br 21-7894-5551

×